Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O vizinho do escritório ao lado - parte 2

Autor: Ryc Lemos
Categoria: Homossexual
Data: 15/05/2018 19:40:02
Última revisão: 15/05/2018 19:46:43
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ao fim do expediente de trabalho marcamos de nos encontrar no estacionamento, para decidirmos certinho como faríamos.

- Então, para onde iremos? E em qual carro? – Perguntei já muito ansioso.

- Podemos ir para a minha casa, e vamos no meu carro. Como você vai dormir lá, amanhã tu pegas o seu carro aqui.

- Quem disse que vou dormir na sua casa? – disse dando um empurrãozinho nele.

- Duvido que depois do que iremos fazer, você terá vontade de ir embora! – disse ele com o sorriso mais sacana do mundo.

- Olha a propaganda, quem garante que vou gostar???

- Eu te garanto! – disto ele veio e me deu um forte abraço antes de entrar no carro.

Do escritório até a casa dele demoramos cerca de 45 minutos, pois o transito estava muito intenso. E durante o percurso fomos conversando sobre coisas variadas. Ele me disse que foi casado por 10 anos e que tinha um filho de 4 anos. Que apesar de todo o desejo que sentia por homens, nunca havia traído a mulher dele, porém ele estava infeliz, então resolveu se abrir com ela e decidiram que o divorcio era a melhor opção. O filho por ser ainda novinho, mora com a mãe em outra cidade. Também descobri que ele havia saído do armário a pouco tempo, e que não havia transado com muitos caras.

Quando chegamos em sua casa fiquei assustado, nem se comparava com o tamanho do meu apartamento, na verdade meu apartamento quase cabia na sala dele. Era tudo muito bonito, e muito grande, assim como ele. Mal descemos do carro, ele me abraçou por tras, passando sua mão pela minha cintura, beijou meu pescoço e disse no meu ouvido: essa noite você será todinho meu!

Nesse momento meu corpo se arrepiou todo, foi um misto de tesão, desejo e felicidade. Nunca havia sentido algo assim tão rápido por alguém. Nisto, me virei e iniciamos um forte e delicioso beijo. Enquanto nos beijávamos ele ia passando a mão por todo o meu corpo, então desabotoou minha camisa, depois minha calça, e por fim abaixou minha cueca. Isto tudo ali mesmo na garagem.

Então da minha boca, ele foi beijar meu pescoço, depois desceu para os meus mamilos, minha barriga, até se ajoelhar e iniciar um delicioso boquete. Ele chupava como louco, de forma forte e rápida. Aquela situação estava me deixando louco. Depois de alguns minutos nessa posição, ele para, abre a porta o carro, tira sua roupa, se senta no banco do carona e com aquele pau enorme apontado para mim, diz: me chupa!

Não pensei duas vezes, cai de boca naquele pau maravilho. Enquanto chupava seu pau, melei meus dedos com cuspe e introduzi em seu anus. Nisto, eu o chupava e preparava seu cuzinho para receber meu pau. Eu revezava entre o pau e as bolas, e ele urrava de tesão. Então, abri e levantei suas pernas e iniciei um delicio cunete. Nossa, seu cu era delicioso e cheiroso (acho que ele tinha ido ao banheiro antes de sairmos no escritório), eu dava leves estocadas com a língua e ele pediu para eu fuder seu rabo com força. E foi isto que fiz...

Parei com o cunete, e com ele ainda deitado com as costas no banco, fui enfiando meu pau aos poucos. Como estava lubrificado apenas com o cuspe, demorou um pouco para entrar, mas assim que entrou a sensação foi maravilhosa. Era quente e apertado, uma verdadeira delicia. Iniciei com movimentos lentos e fui aumentando o ritmo e a força. Ele gritava, pedindo para eu meter mais forte, e eu como sou obediente fiz o que ele pediu. Ficamos um tempo nessa posição, então ele pediu para eu tirar e mudarmos de posição. Daí ele ficou de quatro sobre o banco, e iniciei novamente a penetração. Ver uma cara daquele tamanho, de quatro e me pedindo para fuder seu cu, estava me deixando louco. Anunciei que iria gozar, então retirei de seu cu, ele ajoelhou em minha frente e pediu que eu gozasse nele, e assim eu fiz, enchendo seu peito peludo de porra. E quase que de imediato ele gozou, sujando todo o chão da garagem.

Ao levantar, ele me deu um abraço, vestimos as calças, entramos na casa e fomos tomar nosso banho. Após o banho ele preparou um delicioso lanche para a gente, e então fomos para o quarto. Ele era muito carinhoso, a todo momento me abraçava, me dava um beijo e fazia um caricia. Parecia que nos conhecíamos a muitos anos, e que éramos namorados de longa data.

Ao chegamos ao quarto, deitamos na cama os dois só de cueca. Conversamos mais pouco, até ele pega minha mão e coloca dentro da sua cueca...

- O que é isto? Que safadeza é essa? – disse brincando.

- Uai, você não tinha achado ele bonito, então porque não brinca com ele um pouco? – disse ele já de pau duro.

Então, como ele deitado, me ajoelhei sobre ele e iniciamos um forte beijo. Enquanto eu o beijava sentia seu pau pulsando na minha bunda. Fui abaixando até chegar no seu pau, que realmente era muito lindo. Novamente iniciei um boquete. Chupava com rapidez, iniciava pela cabecinha, passava a língua por toda a extensão do seu pau e depois colocava ele todo na boca. Estava adorando a situação, até que ele me puxa pelo cabelo e novamente no beijamos, daí iniciamos um 69. Ficamos nessa situação até ele me colocar de bruços. Nesse momento eu já estava louco, pedindo rola.

- Empina essa bunda para mim... – ordenou ele com a sua voz grossa.

Então, fiz o que ele pediu. De bruços, empinei minha bunda, e ele imediatamente começou a beijar e morder levemente minhas nádegas, até chegar ao meu cuzinho e iniciar um cunete. A cada estocada que ele dava com a língua, meu corpo de arrepiava e pedia mais. Estava completamente entregue e envolto pela situação. Ele então para o cunete, e se deita sobre mim. Nesse momento fui a loucura, ele era muito quente e seu coração batia num ritmo bem acelerado.

- Você é tudo o que eu precisava encontrar! – disse ele no meu ouvido.

- Para né, está dizendo isto só para me comer. – falei brincando.

- Estou falando sério! – disse ele beijando meu pescoço.

- Então me mostra o que você sabe fazer...

Nisto, ele pega o gel que estava sobre o criado mudo, lubrifica seu pau e depois meu ânus, e começa a introduzir seu membro em mim. De inicio doeu, mas depois que entrou tudo a sensação era maravilhosa. Ele colocou seus braços sobre meu peito, e abraçado a mim me fudia delicadamente. Eu sentia sua respiração ofegante em meu pescoço. Que home maravilhoso. Então trocamos de posição, ele ficou deitado de costas para a cama e eu sentei em seu pau. Eu subia e descia, cavalgava com maestria, e dava para ver em seu olhar que ele estava gostando muito. Enquanto eu subia e descia, ele apertava meus mamilos (eu gosto de sentir dor nesse local), até que não demorou muito ele anunciou que iria gozar, e assim o fez, enchendo meu cu de porra. Nisto, eu já cai para o lado, então ele veio e começou a chupar meu pau, que não demorei muito a gozar, preenchendo sua boca de porra.

Ficamos na cama abraçado por alguns minutos. Até que resolvemos tomar um banho e depois dormir. O restante da noite foi maravilhosa, a muito tempo não dormia com alguém e não tinha uma transa tão boa. Pela manhã, tomamos nosso café, nos beijamos várias vezes e fomos para o trabalho. Essa rotina se repetiu por um bom tempo, acabamos nos apaixonando muito rapidamente. E em menos de seis meses já estávamos morando juntos.

