Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Iniciada Na Putaria E Incesto II (Por Jane)

Categoria: Grupal
Data: 13/01/2017 03:06:51
Nota 10.00
Assuntos: Incesto, Grupal
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Iniciada Na Putaria E Incesto II (Por Jane)

Boa noite meninos e meninas tesudas de todo o país, aqui quem conta é a Jane, (estava tão tesuda no primeiro conto que troquei o nome com minha tia), gauchinha de 20 anos e típica da região, 1,70 e 65 kg, 20 aninhos e contando minhas aventuras sexuais, a primeira foi como perdi minha virgindade com o papai e os meninos me comendo com minha mãe no meio, conto 87588, leiam... E como prometi, uma semana depois, já dormindo com meus pais e os meninos me comendo direto, faltava uma segunda surpresa, como prometido pela minha mãe, a Aline, 1,65 e 50 kg. Ainda tinha 17 anos e meu pai viajou a negócios em um final de semana, e cheguei em casa sábado por volta das 20:00, onde estavam mina mãe e duas tias minhas bem a vontade, a Paula, uma tesuda loira e alta como eu, peituda e puta, com grelo avantajado e lábios enormes, além de suas deliciosas coxas roliças, e a Sandra, outra tia de 1,60 e 45 kg, pequenininha e tesudíssima, apesar de baixinha tem todos os atributos de uma mulher deliciosa, seus seios são enormes pelo seu tamanho, e ela é bunduda como uma tanajura... A Paula e a Sandra com 30 anos, e minha mãe com seus 37, todas deliciosas e tesudas, estavam na piscina e bem alegres, quando cheguei minha mãe logo me convidou para ficar com elas, eu coloquei meu biquíni tesudo e fui, sentando com as três e começando a beber a deliciosa vodka que minha mãe tinha deixado na mesinha da piscina, e logo minha tia Paula, viciada como é, puxou um baseado gostoso, eu não tinha experimentado ainda, e estava muito a vontade com a bebida, sentada no colo da minha mãe, que pediu que ela passasse o baseado a ela:

- Hum, a nossa putinha vai experimentar??? Disse minha tia com olhar tesudo...

- Só se ela quiser, Paula!!!

Eu puxei aquilo da minha mãe e traguei, logo a tia Paula veio de frente para mim e colocou na minha boca, depois tapando e pedindo que eu prendesse, e depois eu soltava o ar, em dez minutos eu estava molinha, relaxada, e as mulheres fumando cada um o seu, quando minha mãe, com a vodka nas mãos perguntou:

- Meninas, quem vai ser a primeira???

A Sandra vendo meu estado no colo da minha mãe, com a xana manchando o biquíni, logo disparou:

- Estou doida para ver a sobrinha participando com a gente de uma das nossas sessões...

Eu não sabia se estava ouvindo direito, mas minha mãe já alisava meus seios no seu colo, me pedindo que ficasse de pé, então eu já meio tonta me coloquei em pé, a minha mãe chamou as duas:

- Ensinem a menina, putas!!!

A tia Paula veio junto com a Sandra na minha direção, ela me abraçou por trás e me fez golar um copo de vodka inteiro, me segurando e tirando o top, falando:

- Que seios, sobrinha... Quero você bem molinha hoje!!!

A tia Sandra ajoelhou e desceu meu biquíni até a canela, abrindo minha xana e analisando como um pedaço de carne, logo dando uma lambida alucinada na mina bucetinha, eu suspirei e minha mãe veio e trocou de posição com a Paula:

- Experimenta, amiga... Lambe a sobrinha!!!

Eu entrei em convulsão, minha mãe me segurava, minha tia me beijava e sugava meus seios, enquanto a outra já enfiava a língua dentro da minha xana, eu gosei umas três vezes não mãos daquelas putas, que me incendiaram em fogo... Eu caí melada e muito gosada, mas nem imaginava o que viria... Minha tia Sandra me olhava com tesão, e me perguntou:

- Podemos fazer sua iniciação lésbica???

- Claro que podem...

- Mas tem que aceitar tudo...

Eu tesuda não neguei, e logo a Sandra trouxe um banco fino e largo que fica na cozinha, minha mãe pegou umas cordas e fui amarrada de forma a ficar de costas para cima no banco, minha tia Paula colocou um absorvente interno em um copo grande de vodka, falando:

- Vamos te preparar para os nossos amantes, meu bem...

