Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Todos os cuzinhos muito bem preenchidos (;)

Um conto erótico de abc de f (Ana Paula)
Categoria: Heterossexual
Data: 06/07/2017 13:01:58
Última revisão: 10/08/2018 17:37:00
Nota 9.25

Aviso. Não sou a autora original da história de Maria Alice, Bia e Ana Paula, Crônicas da iniciação sexual. Sou apenas uma fã que, estando a história está parada há mais de 4 anos, tomou a liberdade de continuá-la. Se a autora retornar à Casa dos Contos e quiser que eu retire essas continuações, farei com todo o prazer. Agora, vamos à minha versão de como a história continuaria.

Quando desliguei o telefone no domingo... Tinha acabado de falar com a Maria Alice... Me sentido arrasada. Um lixo de pessoa. Ainda bem que a Bia estava lá comigo, pra me dar "apoio". Seu dedinho maroto na minha buceta babada era tudo o que eu precisava...

– Assim.. Continua...

Depois veio sua boca... Sua língua... Como ela é incrível...

– Tô gozando... Aaaaahhhh... Não para... sssssS... Aahhh... Continua... assim... mesmo...

Com direito a dedinho no cu, que é mais gostoso...

Retribui chupando sua bucetinha também. Trancadas em seu quarto... Por sorte seus pais tinham saído...Estávamos a sós.

Ouvia seus gemidos e me lembrava do plano de vingança contra a bandida da Maria Alice. É claro que meu padrasto adoraria comer mais uma bunda... Quem não gostaria... No começo não gostou muito da ideia de ter que dividir a presa, mas depois de ouvir o nome Inocêncio, e reconhecer pela nossa descrição... Um amigo de longa data... Achou que seria bem legal... Pelos velhos tempos, ele disse... Glup...

Bia se encarregou dos outros três... E eu de convencer Maria Alice... Foi mais fácil do que pensei...

Não fui para a escola. Se tivesse ido acho que acabaria contando... O que ela me fez foi sacanagem, mas não consigo fazer o mesmo.

Fingi que sai e me tranquei no quarto, em silêncio... Ouvi quando a bandida chegou... Esperei um pouco e fui para a cozinha por onde a Bia entrou... O porteiro também não a anunciou, o plano deu certo... Voltamos para o quarto e fechei a porta quando ela começou a gemer...Os convidados estavam entretidos demais com a festa para ouvirem a porta....

Ouvimos tudo em silêncio. Eu estava mais apreensiva. Bia estava eufórica.... Ela ria a cada gritinho de Maria Alice... Era até difícil conter as investidas dela em mim... Queria pegar minha bucetinha. Não dá... Se eles nos ouvirem estamos fudidas... Colávamos nossas orelhas na porta, para ouvir melhor... Pelos sons reconhecíamos quem estava a enrabar a Maria Alice... Conhecíamos todos, tínhamos dado a bunda para todos.... Com sinais conversávamos sobre os tamanhos dos seus pintos... Eu ficava encabulada. Ela tapava a boca para não rir...

O sofá rangia... O padrinho tinha acabado de lhe comer a buceta e agora a enrabava... Era o último... Agora era só esperamos irem embora e Bia poderia ir também. Estava torcendo para que meu padrasto ficasse bem cansado ao ponto de não querer mais nada comigo...

Não sei o que deu na Bia. Me beijou... Tudo bem... Me dedou... Quase gritei... abriu minha blusa e mordeu meu mamilo... Gritei....

Pude ver o desespero em seu rosto... e ela no meu...

Tentei me levantar. Não deu tempo. Meu padrasto abriu a porta, acompanhado de seu amigo Inocêncio que já foi falando...

– Acho que vou dar um descanso para a coitadinha da Maria Alice... ssss.... siiim.... Se importa se eu tiver umas palavrinhas com sua... Enteada?

Ainda estávamos no chão e ele já chegou de pau duro... Meu padrasto deu uma risadinha e saiu do quarto...

– Fique à vontade...

Como uma estátua, ele ficou ali, parado, com seu pau que mais parecia um poste de tão grande e grosso... Glup... E agora? O que eu faço... Eu não sabia, mas Bia sabia... Ficou de joelhos e abocanhou o pintão do diretor e com suas mãozinhas delicadas começou a punhetar o que não cabia em sua boca... Slup... shuupp... shupppp.... hmmmm... Fiquei admirada com a confiança de Bia... Esfomeada... Ela chupava com gosto... Tanto gosto... hmmmm... sluuppp... lambe.... chupsss... Até deu uma água na boca...O Inocêncio, que já é profissional em sacanagem, percebeu... Fez um cafuné em minha cabeça, enrolou meu cabelo na mão e aproximou o minha boquinha de seu cacetão... Olhei para cima... Com carinha de pidona, sem saber se eu queria ou não... smack... beijei a boca de Bia, junto com o pau.... PUTA QUE PARIU, eu queria sim...... sluppp... shupppp.... smaaack.... Eu queria muito...

– Duas ninfetinhas.... asssimmm... issoooo... Aaaaah!

– Que delícia.... sssss.... Que boquinhas safadas vocês tem...

Compartilhamos seu pau como tínhamos feito com o do meu padrasto... Estava delicioso... Shupppp... hmmmm... O dedinho de Bia me bolinando.... ahhhhhh.... Ain.... Aquele pauzão que nem cabia na minha boquinha de ninfeta...

Sem demora, Argemiro entrou no quarto... Elogiando nosso trabalho... O patrão deu lugar para o empregado.... Chupávamos uma nova rola... Shup... shup... slllhupp... hmmmm... hmmmm HHhhmmMM!

Meu padrasto apareceu trazendo Maria Alice que caminhava com as pernas abertas... O cuzinho devia estar bem maltratado... Que dó... Ficamos de pé... Nossas blusas foram abertas, peitinhos chupados, roupas retiradas... Três ninfetinhas safadas nuas em um quarto cor-de-rosa... Fomos colocadas de 4 em minha cama... sob os olhos de todas as minhas bonecas e ursinhos de pelúcia que há tempos não brincava mais... que vergonha... Bia de um lado, Maria Alice no meio, eu na outra ponta... 3 cadelinhas... Maria Alice com a bunda mais levantada... Putz... Tão cansadinha..... O rostinho dela está prostrado sobre o lençol... Meu padrasto está atrás dela... Ahmmm... Foi tudo o que ela soltou.... Estava acabada a coitadinha... Mesmo assim seus olhinhos viraram... Atrás de Bia estava Argemiro... Foi empurrando..... enrabando minha amiga...

– Ainda não esqueci... Issooo.... Cuzão gostoso... Ainda tem que tomar meu leitinho...

E já ensaiava uns movimentos mais fortes...

– Devagar, tio... Sssss... Já entrou tudo?

– Já sim... Neném... Tudinho... sss.... Hmmmmm... Entrou tudo nesse bundão...

Logo depois o padrinho entrou no quarto, com seu pau ainda meio mole... Ah não... Isso quer dizer... As mãos apertaram minha cintura... Olhei para trás e Inocêncio me encoxava... Seu pinto grande, muito grande... Melado de vaselina e saliva... Encostou... Fiquei desesperada... Da outra vez o Inocêncio me preparou antes... Era menor, gostosinho... Agora o diretor dos comerciais, que tinha me prometido mundos e fundos... Iria me enrabar... DE PRIMEIRA... A cabeça encostou... Glup... Nunca tinha percebido como era grande... Ainda mais depois de ter chupado.... seu pau?.... Ah não... Não tinha mais como escapar... Empurrou um pouquinho, só um pouquinho... Olhei para minhas amigas... As duas também levando... na bunda?... Bia gemendo... Gostando... Maria Alice suspirando... virando os olhinhos... Gozando com meu padrasto... E eu começando a lacrimejar mas não chorei... Aguentei como uma boa putinha... Eu era uma boa putinha... Cerrei os dentes... Estava doendo pra caralho..... Hmmmmm... Parecia que ia me rasgar.... Hmmmm....

– Nem lembrava mais... sssSss... como é apertadinha...

– Sua enteada.... Que bunda.... Assim.... Que cuzão gostoso....

Tentei fugir para frente... Ele era mais forte... Me prendeu pelas ancas...

– Queridinha... Não foge não...rsrsrs... Ainda tem muita rola pra entrar...

A vontade de fugir era mais forte.... Quanto mais eu tentava ir para frente, mais eu voltava... Aaaaahhhh... E mais fundo aquele pintão entrava... Ssss... Senti a barrigona dele nas minhas costas... Tinha entrado tudo.... Aguentei... Hmmmm..... Será?

Eu via estrelas... Com aquele pauzão entrando e saindo do meu bumbum... Acho que fiz por merecer... Vou querer compartilhar o título de miss bumbum com essas duas...

aos poucos fui me acostumando com o volume... O pinto do padrinho acordou de vez.... também, com 3 ninfetinhas levando rola de 3 velhotes, quem não levantaria... rsrrss... Segurou sua afilhada pelos cabelos e a fez levantar, ficar de quatro como Bia e eu... Puxou minha cabeça e fez beijar sua glande... Fez o mesmo com Bia e com Maria Alice... Passamos a compartilhar o cacete do Padrinho....

– slhuppp... shuppp... lambe.... lambendo as bolas... shuppp... Sluppp..... Gluuu.... gluu... hmmm...

Chupando o pau dele e as bocas de minhas amigas... Nós três muito dedicadas... Nos acabamos com o pau enquanto os outros três acabavam com nossos cuzinhos gulosos...

Um alívio... Um vazio... Inocêncio tinha saído do meu cu mas logo o Argemiro tomou seu lugar... E o diretor enrabou Maria Alice... E meu padrasto enrabou Ana Paula... Tudo igual mas ao mesmo tempo diferente... uma pegada diferente... um pinto menor...

– UHmmmm.... Ain.... ãããiiinnn...

Nem sabia mais quem gemia... Beijei Maria Alice... Bia chupava sozinha.... Bia puxou a rola e Maria Alice me beijou... Maria Alice abocanhou a cabeçona vermelha, Bia beijava e lambia de um lado e eu do outro... slhupppp... shhhuuuppp... sluppp... ssss... glhupp... Era uma briga de línguas e lábios....

Por trás, houve nova troca... Pela frente, padrinho juntou nossos rostos.... Afastou um pouco... punhetava seu pau na nossa frente... Nossas bundas faziam a alegria dos velhos atrás de nós e nossas carinhas de anjo eram a alegria do padrinho... sua porra quente lavou nossas caras.... Bia lambeu o rosto de Maria Alice... Eu a copiei.... Maria Alice também o fez, lambendo meu rosto melecado e o do Bia...

Olhei para trás.... Bia chorava baixinho... Aguentava o Inocêncio com garra... Mesmo assim sorria... Entendi que ela tinha planejado não apenas uma vingança contra Maria Alice mas queria participar, queria fazer parte da "festa"... Orgia seria melhor.... Maria Alice abaixou a cabeça, sujou todo meu lençol... Como explicar para mamãe? Olhei para trás... Como explicar isso para mamãe?... Seu maridão enrabando a enteada e a oferecendo aos amigos...

Senti ele explodir dentro de mim... novamente... Urrando... Seu caldo quente me preenchei todinha... Como explicar isso para minha mãe?

– Ssss.... Sss..... Issso... PUTA QUE PARIU.... Neném... Tô gozando gostoso...

– CARALHO.... Que rabo.... Que bunda... Vou contratar todas.... Siiim.... Todas vão trabalhar para mimm... Toda segunda.. sss... no trailer do Argemiro... Isso.... que bunda... Quero as três lá.... .Sssss... Toda segunda...

Todos estavam saciados.... Olhei para trás, para meu padrasto... Seu sorriso deixava bem claro que daquele dia em diante... Não teria mais escolha.... Meu cuzinho seria dele... E de todos os outros... E de minhas amigas também...

Ficamos as três largadas em minha cama rosa com o lençol amarrotado.... Os outros foram embora.... as duas foram embora... Ficamos apenas meu padrasto e eu na sala, comigo ajoelhada entre suas pernas, chupando seu pau... Esperando minha mãezinha chegar....

– Shuppp..... shuppp... slupp.... hmmmm... Ggllug... Ggllug... Ggllug (engole)...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/08/2018 06:57:37
muito bom
23/07/2017 08:41:07
Acordei e ler esses contos me encheu de tesão... Que delicia! Essas ninfetas são mesmo bem safadinhas. Ainda por cima fazendo anal com vontade. Parabéns! Venha me conhecer lendo o meu. Um beijo!
19/07/2017 19:49:26
Olá. Se não fosse a introdução, juraria que era a Lu narrando essas histórias. Ela era uma das top da casa e uma pena que tenha se afastado. Manteve o estilo e enredo cativante. Gostei e dou nota 10. Te convido a ler os meus. Desde já agradeço. Bezitos.
06/07/2017 19:20:34
Delicioso. Comer uma bundinha é demais, três então, nem se fala.




Online porn video at mobile phone


contos eroticas provoquei meu cunhadoler contos eroticos de incesto mae carente ver o filho transando com a namorada fica com tesao fica adimirada com o pau do filhofilhinha provocando o pai e mostrando a piriquitinha só de calcinhanovinhobonitinho de quatro pede rola grossano cuasxxxxxcompai chupa a buceta da filha e éla bufa de tezâocoxando disfarsadamente e rabuda deixandoconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oraxexoleitinhox vídeos enquantoo novinho se masturbavaaté gozar o negão metia lhe a picapinto muito mais muito grosso mulher nao aguenta epede aregovergonhapai comendo.as filhasContos , enquanto eu estava bêbado o malandro tava comendo minha mulherhomemsexo homen em esteio rsBAIXA VIDEO PORNO APROFESSORA ELIZABETI DA ESCOLA NANDEJAgaroti gay pauzudp ttansar c homem cacetudo e grisso vidio pirnoCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on lineContoeroticonovinhosafadotia dando uma licao no subrinho por ir mau na escola xvideos videosqual bumbum mais bate com a bumbum mais pula com a bumbum mais bate com a bumbum e as loira morena branquinha e azul é a cor morena marquinha Azul quando bate a bunda pula pula pulacontos eroticos A Dama e o Bruto papai me tirou o cabaçoesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandofilme porno "a primeira vez ninguem esqueçe"Conto porno ui ui ui metelek que gosta de chupar pauxvideo da tia com medo a som brinha gozado na boca delaxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delagarotas punhetando incesto onlineinsesto istorias eroticas pai filas novinasVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguevidio porno novas com.cavalo dominando apenetraçao gozoporno provisional com casal apaixonadosDominamdo uma evamgelica casada parte 2 contos eroticosscontos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadepsicologia enfrento hiv minha filha e guei ajudameu sogro isasiavel comtocontos as calcinhas da minha sobrinha branquinhamae.minto.safada.e.bunduda.fodendoconto gay "todas as formas de amor"sossegado sexo mulher cornoContos erotico iseto tia e subrinhovídeo de putaria as baixinha índia gostosa pronto para tocar de ouvidocontos bulinando minha tetinhaanal maduras criadas viuvasnegao fudendo engenheiro na obragay sexo no meio do mato novinho transando com 5 homens no Mato levando pica no c* no mato na favela e Leo apartamento pela primeira vez na beira do marxv minha tia tem abusetas graandePica cabeçudas encaixando espertinho na xanasobrinha contocontos eroticos entre jovens irmaos gemeosapaixonado pelo hetero cap 4padrasto pirocudo droga a enteada e transamulher muito gostosa pedi varios para gozar no cuzinho muoto apetardobucetas gosmadasporno gozando na bouca da filinha que dormiamanda um vídeo de pornô aí eu não tô nem phone 5uma foda com a professorabaixar xvideo de aluna ta secando minha bucetaconto homem velho estrupa guri pequenoconto pornpai comendo filha e a sobrinhavídeo pono tento fugi do negao mais se treme toda de tanto gozávídeo pornô novinha chupando p***** grande peituda gostosa patriciane nome delacomedor de mulher alheia nu apanhacomo faze a mulhere no gta xupare no gtaxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanaContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaoesfregou e gosou na xeca da amiga uhhheu quero um vídeo acaba transando com a mulher postergando ela na cama dormindo a força e ela gritando ele comendo elacontos eróticos peguei minha esposa com um travesticdzinhas contos reaiscontos erotico meu marido me flagrou de baixo de outro machovelho tarsdaoo garotinho do semáforo contos eróticos reaisxvideos cu estalo rompendo as pregras fazendo barulhomolequeputoCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on linedei por meu vizinhocache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 porno contos alberto comeu minha mulhervideo de sexo narido xifrado com a comlhadaAonde tu não me debruço no tapete XVídeosconto gay tio e promo safaosmae obriha filha virje perde o cabasdo com o padrastosou adepta a zoofilia virei cadelafilho secava tanto a mae que ela resolveu. provocar ele pornoporno com mae mae tentando risis tirmeu filho adora analvideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisgustavo de carinha de anjo trepanofodas narradas granny