Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha noiva grávida de outro

Olá, esse é meu primeiro conto, então peço desculpas se houver algum erro de ortografia.

Sempre fico fantasiando coisas desse tipo na minha cabeça e agora resolvi compartilhar com vocês. Me chamo Pedro e venho contar minha história com minha noiva Juliana.

Conheci a Ju no ensino médio e namoramos durante o último ano do colegial. Ela, mesmo sendo a putinha do colégio, nunca permitiu que fizéssemos sexo. Ela sempre deitava ao meu lado e ficava me beijando enquanto eu me masturbava.

Quando eu perguntava quando iriamos fazer amor, ela respondia:

- Lá vem você com essa história de novo! Você não gostou de gozar assim batendo punheta? Você sempre fez isso, agora não pode mais?

Eu, imediatamente, ficava quieto pois queria agradá-la a todo custo. Ela namorava comigo porque eu sempre comprava presentes, íamos em lugares bacanas e a Jú sempre se aproveitou disso. Como sempre fui tímido, tinha medo de não conseguir satisfazê-la, pois meu pau mede 13cm e é bem fino.

Eu assistia bastante pornô e de repente estava assistindo pornô gay. Isso despertou uma curiosidade de sair com algum cara e contei esse segredo para meu melhor amigo, o Adriano. Ele espalhou a conversa na escola e todo mundo ficou me zoando. A Jú, é claro, terminou comigo imediatamente. Algum tempo depois soube que o Adriano estava comendo ela.

Alguns anos se passaram e eu havia me tornado engenheiro, com um bom emprego, apartamento, carro etc. Mas ainda solteiro, pois nunca fui um macho alfa. Sempre me satisfazia no pornô ou com alguma garota de programa. Saí com algumas trans também, o que fica para outra história.

De repente recebo uma mensagem pelo Facebook e para a minha surpresa era a Jú, minha ex-namorada. Ela disse que precisava conversar comigo, o que aceitei imediatamente.

Fomos em um café e percebi que agora ela estava ainda mais linda e gostosa. Conversamos algumas amenidades e ela solta essa:

- Pedro, eu nunca consegui te esquecer, sempre te amei. Quer voltar comigo?

Naquela hora pensei “essa vagabunda pensa que sou idiota? Só pode estar de brincadeira”, mas não, amigos. O amor falou mais alto. Ela sentou ao meu lado e nos beijamos como nos velhos tempos. Eu disse:

- É claro, meu amor. Eu também te amo e sempre senti sua falta.

- Ai que bom, Pedro. Só tem um detalhe, mas acredito que não vá se importar: Eu estou grávida!

- Como assim, Juliana?

- O pai do bebê me abandonou, minha família não me apoia e não sei o que vou fazer.

Ela veio beijando minha bochecha, meu pescoço e fazendo carinho. Não resisti e disse que de agora em diante aquela seria a NOSSA criança, NOSSO filho.

Reatamos o namoro e a Jú veio morar no meu apartamento. Na nossa primeira noite juntos, fiquei muito empolgado, pois seria a primeira vez que faríamos amor. A Jú então tira a roupa, ficando só de lingerie, deita ao meu lado e diz:

- Tá na hora de você bater sua punhetinha, amor.

Fiquei perplexo naquele momento.

- Como assim, Juliana? Nós não vamos transar?

- Claro que sim, amorzinho! Eu te beijo enquanto você se masturba. (após dizer isso, ela riu de forma sarcástica)

- Mas amor, não vou poder te penetrar?

- Eu estou grávida e isso pode fazer mal para o bebê. Nós dois sempre fizemos amorzinho assim, não lembra?

- Lembro, amor. Mas eu achei que...

- Achou errado! Talvez após a gravidez eu deixe você me penetrar.

- Como assim talvez?

- Vai querer discutir agora ou bater sua punhetinha?

Ela veio me beijando e continuou dizendo:

- Vai amorzinho, tira o pintinho pra fora e bate uma punhetinha pra sua mulher, vai. Agora sou sua mulher!

- Como assim? Você chama meu pau de pintinho?

Ela continua toda dengosa e diz:

- Ahh amor... Eu chamo de pintinho porque você é meu amorzinho que vai ser meu maridinho.

Adorei ouvir isso, ser tratado dessa forma. Ela estava me manipulando como sempre fez na adolescência.

Ela ficou me beijando e não aguentei muito tempo. Gozei na minha barriga uma porra bem rala e a Jú disse:

- Nossa, amorzinho. Você goza bem pouquinho. Acho que isso não é normal.

- Por que não é normal, Jú?

- Porque os caras que eu costumo sair gozam bastante.

- Os caras que você “costuma” sair?

- Ahh amorzinho. Quis dizer costumava. Rsrs. É que faz pouco tempo que voltamos, né?

Aquela conversa sobre outros caras fez meu pintinho dar sinal de vida novamente e a Jú percebeu.

Dependendo do que vocês acharem, darei continuidade a essa história. Por favor, comentem e deem sugestões.

Comentários

04/01/2018 11:46:02
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (dezenove) nove, dois, três, Três, vinte e sete, nove oito!!! ou [email protected]
04/01/2018 01:44:41
Que delícia
03/01/2018 19:16:22
Po amigão banana é pouco pra falar, dai o resto como é uma anta nem vai acordar pra vida, frouxo, pinto miniatura, e sem atitude, tá feito, vai perder até as cuecas de pensão.
02/01/2018 09:55:00
seja bem vindo a cas a dos contos !! mande fotinhas dela pra mim deixa eu ver se ele é uma boa putinha e quanto a vc seja um bom corninho !!! estarei aguardando fotos dela ok [email protected] abraço ao casal
02/01/2018 09:54:53
Vixiiii eu fiquei Mais com dó de vc do que tesão coitado cai fora que é fria amigo. Por mais aque vc goste de Ser submisso pelo menos arrume alguém que deixa vc comela casar pra bater pubheta e melhor ficar solteiro
02/01/2018 09:43:04
Tá exageradamente humilhante. Troca essa fita aí porque não está havendo variação
02/01/2018 09:25:56
Ta dificil pra vc, hein? [email protected]
02/01/2018 07:11:39
Sim, nascendo um novo corno submisso e corno tem mulher gostosa pra machos fuderem...
02/01/2018 05:15:28
Que tesão!!! Muito bom.
02/01/2018 04:41:04
Continua sim!!!! Bem interessante!! Quero saber como vai ser a história!!
01/01/2018 19:41:40
Cara você aceita ser corno, não come a mulher, aceita ser humilhado e ainda vai criar filho de outro. Pra mim não dá.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksaputaria brasileira padrastro pegado a força a intiada virgem numca namorougostoza rabuda sendo encoxada por picudo ater gozsrgozda de mjlher cue gorra lonjeistoria da netinha qui o banhava lavando su cubuceta Vaqueiro fazendo sexo com a plaquinhaporno tira tira do cu auiiiiiihomens jovens enfuando penis shortinho curto adidas anos 80que ver conto erotico imao es piano imao novinha peladaporno contos negao da mandiocacontos eroticos com fotos madrinhas coroas com novinhos roludosdoce nanda contos eroticosconto erótico menino bonequinhaxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundocomtos papai me fez a pita do analconto no cinepornocontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cuenrabada pelo negao contossexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoContos etoticos filha rabudaporno incesto mamãe dese jeito nao consigo desfarsar meu tezaoVídeos de homens dando aquelas linguadinhas pornôpromo gostoso me fudeu contos eróticos gayporno vedio chupando buceta forçado padrasto sexo forçado direto safado estupro gozando gostosofodas narradas grannyesposa da cu sangra e estremece porno caseiroxvideos primo cheira po mas prima e nao resistifilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossosòmente no cuzinho da esposavideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetaprofessora do encino fundamental se masturbano pelada*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*priminhos na ferias do colejo fazem muita putariaxxx acordou com o irmao botando o pau na sua bucetaO filme corno manso de verdade existir pornonovinhas.abrir.buzentamulheres estupradas por varios homens roludos ao extremodoce nanda parte cinco contos eroticosestrupa filha e confessa yotubesou casada o meu cunhada me estorou a bucetinha contoscasa dos contos esposas pagando a divida dos cornos enroladoszoofilia cachorro engatado com mulher g************* de dias corridosajudinha da fucionaria do mercado xvideosa mulher se arreba negao em fim todinho na buceta sua bola entra na bucetafudendo a auiliar da dentista no banheiro pornodoidosobrinha abre a perna para o tiochuparporno doido botou amames pra chorarporno. cazano muita no vinhavídeos de sexo de contos na sacristiacontos eroticos tesao no filhoForcei minha mae e ficar nua conto incestodei minha esposa santinha a um comedoresposa crente novinha gostosa e o segurança do predio roludo contos eroticoscontos erótico transei com minha sograsexo anal hAaaaagarota ciclista bermufa socada na xanaevangelicas na zoofilia com cachorroConto gay policial fodido pelo marginalBAIXA VIDEO PORNO APROFESSORA ELIZABETI DA ESCOLA NANDEJAassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornocontos gay iniciadores de boys inocentes fotos gratisadorei a enconxada que ele medeu erotico aldidois gatos com jaqueta na cintura transando porno gayquero ver um vídeo de mulher transando com cachorro engatado usado berrando muito gayamigas chantageadas depois de furta pornogaby de touros-rn transando14aninhos xotas lizinhaperuas ricas viuvas safadasmanual de corno manso gatobomconto comi uma eguadescobrindo o amor 74 dr romântico mulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornobucetamelecazoogay 2016arrombando o cu da luzia contoscontos de sexo depilando a sogracabeção cantando xeretandocontos eróticos san e dean incestocontos de sexo com meu pai metiii vaii issocalcinha atirando de lado e mostrando abucetagozanu gostozo na bucita da irma dominu xvidesmenino de atrasou e pediu carona pra homem sarado na moto pornoeternos apaixonados cap 7 conto gay