Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Um presente para o meu macho

Categoria: Homossexual
Data: 10/02/2017 01:06:20
Nota 10.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá meu nome é Caio, leiam meus outros contos para ver como fui putinha e submisso a um “estranho” chamado Renan, esses últimos meses foram agitados para mim (leiam os contos antigos ), mas quando comecei a me relacionar com Renan tudo mudou, por mais que ele tinha essa vontade de ser o mestre e eu o submisso, dentro de sua casa, fora ele era gentil e conversamos muito, acabei indo dormir na casa dele pelo menos de duas a três vezes por mês, já tinha até umas gavetas com roupas - de meninas e meninos - para mim na casa dele, ninguém da minha família ou da família dele sabia do nosso relacionamento eu era mais novo e Renan só queria curtir.

Minha mãe estava adorando quando eu ia dormir na casa do Renan ela sempre disse que eu tinha que fazer mais amigos e dormindo em outra cidade ia ganhar mais responsabilidade, ela nem sabia o real motivo de eu dormir fora, minha irmã mais nova chegava a ficar me pentelhando o porquê ele não dormia aqui em casa, quando minha mãe estava perto sempre dava uma desculpa sobre os pais serem ocupados e super protetores, da minha família só ela que ficava me pentelhando com isso, mas sempre retrucava falando dos namoradinhos que ela trazia em casa quando meus pais não estavam e ela ficava quieta, de resto minha vida era normal.

E o tempo foi passando, Renan me pediu em “namoro escondido”, já que nenhum dos dois tinha divulgado sua opção sexual íamos namorar em segredo, a única coisa que mudava do relacionamento que já tínhamos é que não poderíamos ficar com mais ninguém, no terceiro mês do nosso namoro eu ia completar 17 anos e ele 19, então decidimos juntar as comemorações, já que só íamos nos ver no último final de semana daquele mês deu para planejar, nos primeiros dias do mês eu saí do colégio e umas duas quadras depois sinto alguém tocar no meu ombro, na hora pensei que Renan veio me fazer uma surpresa, mas ao me virar vejo Ricardo ( irmão do Fernando - leia os contos anteriores ) ele pediu para conversarmos e eu aceitei, fomos tomar um sorvete e ele me falou que estava morrendo de saudades de mim e me perguntou pq eu nunca mais fui na casa dele, eu contei tudo que tinha acontecido “ Seu irmão Fernando é muito ciumento, se ele não conhece os seus outros garotos tudo bem, mas como ele viu eu e vc transando sem ele, nunca mais transamos ou falou comigo, foi isso que aconteceu.”, na hora ele perguntou se poderíamos nos encontrar em outro lugar que ele conhecia, falei que estava firme e namorando alguém, mas ele insistiu para pelo menos eu pegar o seu número para quando eu quisesse marcar alguma coisa, ligar para ele.

Os dias passaram e chegou o tão aguardado final de semana, Renan me buscou perto da minha casa, na ida até a o AP percebi que ele estava meio cabisbaixo, então resolvi perguntar “ O que houve amor? Nunca te vi assim pra baixo”, Renan me respondeu falando “ sempre fui louco para fazer ménage, mas nunca consegui, e ainda tenho esse desejo “, na hora minha meu queixo foi ao chão eu só tinha pensado em levar Renan no cinema e ficar chupando ele durante o filme, pois ele já tinha tentado fazer isso com uma menina mas ela ficou com vergonha, acabei vendo que o presente dele ia ser muito melhor. Chegamos em seu AP e como sempre fui no quarto onde Renan já tinha separado a roupa para eu usar, tomei banho e minha mente não parava de pensar no ménage que eu poderia ter feito, quando cheguei no quarto e comecei a colocar a roupa eu me toquei que já tinha feito com Ricardo e Fernando e imediatamente lembrei que Ricardo me parou na rua e me passou o seu número, mas eu não podia chamá lo, Renan era dominador ativo e Ricardo também, e logo caiu minha ficha Fernando tinha ciúmes do irmão e se ele pudesse fazer a mesma coisa, sair com outros meninos.

