Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Como meu avó me iniciou

Passei pela portaria, subi no elevador e apertei o botão para subir ao oitavo andar onde moravam meus avós.

Enquanto subia, minha respiração se fazia cada vez mais lenta e profunda, queria arrancar de meu rosto o enfado que me causava ter que dormir ali depois que retornei da festa na casa da Sandrinha, uma amiga da escola que morava ali próximo.

Ajeitei a curta saia pretinha com as mãos, observei meu aspecto no espelho até que o elevador se deteve.

Abri a porta com cuidado e entrei em silêncio.

Confirmei que a luz de seu quarto estava apagada e apenas minha avó dormia profundamente, quando me virei para ir a meu quarto, percebi uma luz piscando por baixo da porta da sala de jantar.

Me aproximei silenciosamente e abri apenas o bastante para ver o seu interior.

Ali estava meu avó sentado no sofá olhando atentamente um filme pornô.

Eu sabia da insônia de meu avó, porém jamais imaginei seus gostos por aqueles filmes.

Permaneci imóvel, espiando ele e com outro olho o filme, até que num misto de curiosidade e um friozinho na barriga me senti obrigada a entrar.

_O que o senhor tá fazendo avózinho???

Quase o matei de susto quando me viu.

Imediatamente cruzou as pernas em vão para tentar esconder o "pacote" entre suas pernas e me olhou envergonhado, gaguejando tentava explicar o inexplicável enquanto o tremor de suas mãos o impediam de trocar de canal.

_Por favor não diga isso a nimguem!!!

Me suplicou, certo de que era inútil explicar tamanha evidência.

Como hipnotizada meus olhos não apartavam daquela coisa enorme e pontuda dentro de seu pijama.

Estava evidente que o passar do tempo não havia causado nenhum dano a rigidez de seu membro...e se havia feito, não foi o suficiente para resultar que estava muito excitante.

Ele percebeu como estava extasiada olhando para seu pau.

_Escuta Ariane, se você prometer não dizer nada do que viu aqui, te mostro o que está escondido aqui dentro!!!

Fiquei sem resposta áquela proposta indecente.

Se levantou, momento esse que me puxando pelo braço me sentou frente a ele.

Abaixou seu pijama e extraiu seu pênis.

Os pêlos eram brancos e haviam quase que desaparecido por completo, veias inchadas de sangue percorriam toda extensão, estava duro, bem ereto e com a ponta bem cabeçuda.

Toquei a glande com a ponta do dedo, estava úmido, depois passei a mão em toda sua superficie carnosa sentindo sua firmeza e pela primeira vez comecei a masturbar um pau, tal e qual observava no filme pelas suas costas.

Dirigiu sua mão e acaricou meus nascentes seios sobre a camiseta.

Logo a levantou e beliscou meus mamilos com doçura.

Olhei para seus olhos e percebi que estava se deliciando com aquela situação, assim como eu.

_Por quê você não tira sua calcinha???

Disse sussurrando.

_Assim ficará mais a vontade!!!

Somente naquele instante percebi que acariciava minha bucetinha sobre a calcinha um pouco úmida, assim que com um sorriso de aprovação obedeci roçando com o dedo meu grelhinho.

_Chupa ele...chupa!!!

Me pediu quase que implorando.

Olhei para ele com uma certa inconveniência.

Nunca havia namorado, somente alguns beijos na boca rolaram, era o primeiro pau que via em minha frente e muito menos havia tocado em um.

Percebendo meu vacilo, se abaixou e começou a lamber e chupar meus mamilos enquanto tirou minha mão do caminho e me acariciou a vagina.

Quando seus grossos dedos ficaram molhados com meu fluxo vaginal, se dirigiu até a abertura de meu cuzinho, fez movimento circulares lubrificando e com cuidado foi sumindo dilatando chegando até o fundo.

Rodiei sua cabeça entre meus braços e lhe disse para ir mais devagar.

Em lugar disso, fez com que me reclinasse e com a outra mão dirigou seu pau e introduziu em minha boca.

Agarrei firme a mão em sua base, suportando com o cotovelo, para controlar a quantidade de carne dura que entrava para evitar me engasgar.

Com delicadeza, ele deixou que fizesse do meu jeito e começou a acariciar a parte interior de minhas coxas, para ir se aproximando de meu cu e introduzir novamente seu dedo.

Com o passar dos minutos, fui ganhando confiança e comecei a usar a lingua para acariciar sua glande e percorrer toda sua extensão inclusive seus testiculos, acariciando com as mãos e os lábios, succionando, apertando e mordendo.

Sem prévio aviso, deixou de lado sua doçura e atravessou meu cu com outro dedo fazendo movimentos rápidos e profundos, provocando gemidos de dor.

Me fez calar apertando minha cabeça contra seus ovos.

Minha boca estava cheia com seu pau e meu nariz estava colado a sua barriga.

Respirava com dificuldade, porém adorava aquela sensação de ser dominada por meu avó 50 anos mais velho que eu, estava fazendo ele aflorar seus impulsos sexuais que imaginava estarem mortos.

Táo repentinamente como havia introduzido seus dedos em meu cu, os extraiu e empurrou minhas pernas me deixando arreganhada, pincelou seu pau com violência em minha raxinha, depois cuspiu na ponta e encaixou em meu cuzinho, aquilo me deixou um pouco preocupada e antes que dissesse alguma coisa ele se adiantou.

_Minha princesa, quando a menina não pode dar a bucetinha, ela dá a bundinha!!!

_Não se preocupe vou ter bastante cuidado!!!

Fazia pressão, e quando percebia que ia entrar, recuava, fez isso inúmeras vezes, até que quando eu não esperava, aconteceu, a dor foi pavorosa, aquela ponta cabeçuda e dura arrombou a portinha, pedi que parasse, mas ele sabia que se tirasse nunca mais deixaria ele fazer novamente, terminou de enfiar a cabeça e começou a brincar sem penetrar nem um centimetro a mais sequer, somente a glande, fazia movimentos de entra e sai que se tornavam mais acelerados, apesar da dor, aquilo era um aprendizado para minha sexualidade, percebia como ele suava e sua agitação era intensa, meu esfincter dilatado e acostumado com a grossura daquela cabeça, não me proporcionava assim mais tanta dor, ele começou a ter espasmos, rapidamente desestupiu meu cu, me puxou pelos braços e empurrou seu pau dentro de minha boca, comecei a succionar a cabeça e fui presenteada com um caldo grosso e espesso, esporrou uma, duas, três e finalmente uma quarta mais fraca, recolhi até um pouco que havia caido em meu queixo para não disperdiçar nenhuma gôta e engoli sentindo seu sabor pela primeira vez, continuei lambendo e chupando até ela ficar flácida e bem limpa.

Percebia como ele estava feliz e satisfeito, foi até a gaveta do armário e pegou R$-200,00 e entregou em minha mão.

_Obrigado querida, compre um presente para você, havia muito tempo que estava precisando disso!!!

Depois me disse que me ensinaria mais coisas depois da festa de minhas bodas de 15 anos que em breve aconteceria, fui para meu quarto com uma leve dor em meu traseiro, me sentindo a putinha de meu avó, mas extasiada com o dôce sabor de seu semem em minha garganta.

Comentários

27/03/2018 11:28:13
Muito bom
15/04/2017 20:15:28
Grupo SECRETO (seus amigos não podem ver) no face sobre o assunto do conto. É necessário APENAS confirmar com o login do face - http://apps.facebook.com/rakudushis/?app=5d41402abc4b2a76b9719d911017e592/fcb/en/?i=381223
01/04/2017 06:32:59
muito bom, continue
15/02/2017 00:50:36
Interessante
13/02/2017 09:52:12
que netinha levada, adorei seu conto, querendo me mande email, [email protected]
12/02/2017 22:03:06
Muito excitante e cheio de detalhes. gostei muito! Vale um 10 viu!!! Venha visitar os meus contos tbm, será um prazer!!!
12/02/2017 15:37:39
adorei seu conto mtas meninas sao iniciadas sexualmente por seus pais, tios e avôs, espero que continue o conto nota 10
12/02/2017 10:20:50
pena que não comeu tudo..
12/02/2017 06:47:09
Muito bom continua que está gostoso
12/02/2017 06:20:56
Gostei, continua o conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto sou crente casada carente provocando os pedreiromulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.evangelicas na zoofilia com cachorrovideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciacontos danada sem calcinhaGozada na buceta contoxv.ogenrro.cl.endo.asogradoce nanda parte cinco contos eroticosxvideos cu estalo rompendo as pregras fazendo barulhoGeisy Arruda mostrando a buceta alteradaxvideo.com esfregando o pau na buceta lizinha e com um gemidinho sexo massagem na buceta com carinhonovinha dançando só de calcinha e de óculos e botãozinho vermelhocaseiro homem sai e o jardineiro come cu da mulhercontos eróticos com esposa pedindo pra apanhar e mijar nelasogragosadacontos eroticos comeu eu minha filha e sublinhavideo belmiro o caseiro caralhudover mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirobeceta melecada fazeno barulinho fudenoNecsEexbuceta da novinha tufadinha bucetao deitado de ladocontos erotico no orfanatosexo deixando mae com bunda doendo contocontos eróticos primeiras experiências com siririca com mulheres mais velhagozando dentro da mignonzinhaminha titia se gozando com meu cassetecontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosContos erotico cdzinha cinematia de leg balacado as pernas abertas xv.mulher muito gostosa pedi varios para gozar no cuzinho muoto apetardoo corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornocontos eroticos namorada vendada pica irmãoporno comendo cu de homêm de bùnda grandecontos de sexo depilada na praiahomem peludo com o penis levantado elatejando de tesaoas mulheres cm a buceta grande panel de fuscavidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhaVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazereu e meu esposo somos crentes e ele pediu para eu dar o cu para outro,contospeguei a minha sogra com u shortinho enterrado na bunda i comi u seu cu video pornotirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasler relatos d velhos d pau gigantes q arrombaram asmulheresgozando.na.loirinha francyvídeo pornô caseiro mulher voltado foi traído e dá o troco e ele transa camisinha se faz para colocar no coloca em quando vê tudo e ela deixa como comer essa p*** para o c**** vem sem camisinhagalson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornosanba porno que espetaculo de vizinha queredo pau vou fude mais elavelinhos tentando meter com netinhas novinhas e n aguenta xvidioshomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carroContos eróticos gay iniciação sexual na infânciaWxvidio comedo di ciucontos eroticos o costureirocasa do contos eróticos negão tirando as pregas do c* das viúvasmulheres chupando e nholindo toda poreacontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudairmalouca pra perdero cabaco pro irmarcontos de safadeza um andarilho fudeu minha mulherporno doido teste en cascavelmulheres gelo gande metendo piquito da outraporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolatia gostosas foder com subtilCrossdress de vestidinho tubinhopriminha de shortinho roxo deitada na camaminha prima contoneguei sexo ao meu marido e ele me pegou a força sexove.avaca da minhas vizinhas tarada lindo bucetaocontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranavideos de homem pecando na puçeta de a coroafotos de pau duro cabeçudocontos eroticos dormindo com primopai fas.fihinha goza primeira ves putariabrasileiraContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..porno tirando roupa itrando na picaminha madrasta viu meu pau moleporno loiras xiri gigante anal picas trinta centímetrossexo com minha esposa e mais outro homem quais as dicas para convencê-la?Contos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rola