Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Transformado em filha pelo papai – parte 1

Autor: Paula
Categoria: Homossexual
Data: 25/03/2017 16:42:22
Nota 8.80
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Transformado em filha pelo papai – parte 1

Sempre fui apaixonado por meu pai, sempre brincava comigo, fazia todas as minhas vontades, eu vivia em seu colo e adorava sentir aquele pau ficando duro na minha bunda, mas ele nunca falou nada sobre isso, e eu também não, pois sempre queria mais, achava delicioso sentir o pau crescer quente na minha bunda, tinha já em torno de 15 para 16 anos comecei com esta tara desde sempre, e continuava a adorar sentar no colo de papai, minha mãe até se acostumou com este meu vicio delicioso. Eu tinha um amigo vizinho que era mais velho, ele era gordinho e lindo, pois tinha pernas grossas como as minhas e uma tetinhas acho que pela gordura, algumas vezes quando chegava a casa ele já estava a minha espera para jogar vídeos e conversar, ele estudava a tarde e eu de manha. Um belo dia voltando da escola mais cedo entrando em casa onde deveria estar apenas meu pai a minha espera, pois trabalhava na parte da tarde ouvi um gemido vindo do quarto de papai, fui ver o que poderia ser vi meu amigo Carlos pelado de quatro na cama e papai enfiando seu pau delicioso no cuzinho dele que parecia estar adorando, fiquei quieto e continuei a olhar até que meu pai encheu o cu dele de porra e ele depois passou a lamber o pau de papai, limpando toda a porra que sobrara, meu pai o beijava na boca e dizia, vc é delicioso Carlos, não se esqueça de que ninguém pode saber é somente segredinho nosso, venha amanha que fazemos isso de novo vc quer? Vc gostou? Ele disse no começo doeu, mas foi maravilhoso dar para o senhor, não consigo mais viver sem seu pau e seus carinhos. E papai o beijou novamente e disse se arruma que o Paulo, esta para chegar, foi ao banheiro se ajeitar e eu que estava escondido atrás da porta, entrei fazendo barulho, papai sorrindo disse oi Paulo, o Carlos está no banheiro te esperando.

Não falei nada para nenhum dos dois, e brincamos um pouco, jogamos alguns joguinhos que eu tinha na época e quando ele saiu vi meu pai saindo do banho apenas de toalha, falei pai eu vi o senhor fazendo aquilo com o Carlos, papai ficou branco e disse o que vc viu menino, vi o senhor colocando o pinto no cuzinho dele e depois ele te chupou o pau, e o senhor o beijava como quando beija a mamãe, ele me abraçando pediu filho, não conta nada para ninguém ouviu, é imaginação sua, eu disse somente não conto se o senhor fizer isso comigo também, ele ficou me olhando e disse filho agora tenho de trabalhar, amanhã conversamos, eu disse então não vou à escola, e volto para o senhor falar comigo, pois quero falar antes do Carlos chegar como prometeu para o senhor, ele todo sem jeito disse, tudo bem filho, mas não conte a ninguém o que aconteceu tá será um segredo somente nosso, eu falei como é o segredo com o senhor e o Carlos. Falei pai estou com ciúmes e sorri, ele disse menino levado e foi para o trabalho. Naquela noite não dormi pensando no pau de papai, no cu do Ricardo, eu queria também, queria ser mulher, sempre quis usar lingeries, etc., e papai ao invés de me comer foi comer o Carlos, estava puto da vida, passei a noite toda pensando.

Logo pela manhã sai para a escola e assim que mamãe e minha irmã saíram para trabalhar voltei e quando entrei em casa papai estava vendo Tv somente de cuecas e me chamou e disse fale o que vc quer falar filho, eu soltei tudo o que sonhei a vida toda, já estava para ficar maior de idade e morria de vontade de me vestir de mulher, dar para meu pai eu sempre amei, e que tinha um pau enorme que sempre me esfregava nele, e perguntei por que foi comer o Carlos e não eu pai? Ele disse calmo filho, eu disse não filho, sim filha quero ser sua mulher, sua femea, sua puta, e o senhor me recebe diariamente no seu colo me deixa com tesão e vai comer justo o meu amigo. Abraçando-me se encosta-se à minha barriga, sinto o pau duro e enorme em mim, ele de cuecas eu de jeans, e diz filha eu estava respeitando vc, mas fico louco de tesão com vc no meu colo, mas como possuir vc com a família toda em volta, e como saber se vc quer mesmo dar para o papai, eu disse perguntando por que não perguntou, foi logo comer outro, e ele sorrindo disse vou fazer vc minha menina quer, eu disse não quero eu exijo ser sua mulher, sua puta, sua femea, além de mim somente mamãe e mais ninguém, Falou e o que faremos com o Carlos que esta para chegar, eu falei eu falo com ele, Falou então vou para o quarto e vc o recebe e diz o que quiser, depois vou precisar de vc para acalmar meu tesão, estava guardando para o Carlos, mas sempre tive sonho de te comer minha filha querida.

Foi para seu quarto, quando Carlos chegou o recebi, que ficou sem graça, e falou vc já chegou Paulo? Disse sim entre e perguntei acho que estou atrapalhando não é Carlos ele disse não entendi, falei sim sei que vc dá o cuzinho para o papai, que chupa o pau dele, que ele te beija na boca, pois saiba que agora eu vou ser a putinha de meu pai, e vc nunca mais apareça, não tem lugar para vc, começou a chorar e ficou desesperado, falou sabe Paulo, eu amo seu pai, adoro ser mulher dele, e não sei como viver sem ele, chorou tanto que fiquei com pena dele, e falei vi vcs dois ontem e eu também quero ser mulher para o papai, ele chorando desesperadamente, disse sabe Paulo, ele dá conta de nos duas a e ainda de sua mãe, me deixa partilhar deste homem com vc, vamos fazer ele feliz sempre, me deixa ser uma das mulheres dele, por favor, não me expulse daqui, não sei o que fazer se perder o prazer de ser viado de seu pai, chorou tanto que acabei ficando com dó e resolvi chamar o papai, quando falei pai, ele entrou na sala estava com o pau duro como um porrete devia estar atrás da porta se masturbando pelas duas putinhas. Sim filha o que vcs querem desse pobre homem, e sorria, eu falei vc ouviu o que Carlos disse, ele disse sim filha, perguntei o cu dele é gostoso pai, ele falou maravilhoso, quente e gostoso, eu falei o senhor topa ter duas putinhas, além da mamãe? Ele disse vou amar Paula, e beijou minha boca enfiando sua língua dentro dela e chupei sua língua foi delicioso, e puxei o Carlos para junto e nos beijamos os três, assim selamos nosso trio de putarias.

Vamos para a cama papai disse, falei não pai, espera que vamos vou transformar a Carla em uma menina gostosa, já vamos, levei Carla para o quarto de minha irmã e dei para ele vestir um conjunto de lingerie Vermelho o soutiens ficou cheio com o peitinho dele, e vesti um conjunto fio dental preto, falei de hoje em diante vc é mulher Carla no feminino, e eu Paula, e fomos procurar nosso macho. Papai ficou louco de tesão quando nos viu, e não sabia como fazer, eu conduzi tudo, pequei o pau de papai e falei Carla me ensina a dar prazer para este monstro, ele sem dificuldades abriu a boca e engoliu o pau inteiro, e ficou chupando, enfiando e tirando da boca, papai gemia de prazer e eu pedi me deixa tentar e abri bem a boca, pois o pau é enorme e engoli, engasguei, Carla disse amor cuidado vai engasgar com a porra que vai sair, e quando senti que iria gozar pedi para Carla continuar e ele engoliu toda a porra que saiu do pau, uma quantidade enorme, pois meu pai estava explodindo de prazer com duas putas chupando seu mastro. Ai Carla falou Paula, lambe o pau para deixar ele limpinho eu fiz e nossas bocas se encontraram no pau e nos beijamos, o pau não amolecia, pois papai estava louco para continuar, e falou Paula, vai querer dar o cuzinho hoje, ou quer uma ocasião especial, Carla falou acho melhor ela ter sua lua de mel, vai a um local mais gostoso, papai disse vamos à praia no final de semana nos três o que acham, eu disse sim vai ser melhor, e o pau não amolecia, ai ele falou preciso de um cu, como faço Paula, eu disse come a Carla e ele falou fica de quatro e colocou a cabeça do pau na porta do cuzinho de Carla e foi enfiando sem parar Carla sorria e chorava com o pau no seu cu, como ela gosta de tomar no cu, e eu ajudando a penetração, papai gozou enchendo o cu dela de porra e falou venha filha enfia seu grelinho neste cu veja como é delicioso, eu coloquei meu pau na porta do cu de Carla todo molhado de porra e fudi minha amiga até gozar bem gostoso, foi tudo lindo e maravilhoso, papai disse vou arrumar roupas para minhas duas mulheres neste final de semana e vamos ter a lua de mel da Paula, e os três estávamos felizes, e ansiosos pelo grande dia.

Quando papai saiu para trabalhar ficamos eu e Carla conversando e tínhamos as mesmas taras, e contou como conheceu e foi de papai a primeira vez, foi mais ou menos assim: Um dia foi me procurar em casa e entrou sem bater e na sala deparou com papai pelado batendo uma punheta deliciosa, disse que ficou parado olhando papai, vendo disse esta gostando Carlos, ele quis fugir e papai o pegou e disse calma menina vamos conversar, gosta do que viu, ele balançou a cabeça afirmativamente, meu pai pegou sua mão e colocou em seu pau e fez com que ele o masturbasse, e gozou no chão da sala, depois quis correr, mas papai, o segurou e disse calmo menino e o beijou na boca deixando-o sem ação, falou se quiser outra vez, venha amanhã mais cedo que estarei sozinho e vc brinca com ele novamente, ele saiu em disparada, e pensou nunca mais entro na casa, passou a noite toda com tesão pelo pau de papai e pensou nunca mais vou a casa, mas quando chegou o dia seguinte não resistiu e veio a minha casa, papai mais que depressa o abraçou e fê-lo bater uma para ele, e foi levando sua cabeça para baixo e ele sentiu o cheiro do pau, e papai disse beija ele e não resistiu e o beijou, ai papai falou agora abre a boca e chupa, ele primeiro lambeu depois enfiou a boca no cacete e chupou com muito prazer, disse que adorou o sabor, quando papai gozou falou engole tudo menino, ele teve de engolir engasgando, mas não perdeu nada da porra deliciosa. Assim os dias foram passando e papai gozava na boca dele, ele batia punhetas e papai disse agora vou comer seu cuzinho, ele já apaixonado, deixou, papai o colocou de bruços e lambeu seu cuzinho ele ficou alucinado de tesão, e gozou na cama de tanto prazer, ai papai passou lubrificante no seu cuzinho e no pau, antes enfiou o dedo, depois dois, e depois colocou a cabeça do pau, ele chorava e gemia de dor, papai disse vou parar não quero te machucar Carlos disse não quero ser possuído por vc meu macho e papai fudeu aquele cuzinho virgem com gritos e gemidos e choros, aguentou e saiu muito sangue junto com a porra, mas papai colocou pomadas diariamente até cicatrizar, e atualmente é só prazer, é delicioso dar para seu pai, estou apaixonada por ele.

Após esta narrativa falei Carla estou com tesão, mas já comi seu cu agora vc vai ter de comer o meu, ela disse não Paula a primeira vez tem de ser seu pai ele é nosso macho, nosso dono, nosso mestre, eu entendi e ela falou então come o meu cu de novo que passa o tesão. Meu pau tem mais ou menos uns 17 cm o de Carla uns 15 cm acho que teremos a vida toda para comer uma a outra e aceitei sua sugestão de dar o prazer de ser o meu pai o primeiro macho, e virei a Carla de bruços, ela tem uma bunda linda, grande, deliciosa, e um cuzinho rosadinho, ficou de quatro como fazia para papai e eu coloquei a cabeça na porta de seu cu, meu pai já tinha comido hoje, depois eu que tenho pau menor, mesmo com o banho o cu ainda estava lubrificado e coloquei a cabeça, e fui enfiando, ela gemia de prazer, e dizia Paula que delicia de pau vc tem, só perde para o de seu pai, mas também é muito bom dar o cu para vc e eu enchi seu cu de porra, ela ficou feliz e me beijou e eu correspondi. Depois ficamos falando de roupas de mulher de como seria minha lua de mel, e disse que queríamos tomar hormônios femininos, eu falei papai é enfermeiro, vai arrumar para suas putinhas, vamos pedir ok. Assim foi meu primeiro dia de sexo, com meu pai e minha amiga e sócia de macho.

À noite quando papai chegou do trabalho, eu estava deitado pensando em tudo, quando ouço papai e mamãe discutindo em voz alta, aproximei e fiquei ouvindo, eles falavam sobre sexo, e ouvi-o falando vou fazer o Paulo virar Paula, ela chorando pedia não tenho pena dele, sei que ele adora sentir seu pau na bunda já notei sua vontade de ter seu pau no cu, mas ainda é uma criança e não sabe como vai doer ter o seu pau, grosso e grande no cuzinho, ele falou vc nunca aceitou me dar o cu e ele quer dar porque não eu e deixar outro homem na rua comer o que pode ser meu, e vou com ele e o seu amigo Carlos para a praia no final de semana e vou fazer uma filha aparecer para o mundo. Minha mãe disse e o Carlos como vai fazer, ele falou faço sem ele saber, ela falou, mas e se ele na hora não quiser, ele disse vai querer sim a vida toda ele me deixava de pau duro, e depois tinha de me acalmar comendo vc, agora terá uma sócia nesta casa, alias, quero que ajude ele a arrumar roupas intimas, para ser a PAULA, ela começou chorar e falou então vou junto para cuidar dela depois que vc estourar o cu dela, ele falou deixa eu faço com cuidados e faço curativos depois, ele chorosa disse e eu não vou mais dar para vc depois que tiver nossa filha, ele disse vai sim, as duas serão minhas mulheres, mamãe não teve jeito e concordou chorando. Fui para a cama e papai e mamãe entrou no meu quarto, ela me deu um beijo, e falou baixinho veja que rosto angelical, e papai se aproximando me deu um beijo na boca e disse linda a minha noiva não é, ela disse sim, promete que vai ser cuidadoso com ela, ele disse sim mulher, vou cuidar bem de nossa filha…

Fui para a escola e quando voltei papai me contou que já acertara tudo com minha mãe para sábado e que iria me arrumar lingeries, e roupas femininas, e falou avisa a Carla para arrumar roupas de suas irmãs para ser bem menina na festa de sua lua de mel filha. Teve de ir ao trabalho mais cedo, pois iria faltar no sábado, e disse à tarde quando sua mãe chegar vai querer ajeitar tudo para vc, falei com Carla e ela disse que tinha pedido roupas para sua irmã e que estavam separando e fazendo uma mochila, ela iria apenas levar roupas de mulher, quando mãe chegou sentou-se comigo e disse filho vc vai fazer 18 anos, não quer pensar melhor e continuar sendo homem, eu falei mamãe eu sei o que quero e não vou fazer à senhora sofrer, se quiser desisto de papai e procuro outro macho, ela disse não filho, prefiro que seja ele que te ama e vai cuidar bem de vc e te fazer feliz ele é homem para-nos duas e mais algumas, e sorriu, venha vamos ver roupas para sua viagem, escolhemos lingeries, shorts, blusas, vestido, sandálias de salto tudo de minha irmã e falou depois explicamos a ela porque vc levou tudo isso, e não vai levar roupas de homem, eu disse não mãe volto mulher deste passeio, é a lua de mel de iniciação de uma nova mulher.

Na manhã de sábado, eu estava pronta e ansiosa para viajar, mas tive de esperar papai foder a mamãe bem gostosa, ouvia os gemidos dela do meu quarto, depois ela veio me levar até o carro, enchendo-me de conselhos, e dizendo peça para ele ir devagar, cuidado com a grossura do pau dele, eu nunca aguentei o pau dele no cu, pois é muito grosso, agora ele vai ter minha buceta e seu cu para se satisfazer, filha se houver problemas, corro para a praia para cuidar de vc, e beijou-me. Papai disse calma mulher não sou um monstro, vai dar tudo certo, e beijou-a na boca e beijou a minha boca também, falou vcs tem de aprender a se beijarem na boca ouviram. Passamos na casa de Carla e papai falou com a mãe dele, que cuidaria bem de seu filho, etc., no caminho Carla tirou a camiseta e ficou apenas de soutiens, seus peitos enchiam o soutiens estava linda era um conjunto azul marinho brilhante lindo, disse que a calcinha era fio dental, estava de bermuda, eu falei para ela que estava no banco trazeiro, tira a bermuda, vai somente de lingerie, papai ficou de pau duro vendo a delicia do corpo da Carla, ele falou coloca um biquíni também Paula, vai somente de biquíni, eu coloquei era um biquíni preto, calcinha bem cavada, e um soutiens de bojo, bem lindo exagerado, pois minha irmã adora se vestir de putinha. Nosso macho disse assim vou gozar na viagem, vcs estão deliciosas as duas, e eu coloquei a mão sobre seu pau que estava duro, e ele ficou louco de tesão, mas como tinha muitos policiais na estrada, falou para filha senão seremos multados, e abrimos os vidros, os carros que passavam viam duas gostosas, de biquínis no nosso carro, alguns brincavam outros apenas admiravam, sentimos como duas meninas gostosas, provocantes, deixando o transito parar, no pedágio congestionou e os vendedores, ficavam olhando e via os paus deles subirem pelas bermudas, alguns olhavam outros chamavam os amigos para verem as duas meninas sem roupa, Quando chegamos a casa papai desceu e abriu o portão e somente ai descemos, corri para dentro da casa e papai fechou tudo, e veio cuidar das suas putinhas, beijou minha boca com aquela língua deliciosa e beijou a Carla, deixando-nos duas morrendo de tesão, levou-nos duas para o quarto e falou vamos primeiro dar uma foda, depois arrumamos tudo o que acham nos achamos muito bom, pois estávamos as duas loucas para dar. Ficou nu e vi o que realmente me esperava, um pau grosso, grande, cabeçudo e duro como pedra, pediu primeira chupem o pau que vai dar felicidades a vcs nestes dois dias, e nos falamos dois dias não pai, a vida toda. Carla ficou olhando e eu abrindo bem a boca enfiei a cabeça do pau na minha boca e lambia com a língua toda a extensão do caralho, ela olhava maravilhada e eu disse Carla vou tentar engolir toda a porra que sair, vc deixa ela falou sim se não aguentar eu ajudo, e chupei, ela apenas beijava a boca de papai, e ele ia gozar e falou filha se prepare, e eu abri bem a boca e ele encheu de porra, eu engasguei, mas engoli tudo, que sabor delicioso, Carla correu e me ajudou a lamber o que ficou por fora de minha boca, e nos beijamos bem gostoso. Nosso macho deitou-se satisfeito e disse e agora o que fazemos, eu falei vamos os três arrumar a casa ele falou, mas já, eu disse sim depois continuamos, e ajeitamos tudo.

Fui com Carla para a praia apenas de biquínis, nossos cabelos eram longos e o meu preto de Carla louro, ficamos deitadas na esteira e voltamos cheias de marcas de sol, estávamos com o corpo delicioso, ao chegar a casa papai estava falando com um vizinho que teria ido sozinho, era um homem forte, alto, moreno, viril e ficou nos olhando ele falou esta é minha filha Paula e sua amiga Carla, o vizinho chamado Roberto disse são lindas, e papai falou a noite venha jantar com a gente, ele falou vou aceitar e levo um caixa de cerveja ok, papai disse sim as meninas bebem pouco, mas nunca é demais. Quando ele entrou eu falei papai e agora vc convidou o vizinho ele falou filha sempre vem aqui quando chegamos como não convidar iria desconfiar de algo, mas logo vai embora, não se preocupe vc vai perder a virgindade hoje, e sorriu. Sozinha Carla disse nossa que homem delicioso este vizinho não Paula, eu disse nem fale, mas como vamos amar nosso homem com ele aqui, Carla brincando disse acho que vou ter de cuidar do vizinho e sorri, eu disse papai te mata menina, e sorrimos as duas. Paula pela primeira vez fiquei com tesão por um homem que não é nosso macho, só tinha olhos para seu pai, mas este homem mexeu comigo. Papai falou para de assanhamento Carla, vc é minha e pronto, mas se ele te convidar para dar uma saída eu deixo, mas sem dar o cuzinho viu sua tarada, somente beijos e amassos, ela ficou toda assanhada e beijando papai disse o senhor é o melhor homem do mundo.

Fui tomar banho e Carla entrou no banheiro também, e beijou minha boca e acariciou meu pau dizendo que delicia de pau vc tem Paula, será que o do Roberto é gostoso como o seu ou o de seu pai, eu disse depois vc conta sua putinha, saiba que tenho ciúmes, e se der o cuzinho para ele eu e papai não vamos mais comer vc ouviu bem, ela disse sim amor, seu pai disse sem penetração pode, RS, nos preparamos para a noite, eu estava de short jeans bem curto e apertado, e soutiens de biquíni, e Carla com uma micro-saia também de jeans e soutiens de biquíni, estávamos as duas um tesão papai disse no meu ouvido não vejo a hora de comer seu cu Paula, mas vamos torcer pelo Roberto levar a Carla para dar uma volta, Roberto chegou pedimos pizza e servimos depois sentamos os quatro em sofás e ele falou vcs não querem sair dar uma volta na cidade, papai disse não vamos descansar não é Paula, e ele falou e vc Carla não quer sair um pouco ela aceitou e saíram, entraram no carro e papai falou não voltem tarde no máximo 23hs ele concordou e foram. Fechamos a porta e ele me abraçou e beijava meu pescoço, estava toda de menina, e tirou meu batom com seus beijos e chupava minha língua eu estava morrendo de tesão, queria logo ir para a cama e pequei em sua mão e levei para o quarto, chegando eu tirei sua camiseta e abaixei sua bermuda, quando tirei sua cueca, pulou aquele monumento que já conhecia, estava maior, mais duro, mais louco por mim. Eu sentei na cama e coloquei o pau na boca e comecei a lamber e chupar ele gemia e falou deite-se filha, eu deitei de bruços ele com muito carinho soltou o fecho do soutiens e beijava cada pedaço de meu corpo, pescoço, costas, e foi abaixando tirou minha calcinha que estava entrando na bunda, e beijou minha bunda toda, e passava a língua no meu rego e dizia, vou te fazer minha femea mais deliciosa do mundo, quando senti a língua no cuzinho, eu pulei de prazer e gemi de felicidades, enfiava a língua e tentava entrar com ela no meu cu, que delicia, e depois pegou ao lado da cama um tubo de lubrificante ky e passou bastante no meu cu, enfiando um dedo, depois dois e eu gemia de prazer, que delicia, e depois se deitou sobre mim e falou vou colocar a cabeça vai doer um pouco, mas depois será deliciosa, a cabeça mais parecia um tomate Deborah enorme, pensei que não iria entrar nada daquilo, mas soltei o cu como se fosse evacuar e a cabeça entrou como se abrisse uma flor uma rosa vermelha se abrindo, e quando entrou à metade eu chorava de dor, mas pedia come mais pai, por favor, enfia mais ele enfiou e eu chorava sem querer escorria lagrimas dos olhos, pensei que fosse desmaiar de dor, mas ele cumpriu seu papel de macho e entrou toda a cabeça, no meu ouvido perguntou quer que pare filha, eu disse nunca pai faça o que tem de fazer meu cu é seu, use até o final. E o pau continuou sua luta abrindo caminho entre as pregas do cu, foi uma, duas, três enfim todas as pregas arrebentaram e eu chorava de dor e prazer, estava deliciosamente dolorido, e senti o pau entrar todinho com o saco batendo na minha bunda, e ele falou vc é deliciosa filha, agora posso foder, eu falei sim pai goza, por favor, me faça feliz me faça sua puta. Como um bom macho reprodutor ele comeu meu cuzinho, fodeu por alguns minutos e despejou rios de porra no fundo do meu cu, adorei sentir o semem escorrendo dentro de mim, nunca vou esquecer minha primeira vez como fêmea.

Quando Carla chegou cheia de novidades, eu estava desfalecida na cama e papai foi abrir a porta para ela que perguntou como ela esta, ela aguentou seu pau no cu, como foi tudo, ele perguntou e vc obedeceu minhas ordens, ela falou foi difícil, mas sim fiz como o senhor mandou. A continuação desta historia conto se os leitores pedirem, mas até hoje é tudo delicioso e eu e Carla continuamos juntas, dando felicidades a nosso macho e a outros por ai.

Paula

[email protected]

Comentários

28/03/2017 23:06:15
Não vejo a hora de ler a continuação
28/03/2017 00:02:40
Gostei! Continue!
27/03/2017 01:50:37
Seu conto está ótimo. Só precisa usar mais as regras gramaticais. Na parte 2 corrija isso.
26/03/2017 11:37:29
quando encontro algum conto que não gosto, termino a leitura a leitura, como vc não fez isso peludodf
25/03/2017 21:16:29
A história é ótima . Por favor continue
25/03/2017 19:27:59
Cara... sem chance com esse conto! Aonde estão as regras de pontuação, virgula, parágrafo! Tem momento que não se sabe quem está falando ou quem está narrando. Sem chance!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


combinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinever uma crente casada casano um pauzudo pra dar o cuvideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recistibebi demais minha esposa deu pra . outro contos eroticosbuceta depilada na cera floripaeu e minha filha fomos encochada adoramosConto erótico chupa bucetaerotico filha da um beijinho neleadolecente chorando no picao cuzinho virgem incestoXVídeos pornô mobile peitões colchones com doisconto erótico com irmão cavalocontos eroticos anal ensinando a pilotar motocontosgosandodentrovídeos porno caseros esposinha fazendo suruba com 3homRihanna novinha tentando dar o c* virgem para o padrasto mas não aguenta de dois choracontos eróticos de meninos novinhos sendo dopados e estrupadosfotos de profesor japonesa tamno abucetacanalha tirou sangue da bucetinha virgemzoofilia cachorro fica engatado na nistacontos eróticos meu namorado me amarroue vendou e chamo os amigosconto erotico comendo o cu de minha mulher com neutroxporno novinha foi cariciada na escola contosminhas condiçoes imposta para o corno contos eroticogosada dentro da buceta de surpresa.sexo em famíliaestrupoanal abusoContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do LadoContoeroticonovinhosafadopatricia vizinha casada safada gemendocontos eroticos :eunice caindo de boca na picacasada.comcrente dando pro.comvelho.contoxvideo iseto papainovinha do priquito ruivo contossadina pelada motado a busetapeguei meu padrasto transando com meu vizinho e fiquei com tesaoxxvideos parada gay 2017 sao paulosogro casa dos.contosbotando na buceta pela beradinha do shortexvídeos 10 mamae fas cudoce mae efilhoQuero comer seu cuzinho tenho local ferraz de vasconcelo liga no zapxvideos rolas chapuletadasmeu primo me pegou cagando e comeu meu cuzinho me chamo vanessafotos de profesor japonesa tamno abucetaconto eroticos lésbico putinha vadia vagabunda piranha fuder tapa na cara buceta xoxotaconto siririca na despedida de solteiraDeixou varios gozar dentro frutapornocriola bumbum gg virgem primeiro anal com dotado gritaCONTOSPORNO.insetos.nenémrelato erotico cheirei a calcinha gozadamoreno sarado de sunga de bombeiroprimos se pegando e com mãoboba pornodoido.comcontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogrovideos de negao com tres negras bundudas rebolando de xotinhos curtinhos bem gotosasvelhos pintudos andando na praia nudistas videosS-&-w- Casa Dos Contospornocontoincestospornô mãe dando o cuzão dando para o filho de regaço combinação pelo cão carinhoPrefeito Sandy crentinha s***** metendoirma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela pornoContos incesto dei pro meu pai eu era novinha convencicontos buc branca cacete 40cm foto corno Vendedora gostosa do shoppingnegona dizendo no cu naoguei dando cu p avestraz s zoofiliaContos eroticos flaguei minha mae dando pro caseiro e tambem quizasmeniasnovinhas.nuasexo tio seu pau e muito grande nao vai caber na minha bucetinha naoxvideo casadinha fica louquinha com eletrecista dotadoXsvideos primo se masturba no quarto na frente da primacirleia bucetudamae foi na missa e ilha toco siririca pornôde menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezaconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretocontos erótico transei com minha sograrelato picante de esposa cavalona e marido pintudoconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestie já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraThaiana xvideos sabiaxvideo montadord moveis