Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A professora e o Aluno 1

Autor: Vicky123
Categoria: Heterossexual
Data: 05/01/2018 01:19:23
Nota 9.14
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá a todos meus leitores. Meu nome é Lara, e sou professora do ensino médio. Sou um pouco gordinha, mas tenho peito e bunda, e é o que importa. Meu cabelo é preto e liso, e uso óculos.

Na minha sala, tinha um garoto. Este garoto era Rafael, um jovem daqueles excluídos, que nunca praticava exercícios, alto, branco, loiro cacheado e magro. Desconfio que ele, já no 3o ano, nunca tinha sequer beijado, e algumas meninas diziam que era gay. Mas era um ótimo aluno, apesar de distraído.

Tudo começou com uma aula de educação física. A professora, Bruna, era bunduda, bem definida, loira e um pouco bronzeada. Os alunos iam para a aula dela só para a vê-la, e eu também ia as vezes por isso.

Após o jogo (onde o garoto é forçado a jogar) ele se trocou no vestiário depois de todos, por timidez. Como eu sempre espiava os alunos, resolvi ver como era o corpo dele. Ele era magro, mas tinha um corpo bonito. Parecia um jovenzinho ainda, o que deveria o envergonhar, mas me excitava. Eu amava aluninhos daquele tipo, amava ser a professora deles. Eram os únicos que não assistiam minha aula apenas pela minha bunda. Quando ele foi tomar banho, tive que ver por um buraco na porta. Sorte que eu não teria esta aula, e a sala mal se importava com ele. Ele estava fazendo o normal para sua idade: se masturbando. O pau dele mole era minúsculo, mas eu esperava que fosse crescer quando ele ficasse duro. Mass...

Não ficou. Acho que ele precisaria de um incentivo maior. Fui até o banheiro e entrei.

-P-Professora, o que faz aqui? (escondendo seu pau)

-Vim te ajudar a ficar com ele duro.

Ele parecia assustado. Era mesmo um virgem. Eu tirei minha blusa e fiquei de sutiã. Desliguei o chuveiro e comecei a chupar. Aquele pau crescia, mas nunca totalmente. Parecia um velho.

-Qual o seu problema, você é gay como dizem?

-N-Não, não senhora.

Olhei para o saco pequeno dele e vi: Aquele garoto devia se masturbar constantemente. Claro que o pau não iria subir. Peguei minhas coisas e disse:

-Rafa, quero ver você na minha sala agora! Ou vai reprovar!

E saí. Fui para minha sala e esperei ele.

-Professora, me chamou?

-Sim. Sente-se aí.

Eu tranquei a porta e voltei.

-Tire suas roupas.

-Mas professora...

-Cale-se! Você sequer vai as minhas aulas, quer que eu te reprove? Tire agora tudo!

-S-Sim.

Ele tirou o casaco, a blusa, a calça e tudo mais. Quando terminou, eu tirei da minha bolsa um cinto.l de castidade. Meu marido como bom corno que é, anda sempre com um, e eu tinha um extra caso ele se revoltasse.

-O qie vai fazer com isso?

-Te impedir de se masturbar. Você vai virar um homem novamente.

E eu tranquei. Mandei que se vestisse novamente e que fosse para sua aula. Ele estava espantado, sua maior diversão iria acabar.

Uma semana depois, eu já notava uma diferença nele. Estava mais feliz e já tinha meininhas nele. Mas ele tinha medo de ir longe, já que estava com o pau preso. Ele até me olhava nas aulas, mas com outro olhar. Eu o chamei para minha sala, em mais um dia sozinha, e disse:

-Então, como anda o pau? Comendo menininhas?

-Eu preciso da chave! Preciso muito!

-Não até você implorar. Quero que tenha porra o suficiente para eu beber. Pode ir esperando!

Mais duas semanas tinham se passado, e eu recebo uma mensagem da professora de educação física:

-Professora Lara, precisamos conversar. É sobre aquele aluno estranho, o Rafael.

-O que ele fez?

-Estava olhando para minha bunda, admirando como nunca fez antes.

-E o que eu tenho a ver?

-Eu ouvi ele resmungando "Maldita professora Lara!" Você tem algo a ver com isso?

-Então amiga, sabe o que é, eu prendi o pau daquele moleque numa gaiola peniana para ele deixar de se masturbar e ficar duro novamente. E eu quero te fazer uma proposta, para daqui a uma semana...

Após uma semana, completando um mês, ele devia gozar só de pensar em nós. Pensamos em aproveitar o grande dia. Eu procurei o número dele e atendi:

-Quem fala?

-Olá meu aluninho precoce! Hoje é o grande dia! Venha a minha casa as 14:20!

O moleque se arrumou todo, se depilou e ficou lindo. Até a mãe dele (que era bonitinha) iria amar ele. Mas enfim, o garoto já estava ansioso quando chegou. O fiz entrar, e meu marido estava na sala. Claro que o corno já devia saber o que lhe aguardava. O coloquei no meu quarto, coloquei uma mordaça nele de forma rápida e discreta e o joguei na cama. Mal tirei o cinto e o pau já estava duro. 20cm de tamanho, grosso e veiudo, aquilo era um pau bonito. Comecei beijando a cabecinha e lambendo. O garoto se contorcia na cama, mas amava aquilo. Seu pau já estava latejando na minha boquinha e ele gozou. O esperma dele era doce, mas eu cuspi em um copo. Ele seria útil mais tarde. Seu pau logo tratou de ficar duro novamente, aquilo que era um pau. Iria gozar por horas.

Coloquei na minha bucetinha, e

quem gritou fui eu com aquele pau virgem me preenchendo. Eu e o garoto estávamos suando, quando senti o pau pulsar. Tirei ele e fiz uma espanhola com meus peitos. Ele novamente gozou, desta vez no copo. Eu resolvi tirar a mordaça dele, e o beijei.

-Obrigado, minha professora!

-Pelo quê? Mal começamos!

Esfrequei minha buceta na cara dele. Ele começou a lamber ela, enquanto eu pegava noseus peitos. Ele era uma delícia, muito melhor que meu marido. Gozei na cara dele, que engoliu tudo. Eu mandei:

-Fica de pé!

-Você quer mais?

-Você aguenta?

Eu fiquei de quatro e comecei a rebolar no pau dele, que logo ficou ereto novamente.

-Pegue aquele copo e coloque toda aquela porra no meu cu e no seu pau!

E, usando a porra dele como lubrificante, enchi meu cu de porra e daquele pau enorme. Já sentia aquele pau bombar, mas estava já em um ritmo normal. Comecei a rebolar no pau dele e ele gozou, tudo dentro.

-Que cu maravilhoso, professora!

-E que desperdício você estava fazendo com esse lindo pau!

Coloquei um plug em mim e fiquei com a porra lá. Era um fetiche meu. Eu ainda aguentaria mais, mas estávamos cansados.

Meu marido bateu a porta e disse:

-O quê estão fazendo?

-Apenas brincando, amor.

-Tem uma mulher aqui.

A bela professora entrou com um short que mostrava a bunda, e uma camisa fina, sem nenhum sutiã.

-Garoto, será ela quem vai te ajudar no seu banho. Aproveite que depois nos encontraremos...

Continua.

Comentários

07/01/2018 11:14:50
Minha linda, gostei do seu conto. Também sou professora e gordinha. O que vc fez foi um favor para o menino, porém, eu não chegaria a tanto. A narrativa está ótima, com detalhes nos permitindo viajar através dos fatos. Nota máxima pra ti... Quando puder, venha me conhecer lendo os meus. Para achar, clique no meu nome. Beijinhos.
06/01/2018 02:29:24
Uaaaaaaaaau!!!! Adoooorei!!
05/01/2018 13:37:50
wow !!! que delicias de conto.. que tesão vc deve ser..que mulher gostosa..tesuda...sensual.. fogosa.. amaria chupar tua buceta e sentir teu gozo na minha boca..varias vezes.. manda logo a continuação.. me fala mais de voce.. me escreve.. beijos.. [email protected]
05/01/2018 12:10:47
Maravilhoso se alguma gata quiser tc chama no whats ONZE.NOVE, SEIS, NOVE, NOVE, SETE, TRÊS, SEIS, NOVE,NOVE MARCOS BJS NAS PEPECAS....
05/01/2018 08:04:51
Adoro esses contos com professora já comi várias mais sempre por amor e nunca chantagem e isso estragou a história
05/01/2018 07:46:01
O conto é divertido.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Conto erotico scat adoro ver a mulher peidandofodendo gestantesGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosaxvideos com pomba gira brasileiros encorporadasAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009Conto erotico gay traficante funkbrincando escanchada contos pornocontos erotico minha sobrinha veio em casafotos de profesor japonesa tamno abucetaotário ao extremo contos eróticosfamilia sacana tufoscdzinha virei empregadinha de um senhornó do cachorro incha zoofilia dicascontos erticos novinhos roludos comendo coroasconto erotico gay vaquejada capgritei quando ele botou na minha bucetaincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornoa infidelidade da irmã resolve dar a buceta ao irmão mais novocontos de esposa puta chupando varias rola na frente d cornohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulheramigo do meu maridinho tinha uma rolonairmão pauzudo fudendo a irmazinha mignon vídeo pornô ginecologista idoso não resiste a bucetinha apertadinha da paciente e a estrupa forçacontos eroticos estuprada pelo garivídeo pornô mulher que faz a outra gozar e da Paz e líquido saindogemendo que vai cagar enquanto toma pica no cuvídeos caseiro noiada no anal dói não docontos de sexo no carro metiii mais vaiconto erotico sou travesti e vendi meu cuela so goza cagando e gritandodei para um pauzudo e quase morriLevantaram o rabo da egua e mostrou a buceta delakid bengala com meno abuçeta de brazilerianegao enchendo cu do velhote de porraputaria brasileira posicao papai e mamae pra salvar no celularporno contos negao da mandiocacontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornoscontos eroticos de 2017 dia 20 de abrilporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridochantagiei a colega de trabalho e comi ela contosvidio porno de mulheris piquenas de 120 sentano ni rolas de 44 centimetrocontos me enrabou com straponchantagiei a freira contopassando protetor solar na teenzinha meti no cuzinho gratismãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradoporno mulhers efomeadashostorinha emquadrio porno mai tranza com seu filhovideo porno papai italiano comendo a filhinha italianinhacontos de zoofilia com macaco bem dotadoContoeroticosobrinhonovinhoAbusada de calça legueentregei uma pizza e mepagou com boquetezoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamenteconto na enchente comi a mulher do chefelavano a becetamulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalasexo gay preparar novinhos a perder o cabacozoofilia morena dos desejos anuncio[email protected]contos de calcinhas da tiadei minha esposa santinha a um comedortia dando uma licao no subrinho por ir mau na escola xvideos videosouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosContoeroticonovinhosafadosedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidofilme porno "a primeira vez ninguem esqueçe"Amo beijar os pezinhos dela principalmente usando rasteirinhas contosPUNHETEIROS NOIVINHOS AMADORES FAVORITOScontos eroticos com dean winchesterhistorias eroticas com saúnas masculinascontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosapornodoido travesti do brasil dano leite fartoconto de insetos de rasgando o cu apertadohomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carroConto gay viagem Onibus leitoComtoseroticos cegredodengosa do maridinhofilme casal insurportavel pornodoidoafilhada transando com comadre com cinta