Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Virei mulher realizada, iniciada por papai, hoje sua escrava. Parte 2

Um conto erótico de Paula
Categoria: Homossexual
Data: 01/03/2017 10:16:31
Nota 8.00

Atendendo aos pedidos, vou contar a segunda parte da historia.

No domingo tivemos voltar, pois papai tinha de trabalhar na segunda e escondi minhas roupas femininas para mamãe não ver e chegamos a casa, fui para meu quarto e minha mãe ficou falando com papai, ele contou tudo que fez e que o ajudara, ela abraçou-o e disse que saudades João, e ele virou o rosto desviando de seu beijo, entrei no quarto fechei a porta e fiquei chorando, como faria agora sem o pau de papai todas as noites, quando foi deitar papai veio me dar um beijo de boa noite, eu abri a porta e chorando aceitei seu beijo, ele disse calma amor, tudo se resolve. Foi para os braços de mamãe, eu chorava desesperadamente, até que ouvi os dois discutindo e papai dar uma tapa em mamãe, depois falavam baixo e não ouvi mais nada. No outro dia papai veio se despedir antes de sair, mas a porta estava trancada, mamãe me chamou e abri a porta, ela entrou e sentou-se na minha cama e falou, precisamos conversar menino, e disse sei de tudo seu pai me contou e quero dizer que vou aprovar vc ser mulher para ele, antes vc do que alguém de fora não é menina. Eu disse como assim mamãe o que a senhora esta falando, ela disse sei que seu pai a fez mulher e que foram felizes até seu tio chegar, vcs fez sexo todos os dias e todas as horas possíveis, eu disse, mas como, eu disse com o pau no seu cu e na sua boca vai negar isso, eu comecei a chorar ela disse pode parar, agora vai ter de ser mulher e se portar como mulher, vai me ajudar aqui na casa, vamos arrumar tudo e vamos fazer compras seu pai mandou, vamos comprar uma cama de casal para este quarto, quer ficar com duas mulheres nesta casa, tudo bem para vc eu disse sim mamãe, e ela abriu os braços e eu entrei entre eles e me senti confortada com isso ela beijava meu rosto, sou sócia de homem daqui para frente certo, eu disse sim certo, e vamos ver suas roupas que comprou, e vamos comprar o que faltar amor, vamos logo me mostra tudo.

Mostrei tudo a ela, quis ver a depilação que fiz e ver o cuzinho como estava, disse esfolado, vou ter de fazer curativos na beirada antes de sair, sabe o pau de papai é enorme somente só podia ter feito este estrago mesmo, eu falei é que foi muitas vezes, mãe, por isso a machucadura, rsrs ela sorriu também, arrumamos tudo na casa e saímos para as compras eram 9 horas e somente teríamos que fazer o jantar para nosso macho e senhor, que chega às 18 horas, comprou de tudo, lingeries para mim e para mamãe, shorts, vestidos, calças, enfim tudo que mulher usa, papai quis que mamãe mudasse de modo de vestir para um mais moderno como eu, ela tem apenas 40 anos é gostosa, tem 1,65 alt. Pesando 65 quilos, loura, cabelos longos, seios grandes, pernas e bunda gostosa as minhas parecem com as pernas e bunda dela, ela disse morria de ciúmes de seu pai, mas já que tenho uma filha como sócia, é melhor do que saber que ele come mulheres na rua não é, se ele me comer de vez em quando já vou ficar feliz, ontem ele me bateu muito, até que resolveu me contar tudo, ai fizemos amor gostoso, ele me fez feliz por vc meu amor. Paula vai sempre te ajudar a ser mulher ouviu, vamos ter de cortar seu cabelo com um corte feminino, e como homem vc prende com rabo de cavalo ok, eu disse mãe estou pensando em me assumir como mulher, como Paula, o que acha tudo tem hora certa filha, espera vamos falar com nosso dono e resolvemos isso. Ele é que manda, aceitei ontem com ele que serei sua escrava, somente vou obedecer, e acho melhor vc também fazer isso Paula, ele falou do tio Pedro e do Sandro, sim que eles foram para o apto. E atrapalhei a felicidades de vcs, eu disse é verdade e fiquei quieta.

