Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Homem & Poder 3- Dominação

Autor: Roberto
Categoria: Homossexual
Data: 16/01/2017 10:54:17
Nota 10.00

Contei a minha mulher sobre a foda com Rafael, ela sorriu e disse;

- Finalmente você pegou um cara, eu sabia que você gostaria disso. Agora vou poder achar uns machos pra vc!

- Te amo, safada!

- Te amo, meu machão gostoso.

Rafael não iria ao trabalho naquela quarta, ele "não iria' ele já estava lá, chegou de Madrugada e ficou esperando aonde eu mandei e com a roupa que eu mandei. Quando cheguei no trabalho aquele dia, fechei a porta assim que entrei na minha sala, lá estava ele debaixo dá minha mesa, estava apenas de jockstrap, quando me viu, ele sorriu, se levantou na minha frente, peguei ele e nos beijamos, virei ele, para ver sua bunda, lá estava o plug no cuzinho dele, estava socado naquele cu, fiz pressão ali, ele gemeu.

- Vai me mamar o dia todo? - perguntei.

- Aham - ele gemeu, estava delicioso, uma carinha de puta, meu pau tava muito duro.

Sentei na mesa, ele no meio das minhas pernas, abriu meu zíper e tirou meu pau pra fora, socou naquela boca deliciosa.

Foi um dia delicioso, ele mamando, socava na goela meu pau, babava, engasgava e eu tentava me concentrar nos telefonemas e papéis. Teve um sócio idiota que entrou na minha sala, fiquei falando com ele vinte minutos, meu putinho chupava meu pau com empenho e silenciosamente, eu respirava fundo pra não demonstrar nada. Rafael não me deixava gozar, quando percebia que eu estava prestes a gozar ele segurava meu pau com força e não deixava isso acontecer. Ou seja, na hora do almoço, me tranquei na sala. Puxei ele, beijei aquela boca com desespero, ele subiu na minha mesa, ficou de quatro, arranquei o plug do cu dele e soquei naquela boca, o cu dele estava ainda mais rosado, piscava nervoso pra mim.

- Quer minha língua nesse cu? - perguntei baixinho no ouvido dele.

- Quero- ele gemeu abafado pelo plug na boca.

- Então pisca esse cu.

Ele piscava, aquele cuzinho delicioso piscando pra mim, fiquei com água na boca, aquela "bucetinha" de moleque, aquela cucetinha linda, chupei os dedos, passei eles molhados naquela fenda, ele gemeu, ficou todo arrepiado, beijei a nádega dele, mordia, ele tremia, Rebolava, seu cu piscando, pedindo, lambi aquele cu, ele soltou um gemido de alívio. Chupei aquele rabão, ele Rebolava na minha cara, deliciosamente rebolando, esfregando aquele cu na minha cara. Dei dois tapas, ele gemeu e me encarou, lindo, aquele plug na boca, soquei a cara ali, chupava seu cu com vontade, socando a língua ali dentro, penetrando ele com a língua, abrindo ele. Rafa gemia baixinho, eu batia uma chupando aquele cu, cuspia, deixei ele em estado febril, arranquei o plug da boca dele, soquei no cu dele, beijei a boca dele.

- Vou almoçar - anunciei - quietinho aí.

Ele entrou debaixo da mesa, estava suado, vermelho, queria meu pau. Ele me olhou com raiva, queria ser comido, mas ele teria que esperar.

No almoço mandei a foto dele de jockstrap debaixo da minha mesa para minha mulher que delirou.

" Meu Deus Homem, que safado! Até para seus parâmetros. Tá virando um animal" e eu respondi " Não viu nada".

Almocei, voltei pra sala, ele estava lá, lindo, me esperando. Sentei a mesa, arranquei o pau, ele socou sem demora, chupava, mamava, e eu trabalhando. Minha mulher, safada como eu, sabia que o garoto ainda não sabia do meu casamento aberto e o quanto minha mulher topava as coisas, ela apareceu lá, conversava em um tom normal sobre um jantar, mas ela levantou o vestido e se masturbava pra mim, ele mamava afoito, eu tremia, olhava minha mulher, aqueles seios fartos, aquela boceta peludinha, o seu grelho delicioso, ela socava os dedos nela, estava úmida, babada, e falando normal. Antes de ir, me deu os dedos pra chupar, saiu rindo dá minha cara de tesão. Às 18:00 fechei tudo, puxei o moleque pelo cabelo, fomos ao banheiro, arranquei minha roupa, eu estava com aquele sling de couro e correntes de prata, ele ficou louco ao me ver assim.

- Hoje eu vou mostrar como que eu gosto das coisas... Já deu pra perceber, né?

- Sim, você é um rei. Estou enlouquecendo, minhas pernas tremem, eu quero mamar você todos os dias, não comi nada o dia todo...

- Vou te dar algo pra comer, mas apenas depois da nossa foda.

Empurrei o moleque pro chuveiro, o plug no cu, a jockstrap, ele de joelho, a água caindo nele. Apontei a rola pra ele. Comecei a mijar forte, acertando ele, na cara, na boca, ele abriu a boca para me experimentar. Deixava o mijo acumular e cuspia em mim. Dei tapas na cara dele. Ele tentava chupar a cabeça do meu pau, os jatos de mijo forte invadiam a sua cara, molhavam seu corpo delicioso. Ele chupava meu saco e eu mijava, ele delirava, me olhava deliciado. Ele passava as mãos pelo seu corpo, espalhando o mijo, se delíciando com meu mijo. Ele ria pra mim, safado. Entrei na água com ele, beijos, tapas, ele metia socos no meu peitoral, flexionei os braços, ele batia nos meus músculos, cuspia na sua boca, ele sorvia, ele me deu um tapa na cara, revidei, empurrei ele de bruços, aquele plug ali, deliciosamente fincado naquele cu. Saímos do chuveiro molhados, corremos pra minha sala. Peguei a minha cueca e soquei na boca dele. Arranquei o plug, amarrei ele com a gravata e coloquei ele ajoelhado na frente do sofá de couro. Deitei ali, com meu cuzao na cara dele, ele olhava meu corpo grande e peludo, meu pau duro empinado, minha bundona, meu cu peludo, chupei o plug e soquei no meu cu, gemia, ele assistia hipnotizado, ele suava, eu Rebolava, aquele plug socado no cu, tirava o plug e mostrava meu cu, socava dedos, chupava os dedos, meu pau babava, ele estava absorto, alucinado, puxei ele com o pé pra socar a cara no meu cu.

- Cheira meu cu - gemi

Ele cheirava, fungava naquele cu, eu chupava o plug assistindo aquilo, o moleque fungava, socava a cara no meio da minha bunda, sentindo meu cheiro, sentindo tudo.

- Quer chupar esse cu? - perguntei.