Nesse instante percebi que minha família levava a depravação muito a sério, eu estava amarrada na cadeira com os pulsos nos pés no móvel, enquanto minha mãe passava mais uma corda pelas minhas costas, a Sandra colocava meu biquíni de volta e fuçava minha buceta, portanto estava presa nas mãos das perversas da minha família, rs... Mas muito excitada, então a tia Paula pegou o absorvente e se aproximou, com minha tia Sandra lambendo ainda minha xana, e colocou o absorvente molhado de vodka dentro dela, ardeu na hora, mas o gemido foi abafado pela xana da mamãe na minha boca, e então descobri o motivo do biquíni de volta, a Sandra enterrou ele na minha bunda, de forma que o absorvente ficasse ali dentro:

- Pronto, meninas, não sai mais daqui!!!

Então a Paula (pelo visto a mais devassa) sentou em uma cadeira de praia próximo a mim, chamando:

- Venham, meninas, ela vai assistir primeiro enquanto a xaninha bebe um pouco...

As mulheres tiraram seus biquínis por completo, eu pude ver a dimensão tesuda dos seios da tia Paula, enormes, e cada uma, a seu pedido, mamou um dos bicos, fazendo ela gemer e se tocar lentamente, expondo um grelo enorme para fora, eu realmente estava ficando tontinha, o negócio funciona, meninas... E então a tia Sandra foi lamber o grelo da Paula, enquanto mina mãe sentou no seu colo, seu grelo é tão grande que dá para mamar como um pintinho, a carne fica para fora, eu gosava vendo aquilo, tonta de vodka e tesão, quando ela urrou e deu um berro gosando na tia Sandra, enquanto mamava os seios da mina mãe... Elas pararam e fumaram mais, me observando e logo minha mãe falou:

- Vamos começar a abastecer a putinha...

A tia Sandra foi a primeira a se sentar na minha frente, com a xana na minha cara, na cadeira de praia, falando:

- Nós três temos que gosar na sua boquinha, Jane, para começar...

E logo cada uma das restantes afastou delicadamente meus seios, colocando os dois para fora do fino banco, me sentia uma vaca sendo ordenhada, minha mãe e minha tia me mamavam com força, a Paula se deliciava:

- Vamos mamar tanto que eles vão ficar do meu tamanho... Esses bicos vão crescer...

A Sandra abriu a xana com as duas mãos, expondo seu tímido grelo, e comandando:

- Vai, putinha, lambe só o grelinho agora...

Eu gosava desesperada, quando a Sandra anunciou seu goso, me fazendo lamber todos os líquidos que saíam da sua xana... Então foi a vez da minha mãe, enquanto a tia Sandra tomou uma ducha na beira da piscina, eu comecei a mamar a minha mãe, que gemia alto:

- Sente o gosto da mamãe, filha!!!

E nesse momento vi a maldade da Paula, ela foi até a bolsa e pegou dois consolos, um menor preto e um maior cheio de bolinhas salientes na sua extensão, falando:

- Vem, Sandra, me ajuda a lubrificar os machos de hoje!!!

Meu desespero foi grande, eu tentei gritar, mas minha mãe esfregou a xana na minha cara, abafando qualquer tentativa de grito, rs, falando:

- Calma, amor, você disse que podia!!!

Elas duas lentamente passavam um gel nos aparatos, logo minha mãe gosou, e levantou indo em direção as duas, quando a Paula entregou o menor a minha mãe, eu tinha perdido a virgindade uma semana antes, e então a tia Paula sentou na cadeira, falando as duas:

- Movimentem, meninas... Ela agora vai mamar uma xana de fêmea de verdade...

Minha mãe deu uma mamada nos seios da Paula, passando a mão no meu cabelo, e lá foram as duas para trás de mim, e isso me levou a gosos fantásticos... A Paula abria sua enorme buceta na minha frente, enquanto disse a minha mãe:

- Aline, a bunda primeiro...

Minha mãe colocou o biquíni de lado, e senti algo gelado sendo passado no meu anel, logo a ponta estava forçando, a Paula colocou o grelo enorme para eu mamar, gemendo louca:

- Que tesão de língua, Jane!!!

