Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O “Pintinho” Do Meu Filho (Por Julia)

Categoria: Grupal
Data: 15/01/2017 01:56:31
Nota 7.25
Assuntos: Orgia, Incesto, Grupal
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O “Pintinho” Do Meu Filho (Por Julia)

Olá a todos. Me chamo Julia, e vou contar uma coisa bem louca aqui, mas que é real e me fez mais mulher do que nunca. Eu tenho 35 anos e sou muito boa de corpo, morena com 1,65 e 50 kg, falsa magra com seios siliconados e bunda redondinha, advogada bem sucedida e tenho 2 filhos, um de 18, o Flavio, tesudo e com corpo muito bem feito, ele é atleta, e um de 16, o Vitor, esse magro mais estilo nerd, com óculos e tudo. Obviamente, o Flavio é um pegador nato, com sua namorada, a Sandra, uma delícia de ruiva com 1,70 e 60 kg, muito legal, 21 anos e terminando psicologia, e eles tem uma relação aberta, eu nunca entendi bem isso, mas se eles são felizes assim, eu concordo. E jamais pensei no acontecido, nas vias de fato, faz 1 mês e minha xana molha ao pensar. E o Vitor arrumou uma namorada que ninguém gostou muito, ela é uma pessoa arrogante e gosta de ser melhor em tudo, Lívia seu nome, outro problema é que ela tem 20 anos, e nós todos imaginamos que isso seria o fim quando acabasse. No vou detalhar como ela é aqui, nem vale a pena. E faltou a Alice, a mulata que trabalha conosco, que tem um corpo negro delicioso, seios à parte, bunda enorme e tudo durinho, até eu imaginei dar uns pegas nela, uma delicia de 40 anos, me ajudou a criar meus filhos, que não tem pai, por assim dizer. E tudo ia bem, até o Vitor contar todo feliz que tinha perdido a virgindade com ela, nós não tivemos muita reação, mas eu tinha o instinto de mãe que iríamos ter problemas. O Vitor sacaneou ele, zuamos um pouco, mas uma semana depois veio a bomba: Ela traiu ele em uma festa e terminou com meu filho, e ainda humilhou ele dizendo que ele tinha pinto pequeno (claro que quem me contou isso foi a Sandra, que estava com o Vitor e o Flavio na festa). Filha da puta, humilhou meu filho, e ele não me contou tudo, claro, mas seguiram-se 2 semanas de depressão, meu filho com cabeça baixa e dentro do quarto. Enfim, foi assim que começou uma virada alucinante. Fomos um final de semana a um sítio que um amigo me empresta as vezes, todos os 5. Na primeira depressiva noite, o Vitor ficou no quarto, e nós fizemos um churrasco, bebemos e começamos a falar de sacanagem, e quando a bebida fala mais alto, nos liberamos. A Sandra começou a contar, a nosso pedido, como era a relação aberta dos dois, a Alice foi ficando vermelha e ela por fim soltou, já tinha dado uns pegas na Alice, que quis parar por aí... E eu bêbada como estava soltei em alto e bom som:

- Com esse corpo aí, quem não quer dar uns amassos, não é???

Todos riram, mas eu pensei realmente, minha vida sexual estava um lixo, eu tinha dois amantes no emprego, ambos casados, e isso me incomodava realmente, e eu estava molhada ali, mas meu filho junto... Eu decidi ir dormir, sem antes um comentário sonso da Sandra, que disse:

- Julia, acho que eu e a Alice podemos dar um jeito no tal pinto pequeno do Vitor...

- Que isso, menina, não perdoa nem minha amiga aqui, nem meu filho... Sossega essa buceta... Só falta o Flavio ter comido a Alice... Aí vocês vão dar para o Vitor mesmo...

O Flavio riu, e eu realmente passei uma noite louca de insônia e siriricas, tudo estava acontecendo debaixo do meu nariz, e pelo jeito eles realmente não tinha limites... Acordei tarde, ou nem dormi, e então me levantei lá pelo meio dia, usando o banheiro do corredor para tomar um bom banho, e o Vitor entrou e não me notou, seu pinto estava duro de sono, acho, e ele mijou e eu pude ver o pinto dele, não era pequeno, era normal mas grosso demais, e confesso que diante das orgias que me passaram pela cabeça a noite toda, ver um pinto me molhava... Mas a situação piorou, ele virou e me viu, ficou roxo de vergonha mas me olhou de cima abaixo, eu fiquei perdida, seu pinto não amolecia, e ele virou e disse:

- Desculpe, mãe...

Eu tentei animar ele e piorei a coisa, eu disse:

- Meu filho, não é pequeno não...

- Até a senhora sabe???

E ele saiu triste para o quarto novamente, eu me apressei tanto que saí só de calcinha e encontrei os outros 3 na piscina, o Flavio babou meus seios, e as duas logo riram:

- Que isso, Julia, o papo ontem foi aberto...

Eu contei a eles o que tinha feito, o Flavio, como bom irmão, diante do silêncio das piranhas, falou:

- Porra mãe, agora você fodeu tudo... Minha solução é radical, senão ele vira viado e os caralhos...

Todos rimos, mas a situação de início era realmente séria, e decidimos bolar um plano para mais tarde, pois no momento nada iria mudar o que eu tinha falado... Minha preocupação, quando almoçamos, foi o que eu e o Flavio iríamos fazer, ele disse:

- Relaxa mãe, vamos nos divertir... Só assistimos, vou ver minha namorada sendo comida e não falei nada...

A situação preocupava e as duas riram, mas mal sabia eu que a Sandra tinha planos, sendo íntima minha, sabia que minha xana não via pinto há um tempinho, meus amantes estavam de folga, rs... Desculpem se o conto é longo, mas não é realmente só de sacanagem... E caiu uma noitinha gostosa, mas meu desespero foi maior, nos arrumamos e colocamos as fêmeas biquínis indecentes, eu via a hora que pegava uma das duas ali no ato, e fui tirar o Vitor do quarto, senti um cheiro filha da puta, que eu bem conhecia, mas enfim... Chorei, ele fumava um monte de baseados no quarto, e a Sandra vendo meu desespero piscou e disse:

- Deixa com a psicóloga putinha aqui... Vamos ficar do lado dele, afinal...

Ela foi ao seu quarto e voltou com ele já de sunga, ela trouxe uma trouxinha de baseados dele, e então minha surpresa final, ela muito séria começou a enrolar uns, e eu mais desesperada dizia, bebendo:

- Porra, o que você vai fazer com isso???

- Você já experimentou que eu sei...

- Desculpa mãe... Foi a única coisa que o Vitor disse, e o panorama era o Flavio com uma pica enorme por baixo da sunga, a Alice com seus seios quase saltando para fora de um biquíni meu, e a Sandra preparando o negócio com as pernas bem arreganhadas, então o Flavio foi a cozinha, mediante a uma piscada dela, e trouxe uma garrafa de tequila, meu ponto fraco, e as duas já tinham aparentemente armado tudo, a Alice começou, enchendo cinco copos e fazendo com que virássemos juntos, ela disse:

- Vamos jogar a verdade... E cada um que falar vai virar um copo e escolheria a prenda para o outro pagar... Sem perdão...

A salvação foi ver o Vitor animado, mas eu não imaginava aonde isso ia dar... A Sandra acendeu um para cada um de nós, e fumamos até bater a onda, o Vitor ria e dizia:

- Isso aqui está ficando animado, minha gente...

Todos sentamos em círculo, e a Alice girou a garrafa, que caiu em mim, eu sem limites fiz a pergunta ao Flavio, que ficou muito sem graça, eu disse:

- Faz quanto tempo que vocês fodem a Alice???

O Vitor arregalou os olhos, ele disse:

- Como assim??? Perdi muito???

- Eu tinha 15, a Alice 18... E riu muito, emendando:

- Minha prenda vai para a Alice, que nos ensinou sexo... Tira tudo!!!

E ele golou a tequila, logo a Sandra foi ao meio e exibiu seu corpo delicioso, sentando por trás do Vitor, visivelmente nervoso, e então eu girei a garrafa, que caiu na minha surpresa inimaginável, na direção do Flavio, mas a tesuda da Sandra pediu a pergunta em troca da prenda, eu deixei, e senti meu filho gelado, ela perguntou:

- Amor, quantas vezes você já me comeu falando o nome da sua mãe???

Eu engasguei, e acendi mais um, aquilo daria na pior das hipóteses...

- Porra, Sandra... Duas seguidas... Mãe, já gritei seu nome dentro dela...

A Alice já beijou o Vitor, metendo a mão dentro da sua sunga, e a Sandra pagou sua prenda tirando tudo e indo em direção ao Vitor, olhando para o Flavio e para mim e falando:

- Se virem aí!!!

Enquanto via as duas sugarem o pinto do Vitor, e logo ele mamar as deliciosas tetas grandes das duas, o Flavio se aproximou de mim, jamais tinha imaginado isso, ele e eu nos olhamos e foi romântico, um beijo de tirar o fôlego, de namorado mesmo, então nos sentamos, ele no banco perto da piscina e eu no seu colo, de frente, nenhuma palavra foi trocada, eu ofereci meus seios, tirando todo o meu biquíni, e tirei a sunga dele, um pinto de uns 20 cm saltou na minha direção, e então ele começou a roçar em mim, logo penetrando, gemi gostoso, vendo o Vitor animado na xana da Sandra e da Alice, que sentaram se beijando e colocaram ele para mamar as xanas, e depois se viraram de forma que a Alice ficou em 69 com o Vitor, e a Sandra mamava os seios da Alice e oferecia sua xana ao meu filho, a Alice mamava bem, e disse:

- Porra, queria um pinto desse todo dia... Pequeno porra nenhuma, tem uns 18 cm...

Eu gosei ouvindo isso, e o Flavio, sem agüentar muito mais, me lotou a xaninha de esperma, ele gemia:

- Porra, mãe, sempre quis isso...

- Tem mais, filho!!!

Falei e dei um beijo estalado no meu garotão, enquanto a Alice se encaixava na pica do Vitor, e para meu deleite, a Sandra saiu e veio em minha direção, me deu um gostoso beijo e perguntou:

- Gostou do meu macho???

- Nosso macho...

Eu respondi e rimos, ela pegou mais tequila e fumamos mais, nisso o Flavio estava muito duro, então pensei que fosse a vez deles, mas não, ela safada pegou um tubo de óleo na churrasqueira e ajoelhou em frente a minha xana, limpando, o Flavio me beijava com tesão e a Sandra também mamava o sacana, e então senti um dedo invadir minha bundinha, gente, sou pequena, desesperei:

- Não, um desses na minha bunda e você não vai ter mais sogra...

- Relaxa e gosa, Julia...

Nisso olhei a Alice, tesudamente aberta na cadeira, com o Vitor metendo lentamente na sua xana, ela suava bicas, oferecendo os seios a ele, gemendo:

- Vai, Vitor, me deixa prenha... Sou a puta da família mesmo...

O Vitor não agüentou mais, e despejou muito sêmen nela, ele jogou seu corpo por cima da Alice e suspirou fundo, ela olhou para a Sandra e disse:

- Menina, é muito leite, limpa aqui...

A Sandra olhou e fez sinal que viesse, assim os dois vieram de mãos dadas, e a Alice ficou de pé ao lado da Sandra, sugando meus seios e eu os dela, agora a Sandra tinha duas xanas esporradas e os dois pintos de quebra para mamar, ela riu e disse:

- Que banquete!!! Só falta eu levar pica, não é Vitor???

Ele estava aturdido com a cena, e quando ela terminou, a Alice fez um 69 comigo, me levando a beira da piscina, onde ela ficou por baixo e eu com as pernas dentro da água, curvada, sentindo o Flavio encostar no meu rabo, e meter com cuidado, eu tremi e me senti dividida em duas, mas a Alice me segurou:

- Coloca nela, seu puto... Come a mamãe igual você me enraba!!!

Eu gosei na língua da Alice, a ao nosso lado, a Sandra se abria para o feliz pinto do Vitor, só então vi que ele estava inchado, mais do que eu vira de manhã, e era grosso, apesar de 18 cm, sua grossura era boa... Demais até!!! Ela abriu e ele meteu, ela gemeu gostoso, eu me distrai e senti as cavalgadas do Flavio em mim, metendo como se eu fosse uma putinha, a Alice saiu debaixo de mim e foi para trás do Vitor, prendeu seus braços e a Sandra riu:

- Nem ele escapa???

- Que isso??? O Vitor perguntou...

- É um jeito que brinco com eles dois... Vou te ensinar a tratar uma piranha ruiva...

Nisso ela empurrava o corpo dele ao máximo de encontro à virilha da Sandra, que tentou fugir, e a Alice largou os braços dele e prendeu ela pelas ancas, e metia violento, ela gosou mugindo, rs, e o Flavio não agüentando isso me colocou de frango assado, levantando minhas pernas nos seus ombros, meu rabo ficou totalmente exposto, e ele foi fundo, fiquei assada e ele me encheu de esperma de novo, saí tonta, com um beijo delicioso dele, e o Vitor também não agüentou e se esvaiu dentro da Sandra, que dizia:

- Vamos trazer a puta da sua ex aqui e foder ela!!!

Então demos um tempo, fomos nós três meninas e tomamos uma ducha ali mesmo na piscina, onde quase fui abusada pelas duas taradas, que confessaram sempre ter tido desejo por meus seios e xana, e os dois já estavam duros assistindo, quando voltamos e o Flavio disse, sacana:

- Nem eu nem o Vitor comemos as três...

A Sandra trouxe o Vitor e ficamos os três no amasso, e a Alice mamava com tesão o Flavio, logo se colocando de quatro, ele meteu sem pena na sua xana, enquanto a Sandra me abria na mesa para o Vitor, que não acreditava, ele perguntou:

- Posso, mãe???

- Me fode!!!

Ele começou um vai e vem lento, e depois mais acelerado, eu gemia e gritava preenchida:

- Pintinho delicioso!!!

Era muito gostoso ver ele entrar e sair de mim, e a Sandra, não perdendo tempo, logo colocou a xana a minha disposição, e eles nada de gosar, estava assadinha, e o Vitor gritava:

- Mãe, você é um tesão...

Ouvimos o grunhido do Flavio, que tirou a pica da xana da Alice e gosou nos seus peitos, logo se juntando a nós, ela nos fez beber todo o leite que ele gosou, e depois o Flavio colocou a pica na minha boca:

- Deixa limpinha mãe!!!

A Sandra e a Alice se agarraram e fizeram um 69 com seus seios, e cada mão siriricava a xana da outra, eu nunca pensei em tanta sacanagem assim, e a Alice me disse:

- Patroa, levando de um e mamando outro, que delícia... Vou querer também...

A Sandra não agüentava mais de tanto gosar na mão da Alice, e por fim o Vitor, com muito tesão, me sujou por dentro, ele gosava que era uma delícia, e então os meninos realmente estavam cansados, ficamos os 5 conversando, fumando e bebendo, até que os dois deram sinal de vida, e ávidas por pica, já que eu não agüentava mais, o Vitor comeu a Sandra na bunda e o Flavio meteu na Alice, eles gosaram nas costas das duas, e me chamaram:

- Vem, limpa esse banquete de porra!!!

Me deliciei, e fomos dormir, mas a pedido, o Vitor dormiu comigo e a Alice, enquanto o Flavio e a Sandra ficaram mais um tempo curtindo a noite... Hoje nos devoramos sempre, e a Alice adora meter com o Vitor, mas faltou um detalhe, e pretendo contar no próximo, chamamos nós três meninas a Lívia para passar um fim de semana conosco, mas com os caseiros lá... Mais de 23 cm cada um, hoje os meninos fodem ela como uma vadia, e ela gosta... Gosem muito, comentem e votem, Julia!!!

Comentários

19/01/2017 13:56:04
Delícia
17/01/2017 16:07:25
Gozei muito
17/01/2017 15:58:02
Delicia de conto, me deixou cheio de tesão para chupar essa bucetinha e meter minha tora. Mande uma foto nua para me aprecia-la.
16/01/2017 16:24:03
Gostoso
16/01/2017 00:05:01
parabens pelo conto muito bom
15/01/2017 14:30:32
É essa a palavra justa, não convence!!!
15/01/2017 06:05:16
Não convence. E "gozar" é com z.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


senhora de idade pratica zoofilianovinha: dei pro meu irmao roludo depois que flagrei minha mae fando pro meu pai na sala contosbigodinho do ritler videos pornoContos um caderante estrupou minha bucetafodas narradas grannyconto erotico enquadradinho 2015vídeo pornô eu estava dormindo a bunda e 20:13 me comeu na marraxvídeos i****** filho tenta fudera mãe e ela não quer dar mas acaba conseguindojapurunga peladacontos de namorada no churrascoHOMEM FUDENOCADELA em artof zoocalça legue mostrando abuçetacontos tathy ellenconto erotico gay minha tia me transformou em meninacavalo viou pau ate no urtero da novinhaContoeroticonovinhosafadodois gatoto tarado xvidioxvidios os dias era asimleitinho do papai contos inocentecontos quentes de padrasto tarsdoo pau do meu marido grande23cm e toda hr que fazer sexosexo tesao caricia exitante gemido passadas de maos nos seiso na bucetawww.contoseroticos fui viola por um mega caralhudocu manteigacontos eroticos minha namorada medindo o pau do dotadoConto erotico scat adoro ver a mulher peidandoSexoanalsemdorvideo fazendo dp pra sartisfaze o maridoporno A garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado kkkkkcontos de sexo depilando a sogravideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delascontos de scatconto erotico meu/marido transou comigo e meu sobrinhomeu sogro e seu irmao me funderam juntos contos eroticosContos.fonados porno de cornoleitinho do papai contos gaycachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiaboyzinho encoxando no hetero no onibusvideo porno velho mamando e mordendo e puxando o peitoforsei minha madrasta a fuder panterasxvideo da tia com medo a som brinha gozado na boca delaxv minha tia tem abusetas graandenariz de policial dando o priquito a outros policialcontos eroticos pastor comedor de mulher casadaPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastacasa do conto meu filho me encoxou de baby dollcasada se mostrano em casa pra corno e amigos juntos desfilando de fiocontos incesto mae gts primos se pegando e com mãoboba pornodoido.comcontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadomeu conto erótico da Fiat Fiat toro vai comer elaThaiana xvideos sabiacontos eroticos de motorista pirocudo de madameesposa levantando o vestido para o pedreiro comer lá em casa reforma vídeo pornô doidonovinha deixou o tii passar a mao na bucetinha em troca de dinheiroporno loira olhos azuis coxa grossa rabo grande peituda cabelos longos metendo como uma cadela no ciosexo com dentista a forçacontoszoofilia os mais pegadoresmamãe+mamãe.papai++nuacontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porravideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhamãe ensina a chupar um negro picudovideo porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitocontos erotico da irma batendo punheta no irmao machucadopornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormircomendo a sogra gostosa mttezaocontos chantagiei a enteada e tirei seu cabasoxoxota as gordinhas mais tocadas e mais gostosas gordinhas bem feitas discursos e transando e gemendotentando meter com pinto inchadoa cinquentona gritava não ia aguentarConto.erotico sogra tatoadacontos minhas amigas fizeram uma festa e me comeram com consolo elétricoamigo gay bundudo liso vestido de mulher na festa conto gaycasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodever e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitoporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelmulher secura na pica do negao quando encosta no cuporno sombra brasileiro pauzudo so com vovo 60anosdei a buceta pro borracheiro contos eroticosDeixou varios gozar dentro frutapornocarroceiro socando com forsa na novinhaXvideo vou contar como acabei transando com uma irma da minha igreja elaera casadadoce nanda parte cinco contos eroticos