Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Pra Sempre Você! Capítulo 21

Autor: Daniel R.M
Categoria: Homossexual
Data: 17/01/2018 12:50:23
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estava sentado de frente para o mar,eu observava tudo que estava a minha volta,o vento balançava meu cabelo,era difícil dizer oque eu via,era varias imagens ao mesmo tempo. Eu observava um casal,que aparentava ter uns 56 anos de idade,o mais alto dele parecia uma escultura de tão lindo, ele era bem jovens mesmo tento essa idade e tão vivo, o mais baixo sorria,ele aparentava estar feliz, os dois pareciam um casal,e tinham um felicidade sólida e cobiçada,então eu entendi o porque as pessoas gostam tanto de estragar a felicidade das outras,é algo tão lindo que chega a incomodar.

Então eu dei conta de que estava olhando para mim,eu era o garoto baixo que sorria,eu era feliz como se nada no mundo me afestasse. Foi o sonho mais longo que eu tive,acordei sorrindo, Felipe olhava para mim tocando no meu cabelo.

- Oi!

- Oi. - Falei sorrindo.

- Você fica tão lindo dormindo,e quando esta sonhando fica mais.

- Você nem sabe oque eu estava sonhando. - Falei esfregando meus olhos.

- Você falou meu nome umas cinco vezes,então eu sei que estava sonhando comigo, isso me deixou feliz.

- Eu não percebi,eu falei mais alguma coisa?

- Você disse que eu sou gostoso.

- É eu estava acordado. - Sorri e me deitei no peito dele,ele me abraçou, hoje estava frio e eu não queria em nenhuma hipótese sair da cama nem de sair de perto de Felipe.

- O que você está pensando?

- Que você cheira bem. - Ele riu e beijou minha cabeça.

- Você é bobo.

- Não me solta. - Ele me abraçou mais forte,fazendo meus ombros doerem.

Hoje completa um ano que estamos juntos, era incrível pensar o quanto minha vida mudou nesse um ano,coisas boas e ruins, ruim por eu não ter minha mãe,ruim porque a família de Felipe não me aceitam,mas bom porque eu estava com ele. Eu não tenho certeza do futuro, ninguém deve ter tanta certeza do futuro, viver o presente esse é o grande segredo,viver os momentos. Felipe estava olhando para mim curioso.

- O que foi?

- Estou pensando, faz um ano que estamos juntos.

- É,eu sei. Eu nunca tive tanta certeza de querer ficar com alguém como eu tenho certeza agora.

- Mas você tinha um noivo. - Felipe revirou os olhos.

- É,mas é diferente.

- Você pode me contar sobre isso.

- Não tenho certeza disso. - Felipe se sentou na cama.

- Mas eu quero saber,não estou te obrigando,só quero saber, e também não me importo, mas quero saber.

- Tudo bem,mas promete que não vai ficar bravo.

- Eu prometo tentar. - Sorri e toquei seu rosto.

Felipe se sentou na cama ereto e começou a pensar.

- Eu conheci o Alan a muito tempo atrás, fomos amigos quando eu morava nos Estados Unidos,ele é um cara super sensível mas um cara durão,ele nunca se preocupou com oque as pessoas diziam,na verdade aprendi tudo com ele.

FLASHBACK.

- O segredo é você não ter medo,as pessoas vão te olhar torto e feio,e algumas iram querer partir pra cima de você,mas não tenha medo. - Alan e Felipe estavam em uma rua muito movimentada,Alan estava tentando fazer Felipe perder o medo,Felipe tinha medo de ser oque ele era,homossexual.

- Mas eu não sei se consigo. - Falou Felipe com vergonha,ele era um garoto bem desengonçado.

- Calado eu vou te ajudar. - Alan colocou o dedo nos lábios de Felipe, ele pegou a mão do garoto. Eles sairam de mãos dadas no meio daquelas pessoas, as pessoas olhavam com curiosidade para os dois,Alan beijou Felipe, fazendo o coração do rapaz disparar. Felipe podia ouvir as pessoas falarem.

- Isso é ridículo,dois homens se pegando, é nojento. - Falou um garoto com cara de cachorro,ele tinha espinhas por todo o rosto e era gordo.

- E você o que tem a ver com isso? Você é um babaca. - Alan partiu para cima do garoto.

- Qual é o seu problema? - Gritou o outro garoto.

- Qual é o seu problema? Se você não vai me comer por que está se importando com a minha vida? - O garoto se calou ele sabia que era uma pergunta que nunca seria respondida. Se virou e foi embora. E desde esse dia Felipe sabia que queria ser como Alan.

FIM DO FLASHBACK.

- Ele era enérgico,nunca parava,ele vivia intensamente como se o dia seguinte não existisse. - Os olhos de Felipe brilhavam quando ele falava de Alan.

- E como ele era?

- Muito bonito, loiro,forte,de olhos azuis,um garoto tão perfeito, a beleza dele combinava bastante com a beleza de um modelo ou um ator porno. - Felipe sorria.

Eu fiquei mal,comparado com Alan eu era apenas um garoto esquelético,eu nunca chamaria atenção de ninguém.

- E você amava ele? - Minha garganta travou.

- Muito,mas por ele ser intenso,eu me espelhava muito nele,por ser um sonhador e feliz, ele fazia o mundo se tornar um lugar bom.

- Então você nunca tevia ter deixado ele, assim nunca ia me conhecer,eu sou o oposto desse Alan. - Falei andando pelo quarto, eu estava irritado,Felipe começou a rir

- Qual a graça?

- Você, você está com ciumes.

- É óbvio que eu estou com ciumes,porque o homem que eu tanto amo amava outro com tanta intensidade.

- Você sabe que ele é meu passado, e não iamos dar certo juntos, ele gostava de festas e beber até cair,um cara que chamava muita atenção, e que já me traiu muitas vezes. - Então eu parei e olhei para ele.

- Que vagabundo.

- Ele adorava fazer sexo com varios caras,já fizemos isso tantas vezes. - Então ele me olhou como se tivesse falando demais.

- Não sabia que você gostava disso,é nojento.

- Eu sei,mas faria tudo para deixar ele satisfeito.

- Assim como você faz comigo!

- Exatamente. - Ele se levantou e me abraçou.

- Não me toca. - Me afastei dele.

- Você disse que não ia ficar bravo.

- Falei que eu ia tentar. - Ele voltou a me abraçar,ele me beijou e minha cabeça girou,esqueci de tudo.

- Esqueça meu passado,eu não vivo mais nele,vamos nos dedicar ao presente. - Ele segurou meu rosto e eu sorri. Ele tinha razão,mas eu não estava nem um pouco satisfeito. - Vamos sair para comemorar nosso aniversário.

- E pra onde?

- Que tal dançar? - Eu não achei isso uma boa ideia,mas topei.

**

A música que tocava era You're Never Fully Dressed a Smile da Sia.A música tomava conta do meu corpo, estávamos em uma boate,tinha muita fumaça azul e pessoas dançando felizes. E eu estava bebendo pela primeira vez,eu quase vomitei quando Felipe me deu um copo com um líquido azul florescente,era estranho e parecia álcool puro com gasolina.

"Sempre que deixar de lutar, você cairá mais profundamente

Nós temos tudo o que precisamos, temos diamantes

Você nunca está bem vestido sem um sorriso

E se você suportar algo que não consegue

Se é real o seu amor, então o meu é também

Você nunca está bem vestido sem um sorriso" (You're Never Fully Dressed Without a Smile).

Felipe estava sem camisa,ele dançava muito bem e era tão provocativo,eu dançava segurando seu pescoço,ele me beijava me deixando sem fôlego. Todos estavam olhando para ele é claro, eu me sentia do lado do homem mais cobiçado do planeta,e só eu podia tocar nele.

