Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Reaproximação Familiar - Parte 1

Autor: CrisContos
Categoria: Heterossexual
Data: 06/06/2018 11:57:22
Nota 10.00

Sábado, 20: 00hs e o telefone toca.

- Alô!

- Amiga, hoje vai ter festa na casa do Claudinho, amigo do meu boy, se lembra dele?

- Sim, lembro. O Ruivinho né?!

- Esse mesmo miga. Tô ligando pra te chamar pra ir, queria tanto que você saísse um pouco. Você anda tão desanimada ultimamente.

- Ah miga, vou ver...

- Vai ver nada, se arruma rapidinho que passo aí pra te pegar às 21hs. Sem atraso ein.

- Tá ok oras, você quem manda.

Estava um pouco cansada naquela noite pois tive um dia muito corrido no trabalho. Trabalhava como vendedora em uma loja de perfumes e estava em semana do fervo mas mesmo assim fiz força pra ir na tal festa.

Me arrumei rápido e minha amiga chegou pontualmente no horário marcado. Após cumprimentos, entramos no carro e perguntei onde seria a festa. Minha amiga e o boy não deixavam esconder a excitação de chegar na tal festa.

"A festa fica naquele condomínio chique do meu amigo". Disse o boy.

"Nossa que longe ein". O condomínio do ruivinho ficava bem longe, mais ou menos umas 2hs de carro e por coincidência o meu tio, irmão mais velho do meu pai morava lá também.

Eu realmente estava bem cansada pra aguentar aquela gente chata e metida a besta.

Enfim chegamos a tão aguardada festa. Apartamento numa cobertura com uma vista maravilhosa. O dono da festa veio cumprimentar, e brevemente após os cumprimentos o tal rapaz veio até mim e disse que queria me apresentar uma pessoa. Eu fiz uma cara de insatisfeita. Realmente não queria conhecer ninguém naquela noite, só queria beber e relaxar um pouco. "Mas é claro que ela quer!" Disse a amiga.

- Amiga ele é jogador de futebol, vai lá.

- Tá bom, irei pra você me deixar em paz mas só vamos conversar.

- Arrazô!

Pedi um drink no bar quando de repente aparece o tal cara. O tipo bonitão, aparentava ter uns 22 anos, pele morena queimada de sol, tinha mais ou menos a minha altura, 1,75m, cabelos lisos e platinados, corpo normal e uma expressão um pouco soberba.

- Oi, tudo bem?! Podemos tomar algo juntos?. Disse o jogador

- Oi, como vai?! Podemos sim.

- Nossa você é muito bonita.

Não sou muito boa com discrições mas vamos lá, morena, cabelos pretos e cacheados naturalmente, uso óculos(e quem não usa hoje em dia), sou muito cheirosa, usava um vestido até os joelhos com um decote comportado, corpo normal(como dizem as amigas, sou abençoada com a benção de comer bem e não engordar), peitos e coxas avantajados(descendente italiana), bum bum normal e alta para uma mulher, puxei a mamãe, meu pai é baixo.

- Muito obrigada(Sorriso). Você é jogador né?

- Sou sim, jogo no time bla bla bla, sou reserva.

- Uhm que legal.

Foi aí que o rapaz jogador desatinou a falar sobre a tão amada profissão, e só falou nisso por 1 hora inteira. Só me restava balançar a cabeça e demonstrar facialmente todo o meu tédio com aquela conversa chata.

Pedi licença e fui ao banheiro. Foi quando vi um movimento estranho na sala, pessoas rodeando uma pessoa. Me aproximei pra ver o que estava acontecendo e se eu poderia ajudar pois sou formada em enfermagem. Chegando perto vi um rapaz tendo uma overdose. Olhando ao redor, vi cocaína espalhada em todas as mesas. Pedi pra chamarem socorro e fui verificar os batimentos do rapaz. Após a chegada da ambulância a minha amiga acompanhou o namorado pois o rapaz era primo no namorado dela e acabei ficando sozinha na festa que tinha acabado, e o jogador sumiu sem deixar vestígios, provavelmente não quis atrair escândalo.

