Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

COMI A VIZINHA INSISTENTE

Autor: URS
Categoria: Heterossexual
Data: 21/01/2017 03:44:13
Nota 10.00
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

COMI A VIZINHA INSISTENTE

Oi, meus cumprimentos a todos...

Hoje vou contar um conto real entre eu e uma vizinha que morou ao meu lado mais ou menos uns 9 a 10 meses...

Sou moreno, tenho 1,82 de altura e com um corpo meio atlético, tenho 25 anos, sou Sádico e podem me chamar de URS!

Minha vizinha tem 1,68 de altura, corpo magro,pele clara, 32 anos, no momento ela tinha se separada recentemente, o nome dela vou mudar para Thays para preservar sua identidade.

Tudo começou desde o primeiro dia em que a vi fazendo sua mudança pro lado da minha casa, quando ela me olhou, ela olhou com um olhar de desejo, não foi difícil perceber o que ela queria, já que ela não fazia o esforço de disfarçar as encaradas que ela dava pra mim quando estava perto de seu marido.

Com o passa do tempo logo pegamos afinidades de conversar e acabei fazendo amizade com a Thays e seu marido, depois de 6 meses morando ao meu lado, o marido da Thays se separa dela e vai embora pra outra cidade deixando ela sozinha e desamparada.

Eu imaginei que com a separação, ela poderia acabar dando mole pra mim, e eu estava certo. Não demorou muitos dias depois da separação, enquanto ela bebia em um churrasco em que estávamos, ela se declarou pra mim dizendo que desde a primeira vez que me viu, ela teve a certeza que queria me dar! Agente veio embora e eu vim a acompanhando, no caminho ela vinha dizendo que me queria por tudo, mas, tinha um problema da minha parte, eu estava louco querendo a sobrinha dela.

Eu fui sincero a ela e disse que não teria como acontecer nada porque eu estava conversando e quase dando certo de conseguir um envolvimento com a sobrinha dela, depois que terminei de contar, ela pirou, me disse um monte de coisas. Ela disse que eu estava humilhando ela porque ela era feia e que sua subrinha era mais gostosa (apesar que era mesmo).

Depois daquele dia ela não me deixou mais em paz, sempre que tinha a oportunidade ela jogava coisas na minha cara com o mesmo papo de que ela não era mulher pra causar desejo em mim, que eu so sentia desejo pela sua sobrinha que tinha a bundinha empinadinha e que era bem gostozinha. Eu tentei ser educado por varias vezes, tentei me segura por inúmeras insistências dela, eu cheguei a dizer que eu sou sádico pra ver se ela mudava de Idea quando soubesse que eu sou bruto. Mas foi em vão, quando eu disse que era sádico, ela me disse que nunca tinha experimentado nada tão bruto e que estava doida pra que eu fizesse ela sentir essa primeira experiência.

No outro dia, ela fico conversando comigo até tarde da noite, ela estava desabafando por causa separação, mas logo ela mudou de assunto e começou a voltar a dizer que ela não era gostosa o suficiente pra causar desejo em mim. EU PERDI A PACIENCIA. Logo eu disse pra ela:

- Você acha que não me causa desejo? Já teve muitas vezes que olhei pra você e imaginei você de quatro e eu comendo seu rabo.

Ela logo respondeu:

- E porque que você nunca fez isso?

- Nunca fiz isso por consideração a sua sobrinha, se não já teria enfiado a pica no seu rabo!

Ela logo retrucou:

- Isso se eu pelo menos conseguir fazer sua pica endurecer, eu não acho que sou capaz de fazer você ficar de pau duro.

O que ela não sabia, é que eu já estava de pau duro com aquela conversa, agente estava sentado na área da casa dela, eu me levantei e entrei na cozinha dela e fui direto tomar um copo de água na geladeira dela, era uma armadilha porque eu sabia que ela iria entra também, eu estava bebendo água bem devagar pra dar tempo de ela entra, até que ela entrou, quando ela chegou perto de mim eu disse a ela:

- Você acha que não consegui fazer meu pau endurecer?

- Acho porque?

Eu olhei dentro dos olhos dela e mandei:

- Joelha na minha frente! Agora!

- Você não manda em mim, eu não sou nenhuma cachorra pra você mandar no que você quer que eu faça.

Nessa hora eu me aproximei dela bem devagar e parei em sua frente, ela perguntou:

- Algum problema?

Eu soquei a mão nos seus cabelos e puxei com bastante força que ela parecia uma boneca, ela ficou bem assustada e pediu pra mim soltar, eu dei um tapa na cara dela com a outra mão e disse bem pertinho do ouvido dela:

- Você não estava me provocando? Não queria saber como era ficar comigo? Pois agora você vai fazer tudo que eu mandar, Cachorrinha.

- Eu não sou uma cachorra e nem sou sua cachorra!

