Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha noiva grávida de outro 3

Categoria: Heterossexual
Data: 03/01/2018 04:16:29
Última revisão: 03/01/2018 10:40:03
Nota 9.50
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Essa é a terceira parte da série “Minha noiva grávida de outro”. Para quem não leu, sugiro que leia os anteriores para entender e gozar melhor. Rsrs. Lembrando que este tipo de conto é dedicado àqueles que curtem a fantasia cuckold e humilhação. Portanto, se você não curte procure outro conto.

Meus contos são pequenos pois seu que os punheteiros de plantão odeiam enrolação. rsrs

Após eu gozar pela segunda vez e ter prometido a Jú que nunca mais mentiria, ela perguntou:

- E aquela história de você gostar de rapazes?

Decidi admitir para minha futura esposa:

- Sim, amor. É verdade. Já senti tesão por rapazes.

- Sentiu ou ainda sente?

- No momento não sinto da mesma forma que antes.

- Seja direto comigo, amorzinho. (disse isso me fazendo carinho)

- Ainda sinto tesão por rapazes, amor.

- Você é um fofo, amorzinho. Um romântico. Por isso te amo!

Senti que podia confiar nela e resolvi me abrir:

- Também te amo, Jú! E tudo aquilo que te falei enquanto transamos não foi só fantasia. Eu falei o que sinto de verdade.

- Jura, amorzinho? Estou chocada. Hahaha! Você gosta mesmo de dar a bundinha? Seja sincero comigo. Já deu alguma vez.

- Sim, amor!

- Seu fofo. Foi para alguém do colégio?

- Não, amor. Fiz isso já depois de adulto.

- Então para de enrolar e me conta tudo agora!

- Eu saí com umas travestis algumas vezes. Tive essa curiosidade após uma garota de programa fazer inversão comigo.

- Seu safado! Conta mais! (disse isso enquanto se tocava)

- A princípio eu queria apenas saber a sensação de chupar um pênis.

- Pode chamar de rola, amorzinho. Rola, pau, pica...

- Ok. Eu queria chupar uma rola. Mas já havia perdido a virgindade de trás com o pau de borracha que a garota de programa usou em mim, então fiz sexo com a travesti sem medo.

- Vocês usaram camisinha, né?

- Claro meu amor. Que pergunta idiota!

- É bom saber agora que vamos nos casar. E falando nisso, quando vamos contratar o garoto de programa?

- Se você estiver disposta pode ser esse final de semana.

- Ótimo, amorzinho. Faremos isso. Prometo que você vai amar.

Levantei da cama e fui em direção ao banheiro. A Jú levantou também e disse:

- Vai tomar banho? Eu vou com você.

Seria a primeira vez que veria a Juliana peladinha. Fiquei muito animado:

- Vem, Jú!

Quando ela tirou a roupa não pude acreditar no que via. Aqueles peitões, a tatuagem embaixo dos peitos e aquela bunda maravilhosa. Sem roupa dava para perceber que ela estava grávida, pois a barriga já começava a dar sinais de gravidez, o que a deixou ainda mais gostosa. Ela entrou no chuveiro na minha frente dizendo:

- Você está sendo um ótimo noivo comigo. Então hoje vou deixar você me penetrar bem gostoso.

Ela disse isso porque sabia que não conseguiria penetrá-la, pois eu tenho o pinto pequeno, pouca libido e havia acabado de gozar duas vezes. Mas mesmo assim, abracei minha noiva por trás e encaixei meu pintinho bem abaixo daquele rabão, na entrada da bucetinha.

- Já meteu, amor? (disse ela rebolando enquanto meu pintinho dava algum sinal de vida, mas não suficiente para penetrá-la, apenas senti a cabecinha encostando na sua bucetinha)

- Sim, amor!