Peguei meu o telefone e vi que Ricardo quando anotou o telefone foi o de casa e do celular, não deu outra liguei para casa dele e Fernando atendeu e logo fui falando “ Fê, aqui e o Caio, por favor não desliga, ele retrucou com um seco “ O que você quer? “ então contei para ele do meu namoro e que não queria mais nada com o irmão dele, e que eu queria dar um presente especial para o meu macho, expliquei tudo que Fernando deveria saber sobre Renan e seu jeito mestre e submisso e ainda acrescentei que ele poderia botar ciúmes em Ricardo ele pensou e aceitou, perguntei se ele poderia vir já que ia ser surpresa, então marcamos domingo na hora do almoço, Renan me levava para casa às 22:00 então íamos ter tempo de sobra, segui meu sábado normal, de quatro no AP com o plug anal de rabotodo enfiado no meu cuzinho, tentei fazer algumas coisas para animar meu macho mas não adiantava, quando tava na hora de se arrumar para o cinema eu subi no colo dele dei um beijo na sua boca, puxei seu cabelo para trás e disse no ouvido dele “ vamos pro cinema, sua putinha ta louca para poder tomar leitinho em público “, senti sua pica crescer embaixo de mim e logo depois puxou meu cabelo me deu um tapa e me disse “ nunca mais puxe o meu cabelo, ligar de putinha e de joelho ou cavalgando em seu macho, entendeu? “ eu vi o fogo no olhar do meu macho de novo, pedi desculpas beijando o pé dele que esfregou na minha cara, fomos tomar banho juntos ele adorava ficar batendo na minha bunda, mas nesse dia ele me fez ficar de joelho na sua frente e disse “ Seu banho hoje é diferente putinha “, não deu tempo de falar nada e em jato de mijo veio na minha cara, “ Abri a boca que você vai beber hoje “ como uma putinha obediente eu fiquei lá de joelhos e boca aberta sentindo aquele líquido quente encher minha boca, ele derramou sobre o meu corpo e me dava tapas na cara mandando eu beber, eu engoli tudo tinha um gosto salgado muito parecido com sua porra, ele saiu do banho e me deixou lá, eu acabei me masturbando pois com aquilo tudo meu tesão tinha aumentado.

Nos arrumamos e fomos para uma cidade vizinha no cinema, procuramos cadeiras onde poderíamos fazer algo então acabamos comprando para um filme que até hoje não sei qual foi, tinha pouca gente na seção então aproveitei, estávamos nos últimos lugares e sem ninguém perto, Renan escolheu esse cinema porque as cadeiras tem mais espaço na frente ideal para alguém ficar ali de joelhos, quando a sala escureceu fui fazer meu papel de puta, abri sua calça e abaixei até o joelho, tirei sua cueca e aquela pica morena de 19 cm olhava pra mim já começando a babar, comecei pelo básico lambendo a cabecinha até as bolas, Renan me deixou controlar o ritmo e assim fiz, chupava mais rápido e quando sentia que seu corpo estava se revirando para gozar eu diminuía, fiz algumas vezes para ele poder curtir, mais quando tentei fazer de novo, Renan segurou minha cabeça firme e forçando para mais perto que podia do seu corpo, mas que gozada espetacular, os jatos vieram em abundância tentei guardar tudo na minha boca mas percebi que ia começar a vazar, e como uma putinha que se preza eu não ia deixar isso acontecer, comecei a tomar e a porra ainda saia de sua rola, quando acabou eu sentei e fiquei com a mão fazendo massagem para assim que voltasse a endurecer ia cair de boca, e assim foi Renan gozou umas 5 vezes dentro daquele cinema, quando saímos estava louco para continuar no banheiro e poder ganhar aquela pica dentro de mim, mas ele estava até fraco e morrendo de fome, lanchamos e fomos para casa.

