Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Abusada pelo amiguinho do meu filho

Autor: Roberta
Categoria: Heterossexual
Data: 21/12/2017 16:26:07
Nota 10.00
Ler comentários (12) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como descrevi em meu relato anterior, depois daquela inesperada manhã com Lucas, o amigo adolescente de meu filho, prometi para mim mesma que aquilo nunca mais se repetiria. No entanto, a insistência de Lucas não cessava, enviava várias mensagem de WhatsApp por dia tentando me convencer a uma nova aventura, mensagens estas que a princípio eu respondia tentando desencorajá-lo e posteriormente simplesmente não mais as respondia. Em paralelo também procurei manter certa distância dele sempre que nos encontrávamos, evitando assim qualquer interpretação conveniente para ele.

Acreditava que tudo corria bem até que Lucas apareceu de surpresa em minha casa da mesma forma que tinha feito na primeira vez, no horário que meu filho foi para escola e ele deveria estar junto. Desta vez abri apenas uma fresta da porta e imediatamente tentei convencê-lo a ir embora:

- Lucas vai embora! Você deveria estar na escola agora!

- Deixa eu entrar tia, queria te ver.

-Não deixo não, vai embora. Imagina se o Lucas ou seus pais descobrem isto (só depois me dei conta que não citei meu marido rs.).

- Deixa eu entrar tia. Só um pouquinho, só quero conversar sobre o que aconteceu.

Depois de alguma insistência acabei cedendo e permiti sua entrada. Claro que eu tinha noção que não era só conversa que ele queria e que, no fundo, era quase impossível aquela visita ficar só na conversa. Até porque meu inconsciente desejava uma outra manhã como aquela, já tinha fantasiado com isto muitas vezes. Mas acreditei no meu racional e tinha certeza que poderia persuadi-lo. Assim que ele entrou insisti para que ele se fosse:

- Lucas, não temos nada para conversar, aquilo que fizemos foi legal mas foi só aquela vez, não pode se repetir, tá bom?

Por que não tia?

Porque não.

Olhando fixamente para meus olhos Lucas emendou em um surpreendente tom irônico:

- Você gostou, né tia?

Fiquei sem reação por um instante. Não esperava aquela pergunta/afirmação do menino envergonhado que conheci, muito menos naquele tom confiante. Mas mais uma vez tentei demovê-lo da intenção, desta vez de uma forma um pouco mais incisiva:

- Para com isto, vai embora menino!!! Chega de palhaçada!!!

Novamente Lucas usou a estratégia que deu certo anteriormente e avançou em minha direção, segurando fortemente meus braços e forçando um delicioso beijo. Meu racional foi embora instantaneamente neste momento, logo grudei meu corpo no dele e senti novamente seu membro duro pressionando minha virilha.

Lucas interrompeu os beijos e me despiu em uma velocidade impressionante, me levando logo em seguida para o sofá, nitidamente sem a vergonha e o pudor que demonstrou no primeiro encontro. Enquanto eu permanecia sentada, Lucas também tirou sua roupa e ajoelhou-se à minha frente, levando de imediato sua boca ao meio de minhas pernas.

Depois de me levar a loucura em um período de lambidas e chupadas em minha bocetinha, foi a vez dele se sentar e, segurando fortemente meus cabelos, me posicionar ajoelhada com a boca em seu membro. Sem soltar de meus cabelos ditou o ritmo e profundidade dos movimentos de minha boca, muitas vezes me fazendo engasgar e ter ânsia com a cabeça de seu membro batendo no fundo de minha garganta. Quando eu já sentia sua respiração bem mais ofegante e aguardava apenas o momento de sentir seu leite em minha boca, Lucas tirou meu rosto daquela posição e olhando novamente em meu olhos disse com voz firme:

- Fica de quatro tia que vou comer seu cú agora!

Confesso que aquela postura mais rude de Lucas me assustou um pouco. Em contrapartida também me deixou super excitada, foi uma sensação inusitada e ao mesmo tempo muito gostosa me sentir submissa a uma quase criança.

E apesar não ser usual na relação com meu marido, a idéia do sexo anal também me agradou no momento. Pedi um tempinho e fui buscar um lubrificante que por sorte há muito tempo permanecia quase sem uso em meu criado-mudo.

Assim que retornei Lucas levantou-se do sofá e pegou o lubrificante de minhas mãos, me empurrando levemente em seguida até que eu me apoiasse no sofá e me posicionasse de quatro como tinha “mandado”. Perguntei sobre a camisinha e obviamente ele respondeu que queria sem, imagino que por ele nem ter pensado em trazer o acessório. Despejou uma boa quantidade do lubrificante no meu traseiro e com os dedos fez uma parte dele melar meu buraquinho, espalhando o creme dentro dele, mas não perdendo muito tempo na preparação. Nem sequer penetrou muito os dedos. Lambuzou seu membro também e rapidamente o apontou para minha entradinha. Segurando fortemente meu quadril forçou a cabeça de seu pau por alguns instantes, como se estivesse dando marteladinhas, até que conseguiu penetrar parecendo ter perfurado um saco plástico esticado. Não me deu tempo nem de respirar e enfiou em uma estocada só. A dor foi insuportável, senti todas minhas pregas arrebentando, meus olhos instantaneamente lacrimejaram e acabei dando um espontâneo grito seguido de um sonoro palavrão. Só não recuei naquele instante devido à força que Lucas empregou para me segurar pelo quadril. Lucas parou um instante com o membro atolado em meu rabo, talvez pela minha reação do momento, mas logo iniciou movimentos de entra e sai bem lentos, o que me aliviou um pouco. Aos poucos a dor foi se misturando ao prazer, me levando a eminência de gozar. Mas antes disto acontecer Lucas acelerou o ritmo, seus gemidos até então discretos se transformaram em quase gritos e as estocadas bem mais fortes, revelando que estava gozando como um cavalo dentro do meu rabo.

Logo em seguida ele desatracou, deu um pesado tapa em meu traseiro e sentou-se no sofá novamente, o que aproveitei para fazer também. Lucas se levantou quase que imediatamente, ajoelhou-se novamente à minha frente e passou a passear com a boca e a língua em minha bocetinha molhada, dando leves mordiscadas em meu clitóris e penetrando os dedos em certos instantes. Também não precisou de muito tempo para eu gozar como uma cadelinha, tal a excitação que ainda estava pela ação anterior, mesmo ainda sentindo uma razoável dor no local.

Neste momento, enquanto eu praticamente apaguei no sofá, Lucas levantou-se e vestiu rapidamente sua roupa. Despediu-se com um beijinho no rosto, como sempre fazia quando visitava meu filho, mas emendou falando de um jeito que imediatamente me causou uma certa preocupação:

- Tchau puta vadia. “Minha” puta vadia. Você é uma cadela deliciosa, mas é só minha. Tá bom tia?

Embora eu ter adorado ouvir aquilo, e talvez por este motivo, a forma como ele falou me fez perceber que, mesmo sem intenção, estava me tornando uma amante daquele menino, menino que estava virando um macho bem filho da mãe. Não consegui responder, mas ele também não esperou por nenhuma resposta. Simplesmente se dirigiu para porta e foi embora.

Os dias que seguiram aquela manhã foram um martírio para mim. Não conseguia parar de pensar que meu filho e meu marido não mereciam o que eu tinha feito. Para piorar, no íntimo, sabia que aquilo não ia terminar ali. Era só esperar...

Comentários

15/01/2018 20:38:45
Minha linda, gostei do seu conto. Com vários detalhes, nos permitindo viajar através dos fatos. Esses jovens, quando conseguem uma vez, querem várias e não desistem. Eu também estou aguentando um ex-aluno, só que no meu caso, meu marido sabe. Quando puder, leia o relato. Nota máxima pra ti... Beijinhos.
08/01/2018 18:17:36
Hummmm, anotei! Que não outra nota, senão 10! Bjussss
08/01/2018 16:40:52
Continuação deliciosa, conseguindo ser ainda melhor e mais excitante. Os jovens com os hormônios à toda querem direto, ainda mais depois que conseguem a primeira vez. A historia pelo jeito não vai parar por aqui. Se aconteceu, conte para nós. Grata por mais uma visita. Beijos.
30/12/2017 17:35:06
Depois que cedemos uma vez, fica dificil impedir as vezes seguintes. Os jovens sempre querem mais e mais. Mesmo o nosso racional dizendo para negar, o apelo do corpo é mais forte e acabamos nos entregando aos desejos lascivos. Sei bem como é isso. A continuação foi tão excitante quanto a primeira parte, especialmente na parte do anal. Agradeço tua visita. Escreva mais. Beijos da Vanessa.
26/12/2017 13:49:18
Relaxa Roberta e curte o momento, mas seja discreta com o maridão e o filhão. Adoraria conhece-la pessoalmente. BIGbeijo. [email protected]
22/12/2017 19:56:55
Delicioso ler conto tão excitante. Excitante, também, foi relembrar época em que, ainda bem jovem, fui sexualmente conquistado por uma mulher de mais idade, casada, mãe de família, loira, olhos azuis e uma bunda maravilhosa. Qualquer hora crio coragem e posto o conto para todos.
22/12/2017 16:11:12
Delicia de conto, parabéns !! Minha esposa tb é bem putinha safada, confira nossas aventuras ... Temos um blog para maridos liberais, esposas putinhas e comedores de casadas: http://clubedosmaridoscornos.blogspot.com.br/
22/12/2017 10:28:16
A relação e sua preocupação andam em sintonia e tem a mesma profundidade. Perigo e tesão são os temperos do seu relato
22/12/2017 04:07:15
Nossa que conto delicioso.
22/12/2017 00:45:23
Maravilhoso.
21/12/2017 23:54:56
Nossa q tesão de conto, se quiser escreve pra mim e vamos conversar, fiquei interessado [email protected] te espero
21/12/2017 17:52:16
Hmmmm e eu já estou aqui esperando os próximos rs Delicioso! Beijos e leia os meus tb

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno doido so chupança de buceta. com muita fomedoce nanda parte cinco contos eroticosporno mae surpreebdidaxvıdeo novınha de bıquınıComo perder o bv comendo o vomito e cagando no ventiladormae gozou loucamente no pau de 25cm dp filho dotadpvidio di hme k toroco disexominhas condiçoes de corno contos eroticoAs novinha que adora chupar i tamar a porrafui dançar e fui fudida por um pauzudowww.porno zoofilia.com/dando buceta virgem engatada dois cachorros?quero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****ver contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosnovinha com pouco pentelho contosbucetinhas e cuzinhos lisoscontos esfolei o anus da mamae bebadaEnteada fica sem calcinha e vai deitar mais o padrastopornô doido comadre entre pica grande negãocontos eroticos minha mae com aminesiaconto gay perdi a aposta fui descabacadoincesto com meu vô contoscontos nao resisti vi a buçeta da minha mae bebadaintiaada chupando pau do ppadrasto desmaido de sonoEu Queria arranjar uma queria que passasse um filme para mim né e mulher pelada para mim entendeuconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marramae punhetando filho quietinho no sofairma durmindo e irmao enfia pinto na boca delabundudas com o capeta no baile funkeu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkcontos eroticos namorada vendada pica irmãoMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetadoce nanda contos eroticostecido brilhoso pornvidio porno bate popa vol casadamae icestuosa desabafo de maeContos eróticos minha mãe e os cubanos - parte IVxvıdeo novınha gozando muıtomulher com marido nabalada sarano outro pornocuzinho mulher no comando rebola analhomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexocontos eroticos de menias q deu seu cabaçinho bem novinhas por que sua obrigou a trepa com seu companheiro taradoVer garotos com 16 cm de picameu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticox vidio comtos eroticos flaguei mamãe evideos porno mulher goza muito se afrouxa as pernasquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeosmeu patrão desejou comer a minha namorada vídeo pornô cornos Aracajuum homem totlmente nuXvideo mobile Filha tem buceta pilucoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidiobucetuda xoxota acucaradaxvideos/estavamos asistindo tv e minha sogra me chupouxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanaVideos de zoocadela no cio piroca nelawww.com.xvudeo page mulhe dançano antes de darcontos porno com padre gaygravidas com picudos/contos atuaismulher com grelo grande encara um big pau vejavideos porno de crente lombuda com vestido trasnparentecontos eu meu padrasto fodemos gostosovídeo pornô homem c****** no pau do outro homem saindo bosta do c* do Cupim na pica no c******** e grossacontos eróticos iniciada por minha tiabaixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delequal a função de um corno manso assumidopai mamou minha rola sexocontoporno meti na minha irma com forca e fiz ela pular e gemerjege tarado arromba tua dona apaixonado vidio pornobrincando escanchada contos pornoconto comendo cu na marra da santistapornodoidomadrasta me oçhandoesposas q 25cm de picaContos jovem faz anal varios homens e cuzinho fica dilatado e dilaceradoXVídeos pornô mobile peitões colchones com doisvideo d masoquismo sensacao gostosa fortrd caricias q causam dor e leva ao orgasmo video completoContos novinha cuzinho depósitoContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rola