Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Dois presentes de aniversário para minha esposa

Categoria: Heterossexual
Data: 10/04/2018 10:25:20
Última revisão: 22/06/2018 07:23:14
Nota 10.00

Combinamos, eu e a Cássia, minha esposa, de reunirmos uns amigos em casa para festejar o aniversário dela de 25 anos, que cairia num sábado. Além de festejar, a intenção maior era dela poder transar com os dois machos que ela mais adorava: O Ricardo (dos contos "O Vizinho que minha mulher sempre quis" e "Na Fazenda com o Ricardo") e o Renato (da série "Carnaval a três"). Já contei aqui as vezes que ela trepou com eles, separadamente, mas ela queria, de presente de aniversário, meter com os dois juntos. Além deles, vieram três casais amigos e três amigas solteiras dela.

Ao convidá-los, combinei com eles que era para ficarem até o final da festa, porque depois que todos os outros convidados fossem embora é que ela receberia o "presente" dela...

No sábado, lá pelas 9 da noite começaram a chegar os convidados. A Cássia estava com um minivestido vermelho, colado no corpo, marcando suas curvas e deixando suas coxas grossas toda de fora. Era MUITO curto mesmo, estilo putinha. Pôs uma sandália preta de salto alto para deixar a bundinha mais empinadinha e os cabelos pretos, compridos e lisos, soltos. Passou lápis preto no contorno dos olhos e um batom vermelho na boca, de um vermelho tão intenso e vivo, que só de olhar aquela boca tesuda já dava vontade de beijá-la e botá-la pra chupar um pau bem grande e duro. Ela estava deliciosa... e pronta pra receber o presente dela.

Ao invés do jantar, preferimos servir somente alguns tira-gostos (a ideia era não ficar com o estômago pesado) e para beber, tínhamos vinho, whisky e cerveja. Estávamos entre amigos e deixamos todos bem a vontade. Cada um que se servisse como bem quisesse. Vinho e whisky na sala. Cerveja na geladeira e mais os canapés e as bandejas de salgados na cozinha. Ao passo que fossem acabando, trariamos mais para a sala.

Com o passar do tempo a bebida começou a deixar todos mais descontraídos e o papo mais apimentado. A não ser, lógico, o Renato e o Ricardo, ninguém ali sabia da nossa história com eles dois. Depois de algumas piadas sobre sexo, começaram a insinuar o que a Cássia ganharia de presente de mim naquela noite, já que ela estava "vestida para matar". A verdade é que eles não imaginavam, acho eu, que o "presente" dela estava ali entre eles.

A Cássia, já meio alta com a bebida, não tirava os olhos dos dois. Ficou até enciumada com eles conversando com as amigas dela, já que elas lhe haviam dito que os dois eram gatos e que pegariam facilmente qualquer um deles. Estava com receio de perder um deles para alguma amiga. Era o aniversário dela e ela queria o presente completo.

Mesmo eles conversando com as outras meninas, não tiravam a Cássia do radar. Comiam-na com os olhos e sempre que dava, faziam um sinal discreto para ela. A festa estava ótima, mas eu queria dar logo o presente para minha esposa putinha. O Renato parecia o mais impaciente e toda hora que ela passava perto dele, ele dava um jeito de falar alguma coisa com ela.

Numa hora que ela foi pegar mais uma bandeja de tira-gosto na cozinha, o Ricardo, com a desculpa de pegar mais cerveja para o grupo, foi com ela e percebi que estavam demorando a voltar. Disfarcei, e fui até a cozinha para ajudá-los a trazer as coisas. Quando abri a porta o Ricardo estava encoxando a Cássia na bancada da cozinha, apertando os peitinhos dela, que, com a cabeça virada, beijava-o com o maior tesão enquanto rebolava naquela pica já dura. Por sorte era eu que havia aberto a porta e, fechando-a, pedi que eles esperassem todos saírem para começarmos a festa. Ela falou que estava com muito tesão, mas que iria tomar cuidado para não acontecer mais.

A madrugada chegou, os convidados, pouco a pouco, começaram a ir embora e quando o último casal se despediu, fomos até o elevador com eles, agradecemos a presença e quando a porta do elevador se fechou, demos um beijo delicioso na boca, enquanto massageava aqueles peitinhos deliciosos de tão durinhos e metia a mão nas suas coxas, subindo até sua bunda, que apertava com tesão. Falei sussurando no ouvido ela:

- Chegou a hora de receber o seu presente!

Ela respondeu de um jeito gostoso, mordendo e chupando minha orelha:

- Não via a hora de recebê-lo. Vamos entrar que eu estou louca pra meter com os meus machos. Vou meter gostoso com eles para você ver. Você vai adorar, meu corninho gostoso. Quero dar MUITO pra eles.

Quando entramos no apartamento, eles, que já estavam esperando-a atrás da porta, a agarraram e já foram dando o presente que ela tanto esperava. Abraçaram-na, chupando o pescoço, apertando os peitinhos, encoxando-a pela frente e por trás, desejando um feliz aniversário, de modo que ela ficou ensanduichada entre os dois.

Que tesão que eu senti vendo ela ser desejada, assediada com tanto tesão por eles dois. Eles pareciam doidos de tesão. Também não era para menos: ela os provocou a noite inteira, com olhares e cruzadas de pernas que até eu fiquei com receio dos outros perceberem. Acho mesmo que a Bárbara percebeu, pois quando se despediu, junto com o marido, deixando-nos a sós com eles dois, falou pra Cássia: - Divirta-se amiga! E deu uma piscada de olho maliciosa, deixando claro que havia se tocado do que iria acontecer.

Fechei a porta, sentei no canto do sofá e deixei eles se pegarem. Eles falaram pra ela:

- Agora você vai receber o presente que o seu corninho preparou pra você.

- Eu quero agora! Não aguento mais de tesão. Vai só assistir, amor? Me perguntou.

- Por enquanto vou. Quero filmar essa trepada. Vai ser demais ver você metendo com eles. Eles vão acabar com você, provoquei.

Enquanto eles beijavam e tocavam em todo o corpo da Cássia, tiraram o minivestido dela, pegaram-na no colo e a levaram para o nosso quarto. Jogaram-na nossa cama e começaram a sacanagem.

O Ricardo abriu as pernas dela e meteu a boca naquela buceta lisinha e gostosa. Ela gemeu e delirou de tesão! Se contorcia toda na boca do Ricardo. Apertava a cabeça dele de encontro a buceta, querendo sentir toda a língua enterrada dentro dela. O Renato foi pela frente e meteu o pau na boca dela, fazendo ela engolir aquela pica até o talo. Pedi pra ela:

- Chupa o pau do Renato sua puta, chupa todo, vai! Você agora é a puta deles. Você não queria meter com os dois? Quero ver agora você fodendo com os dois até eles te encherem de porra!! Quero ver você acabada de tanto dar o cuzinho e a buceta pra eles.

- Ai amor, tá uma delícia! Vou meter gostoso pra você ver. Vou te dar esse presente também, tá, meu corninho mansinho?

O Ricardo deitou-se na cama e pediu:

- Sobe aqui em cima de mim, de quatro, pra gente fazer um 69. Chupa meu pau todo sua puta! Vai... Não era isso que você queria? Chupa ele todo...

Ela obedeceu, e engoliu toda a pica do Ricardo, até quase engasgar. O Ricardo meteu a boca no grelinho dela e sugava ele com o maior tesão. Vendo aquele cuzinho lisinho, empinado, o Renato enterrou a língua nele, fazendo ela gritar de tesão. Estava sendo chupada no cuzinho e no grelinho ao mesmo tempo pelos dois caras que ela mais adorava. Não demorou muito e ela começou a gozar.

Anunciou pra mim, que assistia aquilo tudo, batendo uma punheta, louco de tesão:

- Ai Cláudio, que tesão. Tá vendo o que eles estão fazendo comigo? Eu vou gozar na boca deles! Aiii... Aiii... Que delícia!! Não para, não para!! Mete essa língua forte no meu cuzinho Renato!! Mete, vai!! Enterra ela no meu cuzinho, Rê! Aiii..... Ricardo, eu vou gozar na sua boca! Vou encher a sua boca com meu gozo, seu tesudo! Que tesão! Me chama de puta, chama! Fala que eu sou a puta de vocês! Que vocês querem me foder...

Enquanto gemia e provocava os dois, enterrou o grelo durinho na boca do Ricardo e começou a gozar alucinadamente. Era tesão demais ter os dois ali e ela despejou todo o seu gozo na boca do Ricardo, enquanto sentia a língua do Renato toda enfiada no seu cuzinho. Que tesão que sentiu gozando assim com eles dois metendo a língua nela.

Pediu pro Renato deitar na cama, montou nele e encaixou aquela pica dura na entrada da sua bucetinha inchada de tesão. O pau dele escorregou gostoso pra dentro dela, alargando aquela buceta a cada centímetro que avançava. Ela não parava de sentar naquela vara e quando entrou todo, ela começou a subir e a descer daquele cacete e a rebolar, fazendo o pau do Renato sumir todo pra dentro dela. Pediu pro Ricardo:

- Ricardo, come meu cuzinho, come! Come gostoso, mas mete devagar, que seu pau é grande...

O Ricardo ajoelhou-se por trás dela, entre as pernas do Renato, eu passei o tubo de lubrificante pra ele, que derramou na cabeça do pau e no cuzinho dela, meteu um dedo para lubrificar bem aquele buraquinho, encostou a cabeça do pau naquele anelzinho que piscava de tesão e foi empurrando devagar para passar a cabeça. Ela gemeu de dor e tesão. Estava literalmente preenchida com dois paus enormes e sabia que ia ter que aguentar, porque eles não iam querer para de meter com aquela putinha deliciosa.

Com jeito, o Ricardo foi vencendo aquela barreira natural e meteu toda a rola no cuzinho da Cássia. Quando se viu toda preenchida, começou a gemer e a delirar de tesão. Começaram a se mexer, acertaram o ritmo e era maravilhoso ver aqueles dois paus entrando e saindo da buceta e do cuzinho da minha mulher. Ela estava louca de tesão e chupava o pescoço e a boca do Renato, enquanto o Ricardo segurava forte na sua cintura, enterrava o pau no seu anelzinho apertado e chupava seu pescoço.

Eu não sabia se filmava, se tocava uma punheta, se passava a mão naquelas picas deliciosas que estavam enterradas todinhas na minha mulher, se tirava uma, ou as duas, pra fora e dava uma chupada gostosa nelas...

Ficaram metendo assim uns vinte minutos até que começaram a gozar. O Renato aumentou o ritmo das estocadas, o Ricardo acompanhou o ritmo do Renato e a Cássia começou a gemer alto e a gozar:

- Aiii... não para!! Eu vou gozar, eu vou...gozar!! Não para!! Mete na minha bunda, Ricardo! Me fode Renato! Me chama de puta, chama!! Enterra esse pau na minha bunda Ricardo, vai!! Mete!!! Me dá um chupão, tesudo! Quero um chupão de cada um no pescoço e no peitinho. Quero ficar toda marcada por vocês dois... Deixa corninho, eles me darem um chupão? Que tempo que não levo um chupão gostoso...

Nem quiseram saber se eu deixava ou não; meteram a boca no pescoço dela ao mesmo tempo (nunca tinha levado um chupão duplo). Ela se arrepiou toda, gemeu gostoso e forçou a buceta e o cuzinho naquelas rolas e explodiu numa série de orgasmos que encharcou o pau do Renato de gozo.

- Aiiiii.... Aiiii.... que tesão... tô gozando!! tô gozando! Aiiii.... Não aguento mais!! Não para! Não para! Mete tudo Ricardo! fode meu cuzinho, fode!! Aiiii... Tá doendo!! Tá doendo!! Fode minha buceta Renato!! Fode!! FODE!!! Mete com força, Rê! Aiii... Aiii... Tá filmando corninho? Tá gostando? Filma tudo, pra depois você tocar uma punheta me vendo foder. Aiii... Que delícia!! Me fode, gente!! Mete com força no meu cuzinho, Ricardo!! Aaaiiiii.....

Eu não acreditava que ela pudesse gozar tanto daquele jeito. Achei que ela fosse desmaiar de tanto gozar. O Renato começou a gozar e encheu a bucetinha dela de porra. Era tanta porra que escorreu pra fora e misturou com o gozo dela no lençol. O Ricardo aumentou o ritmo das estocadas e também encheu o cuzinho dela de porra. Tirou o pau da bunda dela e ainda deu umas duas esguichadas de porra na entrada daquele cuzinho maravilhoso. O leitinho escorreu pela bunda, pela buceta melada e escorreu para o lençol, se misturando com o gozo deles dois. Formou uma poça de gozo dos três no lençol, fora o que tinha ficado nela. Estava toda gozada, toda melada de porra. Eles deixaram ela toda marcada de chupão: no pescoço, nos peitinhos, nas costas, na bunda...

Eu filmava tudo com uma mão e com a outra tocava uma punheta deliciosa.

Ela tirou a buceta do pau do Renato, chupou o pau deles dois engolindo todo o leitinho que ainda restava neles, deixando eles limpinhos, deitou-se entre eles, beijou os dois alternadamente. Me chamou para lhe dar um beijo e agradeceu muito o presente que havia lhe dado.

Não resisti. Pedi pra ela ficar de quatro, ajoelhei-me na cama e chupei aquela buceta e aquele cuzinho gostoso até deixá-la limpinha. Ela gemia como uma puta sentindo a minha língua e minha boca sugando sua buceta e seu cuzinho! Quanto leitinho gostoso que tomei, misturado com o gozo dela! Que tesão sentir o gosto deles e dela na minha boca! Também não me segurei e gozei muito. Que gozada gostosa! Que tesão! Meu pau não amolecia, ficou duro ainda por um bom tempo.

Dali a pouco se deitou de lado, abraçada com a cabeça no peito do Ricardo. O Renato abraçou-a por trás encaixando o pau entre as coxas dela e os três desmaiaram nessa posição. Que delícia ver a minha putinha querida, dormindo, envolvida pelos dois machos que ela mais amava.

Que trepada gostosa que a minha putinha deu no aniversário dela! Saiu tudo como eu planejara e estava feliz por ter dado esse presente à ela. Arrumei-me num colchonete no chão do quarto e deixei-os dormindo na nossa cama, sossegados e saciados de tesão.

Comentários

09/07/2018 12:26:37
Tesudo querido! Muito tesudo! Meladona fiquei me imaginando no lugar da Cássia. Já sei até o que vou pedir ao meu marido no próximo aniversário. Rs. Fica aqui meu comentário e nota. Sem dúvida dez. Visite meus contos quando quiser. Bjs babados.
08/07/2018 10:24:09
Nota 10. Quando puder, leia meu novo conto tb. Bjs
08/07/2018 10:23:57
sensacional
08/06/2018 20:54:02
Que bela sessão de sexo para um aniversário, em que você aproveitou ao máximo. Mande uma foto da aniversariante, [email protected]
22/05/2018 21:56:02
Que bom ter dois para se deliciar e ainda um de reserva para quando os dois cansarem. Parabéns casal
21/05/2018 11:35:02
Delicia de conto, menino! A tua esposa tem sorte de tê-lo como marido. E não se faz de rogada em gozar todos prazeres que o sexo pode dar. Especialmente nos aniversários. Rs. Beijos da Vanessa.
21/04/2018 03:17:21
Presente perfeito!
14/04/2018 03:21:12
Que conto maravilhoso!!!!
11/04/2018 20:32:16
Sempre digo que os homens são mais generosos que as mulheres. Como esse delicioso presente que tu destes à tua mulher. Seria maravilhoso se as esposas contratassem garotas de programa como eu para presentear aos maridos. Uma utopia, né? Rs. Parabéns pelo ótimo conto e agradecida pela visita. Nota dez e beijocas.
11/04/2018 11:00:53
Show de conto, Luiz Claudio. Minhas histórias prediletas são como esta, onde o marido companheiro e cumplice não mede esforços para a felicidade da parceira. Como disseram, narrativa perfeita e excitante. Parabéns ao casal. Bjs, Val.
10/04/2018 23:37:38
Parabéns pelo conto. A putinha faz aniversário e todo mundo ganha presente: eles ganharam muito prazer e o corninho ganhou um par de chifres.
10/04/2018 20:08:57
Meo!... Putz, que presente delicioso de aniversário! Viajei no tesão com o relato, especialmente na DP que nunca fiz...ainda. Quando casar, vou querer um marido assim, bem safadinho. Hahahaaa. Você merece ó ó...dez! Estou com novo conto e se você comentar, eu vou ficar bem feliz. Bjs=-)
10/04/2018 17:58:22
Tua gata é maravilhosa demais. Ser corninho é o máximo. Eis meu e-mail/skype: [email protected] .
10/04/2018 15:19:02
Que corninho bondoso...Deixando toda a esposa se divertir...Afinal ela sempre merece..Parabens pelo conto...
10/04/2018 15:15:42
excelente conto continue

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


galson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornofilme potnou vide mateporno serena ali ta doendobucetavideo porno de homen com fimosever vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger vai terque da pontoContos d rapando a bucetahttp://migre.me/w4IgEO que comete fodendo uma mexidinhaporno contos morando na casa do sogro bravocontos erticos luferfilmes sexo brasileiro falando besterinhas e gozando gostozo na buceta ate escorre a porracontos me enrabou com straponvídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãoAdulta criando pentelho na bucetaHomem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticosFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASbuceta tao grande ce edtufo a calcinha coroaconto meu marido virou minha putaContos eroticos da mãe quando ve seu filho de cueca fica louca pra acariciarporno-fodas no quarto e o vinnho malmeu marido me chupava enquanto outro me gosava vidiogts agaxada mostrando o bucetaocontos incestos mãe mais lidos 2017x vidio vovinha safada caiuver contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatoscoroa e varoa safadaporno grátis cm gringa dando ate se amoleserfotos de pau duro cabeçudofilme porno fazemdeira dando pro piao dotadoxxvideos vídeos porno doido entre cunhadafrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadoContos eroticos gay o engraxatecasa do contos eróticos casada gostosa magrinha com o vizinho coroaposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularpadrasto e intendenda gostosocontos eróticos​, praia de nudismopornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passam"mostra o seu que eu mostro o meu" vídeo pornoquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****esplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornoCONTOS SOU RABUDA SO USO SHORTINH PROVOQUEI MEU SOBRINHO ATOLADO NA BUCETAAs novinha que adora chupar i tamar a porracontos de maridos q gostam d ser corno e levam pirocudos pra comerem sua mulher em ksaquero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simConto erotico tia dano cuzinho pro sobrinho titafestas na casa de amigos e depois de tanta bebidas um porno com muita violênciaenfiano anter o cotovelo no travestiscornos de belem porno contos 2017um uisque depois de um cigarro pornoir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamtevidio porno tarado enfiando pinto por baixo do xorte da mulherninfomaníaca viciada em zoofiliasua tia nao aguenta esse pirocao contosvídeo de morcinha fudemocontos roludo arregaçando recem casadinhagozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabacontos eroticos de evangelicas metendovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiasexo novinha inocente fez contrato mais nao sabia que ia transar com um pirocudo e fica assustadanovinha perdendo a virgindade para soltinhocontos eróticos meu irmão pediu pra mim conpra umas coisinhas pra eleevangélica Sáfadinha mostrando a bucetagosando dentro da buceta d egua d raçarolas grossas e veiudas fudendo as bucetinhas e cuzinhos das mulheres da favelacontos arronbaram meu cuzinho de menininha virgempono vinha.neguinhatraição xxvidiodei meu leite materno para ele contos eroticos.so puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhaso bucetudas chorando quando a pica entrouContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhaminha vizinha puta contoso puta velha o negao aroba elas gosa dentroincesto pai filha eroticos peludo bigode contosmae japonesa leva servisal para as conpras negao pega no cassete dele e fodevedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedocontos eróticos meu maridoviado corno na zoofiliacontos erotico meu filho me bateu e botou moralminha esposa lavano abucetinha