Em casa Renan me agradeceu do jeito que eu gostava, ele prendeu meus pulsos atrás dos meus joelhos, deixando minha cara na cama é minha bunda empinada, não me deu descanso e me fudeu até não aguentar mais caiu na cama ao meu lado só conseguiu tirar as algemas, fui no banheiro me limpar e senti meu cu sem prega nenhuma, quando voltei vi meu macho morto de cansaço na nossa cama ainda pelado, ele nunca tinha gozado tanto em mim então para agradecer limpei sua rola e deitei em seu peito e adormeci em cima dele. Acordei com o meu telefone tocando, olhei para o lado e Renan não estava ali, atendi o telefone e era Fernando me perguntando se ele podia vir, perguntei se ele ainda queria ou estava com dúvidas, ele na hora me confessou que já estava dando gelo em Ricardo e que estava louco fazer um menage de novo, ao desligar o telefone Renan entrou no quarto de avental e com uma linda bandeja com suco, o nosso café da manhã, um bolinho com 3 velas e uma lata de chantilly botou em cima da cama me beijou e me deu os parabéns, lógico que com a lata de chantilly no meio teve que rolar uma brincadeirinha, tirei o avental desci a bandeja para o chão e colei aquele moreno lindo deitado, e coloquei chantilly em sua boca e comecei beijando, depois no seu pescoço e fui descendo mais até o abdômen e preenchi com chantilly cada parte daquela barriga e lambia tudinho e ia descendo até sua rola e tirei todo o chantilly com a língua, fiquei de joelho e pedi “Fode a boquinha da sua puta “ na hora ele se tornou o mestre, me pegou pelos cabelos me deu um tapa na cara me chamou de putinha e enfiou a pica ate minha garganta e segurou firme me deixando sufocar e ele dizia “ Sufoca na rola do seu macho “ e quando eu já estava quase desmaiando ele tirou a rola e bateu no meu rosto com ela, respirei fundo e gritei “ Putinha quer ROLA, me da ROLA “, e Renan enfiava a sua rola fundo até a minha garganta me deixando sufocar, o tesão dentro de mim já estava explodindo e tive que começar a me masturbar, era a rola de Renan me sufocando e eu tocando uma, até que senti aquela pica pulsar na minha boca e gozamos juntos por enquanto que ele enchia minha boca com sua porra eu gozava no chão perto dele.

Renan foi tomar banho e depois foi comprar comida, como eu sabia que Fernando estava chegando falei que estava com fome de duas pessoas e pedi para ele comprar mais que o normal ele ficou meio cabreiro mas concordou, depois de um tempo que renan saiu a campainha tocou e fui correndo atender era Fernando ainda magrelinho com seu cabelo castanho claro, olhos cor de mel e com cara de criança, sabia que Renan iria adorar levei fernando para o quarto e mostrei o que ele ia usar, uma cueca que deixava a bunda de fora o plug anal com rabo - que deixava Renan louco - uma coleira e a mordaça para deixar a boca aberta, agradeci Fernando por fazer aquilo ele me abraçou e falou que ele que agradecia transar comigo e com o seu irmão foi a melhor experiência da vida dele, e depois me pediu desculpas por ter parado de falar comigo, falei que era tudo coisa do passado agora estava em outra, e ouvi a porta se abrindo e falei para Fernando se arrumar que ia chama lo no momento certo, fui para enrolar Renan para fernando se arrumar, peguei na mão joguei ele no sofá e falei em seu ouvido “ Fique aqui, pois os presentes ainda não acabaram “.