Chegamos a casa, corremos e colocamos as nossas compras sobre a cama a minha e as dela na dela, e fui ajudar ela com o jantar, eu estava somente de lingerie devido ao calor, mamãe estava com roupa comum de ficar em casa eu disse nada disso, vai colocar uma roupinha bem gostosa, quero que nosso macho queira te comer bem gostosa hoje, ela sorriu e foi colocar um fio dental e um short bem apertadinho que tinha a feito levar, e ficou apenas de soutiens, para provocar nosso homem, quando ele chegou nos abraçou e beijou primeira mamãe na boca e enfiava a língua na boca dela e depois me abraçando disse filha gostosa, e me beijou com bastante tesão com a língua louca na minha boca, e disse filha vc fez milagres com sua mãe agora sim ela esta produzida para seu macho, vc não acha eu disse sim pai, esta um tesão de mulher, veja que seios, querem que os meus fiquem grandes como os dela, ele falou filha o seu já esta crescendo, eu disse sim pai esta sensível e ficando maior dia a dia, ai que delicia, vou ficar igual mamãe, já tenho as pernas iguais as dela e tenho a bunda igual à dela, ele disse a sua vai ficar maior filha vc é mais alta, vai ficar sempre gostosa, igual sua mãe. Papai disse como vcs se entenderam ela disse pai eu aceitei ser sua escrava e vou fazer tudo o que vc quiser, basta mandar e obedeço, eu disse eu também papai, só não pode ficar sem seu pau, um dia sequer, e sorrimos os três. Ele vinha por trás e me enconchava, e beijava meu pescoço, depois fazia o mesmo com mamãe, senti que ela estava no paraíso, pois nunca tinha sido cortejada antes. Ele perguntou e seu primo Sandro ligou para vc, eu disse não, à noite vou ligar para ele para saber novidades, minha mãe falou ele sabe que vc é mulher filha, vai querer se aproximar, cuidado. Durante o jantar uma de cada lado de papai ele falou, Paula vamos falar sobre o problema de Pedro para sua mãe afinal ela agora é uma de minhas mulheres modernas como vc, e falou abertamente com mamãe como tudo aconteceu e contou que viviam como e mulher a mais de três anos, e que são felizes, e ela falou a mulher dele sabe nos dissemos não, ela a Sandrinha é linda sabe mãe, muito mais linda que eu, mais gostosa, e mais experiente, papai disse mais que vc não é nada, apenas, mas experiente, vc é lindíssima ela apenas uma jovem bonita, mamãe falou isso amor, defende suas mulheres, e sorrimos os três. Mamãe disse acho que deviam falar para Marlene, afinal ela tem o direito de saber como eu, quem sabe não aceita, papai disse não vamos nos meter nisso, eles é quem sabem meu irmão se ela não aceitar vai sair de casa com a Sandra, e vai viver com ela, mamãe falou me deixa falar com ela a faço compreender, papai disse somente com autorização de Pedro, sábado os dois virão nos visitar e vamos ver se podemos ajudar. Estão desesperados, conte a Sandrinha como resolvemos as coisas aqui filha e fala para ela vir como quiser, de homem ou de mulher na sexta, como ela preferir.

