Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

MINHA MÃE É ESCANDALOSA NO SEXO

Autor: PAULO
Categoria: Heterossexual
Data: 12/01/2018 00:45:53
Última revisão: 12/01/2018 00:46:39
Nota 9.17
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

E ai, galera! Eu vou ter que contar uma história que está entalada na minha garganta. Para muitos é meio pertubador, para outros é uma história reprovável. O que irei contar é sobre o maior tabu da nossa sociedade: o incesto. E para piorar, incesto entre mãe e filho.

Meu nome é Paulo, tenho 18 anos, mora com minha mãe Fabiana, 36 anos, e meu pai Luiz, 52 anos. Moramos no interior de São Paulo.

Minha mãe sempre foi muito extrovertida e folgosa. Sempre flerta com todos homens (no tom de brincadeira), mesmo na frente do meu pai, que encara de boa.

Ela não tem papas na lingua, é brincalhona e sempre fala de sexo com as pessoas sobre o que lhe dá tesão. Quem não conhece fica até constrangido.

Recentemente ela colocou silicone nos seios, a deixando muito gata. Seu corpo sempre foi muito bonito. Ela é de estatura média, olhos cor de mel, cabelos castanhos e lisos até as costas,rosto bonito e tem uma bela e grande bunda natural. A única coisa que ela dizia não estar satifesta era os seus peitos, resolveu gastando uma nota colocando silicone.

Minha mãe também se preocupa muito em manter o corpo em forma, por isso se preocupa com a alimentação e frequenta academia todos os dias.

Sua barriga e sequinha e trincada e suas coxas são grossas e bem firmes.

Por ter uma mãe assim, que eu comecei a nutrir desejos pecaminosos. No começo eu me martirizava por sentir isso. Quando chamava meus amigos para fazer trabalhos de escolas, eles ficavam babando por ela. E como eu disse, por minha mãe ser brincalhona e sem papa na lingua, provocava eles. Eu ficava puto com isso.

Com o tempo comecei a aceitar esse desejo, entretanto jamais tentaria algo, era o que eu achava.

Certa noite, meus pais voltava de uma festa onde ambos beberam um pouco além da conta. Eu estava na cozinha sentado à mesa comendo algo. Meu pai foi ao banheiro tomar um banho. Minha mãe foi lavar um copo que estava na pia. Ista mencionar que ela estava muito linda, com um vestido decotado vermelho colado no corpo que ia até a metade da sua coxa, mostrando sua bela silhueta.

Eu me leventai para lavar o prato que eu tinha usado. Minha mãe, que estava alcoolizada, em tom de brincadeira, me pediu para abraça-la por trás, pois fazia tempo que eu não fazia isso. Eu a abracei, mas não sabia iria acontecer o que aconteceu. Minha mãe em tom de brincadeira começou a rebolar na minha virilha. Para mim isso foi o suficente, meu pau ficou duro na hora. Fiquei sem jeito e tentei me afastar. Mas minha mãe percebeu.

_ Nossa filho, você ficou com o pau duro pela mamãe? _disse ela com uma voz melosa.

Eu tentei disfarçar e respondi:

_ Nâo mãe, eu estou na puberdade, fico excitado por qualquer coisa! Eu já estava excitado, antes de te abraçar!

Ela me olhou com malícia e surpreendentemente levantou o seu vestido mostrando a sua calcinha de renda vermelha. Nossa, que capô de fusca maravilhoso! Meu pau ficou mais duro que nunca.

_ Isso então não de excita! _ disse ela com o mesmo tom de voz.

Eu podia ser racional virar a costas e ir embora e nunca mais conversamos sobre o que estava acontecendo, mas não.

Eu a agarrei pela cintura e comecei a beijar os seus peitos pelo decote.

Minha mãe, calmamente, desbotou minha calça, puxou o ziper para baixo, tirando o meu pau para fora. E começou a punhetá-lo.

_ Moleque safado! Não perdoa nem a propria mãe! _ disse com uma voz sorridente.

Perdemos a noção do perigo, a qualquer momento meu pai poderia sair do banho e ver essa cena pertubadora.

_ Paulinho, não podemos ficar aqui! Seu pai demora no banho, mas devemos sair daqui e ir para outro lugar! _ disse ela, dessa vez com a voz mais série.

Fomos para o meu quarto. Lá chegamos, trancamos a porta, para não ter surpresa do meu pai de chegar de repente. Se ele percebesse que a gente foi para o quarto e estranhasse o porquê da gente de trancar lá inventariamos uma desculpa qualquer.