Eu dei outro tapa na cara dela e mandei ela calar a boca, rapidamente eu joguei ela no chão pelos seus cabelos, ela caiu de lado e logo em seguida eu já puxei seus cabelos de novo e coloquei ela de joelhos na minha frente, ela estava com uma cara de choro e os olhos cheios de lagrimas, eu levantei seu rosto de modo que ela olhasse dentro dos meus olhos e disse:

- Você vai fazer o que eu mandar, a cada desobediência você vai ganha um tapa na cara, entendeu vadia?

Ela quase gaguejando respondeu:

- Entendi.

- O que você é minha agora?

Ela ficou calada e eu dei outro tapa na cara dela e ela me respondeu com os olhos cheios de lagrimas dizendo que não sabia e eu disse:

- Você é minha cachorra agora, entendeu?

- Entendi.

- O que você é pra mim agora?

- Sua cachorra!

Logo depois que ela respondeu, rapidamente eu puxei minha pica pra fora do chorte e mandei ela abri a boca, ela abriu um pouquinho e eu dei outro tapa na cara dela e assim ela abriu bastante. Eu peguei minha rola e enfiei na boca dela e fiz ela mamar na minha pica inteira... Disse que se ela não chupasse direito ela iria apanhar dobrado.

Ela chupava meu pau como se estivesse deliciando a coisa mais gostosa do mundo, logo eu gozei na boca da piranha e fiz ela engolir tudo mesmo fazendo cara de vomito, teve um pouquinho que ela deixou cair no chão e eu pegado nos cabelos dela fiz ela lamber o chão e engolir o que ela tinha deixado derramar.

Eu levantei ela e tirei sua roupa, deixei ela toda peladinha, grudei no pescoço da Thays e dei um beijo na boca dela, logo eu parei de beija e coloquei ela de costa pra mim com as mãos apoiadas na parede e mandei:

- Empina o rabo!

Ela empinou aquela bundinha gostosa pra mim e sem nem pensar duas vezes, empurrei o pau na buceta dela. Quando meu pau entro, ela gemeu bem gostoso e eu percebi que sua buceta estava toda melada por dentro, ela babou na minha pica todinha.

Eu comi bastante a buceta da rapariga e depois de um tempinho, eu peguei ela e pelo cabelo e disse:

- Você prefere obedecer e ficar de quatro ou quer que eu te jogue no chão e faça você ficar de quatro?

- Do jeito que o senhor achar melhor.

Quando ela me disse isso, eu a joguei no chão novamente e fiz ela ficar de quatro, bati bastante na bunda dela e mandei ela fica sempre com o rabo empinado com as costas seladinha. Eu bati na rapariga até ela chorar, foi logo ela estava chorando de quatro toda celadinha e escorrendo lagrimas dos olhos.

Eu parei de bater e comecei comer a buceta dela de novo, logo eu fui até a frente dela e mandei ela baba no meu pau todinho, ela chupou bastante e deixou ele todo lambuzado e melado de baba. Eu tirei o pau da boca dela e fui em direção a sua traseira, aproveitei que minha pica tava toda melada e sem nem contar ou avisar eu empurrei com tudo meu cacete no rabo da vadia.

Ela deu um grito de dor e queria sair da posição, mas já era tarde, eu estava segurando ela de forma que não dava pra ela levantar e também minha pica já estava pela metade dentro do cuzinho dela...

Ela chorou bastante enquanto eu comia o cuzinho dela, mas não demorou muito e ela já estava gemendo enquanto escorria água dos olhos. Quando eu vi que ia gozar novamente porque já tinha feito ela engulir minha porra, eu peguei em seus cabelos e os puxei pra traz com a força que eu tinha na hora, segurei bem firme e gozei no rabo daquela vadia, enchi o cuzinho dela de porra...

Depois disso eu a larguei deitada no chão, passou uns cinco minutos, eu peguei ela do chão e levei ela pro banheiro e dei um banho nela, ela estava bem cansada, em seguida eu deitei ela na cama dela e fui embora, só vim conversar com ela no dia seguinte.

Na nossa conversa ela disse que nunca tinha feito nada parecido, disse que em todas as vezes ela sempre fez com carinho e etc. disse que apesar do medo que ela sentiu durante todo o acontecimento, ela estava sentindo prazer, disse que o medo e a dor estava dando prazer a ela e que se conseguisse ela tinha pedido pra continuar alem de ter deixado ela deitada no chão...

Depois disso ainda teve outras ocasiões onde ela sempre pediu pra ser tratada da mesma forma se não pior do que a da primeira vez.

Bom, gente espero que tenham gostado. Eu gosto muito de conversar sobre esses tipos de assunto então, as garotas que quiserem entra em contato e quiserem conversar e tiverem a fim de fazer uma nova amizade, é só me manda um email no email a seguir: [email protected]

Comentários

08/09/2017 11:25:15
Achei excitante e me deixou toda molhada. Essa vizinha acabou descobrindo que é meio masoquista e tem prazer na dor. Parabéns pelo ótimo conto. Venha me conhecer lendo o meu. Um beijo!
01/05/2017 09:18:21
Gostei do conto, excitante ao extremo. Que tia danada essa, ein? Insistiu até ganhar o que estava precisando. Rsss. Nota 10. Te convido a ler os meus. Desde já agradeço. Passa lá no meu conto e deixa recadinho. Bezitos.
14/02/2017 18:18:59
Gostei do conto, bem excitante. Tu destes a essa vizinha o que ela queria e procurava. Sexo com certa dose de sadismo. Escreva logo novas histórias boas como esta. Nota dez e beijocas.
24/01/2017 07:49:18
Dizem que agua mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Só que no caso, quem acabou furada foi essa vizinha. Mereceu ser maltratada e pior é que ela gostou. Parece até mulher de malandro. Rsrs. Ótimo conto, muito bem escrito. Bjs.
URS
21/01/2017 14:23:12
Oi vanessa, Obrigado pelo comentário! Em breve mato a sua curiosidade e conto como ficou entre eu e a sobrinha dela! qualquer coisa se desejar entra em contato, este é meu email: [email protected]
21/01/2017 12:20:42
Delicia, menino. Tem quem goste de ser possuída com violência. Com tendências maso e não sabe. O conto está muito bom e só fiquei curiosa em saber como ficou com a sobrinha dele. Conte logo para nós. Muito obrigada pela leitura e comentário no meu relato. Beijos da Vanessa.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


pilates sacana com minha esposa contocontos gay uma viagem inesquecível para o novinhoacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendoassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornovidio porno crente curioza pra parA pega pica eacaba sendo estrupada ela cota tudoxv.ogenrro.cl.endo.asograaprendendo a ser puta no tapa/contosporno comeu a etiada que fazia pirasa so de chortinhodesde novinha ja fudiaporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencoumaduras no meu cu nao porraaa paraaa aiiiiiminha mae me iniciou na zoofiliagarota ciclista bermufa socada na xanawww.guarda costa da granfina pornomulheres bostas scatpornô mãe usina puheta mãotirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigotransando cm amigo do namorado sem na morado peeceber sexo pornoRelatos de zoofilia cao estrupavídeo de morcinha fudemoVideos de zoocadela no cio piroca nelacontos dei p meu chefefudendo minha sogrinha e minha esposa me comendo gostoso contosexo fiocado paievolução anal negao e vadianovilhas darno o cu sexoconto de farra de casadafilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormirvideo porno atentano a namorada corno escondidoxvidio atolo a sobrinhacontos danada sem calcinhaContos eroticos .meu filho vive me encoxando sinto seu peniscontos de sexo depilando a sograxvidio mocinhaComtos Eroticos filho de menor fodendo mae gostosonaporno.milene ceribelecdzinha quer ser empregadinhaconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oralidabucetalactofilia com leite materno fetichecoxas descoloridas fazendo sexoAmo beijar os pezinhos dela principalmente usando rasteirinhas contoscontos eroticos entre irmas e irmaos de montes claros mgcomedor enrabando professora virgemporno homem pega sua mulher com seu amigo e ao inves de briga fica só olhando e se masturbando escondidovideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etraDhcs xvideoscontoseroticoss xvideos5ver vidio pitudo dando uns amasso na novinha que nunca vio rolacontos gay iniciadores de boys inocentes fotos gratisContos50 cm minha picaamarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideosbaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elaassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.Contos eróticos de sogro e noracontos eroticos o costureiromentendo o pepino na buceta e no meu rabao contosporno.tem.leite.no.peito.deixemamarcoxando disfarsadamente e rabuda deixandohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelocontos me comeu a força e eu gosteiporno com egua pordrinhacontos eroticos da secretaria crente e timidacarioca dando buceta peluda pros dois marmanjos e gemendo alto pornodoidocontos de sexo depilada na praiaquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotosporno duas amiga core do pau cabesudoVideos de sexo brasileiro Eloisa de osasco da o cuzinho gritandocontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitonoiva casa e não sabia tamanho iria infartar pornodei por meu vizinhocontos pequenina e punheteiraMinha esposa perdeu a virgindade do cuzinho com 2 negros picudos contos e relatos eroticosvideos porno negao so os tapas estralandovideo porno com Malumandevideos de sexo filhas gemiase paicasal praticante de zoofiliaConto encoxaram minha mulherimem roludodoconto erótico flagrei minha mãe chifrando meu pai e ela me humilhou muitomae vai massagea o filho fica de boca aberta con o cacete do filhoO filme corno manso de verdade existir pornoGisele bundchen mostrando sua buceta inchadapai fica pelado perto do seu filho lindo mundobichavideo porno papai leu a filha que estava de férias pro sitio e fudeo novinhacontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porraFamiliasacana queridi.ho da mamaexvideo amador teens assustada quando entro de na xoxota de bruço xoxotaContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebascontos erticos novinhos roludos comendo coroasqual bumbum mais bate com a bumbum mais pula com a bumbum mais bate com a bumbum e as loira morena branquinha e azul é a cor morena marquinha Azul quando bate a bunda pula pula pulachantagiei a colega de trabalho e comi ela contosnegao metendo em colatinacontos eroticos/dois gorotos negros picudos fuderam minha namorada a forca