Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Apresentando minha sogra

Autor: Airton
Categoria: Heterossexual
Data: 12/01/2018 19:14:51
Nota 10.00
Assuntos: Sogra, Heterossexual

Me chamo Airton, minha mulher Luiza e minha sogra Lélia. Tenho 10 anos há mais que minha mulher e 10 há menos que minha sogra e já estou beirando aos 60. Depois de quatro anos de casados minha mulher se converteu a uma religião evangélica neopentecostal e tudo na nossa vida sexual virou pecado. Até então nossa vida não tinha restrição. Fazíamos de tudo mesmo, mas apenas entre nós dois – nunca houve terceiros na nossa relação.

Dona Lélia é uma senhora sofrida. Seu marido adoeceu gravemente 15 anos atrás e ela teve uma vida de muito sacrifício durante os 5 anos de enfermidade dele. Por fim ele veio a falecer e as dificuldades aumentaram consideravelmente. Passou necessidades de toda ordem. Quando entrei na vida de Luiza ela também tinha muitas necessidades que passei a suprir e lhe dei uma vida bem confortável. Também passei a ajudar Dona Lélia e isso fez com que ela me dedicasse um afeto muito grande.

Nos últimos tempos ela percebeu que nossa vida estava bem chata e veio conversar comigo. Falei o que estava acontecendo e ela conversou com Luiza para que ela me atendesse e deixasse essa coisa de pecado para lá. Sem resultados práticos – uma trepadinha rápida por semana e olhe lá.

Então ela começou a ser carinhosa e atenciosa comigo. Dona Lélia é magrinha e mal fornida de carnes, mas tem uns peitos apetitosos para alguém na sua idade. Deve ter sido muito bonita na juventude, pois ainda tem traços de beleza facial bem marcantes e pés e mãos bonitos e bem cuidados. Sempre que podia e quando estava a sós comigo perguntava de nossa vida sexual e lhe respondia que estava na mesma. Ela balançava a cabeça em sinal de desaprovação e dizia: -- Essa Luiza não aprende mesmo. Depois aparece uma outra e ela vai ficar reclamando de ti e dizendo que tu é o sem vergonha da história. E completava: Um homem bom e apaixonado por ela. Não deixa faltar nada. Quem me dera que meu marido fosse assim. Não ia ter pra ninguém! Nessas ocasiões se punha nas minhas costas e me abraçava com muito carinho e ficava alisando meus peitos até ficar com os mamilos eriçados. Aí ela dava um pequeno beliscão em cada um, me soltava e se afastava me dando um tapinha na bunda e sorria de um jeito maroto.

A princípio não levava para o mal essas atitudes dela, mas comecei a sentir tesão nos arretos que ela me fazia cada vez com mais frequência. Por vezes ela passava e esfregava a bunda na minha perna ou roçava a mão na minha pica de uma forma bem discreta que parecia acidental. E minha reação era imediata – pica dura na hora. Ela dava um sorriso e saia de perto.

Até que um dia fui leva-la para casa e depois iria a um compromisso sozinho. Ao chegar em sua casa ajudei-a com umas sacolas que trazia e levei-as para dentro. Pediu-me que deixasse em seu quarto e assim fiz. Ela me seguiu e quando ia sair postou-se na minha frente e segurando minha pica por cima da roupa disse-me: hoje ela não me escapa! Pensa que não sei que tu me desejas e que estás em atraso? Pois meu atraso é maior. E abriu minha roupa e tirou a pica para fora e começou a alisar devagar e com força numa punheta ritmada. Puxou minha cabeça e me beijou de língua com sofreguidão. Sua respiração acelerou e eu a agarrei pela cintura e colei meu corpo no dela. Fui puxando sua roupa e a deixei nua da cintura para cima. Enquanto nos beijávamos acariciei seus peitos e depois fui descendo até eles. Ela apertava minha cabeça e enfiava o mamilo dentro de minha boca. Gemia e respirava descompassada. Então ela terminou de tirar sua roupa e deitou-se na beirada da cama e pediu para ser comida. Ajoelhei-me entre suas pernas e comecei a chupar sua boceta com poucos pelos lisinhos e grisalhos. Era bem cheirosa e estava um pouco molhada. Fui lambendo, chupando e mordiscando até que ficasse bem babada. Fiz uma siririca bem caprichada e ela gozou se contorcendo toda. Então ergui suas pernas e a coloquei em posição de frango assado na beira da cama e comecei a penetrá-la. A princípio foi bem devagar, mas à medida que deslizava para dentro aumentei o ritmo até socar tudo e sentir as bolas batendo em sua bunda. Ela gemia e chorava ao mesmo tempo dizendo que estava maravilhoso. Que fazia muitos anos que não era comida e nem sentia tanto tesão. Depois de uns 15 minutos ela já tinha gozado outra vez. Pedi que ficasse de quatro e ela disse que não dava o cu. Eu a penetrei de novo na buceta com bastante força e logo gozei bastante dentro dela. Então ela sentou na cama e chupou meu pau até limpá-lo todinho.

Me alcançou uma toalha e disse para eu tomar banho e ir para meu compromisso porque ela iria ficar deitada se lambuzando na minha porra. E depois dessa foda passamos a nos ver bastante seguido, pelo menos duas vezes na semana para tirar nossos atrasos.

Comentários

13/01/2018 15:34:56
Muito bom!!!
12/01/2018 23:47:17
Legal!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


ler contos eróticos primo com prima gordinha gostosa d********* para o primo bem dotado história realporndoido lesbicas 2amigas uma olhando a outra se masturbandotravesti super roluda pega a mulher casada que goza so de ver o tamanho ahhhhfui comer e fui comidocrenye de verdade é aquele crente sabiojorjao roludo porno video homens gostam de esfregar nos pelinhos da vaginamulher cagando enquanto dava a bucetamijador mijo 2017 tesãover video porno mae gts malhando em casa sem calcinha seu pai verporno em desenho popai comendo a olivia sem pedir idadecontos domestica me viu to cando pueta em familiaso as piriguetonas gostosa xhamsterContos vendo os cavalos treparem sexo contos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negroporno meninas cortido asferias brasilrelato esposa cincoentona timida primeiro amantesó branquinhas gostosas tesudas encitantes transando com seu cachorro até gozarcontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemsexo fiocado paigostosinha abrir a bundinha para o negão para o rapxxxxxxxvideos com professoras de educacao fisicagozou dentro da buceta e a mulhervnao queria no xvideosbem quietinho cornitudeentregei uma pizza e mepagou com boqueteamigas chantageadas depois de furta pornoRuıva fudendonovinha gritano e gosanomarido tranza com espoza no acampamento chega mais e tranza com ela contoscontos apalpando sogra perto do sogroconto erotico gay minha tia me transformou em meninaincesto com meu vô contosporno conto erótico apaixonada pelo filho da minha madrastaconto eu meu marido roludo nossos filhos na sacanagemx.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhosxvideo coletania marido tampa o olho da esposa e chama o amigo pra beija lacontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegaminha irma chorou quando tirei seu cabacinhoo bucetaoda minha norafotos de adélia que postam suas bucetas no mensagenscomendo cu da sogra da minha sobrinha contoscalça legui caladinha na casada xvideoContos fui estud fud mãe e filhagritei quando ele botou na minha buceta"virei mulherzinha" cadeiahomnes esibindo seu pauzao no sanba cansao pornodoidoprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulhercontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladataradao fode esposa na frente da amiga que quer tanbem.comporno puta com o cu calejado dano pra variosneta safada faz boquete embaixo da mesa de jantarvídeo pornô uma atividade Bonde da três sobrinhos até f****contos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegacontos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viueu tava tomando banho e meu pinto tava duro minha mae rabuda chegou e eu fudi elaquero ver loiras e morenas d********* bem gostoso e arrombando o c* bem arrombado mostrando bem arregalado o c****** e de fio dental bem gostoso preto vermelho branco azulconto erótico buceta azedinhaconto erotico gay minha tia me transformou em meninaexvidio comi á mińha pastora da igrejaxxvideo mobile de mulher chupando seios de outra em lactacaoxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delahomem nu da cu seminaristafranco e belinha zoofiliamarido fica bebado em churrasco e esposa fode com outroapostei minha mãe com meus amigos conto erotico analporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariacontos eroticos ele esfolou meu rabinhocunhada e cunhado beberan e acabaran fasexo sexocontos pornos cuidei de mamaecontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelatia ensinando osobrinho acome bocesta seso videu reau azeiroolhar a buceta das julherscutucou a menininha sem penetrarfiho nervozo desconta na mae putariabrasileiranovinha g****** pelo c****** o carbono tudo no c* dela e ela gritavideo cooelho mamano no homemm zoofiliadeu para nao ser caguetada para o marido xvideoscontos desvirginando a mulher do cornoContos eróticos de brasília comendo o cu da minha tiacoroas descuidando da calcinha e da bufeta gostosaContos com fotos velhos fudedores chupadoreshomemsexo homen em esteio rscrossdress betinha 4que ver conto erotico imao es piano imao novinha peladasexres grates com filhas e mae trepando o paecontos corno manso ineditocontos tathy ellen