Ele ficou ali no sofá de boca aberta, fui para o quarto e encontrei Fernando se admirando no espelho aquilo acendeu um fogo e vontade de fuder ele sozinho mas me segurei e me arrumei coloquei o meu plug com rabo e a minha coleira e falei para Fernando ficar de quatro que ia levar a nova cadelinha para passear e assim que chegar na frente do seu dono rebola para balançar seu rabo, Fernando começou a rebolar e eu dei um tapa naquela bunda branca que ficou com uma marca rosada e sai do quarto gritei “ Tô levando o presente “, quando cheguei na sala Renan já tinha tirado toda a roupa, e na hora que ele viu Fernando de quatro e rebolando na sua frente o mestre tomou conta dele, Renan não se aguentou sua rola ficou dura ele veio na minha direção me beijou ficou apertando minha bunda, o tesão foi aumentando então me pendurei nele com meus braços em torno do seu pescoço e minhas em volta da sua cintura e ainda nos beijando, com uma mão na minha bunda a outra ele tirou meu plug e colocou até a parte mais grossa e ficou assim tirava e colocava até a metade, quando ele colocou o plug todo colocou a boca perto do meu ouvido e disse “ Adorei minha nova putinha vamos fuder ela juntos “, eu sorri e desci e Renan ficou parado onde ele estava, peguei a coleira de Fernando puxei para perto do seu novo macho e disse “ Vem putinha, cheira essa rola que você vai te fuder todinha hoje “ Fernando entrou no personagem cheirando e passando a cara pela rola de Renan que não aguentou e segurou sua nova putinha pelos cabelos e enfiou a rola ate a garganta, por enquanto que Renan se divertia fazendo Fernando se sufocar com sua rola, beijei meu macho que agradeceu o presente e falou para eu me divertir fui para traz de Fernando tirei o plug e vi aquele cuzinho piscando e comecei a chupar aquele cuzinho já quase sem pregas, eu enfiava a língua naquele cuzinho e Fernando rebolava parecia pedir mais e mais, eu só ouvia ele soltar grunhidos e Renan batendo na cara dele e dizendo para ele gemer até que eu ouvi Fernando gritar “ Me fode “, a mordaça tinha sido tirada quando olhei para Renan ele só falou “ Tá esperando o que, fode a putinha “ não perdi tempo como já tinha lubrificado bem aquele cuzinho eu já enfiei minha pica todinha e comecei a bombar.

O tesão só aumentava Renan bombava dentro de sua boca e eu no seu cuzinho, eu ouvia quando ele tentava respirar e aquilo me deixava com mais tesão e eu bombava mais forte, Renan segurou a cabeça da sua putinha e soltou um gemido alto, Fernando quase se engasgou mas conseguiu beber toda porra de seu novo macho, como eu ainda não tinha gozado continuei a bombar, Renan foi para trás de mim e ficou brincando do meu plug e falando no meu ouvido “ Fode essa putinha fode, ele quer seu leitinho no cuzinho, vai fode”, Fernando por sua vez gemia e dizia “Vai Caio, me fode, me fode,FODE“, dei um tapa naquela bunda branquinha tirei a pica quase toda e dei uma puxada na cintura de Fernando até minha pica entrar toda naquele cuzinho, Fernando gritou MAIS e jogava seu cuzinho na minha direção, Renan brincando com o plug no meu cuzinho e Fernando jogando o cuzinho na minha direção eu não aguentei puxei o mais forte que pude a cintura de Fernando e soltei um gemido e gozei tudo no fundo daquele cuzinho, Nando esperou eu gozar tudo tirou minha pica de seu cuzinho e limpou minha pica, indiquei onde era o banheiro para ele se limpar, me vesti e comecei a colocar nossa comida e Renan deu a permissão para ficarmos sem o plug mais com a coleira no lugar, no almoço contei que Fernando era o menino das histórias com o irmão que já tinha lhe contado. Após o almoço Renan fez questão de nos colocar em nosso lugar de submissão, colocou os plugs em nós e ficamos bajulando nosso mestre, Renan perguntou se Fernando já tinha fudido o meu cuzinho, ele respondeu que não pois preferia ganhar pica então nosso mestre falou hoje vai ser sua primeira vez, quero ver meu namoradinho levando pica da minha outra putinha, então fiquei de quatro no meio da sala - me lembrou quando transava na casa de Fernando a mesinha de centro aguentou firme - Fernando tirou meu plug e passou mais lubrificante em meu cuzinho e em sua pica encostou na portinha, nessa hora deu um arrepio na minha espinha, Fernando forçou aquela pica era menor que tinha me fudido mas era mais grossa que a do Renan, só saia da minha boca um gemidos, a pica me invadia e a dor era suportável, ao tirar Fernando retirou tudo de dentro do meu cuzinho, nessa hora eu pedi ROLA, e Fernando me respondeu enfiou a pico toda de novo e começou a bombar, eu gemia e pedia mais forte, e ele me atendia Renan chegou na minha frente me deu um tapa na cara e mandou eu gemer, o que meu mestre manda eu faço, com aquela pica grossa no meu cuzinho nao tinha nenhum esforço de gemer, ele vinha de dentro de mim junto com um FODE MAIS, Renan sorriu e foi para trás, só ouvi algo caindo era o plug que estava em Fernando ouvi o barulho de beijo, e quando tentei olhar para trás senti uma estocada mais forte e ouvi o gemido alto e outra estocada e outro gemido então ouvi Renan falando “Adorei minha nova putinha” bateu na bunda de Fernando dizendo para sua putinha gemer, Renan fodia forte que por sua Fernando deixava seu corpo cair em mim entrando com sua picamais fundo em mau cuzinho, com isso o tesão só aumentava igual os gemidos naquela sala, ficamos engatados como um trenzinho por um longo tempo, por mim ficaríamos até mais, mas Fernando acabou gozando dentro do meu cuzinho, virei para limpar a pica que me encheu de porra e ajudar meus meninos, beijei Renan e disse “ Fode sua nova putinha, ela quer porra quentinha no cuzinho, você vai dar pra ela?”, e em Fernando eu comecei a beijá lo e fui abaixando seu corpo deixando ele de quarto, abri sua bunda para Renan ir mais fundo naquele cuzinho, Fernando só gemia pedindo mais e mais.

