Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Ângela, A Professora Devassa I

Categoria: Heterossexual
Data: 15/01/2017 01:38:19
Nota -
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ângela, A Professora Devassa I

Olá, leitores. Bem vindos a um relato dos mais ardentes, mesmo dentro dos padrões da página. Hoje vou homenagear uma professora que tive, seu nome é Ângela, uma delícia em forma de ser humano. Estou vendo suas fotos aqui. Ela não é minha professora mais, mas amante ainda. Aconteceu há três anos. Meu nome é Adriano, tinha 17 anos e muito gás, tenho 1,80 e 75 kg, sou moreno com cabelos muito escuros, portanto bastante desejado aqui em Curitiba. Sou atraente, e gosto mais de mulheres mais maduras, e nisso apareceu a Ângela, a deusa que começo aqui a narrar. Ela tem olhos negros, é muito branca, 1,60 e 55 kg, uma bunda que faz qualquer macho cair de quatro, e uma xana levemente peluda, muito bem aparada, claro que não descobri isso em um dia. Mas ela vinha dar aulas com seus decotes loucos, shorts muito curtos e eu podia jurar já ter visto sua xana de relance, mas devia ser coisa da minha cabeça mesmo. Bem, estava enrolado na matéria dela, matemática, e um dia no final de uma aula eu fui pedir uma explicação a ela, que foi muito solícita, e acabei me vendo sentado de frente aquele tesão de mulher, e ela estava com uma saia bem curta, e cruzou as pernas na minha frente, e vi tudo... Uma xana pacotuda, deliciosa, ela com uma camisa xadrez e um tênis vermelho de cano curto, me lembro cada detalhe do dia... Minha ereção foi instantânea, afinal, gosto de mulheres mais velhas, como disse, mas ela tinha 29 anos, e eu 18, seria um sonho totalmente carnal e deliciosos a se realizar... Mas ela é casada... Ela sorriu e me perguntou algo como:

- Você está em condições de prestar atenção, Adriano??? E riu despudorada e sacana, olhando fixo meu pinto ereto, que não faz vergonha, tem 19 cm e é grosso... Eu cheio de vergonha, vermelho como um pimentão, respondi:

- De verdade não, Ângela, assim fica difícil...

Ela se levantou e trancou a porta da sala, voltando até mim e me dando um beijo, ela disse:

- Vamos deixar a matemática para segunda-feira, hoje é sexta-feira, dia de algo mais...

Eu já levava minhas mãos a sua xana, e realmente era absurda, ela gosou ao meu primeiro toque, e depois ficou de joelhos, tirando meu pinto para fora, e punhetando lento, fui às nuvens, quando ela começou a passar a língua devagar, depois indo e vindo com desejo, ela exclamava, se tocando:

- Que pinto delicioso...

Eu me prendi o máximo que pude, mas não me agüentei de tesão e jorrei porra nela, que abriu a boca e engoliu tudo, me mostrando o liquido antes, isso me deu o maior desejo que já tive na vida... No entanto, tentando continuar, ela me disse, sedenta:

- Terminamos amanhã, gatinho, me passa o seu telefone... Ah, e o Fabio, seu amiguinho virgem, pode ter aula também???

Eu estava desnorteado, além de mim um amigo virgem que era louco por ela também, e o marido??? Gente, as coisas estavam loucas... Enfim, marquei com meu amigo, ele tinha 17 anos, também branco e com cabelos negros, e contei tudo para ele já na sua casa, quando a Ângela me ligou, perguntando onde poderia nos pegar, eu dei o endereço do Fabio, e em menos de meia hora, estava lá o carro dela, e nossa surpresa foi o marido, sentamos no banco de trás, e ele foi muito simpático, nos explicando que seu relacionamento com ela era aberto, e ela adorava sexo mesmo, mas com alunos era novidade, e que estava de saída para uma viagem, e pediu se poderíamos cuidar de sua esposinha no final de semana... Nós dois processávamos a informação, eu me propus a cuidar muito bem dela, motivo de risos entre todos... E ele se foi, saindo do aeroporto apenas nós três, eu já colocava as mãos nas suas coxas no carro, e ela às vezes errava o cambio, o Fabio ensandecido lá atrás dizia:

- Vou tocar punheta, professora!!!

- Ângela, apenas, docinho, e nada de punheta hoje... Já estamos chegando!!!

Chegamos ao apartamento do casal, uma vista linda de cobertura, entrando na sala ela pediu para nós que ficássemos calmos, pois queria curtir bem nossa primeira vez, e em especial a do Fabio... Tirou sua roupa, e disse:

- Tirem as suas, meninos... Vamos começar pelados... Mas antes vamos beber algo...

Na mesa de centro haviam dois baldes com gelo em forma de bolinhas, um balde com duas garrafas de vodka e outro com bastante cerveja, e um pote com muitos baseados, ela perguntou o que queríamos, eu disse engraçadinho:

- Quero você!!!

Ela me serviu vodka e deu uma lata ao Fabio, deixando ele mamar seus seios um pouco, seios deliciosos, grandes e com bicos bem rosados, depois ela se sentou e começou a arreganhar as pernas, pedindo a nós:

- Se toquem para eu ver, meninos... Quero ver como vocês fazem em casa para mim!!!

- Se eu me tocar agora vou gosar longe, Ângela... Disse o Fabio, ela já fumando um e extremamente excitante rindo, disse para mim:

- Dá um calmante nesse menino, nós vamos ensinar ele a comer uma fêmea, não a tocar punheta...

Eu entendi o recado, e logo eu fumava um e ele outro, realmente ele se controlou mais, e ela enfiou um cubo de gelo na xana, e disse:

- Estou molhando ela para você, Adriano... Fabio, vem aqui com sua professora...

Ela então deu um beijo nele, fazendo logo depois ele ficar de quatro na sua frente, passando a língua na xana que já escorria, me chamando, começando a lamber meu pinto lentamente, como de costume, eu fui às nuvens... O Fabio quase gosava, mas ela estava cruel, quando ele acabou e ela gosou, o colocou de frente para si, ajoelhando como uma gatinha, passando a língua na cabeça do seu pinto, e estendendo sua calcinha na mesa, ela disse baixinho:

- Gosa, aluninho virgem... A última punheta sua antes de ser macho... E lambia já guiando a pica em direção à calcinha, que ele lotou de esperma grosso e forte, ela levantando, assistindo e dando um beijo nos seus lábios, ele se desfez ali, e ela conseguia manter o ritmo de excitação sem deixar a coisa carnal, essa foi uma lição que ficou para mim, comer a Ângela dá prazer, relaxa, é tesão e paixão ao mesmo tempo... Ela me puxou pelas mãos, enquanto o Fabio se refazia, sentando no meu colo e dividindo um copo de vodka comigo, seus olhos vermelhos e seu jeito meigo conquistavam, ela roçava minha pica na entrada da sua xana, me falando:

- Vamos continuar de onde paramos, gatinho!!!

E encaixou a pica, deslizei lentamente por dentro do seu canal apertado, sua enorme xana era só por fora, ela era uma virgem dentro, rs... Olhei para baixo e vi seus lábios brancos indo e vindo, minha mão tocou seu grelo, e ela gemeu forte, minha boca já nos seus seios, ela berrou:

- Me faz gosar, lindo!!!

Tremendo ela gosou, eu senti que não ia segurar muito tempo, mas ela é foda... Tirou, se colocando de frente no sofá, acendendo um e me dando, e o Fabio fumava o seu em uma longa punheta, ela disse:

- Não gosa agora não, o menino está aprendendo...

Eu meti lento e me segurei, o baseado inchava meu pinto, mas ficava menos sensível, e ela abusou dessa tática sempre, por fim, sua xana começou a doer, e ela sentia muito prazer nisso, ela gritava:

- Quantas vezes você arrombou minha xana no banheiro, Adriano???

- Muitas, professora...

- Então se realiza, me faz mais fêmea... Estou jorrando goso...