Minha mãe se virou de costa para mim encostando na minha escrivaninha, e empinou a sua linda bunda. Eu, tarado, fui em direção a ela e levantei seu vestido e fui abaixando sua callcinha até o seu joelho.

Nunca tinha visto uma cena mais linda na minha vida: a bunda perfeita da minha mãe despida na minha frente. Comecei a segurar aquelas nádegas. Depois comecei a esfregar o meu pau entre elas. Minha mãe deu um sorrinho de sem vergonha.

Era tão mágico aquele momento que eu enfiei os meus dedos indicadores e e médio dentro da buceta dela. Ela afastou as pernas para facilitar. Aquela buceta estava molhadinha. A puta da minha mãe estava querendo mesmo.

_ Filho, eu sei que você quer brincar, mas é melhor meter logo, antes que o seu pai sinta falta nossa!

Enfiei o meu cacete latejante na vagabunda, sem camisinha mesmo.

Estava comendo a minha mãe! Não podia acreditar nisso.

O pior estava por vir. A vadia gosta muito de meter e é escandalosa.

Começou a gemer alto, botando em risco o nosso segredo.

Fiquei com medo, mas estava com muito tesão e não podia parar. Chegou a um certo momento que coloquei a mão na sua boca, para ela parar de gritar, mas ela me mordeu forte. Mas o tesão falou mais alto e eu não liguei.

Depois de várias deliciosas estocadas naquela xoxota, não aguentei e gozei muito dentro da boceta da minha mãe.

_ Nossa filho, eu gozei um pouco antes de você! _ disse ela.

Nos recompomos da transa.

Minha mãe vestiu a calcinha e destrancou a porta e saiu do quarto, como se tivesse um pouco arrependida do que fez.

Dei um tempo e saiu do meu quarto para ver se o meu pai tinha percebido algo.

Parei na porta do quarto dos meus pais, que estava aberta. Meu pai estava dormindo. Minha mãe estava trocando de roupa, estando apenas de calcinha, a mesma calcinha vermelha rendada, e sutiã também vermelho e rendado. Ela colocou o dedo indicador na boca, pedindo silência e movimentou a boca, sem emitir som, pronunciando que ele estava dormindo.

No dia seguinte, pela manhã eu vi meu pai saindo de casa indo para o trabalho. Ele me cumprimentou afavelmente. Tirando qualquer dúvida sobre ele ter percebido o que houvera na noite anterior.

Minha mãe estava na cozinha vestindo um roupão prateado e tomando café na em uma caneca branca.

_ Seu pai já se foi?_ disse ela.

_ Eu vi ele saindo nesse instante! _ respondi.

Nesse momento escutamos o arranque do motor do carro do meu pai.

_ Filho, temos que conversar o que houve ontem a noite! Você está arrependido do que aconteceu?

_ Sinceramente, um pouco, mas foi muito bom!

_Olha, ninguém pode saber, muito menos os parentes!

_ Tudo bem!

_ Filho, eu sei que não deveria ter acontecido, e nem deveria acontecer de novo, mas isso me deixou muito excitada! Eu quero que você me coma agora de novo!

Eu dei um sorriso sacana e acenei a cabeça positivamente.

A vadia tirou o roupão e estava completamente nua. Seu corpo escultural, seis enorme e sua vagina depilada.

_ Seu pai não me come mais, estou precisando trepar!

Nos agarramos e nos beijamos como adolescentes.

Minha mãe se ajoelhou e começou um boquete. Aquele puta, ora minha mãe, estava mamando deliciosamente no meu pau. Engolia aquele membro com maestria. Me segurei para não gozar naquela boca.

Depois da chupada, que deixou meu pau todo molhado, a vadia sentou em cima da mesa e abriu as pernas, deixando exposta sua bela vagina. Não aguentei, meti naquela xana de novo.

A vadia gritava mais alto do que na noite anterior, pois não tinha mais meu pai para se preocupar.

Eu metia com força. A vadia virava os olhos de prazer.

_ Ah,filho mete nesse bucetão! Me rasga, seu safado! Filho degenerado! Ah, ah, ah,ah, ahh….! Me faz o que o corno e brocha do seu pai não faz! Ah, ah, ah, ahh….!

Dizia coisa e gemia de forma muito louca. Eu ficava cada vez mais com tesão. Percebi que ela gozava com muita facilidade. Ela gozou várias vezes. Eu continuei metendo, até que gozei.

Nesse dia eu e minha mãe estávamos com um tesão incontrolável, transamos várias vezes. Descansávamos e em seguida voltávamos para o embate. Eu poderia contar todas as transas desse dia, mais ficaria o dia todo relando um por um. Mais posso dizer que eu comi a minha mãe de 4, papai e mãe, frango assado etc.

Sendo que todas vezes ela gemia muito alto.

Hoje nós transamos direto, mas esse dia, foi o dia mais insano da minha vida sexual.

Espero que o meu pai nunca descubra e eu e minha minhã mãe continuemos amantes.

Comentários

18/01/2018 12:51:26
Gostei
16/01/2018 22:33:23
mmm
12/01/2018 17:32:10
Maravilhoso!!!
12/01/2018 08:15:03
Cara pelo que vc falar sua mãe e de para o trânsito fico de pau duro so de imagina .

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudosgostosa gordinhas tirando cabeçacontos gay limpar a casacontos eróticos dei uma lambida na xota da minha irmãPorca reprodutoras buceta crandecontos dei p meu chefemulhre pelada rezei ponocontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramzoofilia com cadela no pri mero cioXvidiocomendo a novinha sem.ao menos tirar o chorte dela contos mulher de amigo short coladomenina+bem+novinha+nua+dadi+seu+cu+vigi+para+padtastocontos eroticos mamae subjugadacontos comendo minha vizinha negra bundudavizinha do intestino curto fodendoloira jogando pinbolin pelada no saguão do hotela filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com eleasxxxxxcomcache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho quero ver gatinhas novinhas na academia só mostrando e transando bichão p*********incesto gay papai me fez de putinhacontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putacontos eróticos surpenatural incestocornolandia barbara costa bucetafiume porno brasileroContos estrupada no ginasio da escolahistoria de genro homem hetero transando com sogro homem heteromunita gozadavideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismocoroa e varoa safadasedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidoporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contocontos meu patrao invocou com minha mulher contos eroticoscontos eroticos meu padastro tirou meu cabacinho e alem de fuder minha bucetinha novinha agora ele tambem fode o cuzinho do meu irmaozinho bem novonhofoi mal apertarou aqui sem querelementarians eroticoOk pornô gay d********* escondido pornô gay com alguém daqui a pouco pensativo alguém sexo pornô gay sexo transando mulheres transando com a cunhadaloirinha perguntava se fodia gostoso xvideostarado convenceu so passar o pau no grelinho virgen da filhinha e enpurrou tudogarota misterio cdzinhafui comer e fui comidomundobicha.com hetero brasileiro toma banho com amigo heterocomendo a sogra tatiane bem gostosoComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?contos lesbicos e penitencia no conventominha madrasta viu meu pau molecontos eroticos casada estuprada pelo empregadocomadre milhadinha dando pra ocumpadre pornoquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delasnegao metendo em colatinaa egua me excitou e eu esporrei nela/contomulheres brincando com penis so na portinhaSexo com fucionaria buceta apertadinha relatosfranco e belinha zoofiliame mande vídeo pornô da mulher transando com cachorro bem dotado engatado comendo a bundinha dela e ela suspeitos foramvídeo pornô a novinha tomando banho com gosma e sanguevídeo pornô da retina p**** da retina e mandou um vídeo pornô dela não ela nuaconto com onze anos eu trepei com meu tio foi muito gostoso mais doeupornô doido comadre entre pica grande negãoporno novinha no malabarismo com duas rolascontos desvirginando a mulher do cornomas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?patroa pega peao comendo egua e fica toda excitada pornoTranzando com as velilhas tetudas debicos grandehistorias porno gay meu tio me comeu serginhopinto na bucetado novinho enfiando so a pontinha depois com força depois uma bela chupada na cabeca do pintotirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindo"meio abertinho" gay contommulheres contando qe 03homens comeram suabuceta em frente a seu maridoporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidosXvidio mulher asusta o maridonovinha apois uza droga trazanocontus estupro de novinhasmin engravida amor porno sacanacache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 filme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossoeu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaoconto de padrasto socando a punhetaaluno fodendo professor de educacao fisica gay animadomuleke punhetamdovideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadavideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasGostosas peladas com silicone na bumda que fazen os guri bate punhetaconto erótico sequestro em carcereConto porno velho comendo meninafui na urologista e acabei comendo seu cu xvideovídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadocolc mao buceta obesa pornosuruba em familia so sexopapai penetrou a minha buçetinha virgem e sem pelinhoscontos eroticos tentei fugir mas fui estupradamulhereres evanjelicas peludas porno caseipornor doido batendo poleta na varanda homemxviďeos loira safada escritorioporno jaritaca pau grande traiContos sexo bondage entiadasfilme de sexo da Gretchen filme de sexo da Gretchen mostrando o peito dela a bunda cheirinho na bocapornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormir