Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

INESPERADA SURUBA

Autor: HOMEM
Categoria: Heterossexual
Data: 24/02/2018 21:15:33
Última revisão: 11/03/2018 20:54:25
Nota 8.89

A intenção era não só se desligar do estresse, mas também esfriar a cabeça após a dissolução do casamento. O clima de novembro no Nordeste aliado à chance de encontrar praias quase desertas, sem a agitação da alta temporada, se mostrou a opção ideal. Carro alugado em Maceió, parti rumo às areias. Maragogi, Praia dos Carneiros, Ilha da Broa, João Pessoa.

Nordeste. Belezas naturais. Não, não são só as praias de areia branca e fina, águas mornas e sombras de coqueiro. São aquelas belezas que vêm e que passam jogando na sua cara que você está, sim, em terras, ou melhor, areias, brasileiras. Cheias de minúsculos tecidos emoldurando grandes charmes. Não há monge que resista. Mas a missão ali era dar um reinicio mental.

Ao sul de João Pessoa fica o município de Jacumã. Vilarejo agradável, uma das áreas mais bonitas do Brasil e ainda sem hordas de turistas sulistas. Praia do Coqueirinho. Depois de mais de mais uma nadada, fui puxar aquilo que acreditava ser mais uma conversa furada. Eram um casal na faixa dos 40 anos, Bia e Cláudio eram cearenses e muito simpáticos.

Apresentações feitas, risadas, comentários de praias, viagens, Ceará, tudo o que pessoas conversam quando não querem falar de nada que envolva mais que três neurônios e que possa ser hidratado por cerveja ou água de coco. “Vamos jantar à noite em João Pessoa, quero te apresentar uma amiga minha daqui”, disse Bia. Incrível, mas as mulheres sempre têm uma amiga a apresentar. A conversa estava muito agradável e, apesar do sono, aceitei o convite, sem expectativa alguma a não ser poder desfrutar da fartura de camarões.

Devidamente em traje de gala para a ocasião (bermuda, camiseta e chinelo), me dirigi ao encontro. O casal já estava lá. Minutos depois, juntou-se à mesa Letícia, a esperada amiga. Não sei se Bia ou Cláudio ou mesmo Letícia falaram algo mais depois da apresentação. Minha cabeça girou e todo o som do restaurante se calou. Meu olhar se fixou nos olhos verdes da moça de pele jambo e cabelos negros. Seu vestido vermelho incendiava ainda mais o momento.

Passado o frio na barriga inicial, o jantar se desenrolou como se fosse uma refeição entre dois casais que se reencontravam. Muita descontração, piadas com os sotaques da mesa e momentos densos de silêncio, como se os olhos quisessem dizer algo, mas faltavam verbetes. Após um delicioso doce de cajá na sobremesa, marcamos de ir novamente

à praia do Coqueirinho no dia seguinte. Seria sábado e Letícia se juntaria ao grupo também, ela era a única que não estava de férias ali.

O primeiro dia do final de semana amanheceu quente, mas nada comparado ao que estava por vir. A ideia em ver a moça de biquíni me despertou sentimentos antagônicos. Seria uma “provocação muito forte” para quem tinha viajado dizendo que só queria companhia de copos e livros. Eis que a moça não ficou de biquíni. Se sentou e tirou a parte de cima. Seus seios sem marcas de bronzeado denunciavam que ela já fazia isso normalmente. Além dos olhos esmeralda-hipnotizantes, tinha agora um par de bicos que apontavam para mim me tirando a fala. Com muito custo em parecer à vontade e muitas palavras gaguejadas, a manhã se desenrolou. Passada aquela leseira típica de uma noite de pouco sono somada ao sol na cachola, Letícia teve a ideia de nos convidar para uma sopa fria na sua casa. Mesmo cerimonioso, não tive como dizer não.

Já em João Pessoa, entramos em uma casa térrea simples, com almofadas espalhadas pelo chão e uma quarto anexo a um quintal que abrigava uma charmosa piscina protegida por bambus. Íntimos que eram de Letícia, Bia e Cláudio se jogaram na piscina e a dona foi trocar o biquíni molhado por uma roupa seca. Na piscina o casal se comportavam como adolescentes se beijando, brincando de pega-pega com muitas passadas de mão. Eu tentava parecer natural, mas aí novamente fui ofuscado quando a menina entrou na sala de minissaia e camiseta branca curtinha. Impressionante, aquele leve tecido no peito excitava mais que o topless.

Nesse momento, Cláudio e Bia já se amassavam na piscina sem pudores. Foi quando eu e Letícia nos olhamos novamente e falamos a mesma língua. Trocamos um beijo, lento, mas intenso. Em poucos segundos deitamos nas almofadas, enquanto o outro casal estava numa cadeira à beira da piscina. Bia, sentada, chupava o marido em pé. Alisava e lambia o membro alternando chupadas nas bolas do marido.

Eu e Letícia nos descobríamos. Beijos e chupadas, a penetração veio naturalmente, os corpos deslizando um sobre o

outro até o encaixe. Mais suspiros, tesão, sua gostosa. Nenhuma frase era dita na casa, só a música de fundo. Vendo a cena, Bia chegou perto de Letícia e elas trocaram beijos. Eu comia Letícia mais vigorosamente, as duas mulheres se chupavam os peitos. Cláudio aproveitou a visão da mulher de 4 e começou também a penetrá-la. Essa mistura toda de sentimentos, suor e visões me fez gozar demoradamente, quase surtando. Depois, me derramei nas almofadas.

Letícia ainda com um gás de rojão se levantou e começou a beijar o marido de Bia. Boca, pescoço, nuca, costas, até tirar o pau dele de dentro da mulher e começar a chupá-lo. Bia não perdeu tempo e olhou para mim –mostrou que queria fazer o mesmo. Ajoelhada, Letícia apenas se virou para ficar também de quatro e receber Cláudio dentro dela. Reanimado pela hábil boca de Cláudia e ainda incrédulo de estar participando de tudo aquilo, levantei para ir por trás da cearense. Era a primeira vez que ouvia um sotaque cearense balbuciado durante

uma transa.

Foi um triz de tesão e todos os quatro gozaram juntos. Arfando. Frenéticos. Cansados… nos esparramamos nas almofadas e, desta vez, ninguém teve fôlego para continuar. Letícia se levantou e ofereceu cerveja gelada a todos. Já era noite lá fora e, mesmo com a brisa, suávamos. Olhei pela porta e a água da piscina paradinha refletia a lua cheia. Não tinha vontade de falar nada. Estava em êxtase.

TH

Comentários

09/03/2018 15:18:10
Olá! Se quiser trocar experiências, é só clicar no link abaixo. http://sharoland-nn.ru/perfil/236835 Gratidão! Continue escrevendo! Assinado: mensagem de amor
07/03/2018 19:54:10
10
25/02/2018 03:21:51
o comentário de felizes é perfeito.
MVN
25/02/2018 01:00:54
Delicioso. Um acaso, uma surpresa e uma fantástica aventura entre vocês 4.
25/02/2018 00:46:31
O acaso sempre nos brindando com excelentes histórias.
24/02/2018 22:24:22
É maravilhoso quando o acaso assume o controle de um encontro de pessoas com gostos semelhantes e tendências convergentes.Nada se compara ao prazer que surge e flui entre os envolvidos nessa aventura..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


GTA da mulher de calcinha o ventilador homem pelado homem pelado homem pelado homem pelado homem peladonovinha dormindo de Baby Doll padrasto canatexto entida seduzindo padratoconto erotico mulherzinhaloira jogando pinbolin pelada no saguão do hotelBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultacomi a mae com a pereteca raspadinhahomemsexo homen em esteio rsbaixar filme pornô até mais tarde gatadoce nanda parte cinco contos eroticosquero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simconto sexo cu por gustaContos eróticos de sogro e noravideos de sexo fodi ela de ladinho ela fechava as pernas e gemia muitodei a buceta no rio contos eroticospadrasto sodomitaXVídeos gay com truculênciaporno mae Chaegando em casaposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularmolequinhos emeninos de treze q quonze anos perdendo a virjindafe do cizinho pela primeira vez vidiospeguei a novinha magrinha porquê ela insistiunegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxcontos eroticos patricinha é humilhada e estuprada por grupo de amigoswww.guarda costa da granfina pornopornô em famíliaxxvhobby tocar punheta saradominha tia Gleice Albuquerque pornôcontos de sentadinha com o cuzinhocontos eróticos​, praia de nudismoessa coroa coloco varias calcinhas p metervideos de zoofilia mulher tarada por um jumento desmarcadomulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cumae icestuosa desabafo de maemargarinas na buseta e no cucontos+corno mulherzinhavideospornobrasileiroscom famíliapeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetavideos porno marido viciado em comer a fezes da esposaxvideos. buçetá de eguaSoquei fundo o consolo na mamae gostosahttp://img2.virgula.uol.com.br/x495.jpgcontos de putaria sou puta de dois primo negrovideo porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etraconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexodoce nanda parte IV contos eroticoschegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornocache:3A3-3V1yYz4J:gtavicity.ru/tema/choro%20na%20vara%20a%20x%C3%B3linha%20! lésbica com p********* chuchada na garotinha gostosachupano pau groso na marraxvidio.comos viodeos de sexos os dotadoes das piconasMamando o caralho do vovo contoseroticoscontos eroticos sou mulher e transei com minha sogrameu aluno cacetudo contosporno contos alberto comeu minha mulherSou tarado por beijar pezinhos com rasteirinhasVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).contos eroticos de caminhoneiros fudendo homens em posto de combustiveissocaaa com força malandronotando pica no cu arrombado gay de japonesdei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependifiho nervozo desconta na mae putariabrasileirabrincando escanchada contos pornose masturbando com sexechop ate gosarcontos gay luiz virando mulherzinha na cadeiavideos arrancando a virgindade da novinha sem piedade que deu por dinheiroentrei no quarto errado e me fudi contos de incestobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoxvideos so com meninas de 17aninhos de idade e com acssilas peludinhascontos sou lesbica e gosto de scatpapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadanovinha moreninhafazendo sexo nachácara com tiobaixar jogos de Ferrari deixando o rapaz tirar o sutiã dela para mamar nos peitosprofessora para niguei botar defeito tao gostoza pelada linda buceta greluda