Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Travessuras e Sexo com meu Padrasto - Parte 1

Autor: Tasha
Categoria: Heterossexual
Data: 26/05/2017 05:31:38
Nota 9.90
Ler comentários (30) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom Dia, me chamo Natasha, tenho 22 anos e hoje foi relatar um pouco sobre mim e minhas primeiras experiências com meu padrasto :)

Meu padrasto, cujo chamarei aqui de Ricardo é um homem alto, bonito, charmoso, carinhoso, muito simpático e atencioso (e acima de tudo... pintudo rs) Em resumo: tudo oque uma enteada sonha que seu padrasto seja rs. Ta bom, talvez nao toda e eu que seja a filha mais desnaturada do mundo rs, mas acho que o problema foi que, ele chegou tarde. Quando minha mãe finalmente resolveu casar novamente, eu ja tinha 16 anos... entao quando conheci aquele homem... eu ja não estava desesperadamente precisando de uma figura paterna sabe? Principalmente por que ele era novo (tinha acabado de fazer 30) mas tinha rosto de um rapaz de 24. enquanto minha mae ja tinha seus 35 anos rs. Então eu o via simplesmente como um charmoso homem em minha casa rs. Mas claro, sempre me comportei e nunca deixei muito aparente algum sentimento. Foi apenas um ano depois de convivência, que as coisas começaram a mudar.

Flertes... olhares... insinuações aqui e ali... provocações (como eu me juntar a ele para ver filme, usando apenas um shortinho e uma camisa leve enquanto sentava coladinha com ele rs) e com o tempo ele foi dando corda... desde coisas minimas como elogios mais ousados do tipo: "você ta gostosinha hoje" até coisas beeem mais ousadas como me colocar sentada em seu colo enquanto mamae dormia e a gente via filme na sala. Essa era minha brincadeira favorita rs, meu shortinho de dormir era curto e apertado, entao meu bumbum ficava bem coladinho com a virilha dele... bem onde estava a piroca dele rs, entao ficavamos por horas assim... comigo sentindo aquele volume sempre duro e inchado cutucando e roçando minha bunda. As vezes ele dava uma "ajeitada" para ficar mais confortável (e para se esfregar) e as vezes eu também me esfregava bem lentamente. Mas era realmente um jogo, ja que a graça era fingir que nao estava acontecendo nada. Foi então, em uma noite qualquer de dezembro, estavamos vendo algum filme aleatorio (afinal... aquela altura ver filme era só uma desculpa para ele me bulinar) só que essa noite foi diferente. Resolvi ir só de calcinha de renda e sutiã rs

Quando entrei na sala, o queixo dele caiu rs, dava para sentir sua expectativa e receio no ar rs

(Rick) Tasha... princesa... você ta...

(Eu) o que? - falei com um ar inocente fingindo nao entender

Ele me observou por longos segundos, entao fez uma cara de derrota.

(Rick) nada, so ia pedir pra vc vir logo. O filme ja vai começar

Abri um sorriso, e fui ate o sofa.

Ele abriu o cobertor como de costume, e eu sentei no seu colo bem gostoso e confortavel rs, entao ele poem o cobertor por cima e "encosto no peito dele, nossas cabeças quase proximas e entao... "vemos o filme"

Por baixo dos cobertores, suas mãos acariciavam minhas coxas, entao eu sentia seu volume no meu bumbum crescer... e crescer...

De calcinha apenas era diferente. Eu sentia melhor a dureza e a pressão que fazia. Seu pau estava praticamente entre minhas bochechas do bumbum (com obviamente o tecido finissimo de seu calção e minha calcinha os separando) suas mãos alisavam minha barriga... e subiam lentamente ate meus seios.

Minha respiração começava lentamente a ficar pesada.

Suas maos lentamente entravam dentro do meu sutiã, e logo ele passou a massagear meus seios... alisando meus mamilos... e quando percebo... ele me da uma bitoquinha no pescoço.

Surpresa, mas de olhos fechados... dei sinal verde para ele... sem reagir.

Entao ele começou de verdade beijar meu pescoço, enquanto me encochava (agora com vontade) eu nao resisti... e abri as pernas, apoiando cada perna em uma perna dele.

Senti uma de suas maos descendo até minha xota... ele começou a alisa-la por cima da calcinha... eu estava molhada rs suspirava pesadamente

Eu sentia seu pau pulsando... quase querendo rasgar o calção para entrar interinho na minha bunda rs

E acho que teria acontecido isso. Se nao tivessemos ouvido mamae levantar no quarto.

Rapidamente, fizemos o de sempre nessa situação: eu pulei de seu colo e deitei no sofa com o cobertor fingindo dormir. Enquanto ele ficava descoberto vendo TV.

Mamae levantava para beber agua, a cozinha ficava entre a sala e o quarto. Mas nunca questionava nada ou sequer suspeitava. Afinal... ate parece que rolaria algo entre sua filha e seu marido. Rsrs

Quando mamae se foi... o clima deu uma esfriada, principalmente pelo medo de ser pegos. Entao... resolvo ir para o meu quarto e digo no ouvido dele "amanhã tem mais"

Curiosamente... ele nao me responde. Parecia atonito rs

Eu chego no meu quarto, fecho a porta e me preparo para dormir.

Eu mal havia começado a pegar no sono.... quando a porta se abre, meu padrasto entrou no meu quarto.

(Eu) Rick...? Oq foi?

Ele nao me respondeu. E com a luz totalmente escura e a porta fechada... eu admito que começava a ficar meia assustada.

Ele parecia estar com uma mao mexendo em algo na sua cintura. Nao demorou pra minha visao perceber, que ele estava batendo uma

Entao, finalmente ele quebrou o silêncio.

(Rick) Eu... sabe, nao to conseguindo dormir.

Eu fingi nao notar (oq nao era dificil ja quw estava escuro) que ele estava com a piroca de fora no meu quarto

(Eu) Ah... oque voce tem? - eu disse inocente

(Rick) Você me deixou... desconfortável ali na sala. Agora... ele nao quer mais baixar. Ta doendo sabe. A culpa é sua.

Tive que conter o riso... mas falhei rs

(Eu) Minha culpa?! - eu disse inocente - bom.... talvez eu possa fazer algo para te ajudar... sabe, aliviar a tensão.

(Rick) é...? Tipo o que princesa?

Ele caminhou para mais perto da cama.

Eu - Que tal uma massagem ? Sei fazer uma muito boa. Vai tirar a tensão na hora!

Ele se aproximou bem da cama, eu ja estava sentada na beirada. Tudo estava escuro... mas eu conseguia ver que sua piroca estava a poucos centimetros do meu rosto.

Rick - Acho que nao tenho escolha. Trate de resolver isso mocinha! - disse ele com falsa severidade na voz.

Sem responder... mas exitante, eu delicadamente com a mal direita, peguei o seu pau. Nao dava para ver muito no escuro... mas eu conseguia sentir. Ele era quente, grosso (muito grosso) do tipo que a cabeça é arredondada e larga, sendo tao grossa quanto o corpo. Mentalmente eu ja imaginava algo assim, afinal... sempre parecia ter carne demais ali na cueca dele rs. Agora eu entendia pq minha mãe nao fazia anal com ele, imagino que ela vivia assada só de fazer o vaginal rs. Mas em tamanho, eta estatura media (oque na minha opinião é otimo, especialmentedado a grossura dela) com a mão esquerda, delicadamente peguei em suas bolas.... grandes e inchadas. Me a aventurei em dar uma batidinha (vai e vem como faz milk-shake) e logo ja senti meus dedos sendl melados de liquido.

Entendam, sei oq estao pensando. Mas eu era virgem nessa época. So tinha tido um tipo experiência sexual: apenas punhetas rs. Na primeira, foi com meu primo aos meus quinze anos, apostei 100 reais (a mesada dele) que ele nao pegaria minha amiga. Se eu perdesse, teria que tocar uma pra ele. Parecia aposta ganha... mas a cretina me traiu e ficou com ele rs.

No dia seguinte la estavamos nos 2 no banheiro, em pé na parede... eu tava morrendo de vergonha. Nem vi direito o pau dele, so botei minha mao e olhei para o outro lado. Foi uma punheta desajeitada.... e acidentalmente descobri o truque de girar a palma da mao lentamente para cima e para baixo enquanto bato milk-shake (tipo acelerador de moto)

O cretino gozou na minha coxa.

E todas as outras vezes foram aos meus 16 com um amigo do meu ex-namorado (serio..... a história é longa demais para relatar aqui. Isso por si so ja daria outro relato rs) so que dessa vez eu fazia com vontade e olhando para a piroca rs. Testei varias coisas legais nessa época rs, ele aguentava bastante tempo sem gozar, e sempre ficava insistindo para eu dar uma mamadinha rs, mas eu não queria dar esse passo. Eu nao punhetava nem meu namorado... quanto mais chuparia o amigo dele rs.

Mas voltando ao relato, eu comecei a "massagear" sua piroca, fazendo um movimento lento de vai e vem, enquanto girava os punhos, como se estivesse ordenhando. Minha mao vinha de encontro com meu rosto, girando o punho para direita e voltava de encontro com ele girando para esquerda.

Entao, dou uma cuspida generosa em seu pau... ajudando a massagem a ficar mais lisa e molhada rs

Eu sentia a piroca pulsando entre minhas mãos, o líquido saia aos montes da cabeça, enxarcando meus dedos. O cheiro de sexo subia no ar.

Entao, senti as duas maos do Rick encontrarem minha cabeça, fazendo carinho em meu rosto.

Eu aumento o ritmo da massagem, e dou mais uma cuspida para ajudar rs.

Em alguns instantes, começo a sentir seu pau começar a se contrair. Eu me inclino e doi um selinho delicado em sua cabecinha molhada, sinto o gosto levemente salgado e aguado em meus labios. O som, agora pastoso da minhas maos deslizando em seu pau estao mais rapidos e altos e logo vem o aviso.

(Rick) Vou... eu.... chegando....

Entao afasto meu delicado beijo de seu pau, e finalmente percebo: estou com rosto de frente para um canhão rs. Tento dar uma afastada quando sinto seu pau se contrair... mas imediatamente sinto as maos fortes de meu padrasto segurando minha cabeça firmemente no lugar.

(Eu) Rick na-

Nao termino a frase. Sinto um jato quente atingir meu rosto em cheio, meio segundo depois de sentir uma forte contração entre minhas maos.

Seu leite acerta minha bochecha esquerda, involuntariamente abro levemente minha boca para exclamar de surpresa, e entao... o segundo grande jato acerta meus labios, grande parte fica em meios labios, mas uma pequena quantidade inunda minha boca. O terceiro jato vem em minha testa, e outros menores terminam de pintar meu rosto em lugares variados.

O cheiro de porra esta forte e em todo lugar pra mim. Meu rosto esta todo melado e quente. Sinto umas gotas grudentas pingarem em meu sutiã. Minha boca esta salgada e tao melada quanto meu rosto. Sinto aquele gosto forte e gostoso da porra impregnando meu paladar. Eu nunca tinha provado leitinho antes rs. E..... nao era tao mal quanto pensei rs.

Meu padrasto suspirava aliviado... sinto ele batendo seu pau, agora meio mole e meio duro em minha testa, terminando de tirae as últimas gotas.

(Rick) minha princesa... foi tao bom. Deixa eu ver como vc esta.

Finalmente, ele apertou o interruptor atras dele, e a luz se acendeu.

(Seu pau era tao gostoso e bonito quanto parecia no escuro. Sendo moreno e de cabeça bem vermelhinha)

Meu padrasto me olhava com um sorriso travesso

(Rick) meu deus, como vc ta lind minha princesinha - ele bati seu pau em minja testa algumas vezes

Eu apenas ria envergonhada. O cheiro e o melado eram estranhos para mim rs

Vem, vou por vc pra dormir.

Deitei na cama, e ele me cobriu com minha cara toda gozada rs

Dei uma bitoquinha na cabecinha de seu pau... e boa noite rs

Continuarei na parte 2. Semanas depois..... isso tudo evoluiu rs

Quem tiver email, pode comenrae para podermos conversar e para quem quiser saber como sou em fotos rs. Mas ja aviso: nao estou interessada em encontros Rs

Comentários

23/12/2017 03:52:42
Muito bom
21/08/2017 06:46:15
Que delícia de conto. Estou tendo uma experiência semelhante, com minha enteada. [email protected]
21/07/2017 11:23:17
nossa... conseguiu me deixar teso e interessado em saber como desfechar-se-a essa trama.
29/06/2017 02:49:16
Excelente conto, muito bem descrito, nos levando a vivenciar a situação! Aguardo a continuação. [email protected]
28/06/2017 09:58:49
Delicioso seu conto. Vc é muito safadinha. Continue suas aventuras e conte pra gente. Meu e-mail [email protected]
28/06/2017 08:20:04
Parabéns uma delícia de conto.... Muito ansioso pela continuação...... Escreva : [email protected]
29/05/2017 09:51:37
to ansioso pra continuação mande a foto [email protected]
27/05/2017 15:03:18
27/05/2017 00:50:31
27/05/2017 00:50:08
27/05/2017 00:27:29
Muito bom! Me chama pra conversarmos!!! [email protected]
27/05/2017 00:26:49
Vamos conversar, me chama! [email protected]
26/05/2017 22:51:32
Adoraria ver suas fotos manda pra o e-mail: [email protected]
26/05/2017 21:33:14
26/05/2017 21:32:15
Muito bom o conto adorei
26/05/2017 20:26:55
Tesudãooo mesmo! parabéns!!! Vou adorar ver sua fotozinha safadinhaaa [email protected]
26/05/2017 19:44:34
[email protected] vou adorar bater um papo com voce
26/05/2017 19:33:10
Manda um e-mail pra mim sua putinha [email protected]
26/05/2017 17:37:02
Muito bom esse conto [email protected]
26/05/2017 17:35:19
Muito bom o padrasto pegou a mae e [email protected]
26/05/2017 15:56:22
MUito bom,quero ver essas fotos! [email protected]
26/05/2017 15:55:54
Muito bom,quero [email protected]
26/05/2017 14:25:20
Muito bom gostei votado espero a continuação [email protected]
26/05/2017 13:54:17
Otimo safada esperando continuação.
26/05/2017 12:55:30
Muito exitante, uma delícia, se quiser conversar, estou aguardando o final, [email protected] beijo gostoso espero vc
26/05/2017 10:35:47
26/05/2017 10:35:20
Gostaria de receber a foto sua
26/05/2017 08:45:06
Muito bom, posta mais sua putinha safada
26/05/2017 07:11:54
Dlç vc. Chama lá. [email protected]
26/05/2017 06:11:27
Tesão de conto!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto adoro ser cadelinhaClaudia souta nua mostrando a bucetaContos eróticos cumendo minha mãe e irmãmeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesContos sogra safada e fogoza seduz e se apaixona por seu genro e trasa eleninfeta blinando vovônovinha sentada ensima do cassete abrindo a bucetinha com os dedosbucetavideo porno de homen com fimoseo vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele preto`conto erotico` Gabrielencubado flagrado dando o cuContos encontrei minha filha no puteiroconfigurar permissões e Jadson aquele beijo que você me deupunheteiras vadias sujas socandosexo com dentista a forçacontosrolas grossas e veiudas fudendo as bucetinhas e cuzinhos das mulheres da favelafilme pornô de Cibelle encravado em 2017video porno papai italiano comendo a filhinha italianinhatadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacomulher enfiando um pepino enorme na buceta fazendo barulhofilmepotnoudescabacei o cu da minha tiacontos de pau preto e grossonovinha.prvoca avo q ta limpano a pisina e fode com elepassando a mao no peitoral beijando o ouvido beijando o pescoco pornAdulta criando pentelho na bucetacantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgemconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçaver relatos verdadeiro cheirava as calcinhas da minha primaCuidando das amiguinhas da minha irma contosEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosmulher baita gostosa retocando a maquiagem video pornôbabá da nuvem passageira filme pornôbiquine mulher cazada safada.e asim na praiatadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacoA buceta da minha mãe soniavideos como fazer um pau mole fica duro mundobichabrincando escanchada contos pornoMACIEIRA SEXO PORNOflagrei a cunhada f****** Conto Chinêssexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaogta faz sexed putaria sessaocalça legue mostrando abuçetabucetavideo porno de homen com fimoseContos um caderante estrupou minha bucetaporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela quererDesabafo de uma mae cap Vguia de como fuder cadelascomedo novınha a forcarapaz passa o dedo na bucetinha virgem da novinha e ela gritar de dor contoscontos heroticos cuzinho da japinhaContos perdendo o cabaço com negao tripéContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradadeixei meu tio chupar meu peito e ele ficou batendo uma no pau dwconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelaXsvideos artista pintando macho nuXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertascurrada pelos negões no carnavalContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeuempurrando opau bem devagar na bucetinha virgentaradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o cacetementendo o pepino na buceta e no meu rabao contoscorno eu confessosexotesaogostosoconto gay adoro ser esculachado por um machocontos casada encoxada no ônibusporno mirou na buceta e acentou o cuporno contos cunhado novinhocontos eroticos meu empregado de piça ggfilme potnou vide matesafada de saia curta e vizinho olhandoloiras gostosas com abuçeta bigodinhocontos das bordas da conaconto erotico sobrinho novinho com tio e tiagostaria de ver vídeo de mulher dá bunda grande lavando a calçada de microshort