Ele pegou na minha mão e passou ela por todo o seu corpo,era um lugar que eu me sentia bem,uma boate LGBT. Então ninguém ligava se a gente estava se esfregando ali,na verdade todos estavam achando excitante. E era estranho ao mesmo tempo.

- Você nunca me disse que sabia dançar. - Falou Felipe.

- E não sei.

- Não seja modesto. - Ele sorriu.

- Eu não sei,mas essa música mexe comigo lá na minha alma,então.

- Você gosta dessa cantora né?

- Eu amo a Sia,ela é a rainha da voz,só resta aceitar. - Ele sorriu.

Um grupo de pessoas se aproximou da gente e me levou para longe de Felipe, eles nos colocaram em uma pista de dança com um enorme globo de espelhos acima da gente.

- Você dança muito bem. - Falou uma garota loira com um piercing na lingua. - Vai e arrasa.

- Mas eu... - Olhei para Felipe e ele estava longe,ele piscou pra mim.

Todos agora estavam em volta da pista me olhando, eu parecia um idiota parado, eu estava com muita vergonha.

A música que começou me deixou intrigado,era Fetish da Selena Gomez,e essa música tem um refrão lento,eu sorri. Felipe chegou perto de mim.

- Isso é coisa de você não é?

- Ah,eu sempre quis ver você dançando lentamente pra mim. - Felipe me pegou pela cintura e me beijou.

- Tá.

Comecei a rodear ele quando a música começou, eu tocava seus gominhos,ele estava com os olhos fechados. Eu estava agindo como um stripper,e isso não era coisa pra mim. Eu me esfregava no corpo dele,senti sua respiração forte.

Umas pessoas colocaram uma cadeira no centro da pista,eu sabia oque elas queriam. Fui até ela e fiz Felipe sentar nela. Eu estava tonto por causa das bebidas,me sentei no colo dele e rebolei lentamente, ele me segurou e tentou me beijar,mas eu me afastava.

Eu arranquei a minha camisa e minha plateia gritou,eu não sabia se estava indo longe demais,Felipe mordeu os lábios.

- Você tem um fetiche pelo meu amor,eu te afasto e você volta. - Falei no ouvido dele. - Mas não vejo motivo para culpá-lo,se eu fosse você, eu também me pegaria. - O beijei e sai de cima dele.

Todos estavam me aplaudindo e alguns rindo,Felipe não se levantou da cadeira, e eu sabia muito bem o motivo.

- A onde aprendeu a dançar daquele jeito?

- Não sei, a bebida deve ter me ensinado. - Nós rimos.

- Eu amo você. - Falou Felipe, eu sorri e cai nos seus braços.

**

- Eu falei para você não beber tanto. - Falou Felipe do meu lado,eu estava vomitando no banheiro, me senti tão mal depois de todas aquelas coisas que me deram para beber,então é assim que as pessoas se sentem.

- A cala a boca. - Me senti mais enjoado. Ele ria. Eu ia xingar ele mas falar só me deixava pior. Mas eu estava feliz, foi uma das melhores noites que eu já tive,acabou depois de Felipe brigar com alguns caras que não me deixavam em paz.

- Toma um banho, você vai ficar melhor.

- Você vai me dar banho?

- Tá bom meu bebê. - Ele riu e me levantou,tirou toda a minha roupa. Eu me esfregava nele. - Por favor Ewerton se comporte. - Eu ri,quando a água bateu no meu corpo eu gritei,estava muito gelada.

- Que droga. - Falei,foi como se meu corpo tivesse despertado com a água. Felipe se escorou na parede para não cair de tanto rir.

- Você quer que eu te conte uma história para dormir? - Eu estava deitado segurando a mão de Felipe.

- Não seu bobo. - Ele me abraçou, era bom ficar perto dele,eu ficarei para sempre.

- Eu te amo,eu nunca vou conseguir provar isso. - Falou ele beijando a minha cabeça.