Ele fez que sim com a cabeça, a boca entalada com a minha cueca que usei o dia inteirinho,arranquei a cueca dá boca dele, cuspi na boca, deitei, abri as nádegas, ele abriu a bocona com sede de cu, socou a língua no meu rabo, afundava a cara dele no meio da minha bunda, Rebolava, esfregando a cara dele no meu cu. Ele chupava, cuspia, socava a língua, gemia, estava faminto. Eu com o plug na boca, ele chupando meu cu, lambendo, piscava pra ele. Ele pediu o plug e socou no meu cu, gemia alto pra ele, ele tirava o plug e chupava, meu cu piscando, minha bunda enorme ali pra ele, virei de costas. Fiz ele deitar a cabeça no sofá e sentei na cara dele, ele afogava com tanta bunda, eu Rebolava, provoca o garoto. Ele perdia o ar, eu suava, deixei ele ficar louco. Sai de cima dele, puxei ele pelos cabelos, coloquei ele de quatro, sentei no sofá, acendi um charuto e usei ele pra colocar minhas pernas, como se eu fosse uma mesa. Fumava meu charuto com ele ali, quietinho, soquei a cueca na boca dele e o plug no cu. Mandei ele buscar whisky pra mim, mandei ele ir de quatro, ele preparou a dose, veio rebolando, lindo, a cueca na boca, ele me deu a bebida. Mandei ele ajoelhar na minha frente. Abri as pernas, meu pau duro, grande, batia uma, ele assistia louco pra me chupar, eu provocava, cuspia no meu pau, mostrava a baba que vazava da fenda, brincava com o piercing, ele me olhava com sede, tirei a cueca da boca dele, ele queria meu pau, soquei meu pé na boca dele, bem grosseiro, forçava o pé na boca dele, com o outro pé eu dava um tapas nele, ele chupava meu pé com afinco. Me olhava nos olhos. Puxei ele pelos cabelos, meti vários tapas na cara dele, cuspia, cuspia, dava risada, ele me olhava apenas, batia forte deixando aquele rosto vermelho, a boca dele aberta pra receber meu cuspe. Puxava os cabelos dele, joguei ele no chão, coloquei os pés na cara dele, ele chupava meu dedão, coloquei ele no meu colo, aquela bundona linda, dei um tapa, ele gemeu, dei outro mais forte, fui aumentando, eu batia nele forte, ele gemia alto, o plug no cu, batia, a bunda já tava com o desenho da minha mão, bem vermelho, ele tremia, suava, sua carinha de tesão. Tapas estalavam, ele gritava, arranquei o plug do cu dele. Chupei o plug encarando ele, Rafa estava maravilhado, me olhava com desejo, no fundo dos meus olhos, pegou o plug e chupou. Nos beijamos fortemente, coloquei ele sentado no meu colo. Ele abriu a boca, cuspi na boca dele, ele cuspiu na minha, dei risada e cuspi mais forte ainda, ele devolveu, ficamos ali, nos cuspindo, ele era delicioso, atrevido, safado, e eu devolvia na mesma moeda, puxei seus cabelos coloquei ele no meio das minhas pernas. Ele socou meu pau naquela boca, mamava, levava tapas e mais tapas na cara, socava meu pau naquela garganta, babava, cuspia, desesperado ele me chupava. Eu estava absolutamente excitado, meu pau estava latejando, peguei ele no colo, soquei meu pau ali, forte, ele gritou e arranhou as minhas costas, encostei ele na parede, e meti, eu bombava animal, socava, metia, comia, estourava, ele gritava, arranhava minhas costas, me mordia, pedia mais, me batia, eu batia nele, socava, aquele cu abria pra mim, sentia meu corpo queimar, suava, ele suava, batia nele, puxava os cabelos, ele me batia, me mordia. Coloquei ele de quatro, finquei o pé na cara dele e soquei naquele cu, forte, apertava o pé na cara dele, ele gemia, chorava, pedia mais e mais, eu socava, meu saco enorme batia no corpo dele produzindo estalos vulgares. Batia na bunda dele. Coloquei ele de lado, enforcava e comia seu rabo, ele me olhava, assombrado. Deixava ele sem ar e soltava, ele vermelho, enfiei a mão na boca, segurei a mandíbula dele pra fazer mais força, socava meu pau forte nele, ele gritava, chorava, estava descabelado, vermelho, suado, babado, dava tapas, socava a mão na boca, tapa, socava a mão na boca.

- Pede mais - eu disse - ou quer que eu pare.

- Mete mais, eu gosto assim, vai filho da puta, me rasga, me rasga.

- toma moleque, viadinho, delicioso, toma nesse cu.

Eu metia absurdamente forte, ele chorava, ele gritava, me dava socos, me pedia mais. Tirei meu pau, fui andando até a minha cadeira, ele foi atrás, sentou na cadeira, colocou meu pau no seu cu e pulava pra mim, Rebolava, cavalgava, ele agora enfiava a mão na minha boca, segurava minha mandíbula, ele Rebolava frenético.

- Isso, se fode, vai moleque, se fode.

- Deixa eu me foder, isso assim, que pau delicioso, caralho, eu sou tua puta! Sua puta, porra!

- Vai safado - dava tapas na bunda dele.

Ele me fez gozar, forte, gritei quando senti o gozo, ele tremia e gozava também, nos beijamos, meu pau fincado nele. Suados, beijos suaves, carícias. Coloquei ele sentado no sofá, peguei um prato com morangos na minha geladeira, peguei a camisinha usada, lotada de porra, virei o conteúdo nos morangos, levei até ele, ele me olhou sorrindo.

- Bom Apetite - eu disse safado.

Ele pegou um morango com muita porra e socou na boca, gemeu de tesão, parecia estar saboroso, ele comeu tudo, lambeu o prato, eu via a cara dele suja com a minha porra. Beijei ele.

- Agora sim, minha puta.

Comentários

14/01/2018 00:34:41
Um ano desse conto e fui conhecer essa delícia agora
16/01/2017 12:45:12
A minha cueca ficou toda melada hahahah
16/01/2017 12:41:45
delicioso

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


papai tirou sangre do cu da filinha peituda ponuXvideo porno estrupo dormino abusada boanoitesinderelasua puta ou seu viado o celular e meu e se quero asisti video porno tenho que asiste por que.paguei pra ter minha escolha desgraçasimpatia para virar corno mansodando jatos de porra na Bunda da colegialcontos aiiiii hum aiaiacomo fazersrxo pinto vibradorcontos eroticos de uma sirica bem batida aos gritosirmalouca pra perdero cabaco pro irmarvidios pornnou que mae e filha tranza com o meismgozei na boca dela sem pedirDormindo e pai comendoxx.comconto um mulato superdotado para minha esposinha branquinha e magrinha b*******meu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machoestrupocontoseroticosutimu vídeos d mulher famosa fudeno e gosandocontos mae filho lambe cona esporradacobtoseroticos uma pequena apostavideo baixou a blusa e mamou nos seiosTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analMais carentes enrabadas por filhovídeos pornô com novinha gostosinha Sukitaporno doido botou amames pra chorarmulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadospai pono 15 etopo filiapequeninhacontosvideo pornotio acomda sobrinha co rola detro da bucetinhaTransando com o pai ate esguichar de prazer em putaria brasileira videos curtos de incestotio comedo a sobirnha dasarrando a bundinha da minha filinhamelhoor jeito para chupar um cuzinho pornoCasada enegao anal marra contonegao pasado opau na bumda da kasadaContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhaFotos d negao fudeno cazadavídeo de uma mulher é o cara para tirar a virgindade dela pegando ela pulsamamada babentavídeos de biscatinha novinha brasileira gostosa safada entiada metendo c padrasto sem ninguém percebercontos de maridos q gostam d ser corno e levam pirocudos pra comerem sua mulher em ksaesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandobem quietinho cornitudeContos jovem faz anal varios homens e cuzinho fica dilatado e dilaceradoxvidios mulheres fundeno na ginástica contos eroticos a amiga da minha irma rabudacaldo de buceta sujacuzao da tia vim nao aquentei mobile pornporno nao no cu nao e groso e conmprido aaaiii de vagapapai da pica grossa tirou meu cabacinho e eu gozei gostosocontos eroticos com nerd tristonhocontos de crossdresser forçadoxoxotas em perigo cabaçoquero ver 100 foto de morena cavala e coroa deitada na cama pelada com as perna aberta e segurando ho calcanharfilmes pormo irmar prima irmor bracilerovídeo de mulher pelada mostrando a b***** tomando banho arreganhando e ficando de quatro fazendo altas posições massapornodoido gato lembi bucetamotoqueiro gay passivo contoxvidio enfinhei ate otalo e gozei dentroso videos de xoxotas murchasContos sou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempocontos de mulher que da a buceta para mendingo chupar comer mamarcontos meu genro tesudoas coroa que fumo um maço de cigarro pornôcache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 vídeo caseiro pornô mulher no macacão com passando a mão na buceta dela gordavidii lesbica cozando turmidovideo de sexo narido xifrado com a comlhadamédico explicado chupar bucetas doença transmiticontos eroticos de traição no escurinhonovinhas.abrir.buzentaseio exitadoLolytaputynha fui na urologista e acabei comendo seu cu xvideopornocaseirogosandodentro