- Amiga qualquer coisa me liga. (Disse eu meio sem saber o que dizer)

- Pode deixar. Vou ter que te deixar sozinha amiga.

- Não se preocupe, tenho um tio que mora aqui, vou ficar por aqui mesmo.

- Tá bom amiga, te mando noticias.

- Manda sim!

Após a ambulância partir liguei para o meu tio e nem sabia como falar com ele. Já era 01:45hs.

Ele atendeu.

- Boa noite minha querida, aconteceu alguma coisa?

- Oi tio, boa noite, me desculpe ligar assim tão tarde, não aconteceu nada sério, pode ficar tranquilo(risos). Estava em uma festa aqui no seu condomínio mas a festa acabou e estou sem carona pra voltar pra casa, nem sei como dizer mas queria saber se posso ficar aí contigo essa noite.

- Ô minha queria, mas é claro que pode, o tio acabou de chegar de um jantar chato de negócios, seria ótimo ter companhia. Pode subir estou te esperando.

- (Risos) Tá bom tio, até logo.

Meu tio era engenheiro civil, e vivia nessas reuniões chatas. Dos familiares ele é o que menos participa das reuniões de família, estava sempre ocupado com o trabalho. Fazia bastante tempo que não o via.

Subi o elevador e cheguei no apartamento dele, ficava no 8º andar.

Ele abriu a porta e me olhou com aquela cara que pessoas mais velhas fazem quando veem que os jovens cresceram. Me deu um abraço gostoso apertado, aqueles abraços que a gente não quer que acabe e me mandou entrar. Ele vestia uma regata e um desses shorts de seda. Ele era solteiro(dizem que por ser viciado em trabalho não vingava com nenhuma moça) baixinho, mais ou menos 1, 65m assim como o meu pai, tinha aproximadamente 55 anos, usava bigode quase grisalho (muito bonito por sinal), parrudo gordinho, com aquela barriguinha gordinha, braços fortes, ombros largos e uma cara que era um misto de serenidade e dominação, um sedutor rústico.

Sempre tive um relacionamento muito bom com o meu pai, somos muito próximos até mais do que com a mamãe, meu pai é um homem grande rústico com características masculinas muito fortes, daquele tipo bruto que passa segurança mas é um amorzinho, e isso influenciou muito no tipo de homem que me atrai fisicamente.

Assim que entrei, ouvi apitos. Meu tio tinha botado uma lasanha congelada no micro-ondas assim que desligou a ligação.

Me mandou sentar no sofá e desocupou a mesa de centro, foi até a cozinha e trouxe a lasanha e duas cervejas long neck.

- Você bebe?

- Bebo sim.

Ele abriu as duas cervejas, me serviu um pedaço de lasanha e sentou no chão para comer. Então me sentei no chão também.

Conversa vai, conversa vem, terminamos de comer, o tio juntou a louça e levou pra cozinha.

Fui até a janela olhar a bela vista. Ele voltou e me viu na janela e de mansinho me surpreendeu com aquela voz grossa meio rouca gostosa atrás de mim.

- Linda vista, não?!

- Maravilhosa tio.

- Você precisa vir mais vezes visitar o tio, temos uma piscina muito boa aqui no condomínio.

- Adoraria vir aqui num dia de sol.

- É só marcar um final de semana. (E sorriu com aquele sorriso devorador.)

Ele percebeu que eu estava excitada.

Logo em seguida ele foi em direção ao sofá. Se sentou e ligou a TV, estava passando um filme. Ele se ajeitou no sofá, pôs os pés pra cima e começou a assistir o filme.

Fui sentar no sofá pra acompanha-lo, quando uma cena me tira a atenção, ele ao se ajeitar no sofá, o short ficou mais justo e marcou um volume bonito do pênis dele. Eu não conseguia parar de olhar aquela bela cena. Eu estava nervosa, com medo e muito excitada. Me sentia uma louca tarada.

Pedi licença e fui ao banheiro, lavei meu rosto e comecei a pensar no quanto estava louca por aquele homem, pensando no que podia acontecer naquele apartamento, imaginando aquele macho rústico me tocando, me abraçando com aqueles braços fortes e aquelas mãos grandes acariciando meus seios, apertando minha bunda com força. Minha xana começou a soluçar e eu não sabia como disfarçar o meu tesão, tinha medo da reação, do que ele poderia achar de mim, mas era forte de mais, eu estava louca por aquele homem. Saí do banheiro e tomei coragem pra encarar aquela tentação. Voltei pra sala e ele estava levantando do sofá.

- Vou arrumar o quarto pra você dormir. Eu vou ficar aqui na sala mesmo, tenho alguns documentos pra olhar ainda.

- Não se preocupe comigo tio, fico bem em qualquer lugar.(Tentando manter a compostura)

- Imagina minha querida, o tio faz questão de fazer uma boa recepção.

Quase tive um orgasmo com essa frase. Como eu queria aquele homem em cima de mim me possuindo.

Eu estava apoiada na porta desamarrando o meu vestido e vendo ele de costas preparando a cama, olhava aquela bunda bonita, aquelas costas larga, aquele coroa gostoso e imaginava aquele bigode na minha xaninha e ele olhando na minha cara com aquela cara de safado.

Ele virou e disse.

- Pronto, lugar pra dormir já tem.

Eu não conseguia mais disfarçar o meu tesão, ouvindo aquela voz e vendo aquele macho na minha frente.

Deixei o vestido cair.

Estava nua. A xaninha carnuda depiladinha estava louca para tocar aquele volume no short.

Meu tio ficou sem reação, me olhou com ar de espanto e não disse nada.

Eu cheguei perto, parei de frente pra ele e o olhei bem nos olhos . Sentia a respiração acelerada, sentia o desejo dele.

Ele me olhou me devorando com os olhos, segurou a minha cintura com aquelas mãos fortes, me puxou pra ele e me beijou com vontade. Senti o cheiro gostoso daquele macho, um perfume forte encorpado que ficaria na minha memória pra sempre. Na hora senti o volume do pau roçando na minha coxa.

Naquele momento o medo e nervosismo já tinha sumido do meu ser e o tesão transbordava em mim.

Estava louca com aquelas mãos grandes me acariciando e ele beijando todas as partes do meu corpo. Ajudei a tirar a regata dele e o short, e vi aquela piroca linda, tinha uns 17cm e era bem grossa, daquelas que a cabeça mal cabe na boca e tinha um par de ovos graúdos. Não resisti olhando aquela coisa linda e caí de boca sem medo. Quando enfiei na boca olhei pra cima e vi ele levantando a cabeça e gemendo com tesão, aquela piroca pulsava dentro de minha boca. Ele me levantou e começou a me beijar com vontade. Me jogou na cama, abriu as minhas pernas grossas e caiu de boca na minha bucetinha, o safado chupava tão gostoso, roçava aquele bigode grisalho e me deixava louca me contorcendo de tesão naquela cama gostosa. Chupou até cansar e depois finalmente enterrou aquela piroca gostosa dentro de mim. Ele não conseguia controlar o desejo, estava explodindo de tesão assim como eu. Me metia com vontade enquanto me beijava com paixão. Louca de prazer eu arranhava aquelas costas largas enquanto sentia aquele homão gostoso em cima de mim me socando o pau com vontade. Ele cheirou e beijou o meu pescoço, deitou do meu lado, e me puxou pra cima dele. Ninguém falava nada, só havia gemidos naquele quarto.

Sentei em cima dele, enfiei aquele pau gostoso na buceta e comecei a rebolar, deixei ele louquinho de tesão. Ele segurava e acariciava meus peitos com força, aquelas mãos grossas no meu peito me levava nas alturas. Ainda rebolando gostoso naquele pau, passei a minha mão acariciando aquele peito largo coberto de pelos e me deitei em cima dele, ele dobrou os joelhos pra encaixar o pau e me metia com força. Quem diria que o tio era um safadão na cama. Ele socava na minha buceta e o meu peito roçava naquele peito cabeludo e me levava a loucura, sensação melhor não há. Minha buceta molhadinha fazia aquele pau deslizar gostoso dentro de mim. Titio me jogou pro lado, me puxou pra a beirada da cama, abriu as minhas pernas e encaixou gostoso, estava eu, fodendo de frango assado quase gozando com o meu tio o coroa gostoso. Ele adorou aquela posição, metia com vontade até aquele sacão bater na minha bunda e me beijava com tesão, beijo gostoso molhado, sentindo aquele macho em cima de mim e depois de tanta sacanagem gostosa e vários orgasmos naquele piroca, o titio anuncia.

- Eu vou gozar porra!

- Eu quero leite na boca titio!

- Vou te dar leitinho, pra você dormir bem, sobrinha!

Com muito tesão, ele gemeu, tirou a piroca da minha buceta, enfiou aquela tora na minha boca e gozou como um touro. Até vazou um pouco da boca e caiu nos peitos. Depois de engolir toda aquela porra, eu peguei o pau dele esfreguei na porra que caiu nos meus peitos e botei na boca, deixei tudo limpinho.

Titio caiu deitado do meu lado e eu deitei no peito dele. Com aquelas mãos gostosas me acariciou os cabelos e disse:

- Viu como o tio estava com saudades de você?!

Escrito por Cris Contos

Desculpem qualquer erro no texto, não tenho o habito de escrever.

Me mandem mensagens, me adicionem e contem suas experiências com o titio de vocês, eu vou adorar ler.

Leiam a parte 2 também.

Um beijo em todos.

Comentários

13/06/2018 02:53:44
Nossa, muito obrigada Yuzo. Fiquei muito curiosa com esse “detalhe”, conta pra mim haha beijinho
12/06/2018 23:14:37
Tive de comentar. Como leitor, estava achando tudo igual e comum nessa festa do ruivinho. Até mesmo esse jogador de futebol ruim de papo. Continue por causa de um detalhe. Quando você foi parar no apartamento do tio, a coisa ficou sensacional, a ponto do meu ¨secretário¨, duro de tesão se manifestar. O tal ¨detalhe¨ não saía da cabeça, até mesmo quando transou gostoso com o coroa sortudo. Dar 10 para o conto é fazer o merecido. Vale mil para o tal ¨detalhe¨. Rs. Beijão!
12/06/2018 21:22:48
Viuvinha eu adoro seus contos amiga, sou fã. Uma honra um elogio seu. Muito obrigada. Beijinho.
12/06/2018 11:03:53
Adorei este conto, miga. Também detesto festas chatas, e nem sei como tu aguentastes aquele jogador falando de futebol uma hora. Rs. Ainda bem que a noite não foi perdida, nessa sedução sensual a esse tio. Gostei do teu comentário no meu conto inicial. Percebi que escrevo para leitores homens, daí me descrever e não fazê-lo quanto aos meus parceiros. Realmente isso é uma falta com as leitoras femininas. Vou corrigir isso. Muito obrigada. Para este, nota dez e beijocas.
06/06/2018 12:18:05
Cris, que delicia de conto! Você sabe melhor do que ninguém o quanto gosto dos seus contos!' Beijao e parabéns!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


historia-erotica de entiado bem dotado fudendo a entiadaginecologista dilatando o cuzinho dá mulher pra gozar dentroReta do Pedreiro Pelado HeteroXVídeos gay com truculênciaPauzundo entrando ate talo na buceta contoscontos eroticoscu virgema dona vai ser com seu cachorrosexvídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãover conto erotico sob faxineiros velhos tarado e pirocudonegoia pauzudosconto caralhudocontos eróticos de homens que gostam que suas esposas transem com outrosgranfina brasileira sequestrada e fode e gozaconto foto pirua cacetao gozada macho arregaca o buraco da xana da safada cm aparelho para ver o fundo do buracoinara puta dando pro sogromulheres mortas com a bucta scheia de porra"gozou na testa do meu corno"o vizinho safado do 205 conto gayencoxou a mae na camachupando o grelo de uma loira mulher chupando beijo tchaufilmes pornodoido dbsm com uma branquinha doida para ver o pau do negrao entrarconto comi a coroamassage ando a cunhada contomulher beijando a mulher na boca pelada no titubearela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindadeempregadas dona de casa de calcinha cuidando de tudo mas provocando o patrao com o seu rabu gigante xnxvidioBucetainchadaxvideomobilecontos eroticos menino esfolo minha esposapornodoido sogra da cugrade a genro e filha na salaflaguei meu irmao comendo minha mae e entrei na festacontos veridico de incesto marido pego no flagra a esposa ensinando o sobrinho mega dotado a fudeconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetaGTA comendo na rua mostrando a bundinha calcinha vestidos aindaA buceta da minha mãe soniacontos eróticos comi o cu do filho da mendigaquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandobotei meu dedo na buceta da mulher do amigoContos eróticos de sogro e noraconto erótico não mexa nas calcinhas da mamãe part5contoprimeirafodafoto de cafuçu com pau enorme de grosso e cabeçudose masturbando enguando o marido dormexvidioporndoido lesbicas 2amigas uma olhando a outra se masturbandoxvidios travestis na punhetas novingascantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgemcacetudomonstrogostosa gordinhas tirando cabeçaporno.tem.leite.no.peito.deixemamarcontos eroticos feminizaçao do garotinho maecaderante. rabudas de. porto alegresexo com mulheres q penden para de da o cu pois ta doendoporno vai fechar a janela fica prezarCasa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornocontos eroticos de motorista pirocudo de madamecontos minha cunhafa de 12 anos chupo meu pintoconto fude com meu cachorro a xifro meu maridoconto crente com fogo na bucetavideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elaconto comi uma eguacontos eroticos brutais, estiquei o clitoris ate sangrarcontos velho bruto poe no cu sem avisarminha nora de baby dool me exitaContos eroticos com o dono da verdureirovideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elaporno brasileira pequei miha irma toma banho e tirei a virgindade delacasa dos contos eróticos patrão e empregadobrasileira novinha do rabao com calcinha de redinha batendo punheta pro rapais ela geme muito na ohro qui ele ta gozandomuleke punhetamdocontos eróticos com esposa pedindo pra apanhar e mijar nelaEnrabado por uma tgirl contosconto de incesto mae mulata de babydollconto erotico motorista do ubergostosa.foi.faser.xixi e.tarado.atacolmulheres sexo com monstrossexo desleal com meninas na xotabuceta virgem relatos descabacando as irmas gemeasintiaada chupando pau do ppadrasto desmaido de sonocomo fazer alguem te pedir dxclpa a distanciaVelho grisalho que gosta de comer um cuzinho em campos dos goitacazes XVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusandando bem devagarinho E aproveitando que minha irmã está pelad bota pau no cu dela YouTubegta em porno doido com um estranhosupersexomamãemolhes pela porno vida de meninas de 19 anos xvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobopenetração forçada do pistoludomulher dançando de vestido curto que pode aparecer a b***** dela pelada cuidar de abaixar vídeo pegadinha baixarcontos eroticos nupcias blogspotpornô grátis só contos eróticos sogra cozinhabelo sexo dormindo de conchinha com a titiavedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedoMulher cagando na calsinhavideo porno