Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O namorado negro da minha filha - parte 01

Meu nome é Júlio, 38, casado com a Miriam, 36, uma loira de parar o trânsito devido ao tempo investido em dietas e academia. Casamos muito cedo, pois engravidei a Miriam quando ela tinha 18 anos e eu apenas 20. Nossa filha Jéssica tem apenas 18 aninhos, uma típica patricinha da zona sul de São Paulo, cabelos ruivos e pele bem branquinha. Possui um corpão, bundinha empinada e peitos médios. Ela é minha princesa, dou tudo o que ela quer, faço tudo por ela e morro de ciúmes.

Esse meu jeito acabou deixando minha filha muito mimada e tenho o maior medo de contrariá-la. Em casa quem manda são elas duas, eu apenas pago seus luxos e obedeço. Nunca reclamei, pois mesmo mimadas e autoritárias são muito carinhosas comigo.

Esse ano, já maior de idade, minha filha arranjou um namorado e disse que traria ele no domingo para nos apresentar. Disse tudo bem, mas fiquei morrendo de ciúmes. Minha filhinha sempre trouxe os namoradinhos para casa e alguns até já dormiram aqui, por isso sei que ela não é mais virgem. Organizamos então um churrasco e convidamos a irmã da Miriam (outra gostosa) e seu marido.

Demos inicio ao churrasco e logo minha filha chega com seu namorado, que me deixou mais enciumado que os anteriores. Isso porque o Marcos, seu namorado, era negro, alto e forte. Negro bem escuro, tão alto que minha filhinha Jéssica abaixo do seu ombro e, além disso, ele era muito forte, musculoso mesmo. Quando ele chegou todos ficaram admirando sua beleza e masculinidade, principalmente minha esposa e sua irmã. Fiquei pensando no quando esse brutamontes deve estar abusando da minha filhinha.

Conversamos bastante e o Marcos tem 26 anos e trabalha como personal trainer, o que explica seu belo corpo. Minha filha o conheceu na academia.

Terminamos o churrasco, minha cunhada e seu marido foram embora e ficamos apenas eu, minha esposa, minha filha e seu novo namorado. Daí fomos para sala assistir um filme. A Jéssica e o Marcos não paravam de se beijar como se eu e minha esposa não estivéssemos ali. Percebi que minha esposa estava prestando mais atenção no casal do que no filme. E para minha surpresa, eu também. De repente a Jéssica levanta e diz que vai para o quarto e que o Marcos vai dormir aqui hoje. Assim que eles foram para o quarto, minha esposa disse:

- Júlio, você viu que fofo eles dois? Me fez lembrar de quando a gente namorava. (Ouvir isso foi uma surpresa para mim, pois ela havia se casado comigo apenas por conta da gravidez. Quase não fazíamos mais sexo e vivíamos mais como amigos. Até já desconfiei que ela estava me traindo, mas preferi não investigar para preservar a bela família que tenho.)

Respondi:

- Sim, amor. Isso me fez ter uma ideia. Você sabe o que quero dizer, né?

Fomos para o quarto e fizemos amor. Gozei e fui dormir. A Miriam, irritada, gozou e foi dormir também.

No meio da noite acordei de pau duro pensando na minha filhinha nas mãos daquele brutamontes. Esse pensamento me deixou com sentimento de culpa, mas pensei: “foda-se, vou bater uma punheta”.

Daí tive uma ideia melhor: ir até a porta do quarto da minha filha e ver o que eles estavam fazendo. Cheguei na porta e deu pra ouvir apenas uma musica da Anitta tocando e percebi que a musica era pra disfarçar o barulho da transa. Em casa não temos o habito de trancar as portas porque ninguém entra sem bater. Então resolvi abrir devagar e tive uma visão que me deixou chocado: Minha filha estava de quatro e o cavalo do Marcos estava metendo com muita força e velocidade. Parecia um ator pornô. Nunca tinha visto um homem foder assim. Tirei o pinto pra fora e comecei a bater uma punheta. Assim que gozei, fechei a porta e quando olhei para o lado vi que minha esposa estava me observando. Ela entrou no quarto e eu fui atrás. Assim que chegamos ela começou:

- Seu pervertido! Você só pode ser doente! O que nossa filha vai pensar se souber que o pai está se masturbando enquanto ela transa com o namorado?

