Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

MEU SOBRINHO COMEU MINHA ESPOSA

Autor: Roberto
Categoria: Heterossexual
Data: 16/08/2017 11:53:23
Nota 9.75
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, meu nome é roberto tenho 37 anos, sou branco, magro e 1,75 km, minha mulher Camila tem 33 anos, é branca loira, cabelos longos, tem 1,60, 55 kg muito bem distribuídos devido a malhação e boa alimentação. Ano passado fez implante de silicone nos seios e fez lipo. Moramos no Rio . Esses casos são reais, então é a pura realidade sem tirar nem por e peço desculpas se o leitor se decepcionar com o desenrolar dos fatos. Vou fazer um resumo rápido. Nosso relacionamento ia bem. Minha mulher foi convidada por um amigo em comum Renato, para virar modelo de produtos de sexy shop, aceitei porque estávamos enrolados, tirou uma fotos e depois fomos convidados pra uma festa fechada de produtos sexy shop e ela se envolveu com um americano de nome sr Mark o que estremeceu nosso relacionamento. Depois daquele dia ficamos sem nos falar, só tocávamos no assunto quando trancávamos, eu perguntava se ela tinha gostado de fuder com o sr Mark, a chamava de vagabunda vadia, mas ela desconversava, acho que estava disposta a nunca mais tocar nesse assunto e isso me dava um misto de conforto e decepção. Moramos numa casa com piscina. Meu vizinho fez a casa colada no muro então podemos ficar relaxados na piscina sem ninguém nos ver, inclusive ja transamos dentro dela . Num dia de muito calor minha mulher estava pegando sol de bruços no deck, sem a parte de cima, a parte de baixo era pequeno. Estava um espetáculo, bebia uma caipirinha que ela mesmo tinha preparado. Depois da foda com o sr mark ela passou a beber de vez enquando. Era por volta de 11 horas e a nossa campainha tocou fui ver nas câmeras e ela meu sobrinho Cláudio de 16 anos. Filho de meu irmão, o moleque era maior que eu, 1,80, 80 km, malhava e lutava, porém era super tímido e tinha namorada. Na verdade Camila que o tinha chamado naquele dia para lhe dar aulas de matematica mas tanto ela como eu esquecemos. Disse pra camila quem era e soltou um: -puta que pariu, eu esqueci do Claudinho.

Ela mandou eu ir abrir o portão eu perguntei se ela iria ficar ali assim. Ela disse : - o que tem, estou nua por um acaso ? estou de bruços e não pode ver meus seios .

Falei que ela que sabia e fui abrir o portão, Claudio, estava de camiseta, short e mochila, entrou e olhou pra Camila, na verdade pra sua bunda, ele não soube disfarçar o contentamento de ficar de frente com aquela bunda branquinha pegando um bronzeado. Ela o chamou e pediu desculpas e se ele não poderia esperar um pouco porque logo logo o sol sairia daquela posição, ela pediu um beijo e na hora que se levantou o tronco pra lhe da um beijo metade de seus seios ficaram de fora. Pude ver a cara do moleque de tarado, e também ficou muito acanhado. O chamei para sentarmos a beira da piscina e lhe ofereci um refrigerante. Camila perguntou se ele queria tomar um banho de piscina, que a agua estava uma delicia e ele aceitou. Eu disse que tinha uma sunga no banheiro de cima e que ele poderia pegar. Ele saiu e eu perguntei se ela não ia por a parte de cima do biquine, ela disse que não iria se levantar e que ninguém estava vendo nada e que era exagero da minha parte ficar com ciúmes de um moleque. Claudio estava demorando um pouco e fui ver porque. Subi as escadas e tava um silencio, então fui ver pelo buraquinho da fechadura. Para meu espanto ele estava olhando pela janela do banheiro minha mulher na piscina e com uma das mãos tocando um punheta e com a outra segurava uma das calcinhas de camila que deveria estar no cesto de roupas sujas. Pude ver que seu pau realmente era grande pelo seu tamanho. Ele parou e pegou seu celular e começou a filmar e tirar fotos. Filha da puta de moleque. Voltei para a piscina e comentei com a Camila o que o moleque tava fazendo no banheiro. Ela soltou uma gargalhada, e disse que era normal e disse : - você ja teve 16 anos, sabe como é, qualquer motivo é pra tocar uma punheta, deixa o garoto.

Ela abriu mais as pernas e empinou a bunda. Levantou um pouco o tronco e com uma das mãos puxou a calcinha pro lado pra ver como tava a maquinha. O moleque deve ter ficado maluco com aquela visão, depois ela se virou e ficou os peitos nus pra cima. Eu disse que ela era maluca mas não se importou. Subi de novo as escadas e quando olhei pelo buraquinho da fechadura ele continuava tocando punheta e filmando. O filha da puta não aguentou gozou na calcinha de camila, a deixando toda lambuzada, o moleque soltou muita porra porque achou que nunca tinha visto um peito daquele na vida. Desci e disse pra camila do acontecido ela riu e disse que não gostava mesmo daquela calcinha. Ouvimos ele abrir a porta os passos dele descendo, perguntei se ela não ia se virar pra esconder os seios e ela não respondia. Quando ele chegou seus olhos estalaram nos peitos de camila, ela olhou pra ele na maior calma e se virou novamente. A minha sunga era pequena pro Claudio e dava pra ver o volume de pau que ainda devia ta meia bomba, e ele meio que tentava esconder colocando uma das mãos por cima, Camila perguntou se Claudinho malhava muito e ele respondeu que todo dia. Disse que gostava mais de jiu jtsu . Camila mandou ele me dar uma aulas que talvez fosse precisar um dia quando alguém tentasse a agarrar numa festa. Ele disse que tudo bem. Ela virou-se pra ele e disse : - Claudinho, passa protetor solar na titia. Esse sol ja ta meio ardido.

Ele falou bem baixinho um sim que quase não ouvimos. Fiquei furioso com aquela atitude mas fiquei quieto. Ele se aproximou e começou pela nunca, foi esfregando, braços, costas e falou pronto. Camila olhou pra ele e perguntou :

-Mas a bunda e as pernas, não fazem parte do meu corpo? esta ardendo também, sou branquinha.

Ele disse um outro sim ainda mais baixo ficando muito vermelho e me olhou de rabo de olho.

Ele começou pelas pernas, coxas . ia subindo, por fim ele começou a passar em sua bunda. Ela abriu as penas . Ele passava com muita delicadeza mas somente dos lados, ele estava com receio de passar perto do cu e da buceta, Camila percebendo a situação disse pra ele :

- Claudinho, é em toda a bunda, se não vou ficar com uma parte vermelha e outra não. Seu tio tem as mãos muito ásperas mas a sua é lisinha e gostosa.

O moleque agradeceu o elogio então ele começou a esfregar em toda a bunda fazendo movimento circulares. Ela olhou pra mim e disse: - Amor, o Claudinho está com as mãos ocupando, vai passando protetor enquanto ele esfrega.

Então enquanto eu jogava óleo em seu corpo, claudinho esfregava por todo seu corpo o óleo mas ficando mais tempo em sua bunda. Ela pegou o telefone e colocou um funk e ali mesmo deitada começou a da umas reboladinhas. Camila perguntou a claudinho se ele gostava de funk, ele respondeu que gostava mas não sabia dançar muito bem. Então ela disse que daria umas aulas a ele se quisesse e ele disse que sim. Ela então amarrou seu biquine na parte de cima e se levantou. Escolheu uma musica em seu celular e começou a dançar em cima do deck enquanto o moleque ficava dentro da piscina ficando realmente numa posição privilegiada . Ela disse :

- Olha direitinho e aprende. Pode filmar com seu celular se quiser, assim vc ensaia em casa mas não filma meu rosto ok ?

Ele fez sinal que sim.

Ela começou seu show rebolando e baixando até o chão. Deu um virada e disse:

- vamos, filma de mas pertinho, não precisa ficar acanhado. Seu não se importa.

Ele aproximou o celular que ficava a uns 50 centímetros de sua bunda. Ela rebolava conforme a batida do funk. Nisso ela mandou ele por o celular no chão do deck e começou a sentar e sumir em cima com sua bunda. Ela desceu do deck, entrou na piscina e ficou ao seu lado e o mandou repetir os movimentos. Ele realmente era muito desengonçado. Ela então ficou a sua frente e mandou ele segurar em sua cintura.

-assim, segura na minha cintura e me acompanha. ( ela disse)

Ele tomava o maximo de cuidado pra não encostar seu pau na bunda da Camila mas não tinha jeito, as vezes me olhava de rabo de olho como se esperasse alguma atitude minha.

Eu ja estava de pau duro também e pensando o que o moleque iria contar pra outras pessoas. Camila vira pra mim e diz :

- Amor, você não tinha que ir no centro comprar a resistência do chuveiro ?.aproveita que o Claudinho ta aqui me fazendo companhia.

- Pode ir, Tio. Eu vou ficar aqui . (disse claudinho)

Eu disse que não mas ela insistia e até ficou irritada .Pegou seu telefone, baixou a musica e me mandou um msg. Peguei o telefone pra ler :

-amor, sabe que depois daquele dia com o sr Mark nosso relacionamento nunca mais vai ser o mesmo, mas a culpa é minha e sua. Finge que vai comprar a resistência . Pode ficar olhando pelas câmeras, pela janela da cozinha ou pode sair se quiser, eu vou entender . Te amo muito.

Ela olhou pra mim, sorriu e voltou a por musica no celular. Eu me virei e disse que ia na cidade. Só coloquei uma bermuda e um tênis e me despedi dos dois. Eu realmente estava disposto a sair da casa mas meu tesão e curiosidade falou mais alto. Regressei depois de uns 20 minutos.

Entrei sorrateiramente pela sala e me posicionei na cozinha onde a janela que dava pra piscina. Camila tinha pego uma cerveja pros dois. Estavam na mesma posição, ele por tras dela, mas como eu não estava ali o moleque se mostrava mais solto e sorrindo. Ele começou a subir suas mãos e começou a apalpar os peitos de camila por tras. Ela deu um suspiro e continuou rebolando e disse:

- isso, vai claudinho, seu safadinho.

Ela levou as mãos nas costas de tirou a parte de cima . Ela se virou e deram um beijo demorado . Ela mandou ele tirar a sunga. Quando ele tirou seu pau era grande pro seu tamanho, Camila deu um suspiro e começou a punhetar dizendo:

- nossa, seu pau é maior que do seu tio, que delicia.

Ela se sentou na beira da piscina de frente pra janela onde eu estava, mandou ele tirou seu biquine e começou a chupar e até que o moleque sabia chupar. Num momento ela olhou na direção da janela do banheiro onde me viu. Fiquei meu encabulado mas ela apenas sorriu dizendo.

- vai, chupa essa buceta que aquele corno do seu tio não sabe chupar direito.

Aquilo me deixou meio desolado.

Ela falou que queria chupar seu pau. Trocaram de posição, e ela começou lambendo a cabeça Dava lambidas, cuspidas e começou a engolir. Novamente ela olhou pra mim com o pau do claudinho na boca. Parou de chupar e começou a punhetar e com a outra pegou seu telefone e começou a discar. Para meu espanto o meu telefone começou a vibrar no bolso. Eu vi e era Camila me ligando. Na verdade não queria atender mas ela insistia e por fim eu atendi.

Ela disse : - oi amor, ta tudo bem ? faz um favor, compra uma vassoura pra casa, não precisa pressa.

Ela voltou a mamar o pau de Claudinho enquanto esperava minha resposta. Claudinho apenas fechava os olhos dando suspiros. Num determinado momento ela engasgou e perguntei o que ela estava comendo.

-eu estou chupando um sacolé que o claudinho comprou aqui na rua . uma delicia. Sabor de uva. Sabe que adoro sacolés.

Me mandou um beijo pelo telefone e desligou

O moleque abriu os olhos e deu um sorriso maldoso. Ele pegou a cabeça de Camila e forçou até quase o saco. Ela engasgou e soltou até uma golfada. O moleque sorriu e ala disse:

-Nossa, que violento, da um tapa na minha cara ?

O moleque obedeceu com um tapinha mas ela pedia mais forte e o moleque começou a bater forte na cara da minha mulher enquanto ela mamava.

Aquilo me deu um misto de raiva e tesão. Tirei meu pau pra fora e comecei a tocar uma punheta.

Camila disse que precisava desligar que ia voltar as aulas de dança com nosso sobrinho e disse que não precisava te pressa. Claudinho disse que ela era maluca, ela respondeu que não era maluca e sim uma piranha . Ela ficou de quatro no deck e mandou ele meter em sua buceta. Ela deu uma pincelada no pau e começou a meter. Ele enfiava e tirava. Camilla dava grito de prazer. Ela começou a meter o dedinho no cu o deixando pronto pra uma rola. Ela dessa: - vai sobrinho, mete no meu cuzinho agora, mas mete com carinho.

Não acreditei naquilo, raramente comi o cu dela. Somente umas duas vezes e ela dizia não gostar.

Ele tirou da buceta e começou a empurrar em seu cu. Ela ia rebolando pra tentar encaixar, por fim a cabeça e entrou e não custou pra todo o resto entrar. Ela deu um gritinho de dor e prazer. Começou a rebolar. O moleque ficou metendo uns 10 minutos, dava tapas na bunda dela e a puxava pelos cabelos. Ela dizia que tava doente e pra ele bater mais devagar, mas o moleque continuava . ele falou que não aguentava mais e pediu pra gozar na bunda de Camila; Novamente ela olhou pra mim e falou :

- Não, goza na minha cara, quero sentir sua porra.

O moleque tirou o pau do cu. Camila se virou e começou novamente a chupar o pau de claudinho todo melado. Não demoro muito e começou a sair porra pelo canto da boca de camila. Ela bebeu toda a porra dizendo que iria deixar limpinho, depois deu um mergulho na piscina. O moleque caiu pro lado. Não aguentei também e comecei a gozar.Claudinho foi pra cima dela mas ele disse que chega e mandou ele por a roupa. Eu sai pela sala, dei um tempo na rua e retornei depois de uns 20 minutos. Quando cheguei claudinho estava vestido e sentado numa cadeira a beira da piscina e camila mexendo em seu celular ao seu lado. Camila disse que claudinho estava de saida e foi leva-lo no portão. Na volta, ela olhou pra mim, sentou no meu colo e me beijou me pedindo perdão. Ainda pude sentir o gosto de porra em sua boca. A noite transamos mas novamente ela não tocou no assunto.

Comentários

uem
04/03/2018 22:45:49
quero uma tia safadinha desta
04/03/2018 21:49:17
Show amigo. Também moro no Rio, deixa eu ser amigo de vcs? [email protected]
12/09/2017 13:17:45
Vcs são um casal delicioso, levam o prazer ao extremo, muito bom trepar sem limites. Nota 10.
10/09/2017 14:16:42
Sorte desse sobrinho, já tive essa honra de comer uma tia, é muito bom foder uma tia, sei a felicidade que seu sobrinho ficou !
20/08/2017 18:23:44
conto arretado!!!
17/08/2017 10:54:05
Que delicia de conto, Roberto. Muito bem narrado, cheio de detalhes excitantes. Sei que você ficou excitado vendo o Claudinho possuindo a Camila, porém, fiquei curiosa em saber teus sentimentos como tio, de vê-la assim. Isso porque, relutei, mas acabei transando com um sobrinho do meu marido e ainda não tive coragem de contar pra ele. Quando puder, leia como foi e dê a sua opinião. Teu comentário vai ser muito importante pra mim. Para achar, clique no meu nome. Deixo a nota 10 e beijos.
17/08/2017 08:44:24
O que é legal nos seus contos é como vcs não tinham a mínima impresso de que as coisas ficariam como estão. É o inesperado que torna a história atraente
17/08/2017 07:07:50
Delicia de conta camarada ! Adorarua ter o prazer de conhecer o casal. Sou do Rj
17/08/2017 01:47:50
Quero uma putinha assim pra mim!!
16/08/2017 20:00:31
Maravilhoso. Aproveite a putinha que você tem em casa. Foda bastante essa vadia gostosa.
16/08/2017 17:23:38
show
16/08/2017 17:11:12
belo conto, a Camila sua mulher deve ser uma delicia, gostosa de verdade!! -- nota 10
16/08/2017 15:55:04
Vem aqui pro PR Vamos fazer uma festinha
16/08/2017 12:01:52
Lembranças do meu 1.o chifre... ha uns 3 anos atrás, de tanto incentivarar minha linda gueixa a provar outro homem, sugeri amigos meus e ela morria de tesão, imaginava dando pra eles é gozava na minha pica. certa vez cheguei em casa na hora da janta e peguei ela sentada no colo de um amigo meu o Tadeu, levei um susto, meu coração saltou o boca, engoli a seco aquela imagem era nova pra mim e excitante, minha linda mulher, pequena, branquinha linda, peladinha na cozinha sentada enfrente a geladeira rebolando no pau do Tadeu. eu balbucie algo tipo: o que vc tá fazendo meu amor? e ela com a voz mais linda do mundo disse:" vc não queria ser corno? agora é. rsrsrs aí, ui...""" meu coração doeu muito e meu pau endureceu muito também... então cheguei perto e perguntei : vc tá dando a bucetinha ou o cuzinho? ela disse: o cu, a buceta já dei no sofá da sala, é vou dar no banheiro e terminar na sua cama corno, chifrudo, manso....rsrsrs ai, ui..... Depois de 3 @nos de casados já levei mais de trinta chifres já virei corninho, corno e chifrudo títulos que ela muda a cada 10 chifres. a ensinei e ela como otma aluna se tornou a maior é melhor puta que já tive em minha vida. Meu sonho de aposentadoria é me mudar com ela pra uma cidade pequena bem lonnnnge daqui e me tornar conhecido por todos como o maior chifrudo da cidade e de tempo em tempo mudar de cidade e colecionar histórias e chifres. nesse feriado prolongado de 7 de setembro queremos viajar e estamos estudando convites e propostas [email protected] mieko e marcos/sp

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


pornô grátis só contos eróticos sogra cozinhagritano de dor com pau.no.cu do nego3 pernacontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciavídeo pornô tia da peruca da carinha de anjo dando o rabocontos/arrebentei meu cabacoconto homem velho estrupa guri pequenotexto entida seduzindo padratoconto erotico bacanal bucetavideos dr sexo com pau de40cm analMeu marido era louco pra me ver com uma picona toda socada dentro de minha buceta e na minha bunda e eu fiz sua vontade!zoofilia cachorro engatado com mulher g************* de dias corridosBaixinhas tesudas d 4Quadrinhos eróticos meu padrinho pauzudo me comeucontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016video porno papai italiano comendo a filhinha italianinhaNovinhas fazendo safsdesas na sala de aulacomtos exitantesso fotos da namorada do traficanti nem de chortinho discontos eroticos meu cachorrinhoXvideo.meninas.nemor.violada.dormido.figidoWww.mulheresemaridoscornos/porno Contos eróticos dedadas gostosas na buceta dentro da banheiraxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa e pede pra nao goza dretroContos eroticosPerdendo as pregas bem novinhairma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela pornoprovequei o papai e ele fodeumevidios pornnou que mae e filha tranza com o meismconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resisticontos reais de sexo de ninfetosassistir vídeo pornô anal de sogra com genro gravado em Ribeirão preto d*********Dedando.a.casada.dormindo xvideopornomulher toma susto com rola bucetas molouSacaniha reboado nos pauzaoTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comerContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhosconto lesbico a procura do amor cap25contos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasstrapon sangue e bostanovinga da favela fazendo menagem depois da aulafotos de pau duro cabeçudocontos saunas velhos chubbys gayscontos eroticos colega negão estuprando o novinho gaynovinho lendo no park louco de tezao por um homem forte gostoso e peludopedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gayspono gay ply boi adolenti dando cu ategosavidio de boquete profunda engolindo ate os badalosContos eroticos comendo cu da mamae com o papaiolhando a vizinha gostosa de shortinho depois pula o muro e mete a piroca na vizinhameu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoenteada dorme bêbada chapada e padrasto quando a solidão na marrabuceta de carla visgando xvideoshomemfudendooltronem te conto anal em motelasisti filme de porno de graca e sem se escreververflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticosXVídeos pornô mobile peitões colchones com doispornor doido batendo poleta na varanda sexovídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeosnamoro lesbico e pessoa não assumida tem tanta brigas ciúmescontos erotico minha esposa rabuda e meu tio 8incesto com meu vô contosvidio porno tarado enfiando pinto por baixo do xorte da mulherxvideos gay fui estuprado por que nao paguei as drogascontos eróticos cagando na minha bocaporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolasexo na madrugada prudentinanegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elaimpressando gostosa na parede porno doido analmorenas,magras,cabelos pretos,peitinhos videos sexporno contosminha mulher eo estranho carrocontos erotico da irma batendo punheta no irmao machucadoladrão comendo o delegado pornô se for do Adélia busca pornôcontos eroticos diaristao vizinho safado do 205 conto gayContos eróticos gay 'ñ faz isso comigo'escandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidoe ele bate o que Assumimos a bunda da irmãContos gangbang com tios e primoscontos porno padre gayporno-fodas no quarto e o vinnho malvidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexonefinhas gostosas fodendo muitocaiu na net contos reais de genro flagra a sogra nua engravida elabuceta babando liquido transparentefeminização gaypornodoido meu pai me consola depois deu chorarmao boba na noiva pegando nos peito dela porno dentro do cinemamulher de corno lavano carrofilho secava tanto a mae que ela resolveu. provocar ele pornoContos , enquanto eu estava bêbado o malandro tava comendo minha mulherbaiano chupando clitori e falando besteirascarolzinha santos trepano no churrascoDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contos