Minha noiva começou a simular movimentos de vai e vem e eu entendi o recado. Segurei a Jú por trás e também simulei o vai e vem, na esperança de meu pau subir e conseguir penetrá-la. Meu pau deu um incrível sinal de vida, mas mesmo assim a raba dela era muito grande para conseguir penetrar naquela posição com o meu pinto pequeno. Portanto, apenas a cabecinha do meu pintinho entrou na sua bucetinha e a vagabunda começou a fingir:

- Isso, amorzinho! Enfia esse pau na sua mulher! Mete mais fundo esse pauzão em mim!

Não aguentei por muito tempo e gozei pela terceira vez algumas gotinhas de porra. Abracei minha noiva enquanto ela desligava o chuveiro. Ela me beijou dizendo:

- Agora eu quero que você limpe com sua língua. Sei que você não vai ter nojinho porque já chupou o pau de uma travesti. Hahaha! Agora vai e limpa sua mulher.

Abaixei imediatamente e comecei a lamber aquela buceta. Era a primeira vez que eu chupava a Jú. Eu estava louco para lamber a porra em sua buceta, mas me decepcionei porque gozei bem pouquinho. Mesmo assim continuei chupando para agradá-la. Após o banho deitamos e fomos dormir abraçadinhos como marido e mulher.

Na manhã seguinte fui trabalhar e a Jú ficou em casa encarregada de contratar uma nova empregada doméstica, comprar coisas para decorar o quarto do bebê etc. Eu havia prometido que lhe daria uma vida de princesa.

Assim que cheguei, a Jú estava me esperando só de camisolinha com duas taças de vinho na mão. Me ofereceu uma enquanto bebia a outra. Abracei minha futura esposa, sentindo aquele cheiro de mulher gostosa enquanto ela me agradecia:

- Amorzinho, obrigada pela noite de amor ontem. Me senti muito realizada e quero sempre mais.

Eu tinha achado legal transar com ela, mas sei que não consegui satisfazê-la, nem ao menos penetrá-la. Abaixei a cabeça e disse que me sentia triste por não conseguir penetrar minha noiva como os caras normais fazem. Ela deixa a taça de vinho de lado e começa a me manipular novamente:

- Ai seu bobo! Você tem que entender que nós dois estamos conectados, amorzinho. Eu sinto tesão quando você goza e você vai sentir tesão quando eu gozar também.

- Sério, amor?

- Sim, amorzinho. Por isso eu gosto quando você se masturba, pois gozo junto também toda vez que você goza.

No fundo eu sabia que a cadela estava mentindo, mas eu a amava e dormir ao lado daquela mulher era mais do que eu havia sonhado. Então resolvi me aproveitar daquela situação:

- Jú, como meu pintinho é pequenininho, acho que podemos fazer amor durante a gestação. Digo fazer amor com penetração.

- Ahhh tudo bem, amorzinho. Se você chama isso de penetração. Hahahaha!

Nos beijamos e fomos para a cama. Chegando lá começamos aquela pegação gostosa, chupei sua bucetinha, seu cuzinho e iniciei a penetração, dessa vez de ladinho. Novamente entrou só a cabecinha devido ao tamanho da sua bunda. Não podia comer de frente pois tinha medo de machucar o bebê. Minha noiva então começa:

- Mete em mim seu viadinho que adora chupar rola de travesti. Vai, come sua mulher direito senão vou sair daqui e dar para o primeiro macho que aparecer. Goza e limpa depois vai! Vai seu corno safado! Goza logo senão vai ter que gozar na punheta de novo!

Gozei e ela nem precisou pedir, fui logo limpar. Tomei banho e fomos dormir abraçadinhos. Era quinta-feira e teríamos que encontrar um garoto de programa para sábado.

Quer que eu escreva algo especial? Tem alguma fantasia? Me manda email: [email protected]

Comentários

04/01/2018 01:54:53
Huum. Muito bom corninho, sonho em ter uma mulher assim
03/01/2018 16:08:48
Bom demais corninho manso,acho que ela vai usar uma cinta peniana em vc e fazer de vc uma menina muito em breve
03/01/2018 13:41:26
Parabéns corninho.... Delícia Seus contos de corno manso....
03/01/2018 09:31:45
ummm bom relato continui mande fotinhas dela pra mim manda me add [email protected]
03/01/2018 09:08:27
Muito bom!!!! Pode fazer maior moço... Rlx
03/01/2018 06:09:57
Teus contos são bons. Pode aumentar os detalhes...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Ele me fodeu gostosoporno brasileiro oilando o gay brasileiro da banda lizinha tomar banhoo vizinho safado do 205 conto gayEdufera cintosxvide garoto cebra a fimose comeno buseta porno violento da ruiva doiz homemcontos domestica me viu to cando pueta em familiasexo mulheres 80klscontos sexo anal concunhado concunhadacontos de sexo com meu pai metiii vaii issogordinha bem feitinha abrindo a buceta pra o namorado chupar conto erotico estupro cu maridoadestrador de escravascontos eroticos titias putas sobrinhos roludosxvideo amador teens assustada quando entro de na xoxota de bruço xoxotacontos de sexo depilando a sograoq a bliblia adiverte sobre sexso analvídeo pornô da retina p**** da retina e mandou um vídeo pornô dela não ela nuaVer foto de homem enfiando a mao dentro drento da vagina da mulhercantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgemdei minha esposa santinha a um comedorUm hétero machista e homofóbico apaixonado por um índio 4quem quebrou meu cabaço foi meu paitranquei o quarto comi minha irmã 1minuto xvideoscuckold adeptosxortinhodedormirvideos arrancando a virgindade da novinha sem piedade que deu por dinheiroquero ver travestis sexo travesti comendo mulher da rola bem grande e grossa norm e homem comendo mulher também pode ser ou não tá difícilporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelContos eroticos incestos a forca netinhasscontos eroticos de jovem transando menstruadas com o professorquitandeiro tarado pornotentando encaixar a pica no uteroimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longoscontos eroticos pegando minha tia gravidaasmeniasnovinhas.nuaVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).contos eroticos mamae subjugadamachostesudopaguei para tranzar com a noivinha evangelica contosdando a boceta pro namoradoprimeira vez novopiranhona de espartilho e cinta`conto erotico` Gabrielloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualAbusada de calça leguefilmes pormo irmar prima irmor bracilerosexobrasileirocavaloporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridoforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastoviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou mae dis que filho rasgo a vuseta delapornodoido desmantelando a loira em cima da mesavelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadascontos erotico minha sobrinha veio em casadeixei minha mulher tranzar com negao megachupeicontosfudendo com dorso de peniswww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comconto erotico com o senhor ditaoporno A garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado kkkkkcache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 conto gay o Doce nas suas veias capítulo 2gordinleitorContos eroticos a gozada incetuosa e mais gostoza que quaque outra gozando dentro da irma cem camisinhacontos eroticos vividos por mulheresmunhe engulido a gala sem tira u pau da pocainsesto istorias eroticas pai filas novinaspedreiro fode menina em cima do andaime pornôgalson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornomulheres que sem peseber motraram a buceta nos onibusContos eróticos minha mãe e os cubanos - parte IVcachorro com o focinho dentro da bucetanovinha do priquito ruivo contosmulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidobigodinho do ritler videos pornolindinhas novinhas trepandonumpau grándemolhes pela porno vida de meninas de 19 anos contos sexo minha esposa nossa vizinhasexo oral e vavinal com a quelas danadinhasbrincando escanchada contos pornocontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandeconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandecontos sexo minha esposa nossa vizinhawww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brcontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemcontos de seco com meu tio aiii gostoso metiiicontos erotico abusando da irma pequenaconto erótico assim nasce uma travestiporno A garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado kkkkkgarota q foi fudida no fundo d casa por um cachorro pastor alemaovideo mae destraida arrumando a casa e filho bulinando querendo fude video