Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha esposa arregaçada em nossa lua-de-mel - Primeira Parte

Autor: Andre Casado
Categoria: Heterossexual
Data: 03/01/2018 01:08:35
Nota 9.82
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ontem pela manhã ela tomava café comigo tranquilamente na mesa de nossa pousada e,

sorria graciosamente dos últimos acontecimentos.

Haviam sido dias intensos nos preparativos de nosso casamento. Como uma noiva dedicada ela cuidou de todos os detalhes e, só por isto (tenho certeza) as coisas deram tão certas e, pudemos fazer uma linda festa e agora estarmos aqui naquela linda e isolada pousada, quase deserta (devido ao período do mês e do ano), não fosse nossa ocupação neste aconchegante chalé e, nossos outros convidados ocupando os outros 4 chalés, que ela cuidadosamente reservou.

Bem, mas, isto foi ontem. Hoje é um novo dia e eu tomei café sozinho, aguardando a sua chegada, ansioso e excitado para saber como foi a sua primeira noite de "mulher casada"... Casada e liberada.

Afinal a última vez que havia lhe visto, fora ontem, por volta das oito da noite, quando ela após preparar-se lindamente (ajudei a escolher seu vestido preto colado ao corpo e sua lingerie, também preta, minúscula, mas, muito sensual) saiu de nossa pousada dentro de um carro com 4 de nossos convidados de casamento, segundo ela para uma "primeira lua-de-mel", afinal ela disse: "_Você agora é meu marido. Vai ter todo o tempo do mundo para me comer...Já estes garotões aqui..."

Fiquei mudo enquanto apreciei ela entrar no banco traseiro, no meio de 2 primos meus, enquanto outros 2 amigos nossos iam na frente, segundo eles "achar" alguma coisa para "comer", pois a pousada oferecia poucas opções. Na verdade eles já estavam levando seu magnífico "buffet" e, a única "comida" boa que tinha na pousada fora também com eles.

Enquanto me distraía em meus pensamentos, vi minha maravilhosa e meiga esposa sair de um dos chalés, vestindo apenas uma camiseta branca (um pouco grande para ela, mas, providencial, pois cobria-lhe até a metade das coxas). Ela caminhou lenta e com alguma dificuldade até mim. Deu-me um beijo molhado, com sabor de porra (bastante porra) e, disse que precisava dormir, pois, estava "esculhambada" e depois nós conversávamos.

Pela tarde quando ela levantou-se foi muito carinhosa enquanto comia o café com frutas e torradas que eu havia lhe preparado. Estava muito cheirosa e encantadora após o belo banho que tomara (bem diferente de seu estado quando chegou hoje cedo) e o lindo vestido floral que vestira com uma tanginha branca (quase imperceptível de tão enfiada que ficou no seu rabo). Estava deliciosa. Elogiei seu bom gosto e ela agradeceu, aproveitando para perguntar se aquela roupa estava adequada para dançar.

"_Minha amada, acho que está meio curtinha para dançar. Se eu te rodar você pode mostrar a calcinha para todo mundo." Falei inocentemente. Ao que ela sacramentou:

"Mas amor, aqui é praia, todo mundo tá acostumado a usar roupinhas curtas. E depois, quem sabe é você que vai ficar apreciando? Quero ir dançar num barzinho que vi ontem ao sair, mas, estávamos com pressa e nem deu para parar. Você me leva lá, por favor?". Eu com a vontade que estava de fodê-la nem pensei duas vezes, só perguntei se dava tempo da gente transar antes de ir. "_Amorzinho, tempo até daria, mas, nós temos que buscar dois convidados nossos que chegam hoje de ônibus." e acho que eles também vão querer provar da sua esposinha nesta lua-de-mel, então é melhor poupar meus buraquinhos, não acha? Afinal ontem já foram 4 metendo neles." Com tantos argumentos e com a surpresa de mais dois "comedores" adicionados à festa (quer dizer ao banquete, que ela oferecia) em nossa lua-de-mel, mais uma vez fiquei sem palavras.

Novamente, por volta das 20h ela saía, agora comigo ao volante. Passou antes nos 2 chalés já ocupados, por 2 convidados cada e, depois me disse que foi apenas desculpar-se por não poder lhes dar atenção nesta noite. Mas, já estava meio amarrotada e menos maquiada quando voltou.

Chegamos e aguardamos uns 10 minutos na rodoviária. neste tempo pude beija-la e amassá-la um pouco, além de enfiar meus dedos em sua xaninha. Ela dizia que os dedos até era bom, porque já ia alargando para os caralhos dos amigos entrarem depois...

Eles foram recebidos por ela que saiu do carro, estalou um beijo molhado na boca de cada um deles e já sentou-se atrás também. Ela indicou o barzinho que queria ir comer e dançar um pouco e toquei para lá.

Achava que já iria ser descartado, mas, não foi isto que aconteceu. Ela pediu que eu ficasse e os acompanhasse. Pedimos petiscos e bebidas e só depois eles foram dançar com ela. Mais ou menos 1 hora depois me mandou pagar a conta e levá-los para a pousada. Somente então se despediu com um gostoso beijo e desejou boa noite, enquanto saía de mãos dadas com os dois e entravam num outro chalé.

Então me dei conta que seria a segunda noite sem a minha amada esposa em plena lua-de-mel. Mas, que ela não estava sentindo falta de pica, pelo contrario, estava sendo arregaçada por muitas picas (só não a minha) e, também que ela havia reservado 4 chales e com a chegada destes outros amigos, ainda ficara um chalé desocupado...Continua.

Comentários

03/02/2018 15:48:49
Interessante, eu gosto do início assim, mais acelerado mesmo. A justificativa é pobre, mas vale o 10 pela excitação que causa.
05/01/2018 16:03:30
Continue.. Continue!
04/01/2018 13:35:43
Muito bom!! Depois da uma olhada nos nossos também..
03/01/2018 15:45:28
Não vi nada de mais nesse conto, um relato iniciado sem justificativa, mas se a galera achou o máximo, vou me dar ao direito de ficar calado
03/01/2018 13:38:05
Parabéns!!!
03/01/2018 09:13:12
Muito bom!!!
03/01/2018 08:43:52
Adorei
03/01/2018 07:08:46
Uhu! Escreve o resto logo!
03/01/2018 06:14:35
Delícia!!!
03/01/2018 06:14:14
Interessante

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


baxinha cochuda casada vingando xvideosMenina querendii dar a buceta xvideosVai vai no cu conto incestomulher que encolheu todinho com ponta do rabo XVídeos brasileiroshot apertado rola grossa se destacacafajeste chupando grelo grande avantajadoCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAxvidio empesanovinha gretano de tanto goza com u paimeu cu fico largo contos gaycontos eróticos fudendo Edileuza a mulher do amigorickcafajeste30.blogxsvideo de porno itiada fudeno com padrastodoce nanda parte cinco contos eroticossogra fagar gero de pau duroContos eroticos entre padre e noviçaxvidios outros puraiDormindo e pai comendoxx.compinto na bucetado novinho enfiando so a pontinha depois com força depois uma bela chupada na cabeca do pintoViado de calsinhaxvideos.comMinha namorada seduzida pelo papo do pagodeiro contos de mulheresistoria da netinha qui o banhava lavando su cunovinhas das bundás gandê xvdeospornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmoporno jaritaca pau grande trainovinhas grupalweb cam xvideosprimos boqueteiros. Tomei o leitinho do meu primo gueizinho pornovídeo de moleque pequenininho trancadinho batendo p****** sexocontos eroticos textosporno gozando na bouca da filinha que dormiafotos padrasto come cu da emteada pau giganteler contos erodicos fui abuzada antes da sirugiahistorias eroticas heretossexuaisminha irma chorou quando tirei seu cabacinhofotos de pau duro cabeçudonu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maoconto erótico gaay sonbra de gaelcalcinha atirando de lado e mostrando abucetaviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou amoxoxota gtacontos eróticos gosei no pal do sogro taradocontos eróticos putas da ruaSomente contos reais de marido chorando e ecitado que chega em casa e pega esposa trepandoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarContos eroticos me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinho finalporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguiopeguei meu padrasto transando com meu vizinho e fiquei com tesaovideos de bucetas intaladas na rola grossavídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhovídeos de veias tirando a caucinha dando o cu pra velhomegao pega mulheres casda a forsa econe abusetaContos novinha bolin d pel titia enquanto o tio dormexxvideo mobile de mulher chupando seios de outra em lactacaoporno de professora na forretavídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijainiciando meu marido experiência inversão videosxxxcontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludosexo com monstrosencocho a irmanzinhacontos de boquete bom de primos e primas novinhostathy ellen contoscontos eroticos tentei fugir mas fui estupradaforcada a foder com roluda pelo marido contoxisvidio amadores de auguen metendo a forçaquando seu.comamigo nao te.comrespondoeu quero mulher tem pinto comendo viado que amanhece a tempinho comendo vi antes vídeo pornô vídeoporno casada adorando ao senti um estranho te alizando e esfre o pau nela no onibos na frente de seu maridovidio eline falando seu nome eem qunto fode vidio pornoContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhosadomasoquismo c arrombadas e peitos esmagadosda o cu causa doensa videos sangue sexo annalbucetao de sotinho q capui de fucacontoprimeirafodapalavroespornobrasileirasconto gay perdi a aposta fui descabacadoContos eroticos anal de ipatinga mg