Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Rasgando o novinho sem dó

Autor: Safado
Categoria: Homossexual
Data: 01/07/2018 17:50:23
Última revisão: 01/07/2018 18:10:31
Nota 9.20

Mais de cinco anos sem escrever e resolvi aparecer por aqui pra dar meu salve pra galera e relatar algumas histórias que aconteceram.

Eu, macho, 34 anos atualmente, apenas ativo, gordo, moreno, folgadão, dominador e sem fazer nada em casa numa tarde de sábado. Ele, 19 anos, estudante, mora com os pais, magro, corpo de adolescente ainda, mirradinho e apenas passivo. Ambos na sala de bate papo de nossa cidade com muito tesão e afim de fuder.

Deixei bem claro que sexo comigo é forte e gosto de dominação. Avisei ele que meto sem dó e se quisesse teria que se submeter a mim me dando do jeito que eu quiser. Já aviso para que não diga que não sabia como iríamos fuder e que não teve consentimento. Vou chamá-lo de Beto para me referir a ele.

Beto chegou em casa de bicicleta e tocou a campainha do meu ap. Atendi, ele se identificou, abri e pedi pra subir.

Ouvi o barulho do elevador de quem chegou no meu andar e deixei a porta meio aberta. Gosto de usar short de jogar bola sem cueca em casa e ele chegou todo suado e meio ofegante. Beto é um cara novinho com estatura pequena de uns 1,60, uns 55kg, usava um chinelo havaianas,  short, camiseta regata e cabelo penteado com gel. Aparentava ser um garoto simples e inexperiente, do tipo curioso, mas com um rabo delicioso de viadinho passivo. Entrou em casa bem tímido e eu o olhei de cima abaixo como predador que vai devorar sua presa. Me cumprimentou, eu o mandei fechar a porta. A chave estava na porta e mandei ele virá-la trancando e já deixar a roupa ali no chão mesmo. Ele estranhou pela cara que fez de assustado, pois achou que eu iria convidá-lo a entrar e se sentar para conversarmos, acredito eu. Ficou pelado antes de avançar os passos pela sala deixando a roupa no chão como mandei. Fui até ele, passei a mão na cintura dele é o prendi de costas contra a parede.

Ali mesmo na sala eu comecei a esfregar meu caralho na bunda volumosa de menino dele. Senti ele arrepiando todo enquanto eu lhe passava a barba no pescoço. Cheguei bem perto do ouvido, passei a língua dentro e comecei a respirar fundo sussurando uns palavrões. Ele já estava todo entregue, arrepiado, ofegante e mole nos meus braços. Empurrei-o contra a parede, encochei-o firme,  molhei o dedo de saliva, passei no rêgo dele abrindo a bundinha pra meter minha rola que já estava bem dura de sentir aquele viadinho novinho ali só pra mim. Coloquei a cabeça do meu pau na portinha já umidecida de saliva e soquei de uma vez, sem dó. Ele desesperou queria sair, mas o segurei, por ser bem maior que ele e mais gordo. Só meti uma pra ele sentir. Reclamou de dor com cara de choro. Disse a ele pra ficar sossegado, pois ele já sabia que seria assim e que só estava começando.

Levei-o pro meu quarto, coloquei-o de bruços, peguei o gel, com uma mão eu o segurava contra a cama nas costas e com a outra enfiava um, dois e três dedos no cu dele molhados de gel. Ele se contorcia, dizia sentir dor, pedia pra ir devagar. Eu não sei ser carinhoso e quando o tesão me sobe pra cabeça eu fico com no demônio no corpo. Passei a mão no criado mudo ao lado da cama, peguei rapidamente uma camisinha, com a outra mão dedando o cu do boy, abri a camisinha no dente, coloquei um joelho nas costas dele, encapei minha jeba enquanto ele ficava ali estático e meti nele sem dó.

Minha rola é grossa, confesso e sempre entra rasgando. O moleque pedia pra ir devagar, com calma e eu tinha perdido o controle de mim, meti com tanta vontade de uma vez só que a caralhada foi certeira naquele rabo. Arranquei todas as pregas dele sem pensar nele, só em mim. Quando tirei meu pau, vi que ele estava sangrando e que tinha uns vestígios de merda na camisinha. Ele dizia que ardia e que era pra parar. Me deitei sobre ele, fui me esfregando aos poucos, meu corpo grande inteiro sobre o corpo pequeno dele, xingando baixinho no ouvido dele de safada, piranha, vagabunda, dizendo ele era minha menina ali e que estava sob o meu domínio, que eu mandava e ele obedecia apenas.

