Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Relato do meu primeiro boquete

Autor: Deco
Categoria: Homossexual
Data: 27/03/2017 00:17:25
Última revisão: 27/03/2017 21:03:45
Nota 10.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi, gente! Aqui, eu vou contar como foi a primeira vez em que eu fiz um boquete (não, não é um conto, é um relato, foi exatamente assim que aconteceu). Eu tenho 22 anos e sempre me relacionei apenas com mulheres, tive algumas namoradas, mas nunca deu certo. Eu nunca senti vontade de ficar com um cara ao olhar pra ele, mas sempre tive curiosidade de chupar um pau (desde uns 15, 16 anos). Depois de alguns anos, resolvi fazer alguns perfis em sites de encontros, já que tinha acabado de me mudar pra uma cidade maior (500 mil hab mais ou menos), e além de ter muito mais opções, eu não conhecia ninguém ali. Então fiz uma conta no badoo, que eu já conhecia, coloquei minhas fotos e fui olhar os perfis. Eu queria chupar alguém mais velho, de preferência acima dos 50, porque eu realmente não me sentia à vontade em fazer isso com alguém da minha idade (não me perguntem porquê rs), e conversei com alguns caras. Eu babava olhando pras fotos daquelas rolas, ficava imaginando elas na minha boca, eu realmente queria aquilo. O problema é que eu sempre ficava com medo/vergonha e acabava não marcando nada real com ninguém.

Até que um dia, numa sexta à noite, eu fiquei vendo putaria na internet e bebendo uma vodka que tinha em casa, tava com tesão e já meio bêbado, devia ser umas 2 da manhã quando um cara respondeu uma mensagem minha, ele tinha 50 anos e tinha acabado de chegar de um bar. Lembro que mandei pra ele “quer ser chupado?” e, na hora, ele respondeu “quero, onde vc ta?”, ali eu sabia que ia acontecer de verdade, eu nunca tinha sentido tanta coragem pra fazer aquilo (o álcool ajudou muito haha), e a gente trocou número pra enviar localização pelo whats.

Ele morava perto de casa (nos 2 morávamos no centro), e eu marquei um lugar pra ele ir me buscar, pra que de lá a gente fosse pra casa dele. Tomei um banho suuuper rápido, coloquei uma roupa e desci. O lugar combinado ficava a umas 3 quadras de casa, já devia ser umas 3 e pouco da manhã, eu tava com um pouco de medo, mas o tesão era muito maior! Foi uma sensação muito estranha, porque eu nunca tinha feito aquilo, e eu tava sozinho, a pé e no centro da cidade de madrugada pra entrar no carro de um cara totalmente desconhecido pra chupar o pau dele.

Quando eu já tava no lugar, ele mandou mensagem dizendo que tinha ido lá e não tinha visto ninguém. Ele pensou que fosse alguém querendo zoar com a cara dele e disse que não ia ir lá de novo.. Então eu comecei a explicar que a gente só tinha se desencontrado e tentei convencer ele a voltar lá, mandei até áudio dizendo que tava louco pra mamar no cacete dele, me senti uma puta falando isso por voz pra um cara, mas a sensação foi boa haha. Dali a pouco aparece um carro e para na esquina. Era ele! Eu tentei não pensar em nada e só entrei no carro. Acho que foi o momento em que eu senti mais vergonha na vida, mesmo tendo bebido em casa.. Eu tava no carro de um completo desconhecido, numa cidade desconhecida até então (eu não ia saber nem voltar pra casa), com a única certeza de que eu ia ter uma rola na minha boca naquela noite. Ele foi bem simpático, me tratou super bem, acho que até desconfiou que eu tivesse tomado alguma droga mais pesada, porque ele perguntou se eu era “acelerado” daquele jeito mesmo hahaha, mas era só meu nervosismo. A gente foi pro apartamento dele, eu tava com vontade de sair correndo e desistir, mas ao mesmo tempo, aquilo tudo me deixava excitado. Assim que a gente entrou, ele disse “vou até deixar a porta destrancada, pro caso de você querer fugir” e riu, mas falando sério. Ele realmente queria que eu me sentisse à vontade, e aquilo foi muito legal!

A minha boca estava totalmente seca, por causa do nervosismo, parecia que tinha alguma coisa sugando toda a minha saliva, então eu aceitei uma vodka quando ele me ofereceu alguma coisa pra beber. A gente entrou no quarto e ele foi pro banheiro. Eu sentei no canto da cama (eu tava completamente sem jeito hahaha), ele entrou no quarto sem roupa já e deitou na cama. Ali foi a primeira vez que eu senti tesão por um cara pessoalmente, ele tinha rotina de malhar, então o corpo dele era ótimo pra idade que ele tinha, nunca vou esquecer de quando comecei a passar a mão na coxa dele, era forte, tinha até umas veias visíveis, aquilo foi me deixando louco de vontade! Eu tava meio retraído ainda, mas deitei no meio das pernas dele e continuei passando as mãos nas coxas, na barriga, enquanto o pau dele me encarava. Ele tava semiduro, foi crescendo enquanto eu dava uns beijinhos nas coxas dele, ia chegando perto, eu tava com vergonha de fazer aquilo, mas foi impossível resistir quando ele olhou pra mim e falou “mama no meu cacete”, eu obedeci na hora, não sabia direito como fazia, mas foi tudo meio que natural. Caralho, eu tava amando aquele gosto de macho, aquele cheiro de macho, aquele gemido grosso que ele fazia enquanto eu chupava ele com vontade. Eu só parava de chupar o pau dele pra beijar as bolas (morria de vontade de fazer isso também), que eram uma delicia. Nisso ele já tinha mandado eu tirar toda a minha roupa (eu comecei a chupar vestido), e me puxou pra cima. Eu nunca tinha beijado um cara na minha vida, mas ele já foi me agarrando, enfiando a língua na minha boca, me engolindo, ele tava louco de tesão! E eu também tava adorando aquele macho gostoso se esfregando em mim, me beijando, passando a barba no meu pescoço com as mãos firmes na minha bunda, que delicia que era aquilo!

Nisso, ele disse que queria me chupar também, e eu, como já tava sendo ensinado direitinho, não queria mais ficar com a boca vazia, então a gente ficou se chupando no 69, ele chupava com vontade também, perguntou se alguém já tinha lambido meu cuzinho e eu disse que não.. Mal deu tempo de responder e eu já senti aquela língua morna no meu cu, que delicia! Eu não parava de mamar no pau dele, ele já lambia tudo, meu cuzinho, meu pau, meu saco.. Nós ficamos no 69 até a gente gozar, lembro que quando ele disse que ia gozar, eu comecei a chupar e punhetar com mais vontade ainda, eu tava tão concentrado naquele pau que eu nem sentia ele me chupando mais, eu só queria aquela porra quente na minha boca, falei, entre meus gemidos, “vai, goza na minha boca”, ele soltou um gemido intenso e encheu minha boca de leite, eu tava no céu, só engolia e gemia, queria que aquela gozada não acabasse nunca, tomei tudo, não deixei cair uma gota de porra pra fora da minha boca. Quase que simultaneamente, eu gozei também, uns segundos depois dele (ele tava me chupando também), mas ele não engoliu, disse que não gostava, foi cuspir no banheiro hahaha, mas por mim não fazia a menor diferença, eu fiquei deitado na cama só aproveitando a sensação do que eu tinha acabado de fazer.

Alguns instantes depois, ele entrou no quarto de novo e deitou na cama. Eu deitei meio que de lado, com a cabeça no peito/barriga dele, ficava dando beijinhos no corpo dele, enquanto a gente falava sobre a minha experiência. Eu desci um pouco e fiquei brincando com o pau mole dele, beijando, queria chupar ele mole também pra ver como era.. Comecei a chupar de novo até ele endurecer, e fiquei mamando até ele gozar de novo. Eu só queria ficar daquele jeito, deitado no meio das pernas dele, mamando. Ele perguntou algumas vezes se era realmente a primeira vez que eu fazia aquilo, porque eu tava fazendo tudo muito bem pra quem nunca tinha feito, e eu, todo orgulhoso e tímido, confirmava que ele estava sendo o primeiro..

Depois que eu, enfim, parei de mamar, a gente ficou deitado junto (na verdade, eu não ficava totalmente à vontade com isso, a parte “afetuosa” com outro cara era meio desconfortável pra mim, mas depois de tudo, não tinha jeito né hahaha), e ele pediu algumas vezes pra que eu passasse o resto da noite lá, mas eu recusei. Eu tinha uma festa pra ir naquela tarde e precisava dormir um pouco, achei melhor ir pra casa.. Ele insistiu pra me levar embora, eu recusei algumas vezes, pra não causar incômodo, mas ele me convenceu. Achei muito legal da parte dele! Ele me deixou em casa e foi embora. A gente se falou algumas vezes depois, mas acabei rompendo contato depois de uns dias, eu tava de rolo com uma menina do cursinho e achei arriscado continuar falando com ele, porque eu não sabia quando ele ia mandar mensagem, nem quando eu ia estar com ela, então achei melhor “sumir”.. Depois disso, eu só fui mamar outro cara 1 ano depois, quando eu tava de férias na minha cidade. Posso fazer outro relato contando esse encontro, mas foi bem menos interessante hahaha.

Uns meses atrás, eu encontrei o perfil do cara do meu primeiro boquete no badoo, mas a conta já não era mais utilizada.. Ele se mudou pra outro estado, acho que a gente não vai se ver de novo, mas eu gostaria muito de repetir! Quem sabe um dia né..

Essa noite que eu relatei foi há 2 anos atrás, depois só mamei esse outro cara que eu comentei acima. É que eu passei boa parte desse tempo namorando, então não rolou mais. Agora eu to cheio de tesão de novo e à procura de alguém pra matar a minha vontade, espero poder realizar isso em breve!

Pra quem tiver interesse em entrar na minha pequena lista (e talvez, fazer parte do próximo relato rs), vou deixar um email pra contato: [email protected]

Obrigado à todos que leram esse relato, eu sei que ficou enorme, mas eu quis detalhar tudo, porque foi uma experiência importante na minha vida e muito boa! Tudo o que ta escrito é 100% verdade, exatamente do jeito que aconteceu.

Comentários

27/03/2017 17:50:17
Muito bom cara. Um dia faço isso também.
27/03/2017 17:48:05
Muito bom, acho que toda forma de prazer deve ser experimentada se tiver vontade.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


o vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele pretomarido fazendo covardia com a buceta da esposao bucetaoda minha noratio tarado passa a mao na sobrinha ninfeta que nao resiste e fodehttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinhacomebuceta irma outra irma prexanovinga da favela fazendo menagem depois da aulacom bumbum mais bate com bumbum mais burro tem as loira morena branquinha e a ruiva a loira morena branquinha e a ruiva bate com a bunda pula pulavideo de mulhe rebolhado14aninhos xotas lizinhacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramincesto com meu vô contosenteada flagra transa de adoria participarapertatinhas lidasRelato de cornos submissocontos eroticos de damon salvatorecontos eroticos a bunda da minha esposazoofilia com animais iniciaçaoincesto gay papai me fez de putinhacontos eróticos comi o cu do filho da mendigabucetas gosmadasporno familia jurássicadoce nanda parte cinco contos eroticosVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguemulher cagando enquanto dava a buceta100 foto de mulher em fiado a mao na bucetacontos eroticos gay virei chupeteiro dos senhoreporno do padre fudeno casada comfusaporno sem casaminhasanal maduras criadas viuvasmãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradoporno contos pelo zpmiguel tesudoflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandoconfigurar permissões e Jadson aquele beijo que você me deuvideo mloira das coxa grossa e da bunda enorme chupando uma boceta d outra loirasobrinha pega o tio com.papagaio na mão porno doidocontos eroticos/dois gorotos negros picudos fuderam minha namorada a forcameniina lavano abuctaxvidio:fodanaconstrucaobundas maciinhascontos provoquei papai pauzudoconto porno provoquei meu filhoconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestiàs panteras só às madrastas safadas 2017praVer contos eroticos de pai comendo a buceta virger da filhaprimo safado puto dotado gozando na boca contos 2017Conto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudohobby tocar punheta saradovídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandoeu e minha filha fomos encochada adoramosdoce nanda parte cinco contos eroticosinsesto de filho beijando aboca da mae e fode elaFotos de mocinha empinando o cu para o negao de pau mandigocontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e deMeu sogro me comeu a forcave porno co ome cumeno amante e a filha da amanteContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..contos de sexo depilando a sogracão mete ate o talo na bucetinha de uma virgem q fica grudado na buceta dela e ela tenta tirarpornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmovideos esposa gostando de ser bolinada corninhoporno fodie minha entiada no cusaocontos eróticos comendonovinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhaconto eroticos variss garotinhas muito novinhaContofeminino de dara xana pra caesbucetao entupido de cebolabucetuda xoxota acucaradaporno com mãe e filha bucetudas de guaianazesprocuro. velho sadio amigo pauzidos gostoso so meu