Ainda estamos juntos, e a cada dia que passa sentimos que nascemos um para o outro. Seu filho me adotou como segundo pai. Espero que tenham gostado da nossa história de desejo que acabou virando amor.

Comentários

16/05/2018 19:00:19
PERFEITO.
16/05/2018 01:15:12
Que meigo, espero que vivam juntos e felizes para sempre. Um abraço.
15/05/2018 22:38:53
Tem continuação?
15/05/2018 19:58:03
Muito bom.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Casa dos contos eróticos perfil pluto69familia surubahigor safado xvidioconto erotico a pequenininhabixa porno pretinha no boquete devagarinholevei minha mulher ao medico pausudo e ele comeu ela na minha frentearretada e gostosa minha mae conto incestocontos eroticos comi minha irmazinha tati.comàs panteras só às madrastas safadas 2017pratransas em araruamafui so dar uma alisadinha nao deu mandei pra dentro video casero pornosou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contoscontos eróticos fui da o cu e cagueicomi a minha tia pela primeira vezmulher casada trai seu marido e fode sem camisinha e leva gosada dentro da buceta e engravidadois mordemdo e chupando forte a bucetaminha buceta seus retiradscooby-doo chupa pomba de salsicha grátisfotos padrasto come cu da emteada pau gigantedescabacei o cu da minha tiaa japonesinha que não aguenta e se mijaA garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado xvideosvideos caseiros comendo esposa logo cedo videos para baixar escorrendo porracontos erotico cm irmatem muito casal que que quer gozados obedeçam e depois eles acabam se entendendoenfiano anter o cotovelo no travestisflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contoszoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiagozando na entrada da bucetinha minúsculas de frango assado bem devagarnegao me enrabandorevistinha porno mulher vos sexy co cachorroContos eroticos .meu filho vive me encoxando sinto seu penisxvidio louco desejo vestidinhocontos de sexo raspei minha bucetacarolzinha santos trepano no churrascob****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornôai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitojuju fudedochegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornonovinga da favela fazendo menagem depois da aulacontos de incesto cumadrenegao levantou e trepou com gostosa no coloconto no cineporno3 julho 2015 8445 paguei para deflorar a filha do caseiro casa dos contos eroticoanal violentto e profundo com gozo dentvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoReta do Pedreiro Hétero Peladoliberei minha filha pro meu amante tirou o cabacinho contosCacetes gossosporno muito beidona no paufudendo uma putaconto eroticoFui encoxada e iniciada por um roludoconto erotico fodi minh sobrinh novinh 11no"mostra o seu que eu mostro o meu" vídeo pornocontos eróticos mamãe deixa novinha com padrastosòmente no cuzinho da esposamigre.me/w4IgEvideo porno com Malumandeconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marravvgg sexoporno nao percebi mas ela pegou no meu pauperdendo a virgindade com um gigolo com muito tesao no paucontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seiossexo porno eu tava sozinha e meu padrasto foi ate o quarto passa a lingua na minha xereca e ainda jogou toda porra dentrofamilia favela pinto de borrachaCaralhudos na bucetinha virgemcontos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosconto cu entaladoComtos eroticos de mulheres q bateram punheta pra cachorroporno antigo menina foge de casa por causa do padrasto taradoConto uma vida incestuosa PT2.2loirinha perguntava se fodia gostoso xvideosconto erotico motorista do uberComo se escreve “ manda video porno ” em inglesconto minha esposa no onibusrelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudapunhetabr.vai lamenininhas nem tem pentelhinho na buçetinha ja sendo penetradasContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhaXVídeo mulher desagrada para gozar e g****** toda horabucetas gosmadasXVídeos pornô mãe f****** com filho dos filhos f****** com mulher ingrataestrupoanal abusomoças todas cagadas e meladasputa lambe pe do macho contovideos de sexo brasileiro olha o tamanho dessas meninas ainda nem naceu pelo na bucetinha metendo com pauzudo cconto erotico corno na lua de melNovinhas fazendo safsdesas na sala de aulacontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idade