Senti o consolo me invadir e doeu um pouco, enquanto a mamãe colocava o biquíni de volta ao lugar, e a Sandra colocou a parte de baixo de lado, assim o menor ficou enterrado no meu rabo, e ela foi enfiando o maior na minha xaninha, eu tremi de goso, minha mãe de alguma forma se enfiou ali de baixo e começou a mamar meu grelo lentamente, eu me distraía e a Paula me lembrava da sua xana, gosei tremendo de tesão, enquanto a Sandra disse:

- Acho que ela já está pronta para conhecer os seus pedreiros, Paula...

A Paula ouvindo isso gosou na minha boca, esguichando goso na minha língua, não sabia que mulher podia gosar assim também, e engoli tudinho, ela levantou com dificuldades e elas me soltaram, com a condição de que o consolo do rabo ficasse ali, rs... Fiquei tesuda e tomamos uma ducha as quatro, com muita lambeção e goso, e depois fomos ao quarto da minha mãe, onde cada uma me fez gosar com sua língua na minha xana, enquanto me lambiam ou eu mamava os seios das outras... E foi tesão o fim de semana inteiro, assim fui iniciada pelas minhas tias, no próximo conto como foi quando conheci os pedreiros da minha tia Paula, devidamente assistida pela minha mãe e a titia Sandra... Beijos da putinha Jane!!! Gosem muito!!!

Comentários

16/01/2017 03:43:36
Mt bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Relato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliaporno mulher malabarista da o cu no circocontos erotico no orfanatocontos de incesto maê pega filho roçar o pênis no grelo da maebucetagosotosacontos irma criaçao fudendo namoradoCorniei em cabine eroticaconto eroticosgemeasBAIXA VIDEO PORNO APROFESSORA ELIZABETI DA ESCOLA NANDEJAporno - socando uma pro amigo do marido no ofuroporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delabati punheta num desconhecido no onibus contosqero vido de transafamiliarnegao fodefo cu forcaputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celulardeu duas mexidinha e gozando em cima da buceta pornômulher centa na bengalatio tarado passa a mao na sobrinha ninfeta que nao resiste e fodenaugr sexo69 no sofáPoliciallindo tarado fudedorcontos tatuape primeira bucetaPensei em convidar para uma grande mulher transando com buceta grande mulhercontos eróticos de padastro abusivocoisinha do pornô bumbum na nucasogro casa dos.contosvidiopono tia bota pra chupaContos , enquanto eu estava bêbado o malandro tava comendo minha mulherxvideo contos sexual espiando atras da portamulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalacontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravaconto porno me depilaram todinhaeternos apaixonados cap 7 conto gayde calsinhamocasexo tio seu pau e muito grande nao vai caber na minha bucetinha naocontos eróticos xingando quando era enrabadacontos meu tio pauzaoencontramos nossos vizinhos na praia do nudismo conto erotvidio porno tio me cumeu na varanda do quintauUm hétero machista e homofóbico apaixonado por um índio 4videos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasconto erotico boquete bokete mamadaanda vamos comer a tua mae paneleiro contos pornoConto pau mendigo punhetaporno mae Chaegando em casaXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertasfilme porno "a primeira vez ninguem esqueçe"casada santinho e seu corninhoDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contosvideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetaguia de como fuder cadelasconversa com coroa carente cellconto erotico primeiro boquetecontos de maridos q gostam d ser corno e levam pirocudos pra comerem sua mulher em ksaContos eroticos mamae gulosa mamando no pauzao do filho e dos amigos dele e depois fode com todos eles juntos em uma orgia na sala de casa.contosgosandodentromorena cavala irresistivel não bater punhetaconto gay cacetao tioporno dento da pestinha conto pornpai comendo filha e a sobrinhaFamilia Sacana pornosexo com homens islan aforçando mulher gostosagarota ciclista bermufa socada na xanagostosa novinha virgem orgasminhovideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetacontos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadoGay afeminado virou mulher na mao do coroa negro contos eroticos os melhoresfull hd xxx videos of cologiracontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramamigo do meu maridinho tinha uma rolonacasos de zoofiliaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafoa infidelidade da irmã resolve dar a buceta ao irmão mais novosexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadaxvd irma bati punheta para o irmao e nao rezisti e da pra ele