Vi que ele estava meio assustado no início da metida, mas que foi amolecendo e relaxando enquanto eu só encoxava xingando-o ao ouvido, me esfregando nele de bruços. Olhei pro lado e vi que a cabeça do pau dele duro saindo por debaixo da barriga e com tesão de estar ali subjugado, ouvindo aqueles esculaxos, (viadinho gosta mesmo é disso, de macho folgado) aproveitei, segurei os dois punhos dele contra a cama e meti a vara nele de novo sem dó. Mas agora metia era pra gozar, pra esporrar nele mesmo. Ele já fazia cara de dor e prazer, gemendo bem fininho, bem mulherzinha, do jeito que eu gosto. O rabo tava todo machucado, mas o tesão dele era maior em ser pego por um macho de verdade, eu via isso no olhar dele. Mandei ele morder o travesseiro para os gritos não saírem ali do quarto. Ele mordia o travesseiro e gritava sufocado de tesão e dor, quando de repente a vontade de gozar me veio. Eu passei o braço com força no pescoço dele, dando uma chave de braço prendendo ele a mim apenas e gozei fartamente. Dei um urro que estava preso lá dentro de mim e uma estocada final de quem parava por ali depois de ter gozado gostoso na cucetinha do viadinho. Virei pro lado todo suado com a camisinha na rola toda gozada, com bosta e sangue daquele rabo grande e apertado. Olhei e vi meu viadinho permanecer estático deitado de bruços ainda processando o que aconteceu. Em seguida ele se levantou, pediu para ir ao banheiro, autorizei mostrando onde era, ele se banhou e disse que iria embora. Não falamos nada enquanto isso, pois ele é muito tímido e eu já estava satisfeito. Abri a porta e ele se foi. Dias depois ele me chama no whatts puxando papo. Estamos conversando e talvez marquemos outra foda.

Skype e [email protected]

Comentários

03/07/2018 12:25:04
Quero assim tb! Se for do Rj entre em contato [email protected]
02/07/2018 18:12:46
Que tesão de macho da porra. Quero você socando em mim. 10!
02/07/2018 07:51:10
Amei o conto e adoraria saber de todos outros. [email protected]
01/07/2018 22:25:30
Fiquei tentando imaginar como é essa rola e esse corpo parrudo rsrs...
01/07/2018 19:35:08
NÃO SOU FÁ DESSE TIPO DE TRANSA.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


jantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornofeminização forçada contosmeus patroas adoram chupar a minha bucetacontos com fotos de donas de casa normais sendo fudidas por varios homens e muleques pintudospés chulé contoaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticosa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com elesedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidodando com dorbuceta pro pai irmaocontos eu e meu irmao fudemos a mamãeLuana da nova temporada do quadro rola ou enrola em porno eu quero GTA Marginal trabalhando na ambulância disfarçadocontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistasvideos pornoinsetos filho fodendo mae prensadaConto erotico comi a dentista no consultoriocontos eróticos san e dean incestozoofilia com cadela no pri mero cioconto sexo "Minha Filha II"atacada em estrada deserta pornodoidomegao pega mulheres casda a forsa econe abusetacontos roludo arregaçando recem casadinhavideo de sexo com novinha com varios moleque no igarapéconto erotico machucou o cu da casadinhavídeo pornô homem t***** possuído chupa b***** da mulher e filhos dele até virar uma chupetacalçinha ate amarotada na bucetacoletania de negao socando ate o saco nas esposas gringas com vestidos pornosoraia carioca soca com negao picudoporno eu e minha cunhada ficamos sozinho em casa não resistir elazoofilia no Congo pesadameu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machoevangelicas na zoofilia com cachorroxvidio no binha petdeno ocabadovilmer pornover vidio pitudo dando uns amasso na novinha que nunca vio rolax pono de bundas arotando galacontos de surubas inesperadas com esposacunhada ajuelha na frente do cunhado e engole rolagatinha. trepanfo. pau. 50. citimetrucontos eroticos pegando minha tia gravidavideo porno marido enbebeda aesposa chama o amigo para aproveita com seu pauzaogranfina brasileira sequestrada e fode e gozaminha mulher resolveu comer meu cuconto erotico pingando um gel no rabo da maeesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contoscontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaivideos de bucetas intaladas na rola grossaladrão comendo o delegado pornô se for do Adélia busca pornôcontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolalasca mińha bucetax video caralhomuitogrande mulher não aguentoisso que apareceu no quer vir para casa vídeo de pornô se você não abrir Eu prometo te dei nesse iguafilha minha femea contoboafodasangueeu gosto eu gostaria de ver uma coroa perdendo a virgindadecontoseróticospublicadosemsobrinho fica triste com a tia so lembrando do namorado que morreu xvideoscontos de surubas inesperadas com esposasenas com carinho massagem beijos abraço pegadas palavras romanticas casal apaixonado e sexocenasexocom visinhadei a buceta na bicicleta contos eroticosloira e judiada levando com forca na boca e na bussetaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhocasa dos contos zoofilia com viralatasMulher lendo jornal e dando cu pornocolokando o pau na boca da irmanzinhq dormindodei meu cu e tava bom pornoesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandodoce nanda contos eroticosvídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulherminha cunhada punheteira contos reaiscontos eroticos vizinha ladracache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 eu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdoai como doi pucona pornovideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasdois pauzudo fodendo duas vadias das beradas grosa de cabeça para baixocoletanias de batidas de pulhetas por mulhreres pra homenshome filma mulhe no oinibominha esposa dis q ta gosano filme pornoxv homens encoxando em mulheres 2017pai pausudo fudeno o cusinho da filhaDe_chefe_a_amor_da_minha_vidacuiadia fudedo de xortiu curtocontos/vi minha tia no puteiroGTA Dona sinhazinha trabalhandoporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porraxxvideo convite discreto amadorqual a função de um corno manso assumidobucetaô. jgmalivat xxxvídeocontos eroticos papai me comeu e eu gosteisogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genromulher adora ver o marido ser fudidocontos eróticos amiga novinhavideo porno cavalgada forte so loiras em cacete de 30cmcontos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgens