Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Putinha do papai - pra você!

Autor: sexlife
Categoria: Heterossexual
Data: 15/12/2017 00:37:23
Última revisão: 15/12/2017 00:38:02
Nota 10.00

Novo site galera! Visitem! contos e muita putaria http://kxcontos.blogspot.com.br/

PRIMEIRA NOITE - GEADA DE OUTONO

Era um domingo de chuva exatamente como hoje. Eu estava no meu quarto escrevendo deitado na cama. Você estava no quarto ao lado, provavelmente dormindo. Você é minha prima distante e esta passando uns dias la em casa.

No meio da madrugada eu ainda estava escrevendo quando meu celular vibrou. Voce tinha mandado uma mensagem “Estou morrendo de medo da chuva. Vem pra cá.” Eu vi e respondi dizendo pra você vir pro meu porque eu ainda estava escrevendo. Uns minutos depois a porta do meu quarto abriu rangendo, voce entrou fazendo na ponta dos pés. O quarto estava todo escuro exceto pela luz no notebook. A casa silencioa, todo mundo dormia na casa. Só nós dois estavamos acordados as 3 da manhã.

Voce estava usando uma camiseta minha que tinha pego emprestado. Ela era grande e cobria o início da sua coxa, deixando todo o resto nu. Nao dava pra saber se vc estava usando alguma calcinha por baixo da blusa ou nao. Você entrou, deitou na cama e puxou um edredon para dormir. Meia hora depois você me chamou novamente.

- Não to conseguindo dormir. Os trovoes tao muito perto.

- Entra embaixo do cobertor.

- O que você ta fazendo?

- Escrevendo uma coisa.

- Posso ler?

- Melhor não.

- Ah, por que? Por favor.

- Nao, Leticia.

- Por favorzinho!!

- Você não tem idade…

- Você ta escrevendo um livro de safadeza? - Voce perguntou tapando a boca, os olhos brilhando no escuro.

- Mais ou menos. E se chama Conto Erótico.

- Deixa eu ler, Dih. Juro que não conto pra ninguém.

- Hmmm. Não sei. Você tem 15 anos só.

- Ah para de bobeira. Eu não sou tão santa asim quando você pensa.

- Não?

- Não.

- Ta, chega pra lá.

- Eeeeee.

Eu sentei na cama e pus o notebook no colo. Voce sentou ao meu lado, tão pertinho que eu conseguia sentir o cheiro do shampoo que você tinha acabado de usar no banho. Eu abri o capítulo um e você começou a ler silenciosamente ao meu lado. Olhava pro notebook com atenção, quase nao piscava. Quando você acabou o capitulo ficou sem falar uns instantes.

- Nossa, é bem intenso, né? - Você disse mexendo na gola da camisa com o dedo, afastando para entrar um pouco de ar. Eu podia ver uma gota de suor descendo pelo seu pescoço e sumindo clavícula abaixo.

- Eu sabia que não devia mostrar pra você. - Eu tentei fechar o notebook, mas voce me impediu a tempo.

- Não, eu gostei. Voce descreve com bastante detalhes. Deixa eu ler mais um.

- Outro?

- Sim.

Eu relutantemente coloquei mais um capitulo para você ler. Dessa vez escolhi um mais picante, com mais cenas de sexo selvagem só pra ver como você reagiria.

Você se colocou ao meu lado novamente pra ler, mas dessa vez eu notei que a distancia diminuiu, eu podia sentir seus peitos tocando meu ombro de leve, e conforme voce lia, sua respiração ficava ofegante. Seu peito subia e descia discretamente fazendo seu seio roçar no meu braço. Você estava com a metade do corpo coberto eu sentia sua respiração cada vez mais acelerada, ate que ouvi um gemido baixo escapar… Você deixou o corpo cair um pouco e deitou a cabeça no meu ombro. A movimentação debaixo do cobertor fazia parecer que você estava se masturbando.

- Ain…

- Que foi, Lê?

- É tão bom…

- Mas esse capítulo tem cena de sexo forçado.

- Eu sei… Isso me excita. - Você soltou outro gemido e eu tirei o cobertor de cima do seu corpo. Voce estava sem calcinha, só com a minha camiseta levantada se masturbando e completamente molhada.

- Lê, você não pode fazer isso aqui.

- Por que não? Nao consegui aguentar. - Você esticou uma mão e apertou minha coxa….

- Não sei se vou conseguir respeitar você se ficar assim na minha frente.

- Então, não respeita.

- Você não devia ter falado isso.

- É, papai? - Você perguntou, a cara de safada e chupando o dedo melado com seu gostinho.

Eu coloquei o notebok de lado, peguei sua mão e coloquei em cima do meu pau. Você apertou forte e viu o quanto estava rígido. Acariciou e apertou forte, mordendo os labios e me olhando com cara de assustada.

- É muito grande, Dih.

- É duro também, você quer sentir?

- Uhum… Quero papai.

Eu te guiei e tirei o meu pau pra fora da cueca. Ele pulou e ficou duro apontando pra cima. Voce segurou ele forte pela base e se aproximou pra olhar mais de perto. Fazia cara de assustada, mas estava cheia de agua na boca.

- Da um beijinho nele, dá?

- Posso, papai?

- Pode.

Você atendeu na mesma hora. Colocou a lingua pra fora e deu uma lambida longa da base até a cabecinha.

- Ele tem um gosto tão bom.

- Então dá uma chupadinha nele.

Você beijou e deu chupadinhas no meu pau de lado, como quem chupa um picolé. Sua lingua tão grande e molhadinha fazia ele pulsar na sua boquinha. Quando você chegou na cabeça, engoliu e começou a chupar. Dava sugadas, babava, lambia a saliva que escorria e voltava a chupar a cabecinha.

- Sua porra tem um gostinho tão gostoso.

- Você gosta, putinha?

- Gosto papai.

- Então engole ele até o fundo.

- É muito grande, papai. Vai me engasgar.

- Eu mandei você engolir!

- Mas eu não consigo.

Eu peguei no seu cabelo de repente bem forte, deixando sua cabeça um pouco inclinada pra tras. Coloquei o meu pau na sua boca e fui empurrando sua cabeça. Você engoliu ate a metade e tentou sair. Eu continuei forçando sua cabeça pra baixo, e você aos poucos fois engolindo até sua boca tocar minha virilha. Eu soltei seu cabelo e você tirou a boca e começou a retomar o folego. Estava toda descabelada e ofegante. Eu levantei na cama te pegando pelo cabelo e te coloquei de joelho na minha frente.

- Vem ca pra eu foder essa boquinha.

- Você vai gozar na minha boca?

- Vou, mas você tem que pedir.

- Me da leitinho, papai.

Você começou a chupar, lambendo ele todo. Sugando desde a base ate a cabeça. Lambeu as bolas, engolindo e chupando. Depois enfiou ele na boca e começou um vai e vem bem rápido. Eu segurei no seu cabelo e comandei o ritmo. Estava me controlando pra nao gemer muito alto.

- Goza na boca da sua putinha vai papai?

Voce pediu enquanto tocava uma punheta com meu pau no seu rosto. Voce coloca a lingua pra fora. Lambia de cima a baixo e voltava a enfiar ele na boca pra chupar. Eu senti que estava quase gozando. Te segurei pelo cabelo e dei um tapa no seu rosto pra voce parar de mover. Entao prendi seu cabelo entre os dedos e comecei a foder sua boquinha colocando só a metade do meu pau. Conforme sentia que o gozo estava chegando eu comecei a socar mais rápido e mais fundo. Meu pau ja estava batendo na sua garganta, voce engasgando e babando ele todinho. A baba caindo na cama e no seu corpo. Você acariciava a bucetinha bem rapido com movimentos curculares enquanto eu fodia sua boquinha e gemia bem baixo.

- Ah, eu vou gozar, sua puta!

- Goza papai. Enche sua puta de leitinho.

- Abre bem a boquinha, vagabunda vou te encher de porra.

- Ain, dá papai. Dá leitinho pra sua puta.

Eu aumentei o ritmo da punheta, vc abriu a boca e pos a lingua pra fora enquanto se masturbava ajoelhada na minha frente. Meu gozo veio saindo forte e eu nao consegui segurar o gemido. O leitinho saiu e encheu sua boquinha e seu rosto. Voce engiu ele todinho e sentiu minha porra descendo pela garganta. Você esperou eu gozar ate o final, depois começou a chupar e lamber meu pau. Deixou ele todo limpinho, depois deu um beijinho na cabecinha. Você abriu a boca e me mostrou o leitinho la dentro, fez uma cara de puta e engoliu tudinho me mostrando depois a boca vazia e a lingua de fora. Lambeu os labios sem deixar nenhuma gotinha.

- Voce gostou do leitinho?

- Sim, eu quero mais papai.

- Ainda tem bastante aqui pra você.

- Vai gozar na minha cara de novo, papai?

- Não, dessa vez eu quero ver a porra escorrendo da sua bucetinha depois que eu foder ela todinha.

- Mas eu sou virgem papai.

- Eu sei, mas a partir de agora você é minha putinha. E eu vou fazer o que quiser com você. Todo dia você vai esperar nossos pais dormirem e vai vir pro meu quarto pra me servir, entendeu?

- Sim. Eu sou a putinha do papai.

- Ótimo. Você nem imagina o que te espera.

Novo site galera! Visitem! contos e muita putaria http://kxcontos.blogspot.com.br/

Comentários

20/05/2018 10:25:44
Excelente
15/12/2017 15:44:36
Uaaaaaaau! Nossa! Quente

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


nivinha com o pacote em chadinhoxvidio mocinhaConto comi minha irmãna fazenda de amigos novinho conto eroticoadoro uma rola gg me rasgando contoscomendo cu da sogra da minha sobrinha contosincesto ganhando chupada de aniversarioXVídeos pornô mãe f****** com filho dos filhos f****** com mulher ingrataConto erotico estou louca pela picona do meu cunhadoXVídeos real amador verdadeiro marido chega em casa mais cedo ovo gemido da esposa e grava escondidovideo amador gozando dentro gratisnegras da fo pra pirocudo e chorao xvidio.comXVídeosporno Malícia pareijornalista77 contos eroticofilme porno onde um perfume despertava desejovideos novinhas fazendo sequioso e gozandocasada.comcrente dando pro.comvelho.contoirmao sacana espera sua irma dormir para abudar dela coloca seu pinto na boca e gosavídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortitomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornoliteralmente engatada com dogxvideos. buçetá de eguaContos zoofilia postados em abril d 2017xvidios outros puraifilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhocontos eroticos injeçaovideo de sexo com novinha com varios moleque no igarapéloirinha perguntava se fodia gostoso xvideosxevideo mulher dormido e rola entrandolevantei o vestido da minha nora contosmolekes.pelados.com.a.rola.melada.de.espermafilhinha da a buceta para irmao e padrastocontos eróticos meu cunhado pausudo mi arronbou todos os buracos tia de leg balacado as pernas abertas xv.sobrinha ainda sem peitinho 13 contoTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analmulher passa margarina ela pelada e no cu bem gostosoNinfetas mamando rola no cinema contoseroticoscontos eroticas provoquei meu cunhadoconto casada chantageada pelo senhoriopornor doido homem batendo poletacontos gay virei menina sissycontos vi uma mulher cagandoQuero assistir filme pornô mulher sendo arrombada pela uma muda de limãoporno video tia fodeno seu sugrinho virgem ele broxa nelaMeu primo playbou carioca conto gay cap 3contos de corno que deram o cualexandres putos poa de calcinhacontos eroticos d maridos q gostam d veh sua mulher fuder cm pirocudo dentro d ksacarroceiro socando com forsa na novinhadvd porno vizinho come cu vizinha a forcamulheres sexo com monstroscontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornosvídeo pornô Sport segurando marido comendo o cuzinho da comadre a forçamorri de pornô com a Gretchen chupando uma pista de um homem no vídeo pornôQuero comer seu cuzinho tenho local ferraz de vasconcelo liga no zapRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliaele a enrabala e ela a cagar.se pornofilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetocontos porque virei crossdressingContos eróticos de mães evangélicas e filhasvideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidochupou a buceta da india ate ela gozarconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cuconto novinha marrenta estrupada pelo irmaosbundudas com o capeta no baile funkcontos eroticos A Dama e o Bruto seja ativo dia 27 estarei vídeo pornô adoro que você vai vir te dariaComo perder o bv comendo o vomito e cagando no ventiladorpasando a mào na buçta da gostosaputohomem damdo o cu e rebolandomãe bem velha tropa do com filho sexo incesto contos vídeos todos novosCONTOS SEXO NO COLObelo sexo dormindo de conchinha com a titiagostosa.foi.faser.xixi e.tarado.atacoldesejo o pai sair e comeu a madrastaxvideo comendo a escrava fujona no troncovideo de mae assustada com o tamanho do cassete do filhoxvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cupai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenporno vidios mulher vestida de mamae noeu engatada com cachorrocontos eroticos vizinha ladravelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadasdoce nanda parte IV contos eroticosQuero comer seu cuzinho tenho local ferraz de vasconcelo liga no zapfotos incetos do sexo com entiadas pau gigantes comendo novinhasobesa da virilha toda assada pornôPadrastro fódendo o çucontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadomulher.cal.fiudentalminha esposasuruba relatoconto eroticos variss garotinhas muito novinhacontos eróticos peguei minha esposa com um travesticasada com raiva do marido so querer ir para o bar sai e da a buceta para estranho no motelGostosas peladas com silicone na bumda que fazen os guri bate punhetax vidio vovinha safada caiu