Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Putinha do Tio na Casa de Praia

Autor: JuJuba
Categoria: Heterossexual
Data: 31/12/2017 17:39:29
Nota 10.00
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Era verão, um calor insuportável aqui em Porto Alegre, quando meu Tio me convidou para passar um fim de semana na praia de Magistério, junto com a sua esposa e meu primo de 8 anos. Meu Tio Carlos tinha 45 anos, corpo robusto e forte, cara e corpo de macho. Eu tinha 18 aninhos recém feitos, loirinha, olhos castanhos, 1,65 de altura, coxas grossas da academia, bunda redondinha e seios bem durinhos. Além é claro, de um bronzeado de dar inveja, sempre deixando aquela marquinha de biquini que os caras tanto curtem.

Cheguei lá de manhã cedo, cumprimentei eles, mas percebi já de cara meu tio me olhando de uma forma diferente. Talvez fosse pelas minhas roupas curtinhas e grudadas ao corpo pelo suor, mas parecia que ele me engolia com seu olhar. Sempre gostei que atrair olhares masculinos, adorava me sentir desejada pelos homens de onde eu passava, por isso sempre usava roupas curtas só para provocar tais reações, mas nunca imaginei arrancar isso do meu tio.

Logo quando cheguei, tomei um banho e pensei em colocar algo mais provocante. Estava louca para ver até onde seus olhares iriam me perseguir. Coloquei um shortinho amarelo de tecido justinho e fino como um pijama, do qual dava para ver o contorno da minha calcinha branca, e também um topzinho preto que mostrava a marquinha do interior dos meus seios e fazia eles quase saltarem pra fora.

Quando sai do banheiro, meu tio me olhou atento como se estivesse olhando para um pedaço de carne, um verdadeiro banquete pra saciar todas suas vontades:-"Pelo jeito tu anda malhando bastante hein Ju?". Eu dei um sorrisinho e disse:-"Que bom que tu reparou". Durante o dia todo percebi seus olhares passarem pelo meu corpo, como um predador observa sua presa, só a espera de um momento para me atacar. Passamos o dia conversando enquanto eu flertava de leve com ele, até que ele sugeriu de irmos ao mar. A esposa e o filho dele disseram que só iriam quando o sol baixasse, então seriamos só nós dois mesmo.

Fui ao quarto e coloquei meu biquini vermelho, sempre escolhia um número a menos para ficar bem justinho no meu corpo, mostrando bem as marquinhas laterais dos meus seios e quase dividindo meus lábios, tudo para atrair os olhares dos machos.

Meu tio já olhava de forma desinibida pra mim, como se não ligasse mais se eu fosse notar, acho que de tanta vontade de me ter. Chegamos na praia após poucos minutos de caminhada, ele se sentou numa cadeira de praia e eu estendi uma canga e me deitei de costas pertinho dele.

Peguei o bronzeador e alcancei para ele dando um sorrizinho:-"Passa nas minhas costas pra mim?". Ele parece que amou a ideia, se ajoelhou perto de mim e começou a massagear as minhas costas com o bronzeador, o toque daquelas mãos quentes na minha pele começou a me excitar. Ele ainda me olhava e dizia:-"Tenho que esfregar bastante né Ju,não dá pra correr o risco de ficar toda queimadinha depois". Depois de massagear bem as minhas costas, pedi para que passasse nas minhas pernas também:-"Tio,não esquece de passar nas minhas pernas também". Ele parecia que tinha ganhado um prêmio e imediatamente encheu as mãos de bronzeador e começou a alisar as minhas coxas, eu soltei um gemidinho na hora:-"Aii...É que ta geladinho sabe". Meu tio deu uma risadinha e continuou me esfregando. Eu conseguia sentir a ponta dos seus dedos querendo se aproximar do meu biquini, que já estava todo molhado numa mescla de suor e sucos da minha buceta.

Eu conseguia sentir que ele apertava forte a mão nas minhas coxas, sentindo elas todinhas nas mãos, quando ele subiu um pouco mais na direção da minha bunda:-"Não dá pra se esquecer do bumbum né?"e deu aquela risadinha safada denovo. Como eu não reagi contra, ele foi subindo a mão, passando elas bem devagar pelas minhas nádegas, com os dedos quentes quase tocando na entradinha da minha buceta. Estava toda molhada já, com aquelas mãos me alisando e me apertando forte, como um macho de verdade faz.

Depois de alguns minutos ele parou e se sentou de novo na cadeira, ali ficamos por algumas horas até o sol começar a baixar e então a esposa dele e meu primo apareceram. Logo depois eu me levantei, peguei minha canga e olhei pro meu tio:-"-Vou ir pra dentro já, não quer vir junto tio?" ele se levantou e nisso a mulher dele avisou que ficaria ali por algumas horas.

Finalmente, eu e meu tio sozinhos dentro de casa. Tomei uma ducha e decidi ficar só de toalha mesmo, enquanto a esposa dele não viesse. Esperei ele sair do banheiro e nos sentamos no sofá para assistir TV. Até que me levantei para ir a cozinha pegar sorvete, aproveitei e servi para ele também. Enquanto estava no balcão, percebi que ele estava olhando fixamente para minhas coxas, então resolvi mostrar mais um pouquinho pra ele. Levantei minha toalha, dando visão completa para ele da minha bunda marcadinha pelo bronzeado, abaixei de novo e levei as taças para o sofá. Ele ficou me olhando como se esperasse por um sinal para ir pra cima, e eu dei, olhei fixamente nos seus olhos e derramei um pouco do sorvete no topo do meu seio:-"Limpa pra mim Tio". Ele deu um sorrizinho e se jogou encima de mim lambendo todo o sorvete de cima do meu seio. Eu simplesmente me entreguei, ele me agarrou com violência, como se estivesse aguardando tempo demais para fazer aquilo.

Meu tio começou a beijar minha boca enquanto tirava minha toalha, revelando meu corpo pronto para ser usado. Ele passou a beijar meu pescoço, me fazendo tremer de tesão, foi descendo sedento pelo meu corpo, abocanhou meus seios, chupando com força quase me machucando mas eu adorava. Com uma das mãos ele começou a massagear minha buceta me fazendo gemer alto, até que ele deslizou dois dedos bem fundo pra dentro, me fazendo gozar na hora. Ele continuou com os dedos e desceu com a boca para meu grelinho, sentindo aquela boca geladinha por causa do sorvete me chupando me fez quase perder a consciência de tanto prazer. Depois de me derreter na boca do meu tio, ele se levantou e tirou o calção, revelando aquele pau grosso, cheio de veias e uma cabeça roxa esposta para mim:-"Agora tu vai usar essa tua boquinha, piranha".Eu me ajoelhei, cuspi naquele pau duro e começei a mamar, ele ia gemendo de prazer pra minha boquinha:-"Nossa,que boquinha deliciosa...puta que pariu", continuei mamando gostoso, sugando tudo que podia daquele cacete, até que ele puxou minha cabeça pra trás:-"Calma piranha,não vou te dar leite ainda....agora deita".

Me deitei de quatro no sofá e meu tio começou a esfregar a cabeça da rola na entradinha da minha buceta, eu rebolava e tentava encaixar nele, mas ele queria me provocar mais;-"Quero que tu implore pelo meu pau", eu olhei pra trás com uma carinha de safada:-"Me fode...com força". Ele agarrou minha cintura com força e deu uma estocada com toda força, me arrombando todinha, nunca tinha sentido um pau tão grosso, o pau de um macho de verdade, não um pau de moleque dos que eu tava acostumada. Ele foi estocando com violência me fazendo urrar de prazer, ele ainda aproveitava e me batia com força na bunda, eu sentia ela queimar como fogo a cada tapa, era delicioso ser tratada assim pelo meu tio. Meu tio a cada tapa ainda falava:-"Agora tu vai ser a putinha do titio..vai", enquanto me rasgava por dentro com aquele cacete grosso, até parar e me virar de frente pra ele, colocar minhas pernas por cima dos seus ombros e meter com tudo de novo.

Naquela posição era diferente, ele conseguia penetrar bem mais fundo me fazendo gritar de tesão, além de ver a cara de prazer do meu tio sentindo a minha buceta se apertar envolta de seu pau. Continuamos por um tempo até ele gritar:-"A putinha quer leite é, então vai levar bastante"ele começou a meter mais rápido e enquanto gritava de prazer, gozou tudo que tinha pra dentro da minha buceta, urrando de prazer a cada jato que saia e me preenchia. Depois de me lambuzar toda, ele tirou o pau e nós tomamos fomos tomar banho.

Conseguimos sair do banho antes da esposa dele voltar, e durante o resto da noite nós ficávamos nos provocando discretamente sem que sua mulher visse.Ainda tinha que cuidar para não mostrar os vergões que ficaram na minha bunda que continuou ardendo por um bom tempo.

Esse foi o primeiro de muitos deliciosos finais de semana naquela praia, mas esses ficam pra próxima.Beijos.

Email: [email protected]

Comentários

01/01/2018 23:27:06
Nossa VC deve ser uma delícia mesmo, mandei um e-mail, te espero, [email protected]
31/12/2017 18:15:37
Que sobrinha mas puta e exibida ..bem oferecida, maravilhosa
31/12/2017 17:55:11
Ju, que delicia! Me deixou louco de tesao aqui... bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


postei vídeo da minha namorada pelada montado numa jumenta O bicho é gostosa e boacontosgosandodentroum uisque depois de um cigarro pornocontos saunas velhos chubbys gaysporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestoporno sem casaminhasmeu padrasto me vigiava tomar banho um dia ele comeu meu cuvideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadavideos de sexo pratoa pegado a enpegada batedo uma xiriricabebes crescidinhos porno gay amadorconto erotico primeiro boquetehomem escroto excitado gozando gemendo no grelo pra caralhocontos minhas amigas fizeram uma festa e me comeram com consolo elétricodoce nanda parte cinco contos eroticoshttps://www.pornodoido.com/video/esposa-traira-e-fodida/punhetamdo no cinema boafodapor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornorelatos eroticos Elen Reginacontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finoconto erotico transei com o irmao do meu esposocontos gays de meninos passivinhos com machos maduros/dando meu cuzinho aos homens desde meninosou adepta a zoofilia virei cadelanovinga da favela fazendo menagem depois da aulaPUNHETEIROS NOIVINHOS AMADORES FAVORITOSmuleke come buceta na cachoeira sem camisinha na matabaixar jogos de Ferrari deixando o rapaz tirar o sutiã dela para mamar nos peitosvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandecontoseroticos-estuprada por 2 cachorros roludoquero ver vídeo 2017 mulher pelada transando comigo numa na cama de box altonaincesto com meu vô contosmaoate ganacontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delavideo pono colocono shotinho diladinhovideo porno jotalhaocasada corno.dirigindo ela aprontou contosconto erotico gay colega de quartovídeo pornô de mulher arrotando dando para baixinhomulher toma susto com rola bucetas molouquero ver um filme pornô a mãe transando com filho e a mãe forçando para transar com ele pedindo para o fiscal na b***** dela que ela tá lindamulher.cal.fiudentalsexo explicito sogro de olho nanora de fio dentalvídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãoxvidio homem velhoe mulher bem velha tranzandobundas que mexem em cima do caralhoComo se escreve “ manda video porno ” em inglesMeu marido é um corno e viado do primo deledei minha virgindade promeuirmãogêmeonovinga da favela fazendo menagem depois da aulavídeo de uma mulher é o cara para tirar a virgindade dela pegando ela pulsaesposas pedem para estranhos tirar camizinha pra gozar bucetao delaspatrao do pao gigante fode estagiario mundobichamenina mãeporno da parra doi caraconto erótico gay fui comido no internatocontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeuporno namorada nao gue da cu mai eu voteta"a história de betinha"porndoido lesbicas 2amigas uma olhando a outra se masturbandoconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosarreando a calcinha pro clacudo gozarporno moçambicano putas gemendo e falando coisas escitantes.Contos eroticos mamae gulosa mamando no pauzao do filho e dos amigos dele e depois fode com todos eles juntos em uma orgia na sala de casa.contos eróticos bem depravado de bem picantecontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idadexvideo so tesuda zaradasexotc.commete essa piroca noeu cu mim arba porno doidoxvideo menina de meno gosano e tremeno as penavideosxxx minha esposa comportada servindo es amigoscirleia bucetudasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaocontos eróticos minha mãe parte 4XXVIDIO.COMEU.ASUACUNHADAcanil de cadela zoofilia pornoCOROA japonesa FOI PARADA NA RUA E ACEITOU FUDER