À noite papai não sabia onde dormir, e eu falei pai, fica com ela esta noite afinal ela esta sendo tão compreensiva, e amanha chega nossa nova cama e o s.r. Dorme comigo, ele disse obrigado pela ajuda filha, me beijou com muito amor e foi se deitar, mamãe falou quando viu, vá com ele eu durmo na sua cama, eu disse mãe ele vai dormir com a senhora, vai te amar, vai te fazer feliz, vc esta vestida como ele sempre quis, vai te amar como vc sempre quis bem macho, bem gostoso, vai linda e a beijei na boca, sem pensar enfiei a língua nela, que ficou me olhando e me beijou de novo enfiando a língua na minha boca, me olhando nos olhos, e depois foi muito feliz. Quando chegou ao quarto falou João vai ficar com a menina, eu estarei bem, ele falou escolhi vc mulher, vc fez tudo como pedi, e se me obedecer em tudo nunca mais vai apanhar, vou isso sim te amar muito, e a beijou e chupou seus seios coisa que nunca mais fizera, e ela gozou apenas com a chupada dele nos seios, deliciosos que ela tem, e ela falou alto, Paula, por favor, venha aqui eu corri pensei o que houve, ela falou deite-se conosco aqui quero vc perto de seu homem, papai estava no meio com o pau duro apontando para o céu, e eu deitei-me do outro lado, falei venha mamãe peque no pau de nosso macho, ela colocou a mão e começamos a acariciar o pau, e falei venha mamãe chupa junto comigo vamos dividir o pau, e a porra que sair dai, ela chupava com amor, e me beijava, eu correspondia, e chupava o pau, papai vendo nossa tara disse vou gozar meninas, e gozou e como gozou, encheu minha boca e a da mamãe de porra, foi uma delicia não perdemos nenhuma gota, com a boca com porra a beijei e enfiei a língua na boca dela, que gemia com um olhar tão feliz que nunca havia visto naquele rosto lindo tão amado por mim, e agora por papai. Estava feliz demais e falou agora quero comer bunda, buceta o que vier eu traço, e acariciamos o pau novamente para ele endurecer, e papai deitou mamãe de costas para a cama e eu de bruços e falou vou comer uma buceta e um cu agora, por favor, gozem comigo preciso disse comer as duas para que não procurem macho por ai, e comeu a buceta de mamãe, quando ela gozou ele veio atrás de mim, colocou ky e enfiou aquele pau de meus sonhos e enfiou ele inteiro no cu, minha mãe ficou admirada por ver como entrava no meu cu, dizendo filha doe muito, eu disse mamãe é delicioso ser enrabada por nosso macho, a senhora gozou amor, ela beijando minha boca disse sim filha gozei muito, estou satisfeita por hoje ai nosso macho deu um gemido e gozou dentro do meu cu, me enchendo o cu de porra, eu gritei de prazer e mamãe ficou feliz, e disse como é bom ver nossa filha feliz não é marido. Ele disse como é bom ter duas mulheres maravilhosas como vcs. Estou amando minha filha, e agora voltei a te amar mulher.

Por favor, não estrague nossa vida amor, vamos ser sempre felizes os três, sejam minhas escravas que terão sempre seu macho para saciar suas taras, eu disse sim amo e senhor, ele sorriu, mas gostou de ouvir. Assim ficamos todos os dias fudendo à vontade no quarto, na sala, na cozinha onde der tesão fodemos, até que chegou o sábado e quis me arrumar bem para impressionar Sandrinha e tio Pedro, coloquei um vestido preto lindo de cetim, lingeries também preta acetinada, e sandália de salto alto, cabelos com escova mamãe é quem fez, e ela se arrumou bem, colocando um short bem curto e bem apertado uma blusa lindíssima transparente, lingerie combinando, suas lindas pernas de fora e uma rasteirinha, cabelos com escova esvoaçante louro como a Sandrinha, quando ela chegou e nos viu assim, comigo de mulher ficou sem saber o que falar, eu a abracei e disse esta é Sandrinha mamãe, ela beijou a Sandrinha na boca e enfiou a língua, Sandrinha não entendia nada. Levei-a para o meu quarto e contei tudo ela ficou maravilhada, dizendo como seria bom se mamãe também me aceitar eu perguntei vc já falou, ela disse temos medo, papai deu uns tapas em minha mãe e ela hoje é bem submissa a ele, alias eu também tive de jurar ser sua escrava, isso quer dizer somente fazer o que ele deixar, mas esta delicioso amor, mamãe sabe de vcs e quer falar com sua mãe, se vcs quiserem e vai a fazer aceitar ou perder o marido e filho, o que acha, ela disse eu acho ótimo, mas depende do que acha Pedro, Durante o almoço falamos sobre o assunto e Pedro disse se vc quiser falar Valeria vou adorar, se não aceitar já não volto para casa nem nossa filha, mamãe disse passem a tarde aqui vou falar com Marlene, e pegou o carro e foi, ficamos conversando e papai contando ao tio como foi tudo, e eu contava a Sandra como estávamos vivendo esta semana, disse que mamãe não quis dar para o papai sem eu presente, e acabamos fudendo os três, eu tenho beijado minha mãe e percebo que ela fica excitada com meus beijos e quando me dá banho, fica acariciando meus seios, e cuida de mim, da minha bunda, de meu cuzinho, de tudo de roupas intimas faz questão de cuidar pessoalmente acho que esta gostando de participar e vai acabar me comendo também, eu vou chupar toda ela seu cu sua buceta, tudo enfim, papai diz que entre nos não é para ter limites. Que delicia amiga, que inveja, eu disse calma vc vai ter surpresas, ficamos conversando até que tio Pedro chamou Sandrinha e falou venha amor, dá uma chupada no seu homem, e ela abriu a calça dele e ficando de joelhos chupou o pau dele, papai disse filha estou com inveja venha eu não tive duvidas e cai de boca no meu pau delicioso, e chupei com calma até ele gozar na minha boca, e Sandrinha também ficou com a boca cheia, eles falaram não engulam se beijem, eu olhei Sandrinha e encostei a boca nela e a beijei ela me beijou também, trocamos porra e nos chupamos com eles olhando, ficaram bem satisfeitos e disseram fiquem se beijando para a gente apreciar eu beijava Sandrinha enfiando minha língua molhada de porra e ela também, e chupavamos uma a porra da boca da outra, foi maravilhoso, eles ficaram super. felizes, falei aqui somos escravas do papai, se vcs também fizerem isso serão muito felizes também.

De repente ouvimos a porta da garagem se abrir e recompusemos, quando entra mamãe e tia Marlene, eu vestida de mulher com os seios de fora e Sandrinha também exposta, Marlene correu para sua filha e a abraçou e disse filha como vc sofreu todos estes anos, porque não me falaram eu teria lhe ajudado, veja como Valeria ajuda a Paula, Pedro vc deveria ter me falado, teria evitado tantos dissabores, eu já estava desconfiada, mas vcs agiam com normalidade em casa, mas via que ela tinha uma parte do guarda roupas trancado a chave, estava pensando em chamar um chaveiro, mas graças a deus hoje fiquei sabendo de tudo, tinha medo que Sandro tivesse viciado em toxico, ou coisa parecida, mas já que escolheu esta vida somente tenho de apoiar, chegou perto de tio Pedro e o beijou na boca com a língua dentro ela chupava e falava ao mesmo tempo te amo Pedro, quero ajudar vc ser feliz com nossa filha, como Valeria esta fazendo com Paula, pediu usar meu quarto e falar com sua filha Sandra eu as levei e voltei para sala, mamãe disse ela já estava desconfiada, e relutou, mas teve de aceitar, pois não tinha outra saída, mas Pedro uns tapas não hora certa ajuda viu, não é João, e olhando para mim disse que é isto no seu rosto, papai contou e ela morreu de rir, quer dizer que chuparam o pau de seus homens e trocaram porra na boca, ai que delicia, queria fazer isso, vamos ver se um dia Marlene topa. Eu iria adorar beijar sua mulher Pedro, tenho tesão por ela sabe os dois homens ficaram olhando para mamãe, e não falaram nada. Ou tenho de ser moderada e não falar o que penso e sinto, pois eu sinto tesão por Marlene sim, pena que nunca me deu bola, se desse já teria feito amor com ela, podem ter certeza, Pedro disse é uma boa ideia quem sabe um dia. Nesta hora Marlene vinha chegando abraçada com Sandrinha, e perguntou o que é uma boa ideia Pedro, eles se calaram, e mamãe agora moderna disse, falou que se vc tivesse me dado bola eu teria feito amor com vc com certeza eles não estão acreditando, sei que jamais pensou nisso, mas eu sempre pensava nisso e vc nunca me deu atenção além da familiar como cunhadas, e envergonhada foi para a cozinha, fui atrás e ela estava chorando, disse agora apelei filha o que faço eu disse fique por cima amor, vc apenas falou seus sentimentos, seja amiga da tia ela vai precisar, mas agora vai sempre pensar que estou cortejando. E vai sempre ficar envaidecida, veja seu marido a trai com a filha e vc declara que a deseja tudo ao mesmo tempo, vai dormir cheia de ideias. Neste momento tia Marlene entra na cozinha senta-se ao lado de mamãe, pega em suas mãos e fica olhando nos olhos de mamãe, eu saio de fininho para elas ficarem a vontade, papai fala filha mamãe esta servindo um café eu disse sim pai, vou ajudar e fui com Sandrinha, quando chegamos na cozinha às duas se beijavam com muito amor, e vi suas línguas lutando dentro de suas bocas, passamos por elas e coloquei agua no fogo, e elas continuavam a se olhar com muito amor, coloquei as xicaras na bandeja e preparei o café e Sandrinha me ajudou e elas continuavam a se olhar e se beijar, pensei o que será que vai acontecer agora meu deus.

O tio Pedro disse vamos embora filha chame sua mãe, fomos e as encontramos se beijando se declarando, fiquei até emocionada, afinal se encontraram e serão felizes tenho certeza, despediram e saíram, com promessas de ir jantar na casa deles logo, Marlene disse te ligo amanha Valeria, e saíram. Quando saíram papai nos chamou e disse o que foi aquilo Valeria, ela disse uma declaração de amor, meu senhor, ele disse tudo certo somente deveria ter falado isso comigo antes, para eu preparar meu irmão, mas vou torcer para vcs. Serem felizes, sempre como minha escrava não se esqueça, fomos dormir mamãe pediu João posso dormir sozinha hoje, quero ficar meditando na besteira que fiz, ele autorizou e foi dormir comigo em minha cama, foi delicioso passar a noite toda fudendo, estava com saudades de passar a noite com papai somente para mim, ele me beijou por longo tempo, e lambia e chupava minhas tetas, disse como está ficando grande amor, vc vai ficar maravilhosa com tetas do tamanho das de mamãe, eu fiquei feliz, também acho pai, e ele acariciava meu corpo todo, até que me virando de bruços, passou a cuidar de meu cuzinho, lambeu bastante e enfiou o pau no meu cu, senti a cabeça quente na portinha e senti a penetração vagarosa e sempre, foi entrando senti quando chegou ao fim, e ai ele parou como sempre faz e falou quer que foda bastante filha eu disse sim pai me fode com bastante tesão me encha de porra e ele fudeu, parecia que cada dia é melhor, não sei como vivi 18 anos sem ter pau no cu, que maravilha ser mulher de papai, dormimos depois de varias fodas e chupadas. No outro dia quando acordamos mamãe já estava na cozinha e nos beijou dizendo vamos tomar café amores, e sentamos os três. Ai foi um domingo de muito sexo entre nos três, até que mamãe saiu de perto e ligou para Marlene e disse varias palavras de amor para titia nos ficamos ouvindo e ela se acariciava e gemia de prazer e felicidades, papai apenas disse não se esqueça que vc é minha escrava e vai ter de fazer apenas o que eu mandar, e autorizar, mamãe disse eu sei meu amo e senhor, obedecerei sempre.

Na segunda feira assim que nosso marido saiu mamãe falou Paula, preciso ir à casa de Marlene, saber como estão, me ajuda eu disse mamãe para ir tem de pedir autorização para papai, ela disse vc deu para ele o final de semana todo ele esta feliz peça autorização para ele, insistiu tanto que liguei para ele, depois de alguma relutância ele autorizou, e mamãe deu pulos de alegria me beijando na boca, ficou olhando nos meus olhos, me deixando com tesão e foi, quando chegou me contou como foi, mais ou menos assim: chequei na casa de Marlene estava ela e Sandra, eu abracei e cumprimentei Sandrinha, que pediu licença e se trancou no quarto, abraçadas Marlene disse que estava morrendo de saudades, e que dormiu sozinha estes dias, pois Pedro deixou e ficou no quarto de Sandrinha, fuderam o tempo todo, eu ouvia, pois Sandra é bem escandalosa, e continuou olhando para os olhos de mamãe, uma de frente para a outra de mãos dadas, se olhavam e se beijaram, com suas línguas loucas brigando em suas bocas, foram cada uma tirando a roupa da outa e ficando nuas de pé, se abraçaram e sentiam a pele da outra se esfregando, seus seios ficavam bicos com bicos, e os amassavam em abraços apertados, ai se afastavam e ficavam brincando com os seios bicos com bicos e estavam em êxtase, Sandrinha saiu do quarto e continuaram, ela disse vou sair e fechou a porta com a chave e saiu nos deixando nuas nos acariciando, ai levou-me para o quarto e deitamos eu chupava seus seios e ela os meus, depois eu chupei sua buceta e ela passou a chupar a minha gozei como nunca gozei na vida e ela também encheu minha boca de suco de buceta ai que delicia mais doce que o mel, ela disse que meus sucos também são doces, ficamos nos acariciando e eu acariciava seu corpo todo e ela o meu, enfiei os dedos molhados no seu cu e ela gostou, depois fez o mesmo comigo e gozamos novamente, corri tomar seu suco novamente, e ela quis me chupar para tomar meu suco novamente, até que ficou tarde e eu tive de voltar, sem. Vontade, Mas tive de voltar.

Falei mãe acorda papai já vai chegar, já adiantei algumas coisas, mas não sei direito cozinhar como ele gosta e juntas terminamos o jantar papai como sempre nos beijou com amor, e sentados ele perguntou como foi na casa de Pedro, ela disse que tudo bem, estes dia Pedro dormiu com Sandrinha a pedido de Marlene que quis ficar sozinha segundo ela pensando em mim, e eu e ela nos acariciamos a tarde toda, fudemos, beijamos tomei suco de sua buceta e ela o meu, estive no paraíso esta tarde, e sorriu, papai disse contanto que não se esqueça de que é minha puta e minha escrava tudo bem pode aproveitar, a senhora não viu dona Paula, é somente minha ouviu. Naquela noite papai fez questão comer mamãe que quando gozou falou-te amo Marlene que delicia, me possua linda, me faça sua mulher, e gozou mais ainda, papai achou lindo o amor das duas e depois veio e cuidou da sua Paula eu estava com tesão pelo que mamãe falou e pela foda que vi dar nela e gozei muito com o pau no cu. Pela manha mamãe falou filha que desastre falei de Marlene durante a foda, eu ouvi disse e como vc esta apaixonada mãe, só diga a ela que somos escravas de papai e somente faremos o que ele autorizar, estou molhadinha de lembrar de minha amada filha, Sandrinha também aprova eu acho e seremos sempre felizes filha, amanhã virão passar o dia conosco, Pedro, Sandrinha e minha Marlene, ai que estou molhada de tesão filha, eu apenas sorri e disse mamãe se controle, não sabemos se Pedro aprova, ela disse que ele não se importa somente preocupa com Sandrinha, adora comer sua filha em qualquer lugar, Sandrinha é tudo para ele, filha vou ligar para ela posso, e ligou, (ouvi a conversa, pois deixou o áudio aberto), amor bom dia tudo bem ai, ela disse sim querida, hoje tive de dar junto com minha filha, mamãe sorriu e disse eu também amor, faz parte não é sim linda, quando vc vem novamente, mamãe falou vcs virão passar à tarde conosco e vamos ficar juntinhas, te amo querida, vamos cuidar da vida mais tarde te ligo, te adoro, a outra te respondeu amo.

No tão esperado dia chegaram e todos nos beijamos muito, as duas mães, exageraram e ficaram se olhando nos olhos como sempre faziam, e todos fomos nos sentar, fui com Sandrinha para meu quarto e ela falou nossa como elas se amam, mas não podem deixar seus maridos ficarem chateados não é eu disse não tem perigo amor, as duas fizeram tudo na cozinha eu e Sandrinha colocamos a mesa, almoçamos todos muito felizes, eu ao lado de papai e Sandrinha ao lado de Pedro e mamãe ao lado de Marlene, todos nos beijávamos, mas as duas exageravam a tarde eu e Sandrinha resolvemos desfilar para nossos machos, e ficávamos apenas de calcinha desfilando, papai disse e as duas não vão desfilar também, e elas tiraram as roupas e desfilaram somente de calcinhas também, a buceta das duas são lindas, inchadas, e eu e Sandrinha temos que prender o pau para não ficar como homem, e parecia buceta inchada como de mamãe, ai mamãe e tia Marlene se abraçaram e ficaram raspando os bicos dos seios, estavam morrendo de tesão, eu também fiz o mesmo com Sandrinha, que delicia bicos com bicos ou machos tiraram as roupas e o pau dos dois estavam duríssimos, mamãe e tia se acariciavam se beijavam e nos vendo estava delicioso e sexy, as duas se ajoelharam e continuaram beijar e acariciar, eu e Sandrinha fazíamos o mesmo, elas estavam quase gozando ai levantaram sempre se beijando e esfregavam uma buceta na outra de pé, e seios apertados, eu não estava aguentando ficar com o pau preso e pedi, papai podemos ficar sem calcinhas eles disseram sim podem queremos ficar vendo este show delicioso. Quando tiramos as calcinhas nosso pau estava duríssimo, o meu era mais grosso e de Sandrinha mais cumprido são lindos, e ficamos abraçadas e os paus entre nos, e os seios com bicos duríssimos, as duas estavam quase gozando esfregando uma buceta na outra, papai disse sem tocar nas bucetas, somente esfregar quero ver vcs gozarem sem se tocar, que delicia não Pedro, ele concordava com tudo, até que ouvimos elas gemendo e gozaram o gozo escorria pelas bucetas e foi descendo pelas pernas se apertavam mais os seios completamente amassados, e gozaram muito tempo, corria rios de gozo pelas pernas, o cheiro de sexo era delicioso, e eu falei Sandrinha deixa eu te comer, ela disse peça a papai, eu falei tio Pedro posso comer a Sandrinha, ele disse sim amor, faça como quiserem e vamos adorar tudo não é irmão, e eu dei o pau para ela chupar e deixar molhado e a virei de bruços de quatro no tapete e enfiei meu pau no seu cu, ela gemia de prazer e disse como é bom dar o cu Paula, enfia mais amor, isso me come me fode me faz gozar pelo cu e enchi o cu dela de porra coisa que tinha vontade faz tempo, ai papai disse agora quero ver Sandrinha comer o cu de Paula, e ela me comeu seu pau era muito cumprido e fino e foi entrando machucando lá no fundo mais foi delicioso eu gemi de prazer, ai que delicia, olhamos de lado as duas deitadas desfalecidas, toda molhadas de gozo, as pernas ensopadas, as bucetas vazando ainda, como um vulcão ai que cenas deliciosas senti a respiração de Sandrinha ainda com o pau amolecendo na minha bunda foi maravilhoso, dar para ela na frente de todos, e mamãe, semi desmaiada com sua amada, se beijavam e tentaram se recompor, sentamos no chão mesmo, mamãe disse agora só falta nossos machos se comerem, todas aplaudimos e pediram, mamãe falou quando jovens Pedro era mulherzinha de papai, vamos relembrar, Pedro disse não precisa, Marlene disse quando me comia dizia que lembrava do enorme pau de João e gozava em mim, ai papai beijou tio Pedro na boca pediu chupa. Ele obedeceu e se virou com o cu para cima, chegamos às quatro mais perto e vimos o cu de tio Pedro, peludo ficar molhado pela língua de papai, e colocou a cabeça na porta, eu sei o que o tio sentiu é delicioso sentir o calor da cabeça no cu, e foi enfiando pedaço por pedaço, o tio gemia e se deliciava com a penetração, mamãe se abraçava com sua mulher e Sandrinha se encostava em mim, e ficamos vendo a foda de nossos machos, até que papai gozou no fundo do cu do tio, e caíram um em cima do outro, batemos palmas e dissemos agora sim todos estão comidos e satisfeitos.

Caso queiram conto a parte 3 onde em muito mais detalhes de nossa vida em comum.

Paula

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/05/2017 14:26:17
Ótimo conto putinha gostosinha, manda fotos por email se puder
04/03/2017 13:37:35
Paula, eu teria gostado, se o teu conto tratasse de submissão SEXUAL. Li porque acreditei que assim fosse, mas me deparei com um texto onde um homem FOLGADO trata suas mulheres dum modo abominável. Se a mulher tem tesão em ser sexualmente submissa, tudo bem, mas FORA DA CAMA, o DEVER do homem que é Homem com H maiúsculo é tratar a mulher como princesa, pois isso evidencia que fomos criados por RAINHAS. Só me pergunto QUEM criou estes homens com comportamento lamentável. Mas, enfim, como você diz - com razão - há quem goste. Ou pense que gosta, por ainda não haver recebido melhor atenção. Sucesso com os contos e prossiga. Abraço.
04/03/2017 13:16:40
nao se pode agradar a todos, quem não gosta não leiam mais meus contos, escrevo sempre atendendo e incentivada pelas pessoas que gostam Paula
03/03/2017 16:05:52
Continua!!!!
02/03/2017 02:50:13
Ah Paula demorou, claro q quero a parte 3
01/03/2017 21:08:36
Se perdeu legal.Quanto lixo.
01/03/2017 19:15:40
Para não apanhar e 'ser amada' uma mulher tem de OBEDECER? Uau! NADA justifica que o teu pai tenha batido na tua mãe. Para mim, não quero mulher que me obedeça, como se estivesse abaixo de mim. Minha esposa está ao meu lado, em igualdade e não precisa do meu aval para ter planos só seus, pois antes de me amar, ela SE AMA. Quem não se ama não pode amar, pois não pode dar do que não tem. Aceitar apanhar de um homem e ainda obedecê-lo, esperando por migalhas emocionais, no mínimo, é carência e falta de amor próprio. Vamos abrir os olhos enquanto há tempo. Estamos no ano 2017, não na era das cavernas. Basta de machismo e misoginia. Isso nunca fez ninguém mais homem. Ao contrário. Produziu covardes.
01/03/2017 11:07:14
conta, conta




Online porn video at mobile phone


história real irmão bem dotado seduza irmãzinhafilhinha da a buceta para irmao e padrastocontos eroticos gay me apaxonei pelo traficante 7contos eróticos garotinhosarra novinha da b***** bem bonitinha pornôcontos eroticos minha mae com aminesiaContoeroticonovinhosafadoencoxando as meninas na baladaqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginaconto erótico o meu cunhado me tornou sua putaeu qero asistir videos porno os caras do pau grande regaçado as mulheris e elas gritado sen aquetarporno família favelaCrentinhas cabacinhosContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolaPage coletanea de video coroas masturbando gozando escorrendo melzinho galacuiadia fudedo de xortiu curtopilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentequero ver video da a mulher memesia a buceta o cuContos eroticos : transei com a cavalona loura da xotona peludaxvideos primo cheira po mas prima e nao resisticontoprimeirafodacontos velho bruto poe no cu sem avisarvidio de novinha bricano de saia curta com a molecadaconto erotico chantageando filha prostitutacontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebecomo passar a pomada azulzinha na buçetacarolzinha santos trepano no churrascocomedor enrabando professora virgemesposa gostosa e novinha e tio roludo parte setezoofilia os mais pegadoresve porno co ome cumeno amante e a filha da amanteamor sexo sem penetrarsexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôcontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombarambuceta gozano nepicaManda vídeo pornô das atrizes mais belas do pornô transando com cachorro engatado arrastando ele era luz clique desesperada chorandoconto novinha marrenta estrupada pelo irmaosVai vai no cu conto incestodeu para nao ser caguetada para o marido xvideosContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandocontos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaocontos gay caminhoneirocontos de cornos revista private 2017casa do contos eróticos publicadosfreira da a buceta pra pintudo no azilo contos.tia perucas carinha de anjo nua peladacontos casadas chupadeirasmarido fica bebado em churrasco e esposa fode com outrocontos eroticos arretando novinha na hora da janta na meaamulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadosocando na enteada gravida de jundiaieu já perguntei onde tu tava ontem Live sexo vídeo pornô deixa que eu adoro vai bater igual a Shakiranovinho lendo no park louco de tezao por um homem forte gostoso e peludomoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nuporno mae gotosa madura sedente de amor ai pirocaopornô em Carmo da Cachoeira na ruaContos eroticos sou obrigada a fazer nojerasporno sobria vai vizitar tio e esrrupadao bucetaoda minha noracontos tomei coragem e dei pro meu filho pauzudoContos pedi pro meu marido me levar no puteiro pra dar o cuTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticoconto erotico gay vagejada capVidio,de,yrma,de,quinzeano,bricano de,lutinha,com,yrmaomarido fazendo covardia com a buceta da esposapriminha de shortinho roxo deitada na camao bucetaoda minha noranora safadas descobri que sogro tem a pica enormesexotc.comnovinha: dei pro meu irmao roludo depois que flagrei minha mae fando pro meu pai na sala contospornou homem nao aguenta e goza na burcerta da putasou puta e pratico zoofiliaver vidios porno da xvidio mulher veste marido com langeri e deixa ele para o amante fudercontos tomei coragem e dei pro meu filho pauzudover contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatossogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genroTio Fudeu minha buceta e eu gosteipirocona na titiavideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etrahomem nu da cu padres e semináristasquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticoCaralhudos na bucetinha virgemporno contos morando na casa do sogro bravovideos arrancando a virgindade da novinha sem piedade que deu por dinheirodando com dorbuceta pro pai irmaominha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.XVídeos minha esposa queria dar para o negão mais da metade da metade podendobaixar pro celular videos novinha gordinha de chortinho dando pro irmao pauzudocontos chupei o grelinho da enteadinha a forçadei minha virgindade promeuirmãogêmeoquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delas