- Amor, por favor! Não faça isso!

- Eu devia te botar pra fora daqui, mas sei que nossa filha vai sofrer e não quero isso. Agora pega suas coisas e vai já para o quarto de hospedes porque a partir de hoje não sou mais sua mulher!

- Na verdade nunca foi minha mulher. Casou comigo pelo meu dinheiro e também porque seus pais não iriam querer uma mãe solteira em casa. Eu sei que você me trai, Miriam, e só não fiz nada porque penso em nossa filha.

- Eu traio você mesmo e você não fez nada porque é um frouxo! Todo mundo na academia sabe que você é corno. Nossa filha sabe que você é corno.

- Você é uma vagabunda mesmo. Pensa que eu não vi o jeito que você estava olhando para o namorado da nossa filha?

- Olhei mesmo, Júlio! E para falar a verdade eu queria estar no lugar dela agora mesmo com aquele homem. Aquilo sim é um homem!

Fui para o quarto de hospedes e tentei dormir em vão. Meu pau voltou a subir quando lembrei da minha filhinha tão princesinha sendo arrombada por um negão de quase 2 metros de altura. Me masturbei novamente.

No outro dia fui trabalhar e quando voltei somente a minha filha estava em casa, a mãe tinha ido logo cedo para nossa casa de praia no Guarujá e ficaria uma semana por lá. Ficaria então só eu e a Jéssica em casa.

Na terça feira após eu chegar do trabalho, a Jéssica vem toda dengosa:

- Daddy, o Marcos vem dormir aqui hoje, viu?

- Você está me pedindo ou me avisando, filha?

- Avisando, né pai? Já sou maior de idade.

- Ok, filhinha. Pede pra ele vir mais cedo para jogarmos conversa fora. Gostei desse rapaz.

- Obrigada, daddy! (disse isso enquanto me abraçava e pude sentir seus peitinhos durinhos em mim).

Ela foi mandar mensagem para o namorado e uma hora depois ele já estava na minha casa. Ficamos na sala conversando e toda hora minha filha dizia:

- Daddy, vai lá na cozinha pegar uma cerveja pra mim. Amor, você quer alguma coisa?

Marcos respondeu:

- Quero uma cerveja também, amor.

Minha filha só olhou pra mim e eu entendi o recado. Fui na cozinha e trouxe duas cervejas, abri e servi aos dois. Eles não agradeceram, apenas continuaram se beijando no meu sofá como se eu não estivesse ali. Eu resolvi ficar quieto para poder continuar observando os dois. Mas a alegria durou pouco. Minha filha levantou, pegou na mão do Marcos e levou ele para o quarto.

Fiquei na sala tomando uma cerveja e assim que terminei corri para observar e pude ver minha princesinha chupando aquele rola preta que devia ter uns 20cm. Eu nunca tinha visto um pau tão grande, pois o meu tem só 13 cm. O Marcos segurava os cabelos dela e fazia ela lamber toda a extensão do seu pau, batia com o pau na cara dela e a tratava como uma puta. Assim que ela ficou de quatro eles não tiveram o cuidado de ligar o som e começaram a foder com força. Bati uma punheta novamente, gozei e voltei para a sala.

Mais ou menos uma hora depois minha filha chega na sala sozinha e senta no sofá em frente ao meu. Ela estava apenas com um pijama bem curtinho e apertado.

- O que houve filha?

- O Marcos está cansado do trabalho e teve de ir dormir. Amanhã ele acorda cedo também.

Pensei: “Nossa, se mesmo cansado ele fode daquele jeito, imagina quando ele está 100%”.

- Entendi, filha.

Ela olha para mim esticando uma das penas e diz:

- Daddy, faz uma massagem nos meus pés. A mamãe diz que você faz a melhor massagem. Rsrs.

Meu pau subiu na hora e então falei:

- Senta aqui do meu lado e pões os pezinhos no meu colo, filhinha.

Ela encosta ainda mais no sofá e diz:

- Ah não, Daddy. Estou muito cansada.

Pensei: “Eu sei porque você está cansada”. Resolvi fazer sua vontade, levantei e me posicionei em frente a ela, sentei no chão e coloquei seus pés em meu colo. Comecei a massagear um dos pezinhos e ela soltou um gemido.

- aiii, Daddy. Isso! Continua assim.

Meu pau estava explodindo de tesão quando ela tirou os pés do meu colo e disse:

- Sai, Daddy. Vou lá fora fumar um cigarro.

- Fuma aqui dentro, filha, enquanto eu continuo sua massagem.

- Ué, mas não é você que diz pra eu não fumar dentro de casa?

- Agora você pode, filha.

Ela deu um sorriso, sentou, estendeu o pé para mim e ficou me encarando com uma cara de mulher mandona. Voltei a fazer a massagem enquanto ela fumava seu cigarro. Não falávamos nada, ela apenas fumava e ficava me encarando. Com certeza ela percebeu as olhadas que dei no corpo dela. Então ela quebrou o silêncio:

- Daddy, percebi que a porta do meu quarto não estava fechada quando saí de lá. Você sabe de alguma coisa? (perguntou e continuou me encarando com um olhar desafiador)

Eu balancei a cabeça negativamente e disse baixinho: “Não”. Ela respondeu, dessa vez de forma ríspida:

- Fala mais alto que não ouvi!

- Não filha, não sei de nada. (meu coração estava gelado)

- Quando a mamãe chegar de viagem vou perguntar para ela então.

Aí fui obrigado a me entregar. Se a Miriam soubesse que eu fiz aquilo de novo, ela podia tomar todo o meu dinheiro e acabar com minha reputação.

- Tudo bem, filha. Eu estava observando vocês.

- Mas daddy, quer dizer que você é um tarado? Hahahaha. Que hilário!

- Não sou, filha. Me desulpa.

- Não é tarado? Estava lá só olhando ou batendo punheta também? Não minta pra mim ou vai ser pior pra você!

- Eu estava me masturbando, filha. Me desculpa!

- Desculpo nada! E continua a massagem porque eu não mandei você parar!

Voltei a massagear seus pés e meu pau estava mais duro do que nunca.

- Então, daddy. Desde quando você se masturba para sua filhinha?

- Desde domingo, quando o Marcos dormiu aqui pela primeira vez.

- Quer dizer então que você está se mastubando para o Marcos? Hahaha! Essa é ótima!

- Não filha, me masturbei para você. (eu continuava massageando seus pés).

- Só pra mim, daddy? Meu pai além de tarado é fiel. Hahahahahaa. Admite vai, você viu a rola do Marcos e gostou.

- Não filha. Eu gosto de ver vocês dois juntos. A forma que ele te pega, a forma que ele te trata.

- Humm, entendi. Se você não se masturbou para o Marcos, tenho certeza que a mamãe se masturbou pensando nele. Você viu a forma com que ela olhava para ele?

- Vi sim, filha.

- E você não fez nada? Você sabe que a mamãe sempre te traiu, né? Minhas amigas todas sabem.

- Eu sei filhinha.

- E por que nunca fez nada? Vai dizer que gosta de assistir a mamãe transando também?

- Não, meu amor. Eu nunca fiz nada porque sempre quis preservar nosso lar e nunca quis magoar você.

- Daddy, o que você tem de fofo você tem de trouxa. Hahahahaha! Agora eu quero ver essa cena ridícula. Tira seu pinto pra fora e bate uma punheta olhando pra mim. Quero rir de você!

Não pensei duas vezes e coloquei meu pau pra fora e comecei a me masturbar. A Jéssica disse:

- Tira a mão desse pinto agora! Eu quero ver ele primeiro!

Tirei a mão e quando minha filha viu meu pintinho de 13 cm ela não conteve o sorriso.

- Nossa, Daddy. É muito pequenininho. Por isso você fica olhando o Marcos, não é? Tem inveja dele? (após dizer isso começou a esfregar os dois pés no meu pau)

Ela tirou os pés, colocou na minha boca e continuou:

- Agora pode bater sua punhetinha.

Gozei deliciosamente enquanto minha filha estava com o pé socado na minha boca. Não aguentei muito e gozei, melando minha camiseta. Minha filha levantou, passou na minha frente com a bunda quase esfregando na minha cara e disse:

- Esse será nosso segredinho, Daddy. Agora vai ter que fazer tudo o que eu quiser. Boa noite!

Continua....

Dicas, sugestões, favor enviar e-mail: [email protected]

Comentários

05/01/2018 02:40:22
Muito bom!!! Corninho submisso!
04/01/2018 10:12:16
Fascinante o conto!vc é subordinado a duas mulheres mandonas e isso apimenta os diálogos, que foram ótimos! Ansioso pela continuação
04/01/2018 03:06:51
Que deliciaaaaaa
03/01/2018 19:40:19
Mansinho dos bons
03/01/2018 19:09:10
Xiiiiiiiiiiiii se tava ruim, vai ficar pior, rsss. 😂😂
03/01/2018 17:40:11
top

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


quero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidascontos eroticos dei minha buceta pro meu padrasto vingançacliente dando a buceta para os manobristasmulher beijando a mulher na boca pelada no titubearcontos eroticos pagando a dívida a forçafudendo so o cu delazinhanovinha shortinho finos pegando no pau do namoradonegao pasado opau na bumda da kasadaContos eroticos de viados maduros que foram deflorados na marraZoofilia franco e belinhaBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhacasa do contos eróticos publicadosenudou boceta da vadia d porrapono gay ply boi adolenti dando cu ategosacontos meu genro tesudoFutibol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28www.tufos gostosa tomando banho no muro de fiu dentalcontos eroticos patricinha é humilhada e estuprada por grupo de amigosxxxvideos gozandone buseta da ninfetapediu para fazer anal ,e cacou no paunao aguentouflagras escolas picantehttp://esposas perdendo a virgindade com seus maridos: contos eróticosconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissolesbica fode a outra com dildo entroduzido na buceta e sentada na cadeirashomenzão da porra xvideo gaycontos lukinhas22cmIrmas casadas taradas carentes cendo enrabadasleitinho do papai contos gayarrmbei o cuda mamãe/videos pornoadolecens safadas trazandocontos eróticos​, praia de nudismopastora bucetuda de fil dentalmulhe pelada putona do cuzao e budona so de vistido ruivarelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae juntoporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaContos eróticos dedadas gostosas na buceta dentro da banheiraAssiti pono meu pai mim comer e meu irmao tb eróticovixxi encoxadas3 julho 2015 8445 paguei para deflorar a filha do caseiro casa dos contos eroticoporno mirou na buceta e acentou o cupornocontoincestoschantagiei a colega de trabalho e comi ela casa dos contosqual bumbum mais bate com a bumbum mais pula com a bumbum mais bate com a bumbum e as loira morena branquinha e azul é a cor morena marquinha Azul quando bate a bunda pula pula pulaconto erotico gay gury chupador de dedovideos de cunhada se esfregando no marido da irmadeu pro time todocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetacontos vi minha mae caga no pauzao do negaodoce nanda contos eroticosMaceio alagoas meninos mostrando o pênis durotravesri pau 40centrimo fode amigopornô zueira homem safadinho para botar a cabecinha empurrou tudo no rabo da donasou viciada em boquete nao posso vet um pau qur ru chupohomem fudendo oltro homem enprensando na parede fudendo pornojumento racudo comendo xota da mulher zoofiliaflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandover contos de tio q criou sobrinha e depois fudeu ate nu cuporno conhada nao aquenta atentacao e trai o marido conto erótico de novinha q transou em acampamento evangélicogts de fio dentau mostrando ha bucetinha na webihttp: // venus. workupload. com/ image/Siu76V3Uminha mae e a travestis contosConto sexo anal casada estrupada"mostra o seu que eu mostro o meu" vídeo pornoX porno ceducindo vidraseirosogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genromulheres bostas scatbigodinho do ritler videos pornosexo homens gozando e.falandopalavroesbiquine mulher cazada safada.e asim na praiaconto erotico estupro cu maridoprima separada com tesaocontos eróticos na famíliatio e sobrinhaminha vizinha puta contofui na urologista e acabei comendo seu cu xvideoBucetainchadaxvideomobilemulher com mulher pode uza bolinha vaginasxvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracu