Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Uma Família Sexualmente pouco convencional (Conto de incesto gay/hetero com vídeo)

Sou de uma família sexualmente, pouco convencional, mas sempre fomos felizes e resolvidos. Minha família é muito pequena, além de meus pais e eu, só tenho um tio, irmão de minha mãe, que sempre morou conosco.

Só no início da minha adolescência é q passei a notar a liberalidade sexual que havia entre minha mãe, meu tio e meu pai, pois algumas vezes, mesmo com meu pai em casa eu via minha mãe e meu tio se beijando e se tocando.

Pra mim era tudo muito normal, pois nunca houve brigas e desentendimentos entre os três, pelo contrário, estavam sempre juntos rindo, falando sacanagens e bebendo. Em casa todos andávamos bem à vontade, não se tinha o costume de trancar portas, nem de quartos e banheiros, por isso era comum ver minha mãe sentada no vaso, meu pai dormindo pelado ou meu tio no banho.

Tudo aquilo me despertava para o sexo, principalmente a pica do meu tio que era bem maior e mais grossa que a do meu pai . Certa vez ao chegar mas cedo da escola, tio Sérgio, minha mãe, e meu pai estavam trancados no quarto e só

depois de uns vinte minutos meus pais saíram do quarto pelados, e entraram no banheiro. Logo veio meu tio e sentou ao meu lado no sofá. Estava de cueca e vi a cabeça da sua piroca toda melada por fora da fenda. Ele então me abraçou e

apalpando minha bunda, mandou pegar uma cerveja pra ele, na geladeira.

Quando meus pais voltaram do banho, eu estava deitado no sofá, com a cabeça apoiada sobre a perna do meu tio, que assistia TV acariciando minha bunda. Minha mãe sentou-se aos meus pés, colocando minhas pernas em seu colo, e meu pai sentou na poltrona em frente.

Tio Sérgio então deu um tapinha em minha bunda e disse pra minha mãe :

.

- Já viu Dorinha, como esse mulek cresce rápido. Vê só que bundão lindo!.

.

Minha mãe então desceu minha cueca, e respondeu:

.

- É mesmo, parece com a bunda do pai !.

.

Meu tio, muito safado, deslizou o dedo no meu reguinho, e bolinando meu cu, disse:

.

- A diferença é que esse cuzinho é virgem, né Mazinho?

.

Adorando seu dedo na minha rosquinha, e a pica dele pulsando sob meu rosto, sorri balançando a cabeça confirmando. Vendo tudo aquilo meu pai em frente me sorriu e falou:

.

- Gosta também, né filhão ? Puxou ao pai. Na sua idade eu ja tinha queimado a rosquinha!.

.

Minha mãe se debruçou, me deu um selinho e outro no irmão e disse:

.

- Do jeito que conheço o Sérgio, esse safado não vai demorar, a te inaugurar, meu filho!.

.

Sorri, empinando a bunda, sentindo o dedo do meu tio já dentro do meu cuzinho, massageando bem fundo. No dia seguinte fui acordado por meu tio que deitado atrás de mim esfregava o pau duro no meu reguinho. Fingindo dormir fiquei quietinho curtindo aquele pauzão quente, e suas mãos acariciando meu corpo. Quando ele apertou meu mamilo e forçou o cabeção na portinha do meu cu, suspirei e sorrindo abri os olhos. Ele me beijou o rosto e disse:

.

- Tá gostando né safadinho!?.

- Uhumm

Murmurei, e pegando no pau dele pedi:

.

- Tio deixa eu chupar ?!.

.

Ele me virou e colocou seu cacetão na minha boca. Estava todo babado, com um caldinho gostoso que descia por minha garganta. A chapeleta mal cabia em minha boca. Logo meu pai entrou no quarto. Estava pelado e de pica dura. Me beijou o rosto e me chamando de gulosinho começou a dividir o picão comigo. Ficamos chupando e nos beijando por uns dez minutos, até que tio Sérgio falou:

.

- Fica de quatro Mauro. Mostra pro seu filho como se dá o cu!.

.

Meu pai se posicionou, me colocando sob ele, pondo sua pica na minha boca começou a chupar meu pinto. A poucos centímetros do meu rosto eu via o cuzão do meu pai piscando. Meu tio cuspiu na pica, encostou na entrada e a chapeleta sumiu. Meu pai gemeu sem largar meu pau, enquanto a jeba grossa sumia inteira no cu dele. O saco do meu tio roçava na minha testa a cada estocada, enquanto meu pai rebolava a bunda socando a pica na minha garganta.

.

Nesse momento minha mãe entrou no quarto:

.

- Aíii heim, safados... Já meteram meu filho na putaria né! ?

.

Ela estava de babydoll. Abraçou meu tio e o beijou na boca, enquanto ele sem parar de bombar no cu do meu pai, afastou sua calcinha e atolou o dedo em sua xota. Minutos depois, com meu pai me chupando e socando o dedo no meu cu, senti um prazer indescritível e pela primeira vez tive um orgasmo, ao mesmo tempo em que meu pai enchia minha boca de leite quente e viscoso.

.

Enquanto engolia a gosma, a pica do meu tio saiu do cu do meu pai, que permaneceu arreganhado pingando porra no meu rosto. Minha mãe se abaixou e abocanhou a pica lambuzada do meu tio, depois lambeu meu rosto e me beijou

a boca, num beijo melado e gosmento.

.

Só então fomos todos tomar banho, sorrindo e brincando, sem vergonha, pudor e culpa. Dias depois meu pai me chamou do seu quarto. Ao entrar me deparei com minha mãe cavalgando no picão do meu tio e meu pai deitado ao lado se masturbando, pediu:

.

- Vem filho, chupa o papai!.

.

Corri pra me juntar a eles. Enquanto chupava, minha mãe untava meu cu com um gel, aproveitando pra meter dois dedos bem fundo. Depois de bem laceado ela pediu:

.

- Senta no seu pai, como estou fazendo com seu tio!.

.

Montei e ela apontou a pica na portinha do meu cuzin melado. Fui descendo devagar rebolando a bundinha e aos poucos minhas pregas foram cedendo à pressão. Ao sentir a pica entrando, meu pai apertou meus mamilos dizendo:

.

- Isso filhinho... mexe a bundinha, engole a pica do pai!.

.

Encorajado, mesmo com a rosca ardendo me deitei sobre ele e beijando sua boca senti a cabeça da pica deslizar pra dentro. Ele então me abraçou e começou a bombar. Logo eu ja estava totalmente preenchido, rebolando sobre o saco. Eu e minha mãe cavalgavamos juntos, tomando no cu. Meu tio gozou primeiro, liberando minha mãe, que caiu de boca no meu pinto me fazendo gozar junto com meu pai.

.

Cada vez que meu pai me comia era ainda mas gostoso. Já não havia dor, só prazer. Um dia enquanto meu pai me comia de quatro eu chupava o picão do tio Sérgio. Então ele disse:

.

- Vamos revezar Marco. Quero ver se esse mulek guenta minha pica.

.

Meu tesão era enorme. Abri as pernas e empinei mais a bunda,pedindo:

.

- Tio mete devagar heim!.

.

A chapeletona entrou rasgando as pregas ainda intactas. Cheguei a morder a pica do meu pai. Mesmo assim empurrei a bunda contra a jeba até agasalhar inteira.

.

- Delícia de cu meu anjo...Toma pica safadinho!.

.

Ao ver a cena, minha mãe sentou na cama e ofereceu a buceta pro meu pai chupar e disse:

.

- Devagar Sérgio, não vai machucar meu BB!

.

Aquela foi a primeira vez que gozei pelo cu, sem tocar no meu pinto. Ao mesmo tempo, meu pai gozava em minha boca e meu tio enchia meu cu de leite. Por muitos anos o sexo manteve unida minha adorável família.

.

Abraços por trás do

WT Careca da Silva (Secret Island)

Email: [email protected]

.

PS: Quem quiser o vídeo deste conto deixa o email nos comentários aí em baixo, junto com a nota que deu, ou me manda um email pedindo este conto com vídeo (mas tem que mencionar o nome deste conto no pedido por email, pois temos vários contos postados), para: [email protected]

.

Comentários

12/08/2017 12:01:46
16/04/2017 14:02:03
15/03/2017 01:50:01
Já anotei o email de voces daqui pra baixo e enviei video contos similares, pois temos que refazer a edição do vídeo deste conto.
15/03/2017 01:43:23
Me manda! igorr.charada @hotmail.com
15/03/2017 01:42:06
fry
14/03/2017 22:32:28
13/03/2017 18:44:00
13/03/2017 18:43:34
13/03/2017 16:03:06
13/03/2017 14:59:51
Gostei
13/03/2017 14:36:32

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


videos mais ecitantes de todos os tempos homens peludos de sunga comen e tiram a virgindade de menina e gozam dentro de sua vagina video brasileiroContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhosA buceta da minha mãe soniamulheres gostosas fazendo garganta profunda com penis muito grandes e enfindo todo na sua guela e ele vai e gozamentendo o pepino na buceta e no meu rabao contoslais minha enteada da xoxota apertadinha contosAE cristal de futibol Amador de Cristalinavideo olhei peludo no banho deu vontade de chuparpunheta apos encoxada em onibuscontos/perdi o cabaco muito tardeContos eroticos seios machucados tio sobrinhacontos domestica me viu to cando pueta em familiaarrombando o cu da luzia contoscontofudi minha cunhadamulheres bostas scatcontos irma criaçao fudendo namoradocontos eroticos papai me comeu e eu gosteiCasadoscontos ganhei uma chupeta na minha big rola da minha irma casadaVidio,de,yrma,de,quinzeano,bricano de,lutinha,com,yrmaobuceta gozano nepicaxxvideosamocontos eróticos com minha irmanzinhatirando o cebinho da cetinha com a linguaporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariaincesto mamãe cuidado do filho que ta debilitado com buceta molhadaContos meninas dez perde cabaço pro papaitiraramos a roupa contos lesbicossexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadocontos gay viadinho aproveitando do molequeminha esposa branca e gorda dando o cu pro meu compadredebbrasil pornoputas gostosa sexo filho come mãeescondocontos erotico minha mae insistiu eu fazer nudismomulheres brincando com penis so na portinhaVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradoscontos eroticos menage bicontos eróticos o tio com minha namoradaEdgar um velho casado com uma gordinha de 24 anos metendo gostosocontoerotico.com.br/contos/amamentando-o-gostosao/iContos um caderante estrupou minha bucetaos viodeos de sexos os dotadoes das piconasconto erotico primo safadoevangelicas na zoofilia com cachorroconto gay pirocudo da academiafoda incesta mae dormindo bem profundo tipo estupro putaria brasileira cenas fortes de estrupo mae sexoUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contosmulher cagando enquanto dava a bucetasexocunetecuzao areganhado p cavalotia novinha dacu dominovideo fazendo dp pra sartisfaze o maridomulher fazendo sexo e o cara comendo a bucetinha e o cuzinho dela empurrando a picona ela gemendo respirando fundo e ele empurra toda na bucetinha e filmando escondido ela vercuzinho+delicioso contosxvideo iseto papailer contos erodicos fui abuzada antes da sirugiavideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiosMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhossogras com genrosbucetaspornô brasileiro fui convidado para ir para casa da amiga minha na fazenda ela tava de babydollladrão comendo o delegado pornô se for do Adélia busca pornôfotos de irmanzinhas mais novas provocando seus irmaos e levando pica durpassou a mão na rola do padrastodormindoescritor lipe casadoscontosconto xota formigando paicontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadocomeinha buceta to com tesãocontos incesto mae gtsgarotinho loirinho de treze anos se descobrindo que e gay e tranza com seu irmãozinhocontos casada da o cu pro cão e o marido participa comendo tambemxv minha tia tem abusetas graandemae obriha filha virje perde o cabasdo com o padrastoEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortimarido embebeda a esposa