Até que nosso mestre urrou como ogro, puxou o cabelo de Fernando dizendo “ A putinha gosta de que?” e já respondia batendo na bunda de Fernando “ROLA E LEITINHO QUENTE”, Fê limpou a rola de Renan, fomos nos limpar e Renan foi tomar banho, eu e Fernando voltamos pra sala para esperar quando sentei no sofá Fernando montou em mim e ficamos cara a cara, ele me beijou e agradeceu por ter chamado ele, pois tinha adorado, retribui o beijo e falei que era eu que agradecia pos tinha sido melhor que a outra, ele concordou comigo e perguntou onde ficava os produtos para limpeza, ajudei ele a limpar a sala e depois fomos tomar banho, quando saímos do quarto já arrumados para ir pra casa Renan tinha sumido, aguardamos uns 10 minutos até ele retornar com bastante fast food para lancharmos, ficamos conversando sobre o final de semana que tinha sido inesquecível para nós, antes de sairmos do AP, Renan fez questão de dar um beijo demorado em Fernando e agradeceu, depois veio até mim me pegou nos seus braços e começou a me beijar, minhas pernas entrelaçaram em sua cintura de novo e meus braços em seu pescoço, no final do beijo Renan me disse “Cuidado se não vou fuder você de novo antes de sair” eu sorri com meu sorriso mais largo e respondi “FODE”, Fernando riu e disse que ele pode esperar, Renan não fez cerimônia me levou pro quarto fechou a porta tirou minha bermuda abaixou sua calça, me deixou de frango assado apontou aquela rola na portinha do meu cuzinho e disse no meu ouvido “ E assim que eu agradeço a minha putinha” e forçou tudo de uma vez, eu vi estrelas mais eram as estrelas mais lindas e gostosas, aquela rola dentro de mim me transformava em putinha em tudo, eu já comecei a gritar para Renan me fuder puxando o cabelo dele e pedindo com mais força, mesmo cansada Renan era insaciável, fodia forte e com vontade, quando ia gozar pedi para beber meu leitinho e assim foi ele puxou minha cabeça e atolou a rola no fundo da minha garganta, e jogou todo o seu leitinho lá no fundo. Fomos para o carro e Renan falou para Fernando que mais pra frente ia chamar ele pra outra festinha, Fernando sorriu como uma criança na manhã de natal ganhando o que pediu.

