Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Adriana e Priscila...putinhas evangélicas devotas de DEUS...

Categoria: Heterossexual
Data: 02/05/2017 01:14:16
Nota 10.00
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Interior do estado, Dna. Genoveva e sua filha Adriana de 16 anos, vizinha Dna. Anastácia com sua filha Priscila de 13 anos, uma abandonada pelo marido, outra viúva, logo na casa á frente Dna. Cleide, todas devotas da Igreja Universal, agitação em sua casa, seu filho acabara de chegar, Cleison de 32 anos, chegava dizendo ter sido absolvido de sua pena na penitenciaria, seu corpo cheio de tatuagens e cicatrizes de bala e faca.

Muito simpático e dedicado. ajudou Dna. Genoveva e Dna. Anastácia nos afazeres de parte elétrica e hidráulica de suas casas, logo cativou a todas, mas principalmente as duas meninas, ficaram ficcionadas nele, corpo musculoso, barba por fazer e o jeito rústico de agir.

Cleison depois de 5 anos preso, sem nenhum ato sexual, estava louco por uma mulher, e aquelas duas cabritinhas estavam a seu dispor, auxiliado já pela confiança das mães que saiam para trabalhar, se aproveitava para seduzir as meninas, primeiro foi Adriana, entrou pela cozinha, ela estava lavando as louças do café...

_Tá precisando de ajuda minha linda???

_Aiiiiiiii...que susto Cleison!!!

_O que você quer???

_Nada, apenas vim aqui te ver!!!

_Mas mainha não está em casa!!!

_Por isso mesmo ô chente!!!

_Quero Ocê!!!

Atacou, a abraçou e Adriana foi beijada pela primeira vez, sua linguas se cruzaram, Cleison a empurrou em direção aos fundos da casa para o quarto de sua mãe, a jogou na cama, estava possesso, queria se livrar de tantos anos sem possuir uma mulher, entre beijos e afagos conseguiu com facilidade liberar a menina de suas vestes evangélicas, virou ela de costas, mordeu sua nuca, desceu com a lingua sua costa até chegar em suas nádegas, abriu, lambeu o cuzinho apertado, virgem, tentando deflorar, ela gemia de tesão empinando o rabo, ele com o dedo alisava seu grelhinho sentindo no tato sua bucetinha bem melada, a virou, mergulhou sua boca naqueles chumaços de cabelos, chupou, lambeu, mordiscou com cuidado o clitoris, Adriana não mais gemia, chorava, era o momento exato para devorar aquela cordeirinha de DEUS, seu pau de 23 cms. estava duro, grosso...

_Abre bem as pernas meu amôr!!!

Não precisou pedir duas vezes, Adriana se arreganhou para receber seu amado, esfregou seu pau entre os cabelos molhados de sua buceta até encaixar...

_Aiiiiii...Cleison tá doendo!!!

_Calma amôr...vou fazer devagar!!!

_Mas tá doendo!!!

_Eu sei...mas é assim mesmo!!!

Nisso a ponta cabeçuda estoura o cabaço.....

_Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii....para...para....!!!

_Cala boca cabritinha....ôce é minha agora!!!

Calou a boca dela com um beijo e deslizou sua pica para dentro, sentia ela urrar dentro de sua boca, sua pica era muito grossa e Adriana teve seu primeiro descabaço com um grandão, seu pau saiu quase que completo e voltou para dentro e assim por várias vezes, dôr e prazer...dôr e prazer...foi assim que Adriana passou a sentir, seu corpo delirava, vibrava, algo único por sua primeira vez, pecado mortal por sua religião em que DEUS abomina o sexo antes do matrimônio, e isso a fazia mais excitada, o errado, seu corpo abandonou seu ser, o gozo foi grandioso, trêmula dizia palavras desconexas, arrepios percorriam seu corpo enquanto Cleison despejava jatos intermitentes de porra dentro de sua buceta lavando seu útero, esporrou...esporrou... com as paredes da vagina apertando seu pau...depois de tanto tempo na cadeia havia possuido uma buceta...saiu...Adriana o olhava com ar de arrependimento, mas era tarde, tudo havia se consumado...seu pau ainda pingando com poucas manchas de sangue, a primeira cabritinha já estava executada, Priscila era questão de tempo até ir para o descabaço.

_Seu Cleison por favor, se minha filha precisar de alguma coisa, acôde ela!!!!

_Tá bom Dna. Anastácia, tô aqui pra isso...fica tranquila!!!

Ela foi trabalhar sem saber que deixava a cabritinha na mão de um lobo mau...

Toc...Toc...Toc...

_Seu Cleison, o que o Senhor quer???

_Sua mãe pediu para eu cuidar de você, assim estou aqui!!!

_Mas não estou precisando de nada!!!

_Tem certeza???

_Sim!!!

_Já tomei café e vou para escola!!!

_Sua mãe deu ordens para cuidar de você...então obedeça!!!

_Tá bom então!!!

_O que tenho de fazer???

_Senta ai no sofá!!!

Priscila viu ele descer o ziper da calça e colocar para fora seu pau já em estado de ereção...

_Mas que???...minha mãe falou pro senhor fazer isso???

_Não...mas me obedeça...vamos!!!

_Pega ele na mão!!!

Priscila num misto de mêdo e excitação por ter em sua frente um pau pela primeira vez, segurou fazendo frexões para frente e atrás...

_O que o senhor vai fazer comigo???

_Nada que você não me peça... agora abre a boca e chupa!!!

Priscila assim o fez, engolia a cabeça e mais alguns centimetros, chupando e apertando com a boca...

_Pronto...já chega!!!

_Agora tira a roupa!!!

Ela olhou para ele desconfortável com a situação...logo ouviu um grito....

_Ergue o braço!!!!

Sua blusa foi arrancada, não usava sutien pois seus seios eram pequeninos, abaixou a longa saia ficando de calcinha...

_Senta no sofá!!!

E dai ficou peladinha, sua bucetinha tinha alguns poucos cabelinhos, sem pressa, começou por lamber cada dedo dos pés tamanho 34, depois a sola, mordia, beijava, desceu pela panturrilha, coxas, Priscila havia perdido seu mêdo, estava em outro mundo, nos céus, jamais havia sentido algo tão bom, gemia, quase gritava, chegou até suas coxas, sua barba por fazer a fazia cócegas aumentado seu libido, até o ponto desejado, arranhou sua virilha até chegar aonde queria, assoprou forte entre seus lábios vaginais, Priscila quase gozou naquele exato momento, subiu, lambiscou seu umbigo e logo estava em seus peitos, mamou, colocou todo dentro da boca, mordeu sua orelha, depois os lábios de sua boca, um beijo eterno e apaixonado, nesse instante sua mão já ajeitava seu enorme e grosso pau entre a vagina da menina virgem...

_Por favor não...por favor não...não faz isso!!!

_Como assim Priscila...você não quer???

_Quero sim...mas perante o SENHOR isso é errado antes do matrimônio disse o pastor!!!

_Tá bom meu anjinho, vou respeitar teu desejo, vamos fazer diferente então...tudo bem???

_Como assim???

_A menina quando não quer dar a buceta, dá o cuzinho!!!

_Credo, isso é errado também, não é???

_A escolha é sua!!!

Não esperou a resposta da menina, foi descendo com a lingua chegando até sua púbis, ali meteu a lingua em sua vagina intercalando clitoris descendo até o cuzinho, depois concentrou sua lingua na buceta percorrendo de cima/abaixo enquanto que o dedo indicador entrava até o fundo de seu ânus fazendo movimentos circulares, Priscila morria de dôr e tesão com a buceta ensopada esperando a hora de ser descabaçada, e chegou, ele empurrou suas pernas quase chegando os joelhos em seu queixo, pincelou em sua buceta lambuzando com os fluidos que exalavam de suas entranhas e encaixou na portinha e foi empurrando...

_Aiiiiiiiiiiiiiii...tá machucando!!!

_Calma cabritinha...logo vai terminar!!!

O esfincter lutou bravamente mas foi vencido, se abriu e a ponta cabeçuda entrou, Priscila gritou, gemeu, urrou, suas preguinhas se desprendiam de seu cu e aquela pica grossa enorme deslizava por seu reto em direção a entrada de seu intestino, por mais que ela implorasse era impossivel fazer ele retroceder, seu tesão era incontrolável, aquele tunel apertado, quente o fez enterrar até o ultimo centimetro, Priscila sentiu suas bolas chocarem em sua bunda, sinal da penetração total, saiu devagar e voltou a fazendo gritar, novamente e novamente, agora sim em movimentos intermitentes rasgando seu cu, minutos de muito prazer de um lado e dôr por outra, mas que enfim chegou a seu fim, descargas de porra inundaram seu intestino e logo lhe deram um alivio quando por fim aquela coisa grossa e imensa se desatolou de seu cu arreganhado, seu pau ainda pingando, sujo por alguns excrementos foi guardado...

_Tchau meu anjinho...fica com DEUS!!

Priscila ficou por alguns minutos de olhos fechados deitada no sofá, depois foi ao banheiro, defecou com muita dificuldade o leite de seu intestino, se banhou e voltou para sala, seu cu doia e quando quase adormecia vencida pelo cansaço, ouviu sirenes e alguma agitação, logo muitos tiros, quando foi até a janela, muitos policiais e o corpo de Cleison estirado morto ao chão, era foragido da penitenciária.

Alguns meses depois, Dna. Genovena descobria que iria ser avó, pois Adriana já crescia a barriga, e Priscila por sorte sem as pregas do cu....

Comentários

11/10/2017 15:48:45
Muito bom Fotos [email protected]
02/05/2017 12:20:48
A q pena q ele morreu qria ver o conto dele comendo a mães das meninas mas esta ótimo seu texto
02/05/2017 10:36:28
O bandido fez a alegria das putinhas, duas viúvas agora...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


XxxxxxVidio porno o negrao virado em mangapornô mãe usina puheta mãofilme porno chantagem com a sograsexo suor e gemidosContos eroticos cunhada cdzinhaEroticoscontos.com /casadas 25cm duplhomemsexo homen em esteio rsas encoxada só coroâs videosquero ver um monte de mergulhador de 19 a 20 anos de sunga de pau bem duro peladoconto erotico mendiga novinhavarias imagens de bucetas e cu aregaadosvirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgenswww.pornodoido botao de rosacunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resisteXXVIDIO.COMEU.ASUACUNHADAcorno introduzindo siringa cheia de porra na vagina da esposa xvidiocoroa pede paRa marido que quer rola de negao dotadocontos eeroticos gay meu amigo se declarou pra minprensada no colchão pornContos novinha cuzinho depósitodescabacei o cu da minha tiaprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulherpirnobuceta freiraspilates sacana com minha esposa contoxvideo guardondo o pau nacuecanovinhas de bayby doll e com a mao na bucetacontos de namorada no churrascoHomem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticoscontos eróticos fui da o cu e cagueicontos eroricos minha filhae enlouqueceencoxada casa dos contospriminha inocente pegando no pinto do primo na frente de toda família sem eles verementregei uma pizza e mepagou com boqueteMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetaBundinha lisinha da filhinhaporno com homem com baita tigãocontos provoquei papai pauzudopeguei na cinturinha e soquei tudo sem ela perceber no cuzinho ai amor nao quero mais vc me maxhucou xvideosXVIII minha mulher com negaosexo conto erotico semem embuchadametendo na salgadeira bundudatiraramos a roupa contos lesbicosporno caseiro no vestiario da loja de.roupas da loja uma estranha olha muito pra o.meu.pauTio Fudeu minha buceta e eu gosteiporno gay caralhos enterrados na bouca mundobichaporno contos cunhado novinhocontos eroticos de menias q deu seu cabaçinho bem novinhas por que sua obrigou a trepa com seu companheiro taradoxvedeos dejado busetao rochocontos eróticos reais nnnnovinha shortinho finos pegando no pau do namoradoContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaencoxadamulhercrentePapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosgey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyporno loira quadriu grade americana pornoPauzundo entrando ate talo na buceta contosDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contosvideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciaefaç de porncasada loira gaucha fode c pausudo que enche ela de porra e corno olhacontos eróticos minhas amiguinhas de infanciax vidio vovinha safada caiucontos eroticos titias putas sobrinhos roludosvídeo porno de mulher com negrão sedo estrupadas no cu e gozando muitocasa dos contos eroticos evangelicamulher enfiando um pepino enorme na buceta fazendo barulhocontos eroticos A Dama e o Bruto boa foda nos adoramos nos amarantonio negro comedor abriu a porta dotado conto corno mansomulher com marido nabalada sarano outro pornoconto erotico nora carenti fudendo cm sogra pirocudohomens jovens enfuando penis shortinho curto adidas anos 80descabacei o cu da minha tiaconto erótico buceta azedinhacontos eroticos minha esposa ficou excitada quando viu o negao pauzudomulher cagando enquanto dava a bucetaVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosContos eroticos com sogra bucetuda que foi arrombada pelo genro piricudozoofilia no Congo pesadaContos eu e mamae somos putas do pai e amigos delecontos levei minha mulher pra fuder com o kid bengalavideo porno atentano a namorada corno escondido