Eu não agüentei, e ela mudou de posição mais uma vez, me pedindo safada:

- Mete em mim de quatro, me engravida de cadelinha!!!

Eu meti e pouco agüentei, a xana pegava fogo no meu pinto, e quando esporrei doeu muito, nunca senti tanto esperma saindo de dentro do meu corpo, se bobear eu engravidei ela mesmo, rs... Ela caiu gemendo gostoso, se recuperando e lembrou do Fabio, este já em outra dimensão, ela o chamou e deu um beijo molhado nele, de pé, e se arreganhou para o Fabio, ele foi e disse, com vergonha:

- Estou quase gosando de novo...

- É normal, até domingo você acostuma... Mas quero gastar seu gás bastante antes...

Ela pegou um baseado e acendeu, dando a ele e pedindo:

- Fica roçando a cabeça até gosar, pode???

Nisso ele concordou e fumava brincando na porta da xana dela, que o controlava delicadamente com os pés, enquanto eu já tinha meu pinto mamado pela deliciosa, que me disse:

- Vamos brincar, você vai ser meu marido e ele meu amante, você tem que ensinar ele a me comer...

Isso teve um efeito devastador no Fabio, que encheu ela de porra na entrada da xana, que já escorria muito, ela então o beijou e para nosso espanto, colocou as pernas para cima, me pedindo:

- Segura, amor???

Seu rabo já estava lubrificado pelos líquidos de nossos pintos, escorria gostoso, e então ela no tesão de tudo abriu tudo que pode, pedindo ao Fabio:

- Mete aí primeiro, vamos adorar, meu amor!!!

Ele demorou, mas duro como pedra, meteu gostoso, ficando sem ar, eu segurava suas pernas deliciosamente torneadas e ela mexia no grelo, me olhando e falando:

- Vocês vão me enlouquecer... É bom seu pinto estar bem duro logo...

O Fabio gemia gostoso, metendo sem jeito, logo pegando ritmo e fodendo ela com lentidão, ele demorou um pouco mas gosou na nossa deusa, que agradeceu os jatos dele dentro dela, e nos levou ao banheiro, onde tomamos uma ducha, eu duro e o Fabio se refazendo, ela levou viagra e nos deu, nos lambendo inteiros e massageando nossos corpos, depois fomos para sua cama, ela nua se enxugando era o fim do mundo, então ela deitou e abriu as pernas, o Fabio duro encaixou ali, e começou a comer a Ângela com gosto, ele gemia muito, parecia em outro mundo, ela gosando berrava:

- Gente, que menino gostosinho!!! A pica dele é grossa!!!

Ele estava bem acabado, e então demorou na sua primeira vez como macho dentro de uma xana, até não se agüentar e gosar muito dentro dela, que ficou de lado observando nossos corpos ali, e fazendo carinho no Fabio, que a beijava muito gostoso... Demos um tempo, onde bebemos e fumamos e ela pediu dois presentes, visto que pelo remédio estávamos duros como pedra, o primeiro, ela nos colocou de pé e mamou os cacetes com muito desejo, gosando os tubos na sua boquinha sedenta, ela bebeu com um copo de vodka junto, e depois pegou óleo e passou no seu rabinho, nos olhando tesudos, ela fumou um grande, ficando bem louca, e então me chamou, ficando na beirada da cama comigo, cravando o meu pinto na sua xana, e depois soltou o corpo, olhou o Fabio a disse:

- Não fica olhando não gatinho... Mete mesmo!!!

Mas aconteceu o inesperado, ele se atrapalhou e meteu na xana dela, junto com meu pinto, ela deu um berro a plenos pulmões, ele tentou tirar e ela berrou:

- Não tira não, isso é delicioso... Caralho!!! Me devorem!!!

Assim começamos movimentos cadenciados dentro dela, e como estávamos já bem cansados, demoramos muito dentro, ela se contorcia molinha encima do meu corpo, e jogamos leite dentro dela gostoso, ela caiu desmaiada ali ao nosso lado, tomamos um banho e dormimos com ela, a coisa foi tanta que no domingo só pudemos comer sua bundinha, mas ela nunca nos largou... Seu marido participa às vezes, e eles têm um delicioso relacionamento aberto, onde ele também escapa com amigas dela... E nós já participamos também... Hoje sou noivo, minha garota não sabe de nada, eu a amo, mas... Ângela, você é irresistível... Tanto que minha despedida de solteiro será contigo, querida... Beijos, gosem, em homenagem a uma grande leitora!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


queria ver vídeo de sexo com lindas coroas chorando e gritando no pau do negão dos peitão e bundão ela g****** junto com negão e o negão g****** junto com ela no pau ela g****** nos corre na gala chorando e gritando de dorretribuindo o favor para a mae passando gel no seu cu contos eroticosContos eroticos irmas gulosas mamando no pauzao grosso do irmao e de mais cinco amigos pauzudos dele na piscina de casaporno.tem.leite.no.peito.deixemamarMulher cagando na calsinhavideo pornochantagiei e comi o viadinho magrinho contosgarota nao guenta da r u cu i chora pornogay fazeno sexo com cachorro e fica engatadoPorno.doidsexoconto eroticos variss garotinhas muito novinhasimpatia para virar corno mansojovens de calcoes subidos mostram as nagedas porno videoshistoria de genro homem hetero transando com sogro homem heteroXVídeos gay com truculênciaaprendiz do sexo porno falando palavroesbaiano chupando clitori e falando besteirascontos eroticos dei para um vizinho de iptingaxvideos filha fas carrinho no pae que nao resisti e trasa com elacontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosSexo on-line aclimação menagecontos eriticos minha sogra levo ninha rola grandecuckold adeptossaudades faze sexo com a minhia esposaad bucetad mais petfeitas do mundoo garotinho do semáforo contos eróticos reaisconto erotico advogado apaixonantefoto de cafuçu com pau enorme de grosso e cabeçudosexo deixando mae com bunda doendo contoCONTOS SOU RABUDA SO USO SHORTINH PROVOQUEI MEU SOBRINHO ATOLADO NA BUCETAflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contosdescreva como se sente ao esfregaren seu clitoresporno levantado a saiao pauzao preto fortenovinhos na academia recebendo massagem fudendo chupando levando gozada na boca e no cu pra porra ficar escorrendoVirgem chora na cama com velho taradocontos eroticos dando o cuzinhi e a boceta pro molekis da vizinhancamachostesudocoloquei duas bolinhas de golfe na bucetaporno brasileiras novinha da sua buceta e se arrepende e chora e chama palavrao nuamulheres bostas scatporno jaritaca pau grande traivideos de sexo bruto gostosa na posiçao que intslei tudovideo. pono mulheres guichado porra de tezaovídeo dos anjos guerreiros vídeos pornô sem jeito mallargandoo cu com um pepino grosso pornodoidocontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosaxvideos Botando rola Pra Fora E sarrando bem gtzmundo bicha homens de corpo gostoso e pintu dutosfotos enfermeira gostosa pega rola pascientecondominio traicao videos cuckoldloirinha magrinha sentando no pau do negao de 70 centimetrossurfistas de rola duraporno de coroucom novinhasquero ver os de gravações de atrizes pornô que param de transar com dorpornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********contos incestos mãe mais lidos 2017videos porno eu estava dormindo e ele chupou a minha bucetinha e eu noa acordeias mulheres cm a buceta grande panel de fuscapornocontoincestostentando comer irma crentinhavideo porno lanbidas na boceta noivas e incestomulher chamou o vizinho para tirar goteiras e deu a buceta para eleconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexocasa dos contos eroticos/julianaconto eroticosdei no primeiro encontrocontos gay babydool maecasada foi pra oficina dar pros mecanicoscontos de filha crentevi meu genro transando contomeu maridinho me deixou fuder na madrugadasoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôsobrinha abre a perna para o tiochuparmulheres nojona de tanto tesaovideo porno chamei meu genro para mim ajudar e dei para elepadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadacomo fazer alguem te pedir dxclpa a distancia