Esse ficou um pouco grande mas espero que gostem, e as minhas aventuras não acabaram, então tem continuação.

Comentários

10/02/2017 03:44:00
Nossa!!!! Que delicia!!
10/02/2017 01:44:44
Nossa, só aventuras

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos san e dean incestovizinha lactante contoscontos gay limpar a casaesposa gostosa e novinha e tio roludo parte seteContos eroticos irmas gulosas mamando no pauzao grosso do irmao e de mais cinco amigos pauzudos dele na piscina de casaporno gay pai malhado e i filhoquero ver video da a mulher memesia a buceta o cudupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidocontoprimeirafodarelato erotico padrasto pauzudoadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosocontos eroticos feminizaçao do garotinho maenao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideosmulheres passa margarina uma na outra peladasmulher casada d vicosa mg d calca apertada na bucetahomem nu da cu padres e semináristasmao boba na noiva pegando nos peito dela porno dentro do cinemacontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elácontos incesto mae gtsenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazercontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramrelato meu prazer analsexo anal hAaaaaum uisque depois de um cigarro pornoeu sempre brincava com as coleguinhas de mimha irmã, e prdia para eles baterem punheta para mimmamãe quis ir na praia de nudismo contos de incestoContos eroticos de casada puta dos vizinho roludo corno duplacontos erticos lufercontos eu meu padrasto fodemos gostosono cuzinho da esposa do amigo q estava viajandoxvideosó no cu pracaga grossoComtos Eroticos filho de menor fodendo mae gostosonameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosmeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoexvidio comi á mińha pastora da igreja*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*acarisiei a boceta da minha filhacontos eróticos revista privatepornô mãe usina puheta mãogostosas da bundonadormindo mae efilha eo pai pornodoidocontos o negão bem dotado de todas as pragas da minha sogramãe e filha fudendo com travesti de calcinhavideo porno mulher dando primeira vez na frente do marido casa de cuingue curitibaContos de negros bem dotados rasgando cu de garotinhos brancos viadoincesto tia e sobrinho ela tenta resisti mad acaba sedendo a buxetinha porno videosO Riquinho e o Favelado conto gayporno loiras xiri gigante anal picas trinta centímetrosmae e filha adoram q irmao gose dentro seus cuconto erotico advogado apaixonanteirma fabiana de carinha de anjo coçando a xoxotaporno contos cunhado novinhomeniina lavano abuctaela cagou no meu pau conto eroticogravida com a buceta gosmentacoletanias de batidas de pulhetas por mulhreres pra homensPenis flacido castrar contosvídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comoXVídeosporno Malícia pareiela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindadecontos erotico chantagiei e depilei minha sograincesto gay papai me fez de putinhacontos eroticos pegando minha tia gravidawww.seduçao e satisfaçao porno incesto italianocontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaocontos eroticos varios homens arrombaram meu cuPorno contos familia incestuosas ninfetinhas comecando cedoxvidios outros purai favoritosporno conto erótico apaixonada pelo filho da minha madrastaporno irma tremendo no pau ate o fundobelo sexo dormindo de conchinha com a titiaporno gay caralhos enterrados na bouca mundobichaninfomaníaca viciada em zoofiliapatricinha do olho azul vai perder virgindade com irmao e fica cheia de frescura e chorando com dor video pornocontos gays de meninos passivinhos com machos maduros/dando meu cuzinho aos homens desde meninovídeo vídeo da Mônica e balançando a bundinha com toalhacontos erotico chantagiei e depilei minha sogravergonhapai comendo.as filhasconto erotico pau pequenowww.xvideos meninas com fartura de carne da buceta e rabo gostosogey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyrelato corno na casade swuingJairinho baiano pornô gaynovinhobonitinho de quatro pede rola grossano cupornor doido homem batendo poleta no banheirocasa do contos eróticos negão tirando as pregas do c* das viúvasflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contoszoio filme antigo erótico animalescocontoseroticos mulher lactante amamentandoContos eróticos de incesto mãe tarada descabacando filho dotada com fotosporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porra