- Claro que vai,você já provou.

- Mas é pouco, eu prometo todos os dias da minha vida provar o quanto eu te amo. - Eu sorri, ele era tão fofo e bom comigo, eu escolhi o melhor garoto, ou ele foi quem me escolheu. Não importa, o que importa é que estamos juntos. Eu o beijei e logo em seguida peguei no sono,mas antes escutei Felipe dizendo que me amava de novo.

- Eu também.

Comentários

21/01/2018 17:13:13
Aaaaaw, eu amo esse conto. Sério ♡.♡
18/01/2018 00:43:35
Fofos!
17/01/2018 16:23:10
O AMOR É LINDO
17/01/2018 14:44:47
O AMOR É LINDO DEMAIS. POR ENQUANTO TUDO ESTÁ COR DE ROSA.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


xvideo montadord moveiscontos eroticos meu cachorrinhopadrasto cavaloContos eróticos entre marido e mulher que se reconciliaramotário ao extremo contos eróticosmenino menoridade inocente porno gaycontos eróticos publicados por testemunhas de Jeováxxvideo mobile de mulher chupando seios de outra em lactacaobotei meu dedo na buceta da mulher do amigoque ver conto erotico imao es piano imao novinha peladav meninas 14aos 17 anus perdeno avirgindadecontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladaestourando com o cu da amadora e ela cagando no pauvideo porno atentano a namorada corno escondidocoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidioeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largamostrei a buceta meu genro comeu conto eroticoponodoido cenas muito fortecontos deu o cu para o cachorrafuderporcompletoesposa se acanha com punheta corno sexomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do Ladocabeção cantando xeretandoconto porno provoquei meu filhocontos buc branca cacete 40cm foto corno kid bengala com meno abuçeta de brazileriaconto herotico minha namorada e meu paicontos corno manso ineditoQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras pai vendo a filha tomando banho no banheiro e fica olhando ela nua de espinhasconto zoofilia novinha e os cachorros Minas Geraisnovinha alemã da xana lisina abrindo a portaTio arroba o cu da sobrinha conto eróticospornografia.manzorraspeões de obras para Dudu f****** v******* contos eróticos gaysme deliciei vendo minha mãe tomar banhocontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidoscontos crente casada quis experimentar no cu e se arrependeuquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandocontos eroticos fudendo uma meninha bem novinha da bucetinha lisinhaoq e o liquido branco melecado q saio do xibioVideos de sexo sogras peitos muchossogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhaesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidocontos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadevideos pornò homem chupando gostosòesgichada de gala da bucetahappy love casa dos contos paradigmas de uma paixaobuceta virgem relatos descabacando as irmas gemeasvide de maisa perdendo avigidadiminha esposa saiu comigo sem calcinha so pra me provocar meus amigosPage coletanea de video coroas masturbando gozando escorrendo melzinho galacontos lesbicos e penitencia no conventotadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacoindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinholucie fodedeoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarCasa dos Contos Eróticos sogra gritou chorou e pegou na pica do genrocontos eroticos gays o principe roludoFutebol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28contos erotico meu marido me flagrou de baixo de outro machoDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelfotos de bucetas beiçudas pono doidomulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotadovidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadaxvideos roleudo comodo sanquexsvideo de porno casero itiada fudeno com padrasto armadoo bucetaoda minha noraai como doi pucona pornobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhatrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponoapertatinhas lidascontos eroticos so no cuzinho da gordinhacontos eroticos vovôgangbang silvio santos porno doidosexo com minha esposa e mais outro homem quais as dicas para convencê-la?pirralho pauzudo contosNinfetas mamando rola no cinema contoseroticosrickcafajeste30.blogConto erotico filha apanha pq estourou o cartãosono rabo daconhadaPorhb vovo porfavor nao fasa iso eu ainda sou mocinha eu nao quero contos eroticosnariz de policial dando o priquito a outros policial